FormaçAo De Portugal

11.562 visualizações

Publicada em

1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • pRECISO DESSE DOCUMENTO PARA FAZER O DOWLOD COMO FAÇO . vILUCIANA@YAHOO.COM.BR
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.562
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

FormaçAo De Portugal

  1. 1. Formação de Portugal
  2. 2. Condado Portucalense <ul><li>séc. XI Quebra da unidade do domínio muçulmano na Península Ibérica. </li></ul><ul><li>Surgiram Vários reinos “taifas” </li></ul><ul><li>mais pequenos e mais fracos </li></ul><ul><li>Reconquista avançou rapidamente (Rei Magno e Afonso VI) </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Reino taifa “Sevilha” Solicitou apoio a um grupo de guerreiros muçulmanos – os Almorávidas </li></ul><ul><li>fizeram recuar os exércitos e as fronteiras dos reinos cristãos </li></ul><ul><li>AS OFENSIVAS ALMORÁVIDA E ALMÓADA </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Rei Afonso VI </li></ul><ul><li>Pede ajuda a cavaleiros Francos </li></ul><ul><li>Raimundo Henrique casou casou </li></ul><ul><li>D.Urraca D.Teresa </li></ul><ul><li>recebem recebem </li></ul><ul><li>Governo de Galiza Governo do Condado Portucalense </li></ul><ul><li>Obrigação de administrar, defender e alargar o seu território </li></ul><ul><li>e a prestar conselho junto do Rei. </li></ul>
  5. 5. O nascimento de Portugal: de condado a reino <ul><li>Após a morte do marido, D.Teresa sucedeu-lhe na direcção do condado portucalense . </li></ul><ul><li>D. Afonso Henriques (filho de D. Teresa e de D. Henrique) revoltou-se contra a mãe e seus aliados </li></ul><ul><li>Foram derrotados na batalha de são Mamede em 1128. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Ano 1139: D. Afonso Henriques passa a usar o titulo de rei, após a vitoria sobre os muçulmanos em Ourique </li></ul><ul><li>Ano 1143: Afonso VII, rei de Leão e Castela reconhece-lhe o titulo do rei de Portugal através do tratado de Zamora. </li></ul><ul><li>Ano 1179: o Papa reconhece D. Afonso Henriques como rei, através da bula Manifestis Probatum, devido ao seu esforço e sucesso na luta contra os Muçulmanos </li></ul>
  7. 7. A definição do território português <ul><li>Para continuar os avanços até ao Sul, os reis apoiaram-se no movimento politico das Cruzadas. </li></ul><ul><li>Cruzadas auxiliaram na conquista de: </li></ul><ul><li>-> Lisboa </li></ul><ul><li>-> Alcácer do Sal </li></ul><ul><li>-> Silves </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Alguns dos cruzados foram convidados a instalarem-se nas regiões recém-conquistadas para garantir: </li></ul><ul><li>-> Povoamento </li></ul><ul><li>-> Defesa </li></ul><ul><li>-> Exploração económica </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Ordens religiosas militares foram importantes na conquista, defesa e aproveitamento do território </li></ul><ul><li>↓ </li></ul><ul><li>-> Templários </li></ul><ul><li>-> Hospitalários </li></ul><ul><li>-> Santiago </li></ul><ul><li>-> Calatrava </li></ul><ul><li>Ordem de Cister -> papel importante no desenvolvimento económico sobretudo agrícola, com destaque para Alcobaça </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Geraldo Geraldes-> é um cavaleiro aventureiro, que com um pequeno grupo de homens tomou cidades como Évora e Beja, as quais entregou a D. Afonso Henriques </li></ul>
  11. 11. <ul><li>D. Sancho I( sucessor de D. Afonso Henriques), teve serias dificuldades com a chegada de um exército de guerreiros muçulmanos -> os Almóadas </li></ul><ul><li>Fazem recuar novamente as fronteiras de Portugal até ao Tejo </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Com D. Afonso II e D. Sancho II, o avanço é retomado. </li></ul><ul><li>Concluiu-se a conquista do território português aos muçulmanos com a queda do reino mouro de Faro e Silves. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Em 1267: Afonso X de Leão e Castela reconheceu ao príncipe D. Dinis, a posse do Algarve. </li></ul><ul><li>Em 1297: pelo tratado de Alcanizes, cedeu a Portugal as terras de de Riba-Côa e da margem oriental do Guadiana. </li></ul>

×