Apresentação dia das bruxas

487 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
487
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação dia das bruxas

  1. 1. Identificação • Nome do Projeto: Halloweem • Organizadoras: EI’s 52 e 53/2013
  2. 2. Introdução • A comemoração do Halloween tem origem na antiguidade e acontece uma dia antes do dia de todos os santos. Seu nome é inspirado na expressão “All hallow’s eve” que significa “véspera do dia de todos os santos”. • Alguns historiadores registram que a data teve origem com os celtas. Estes, com o objetivo de afastar todo o mal da sua colheita, colocavam espantalhos no meio delas.  O evento chegou à America do Norte através da imigração irlandesa e, hoje, é comemorado em todos os países cuja língua oficial seja o inglês. • Com a popularização durante a idade média, símbolos como bruxas, vassouras e gato preto foram incorporados a festa.
  3. 3. • Nos Estados Unidos, lugar em que se mantém viva, chegou no século XIX levado pelos imigrantes irlandeses e por lá ficou. Mas também é festejada em outros países ocidentais. Sua comemoração está relacionada à passagem das estações: simboliza o final do verão e a chegada do inverno. Por conta da localização geográfica dos países, no Hemisfério Norte, como nos Estados Unidos, esta passagem é festejada no dia 31 de outubro. No Hemisfério Sul, no Brasil, por exemplo, seria festeja no dia 1 de Maio. Porém, devido à forte influência da cultura americana no Brasil, incorporamos além da tradição, sua data de comemoração.
  4. 4. Justificativa • O clima de mistério está presente nessa época de Halloweem. Isso nos permite trabalhar e incentivar a curiosidade, tal como a criatividade das crianças que devem ser aproveitadas nas atividades que envolvam a linguagem e os trabalhos manuais. Também é uma ótima oportunidade para trabalhar as questões do “medo”, comum nessa faixa etária, pois com esse tema estaremos desmistificando alguns símbolos e encorajando nossas crianças a conhecer e gostar desse mundo colorido de magia.
  5. 5. • No faz-de-conta criado pelas histórias, as crianças encontram respostas - mesmo que simbolicamente - para seus medos e angústias. Podem se identificar com as personagens e a partir das aventuras e soluções encontradas por elas, pensar sobre alguns dos desafios que a vida apresenta. A boa notícia é que nos contos de fadas, mesmo que existam bruxas más, não se deve nunca esquecer que também existem boas fadas, que são muito mais poderosas! • As crianças pequenas, por volta de 2 e 3 anos de idade, já se interessam pelos contos de fadas. Costumam preferir as histórias com o lobo mau. Os Três Porquinhos, Os Sete Cabritinhos e Chapeuzinho Vermelho são algumas de suas preferidas.
  6. 6. Objetivos Gerais • Promover a integração entre culturas, fazendo uso da multidisciplinaridade. • Trabalhar os sentimentos do medo, escuro, figuras e máscaras. • Compreender o halloweem, a partir de atividades que despertem a liguagem oral, curiosidade e o senso crítico.
  7. 7. Objetivos específicos • Valorizar manifestações culturais; • Incentivar a busca de conhecimento; • Integrar a turma utilizando o trabalho em equipe; • Vivenciar e conhecer através das atividades que o halloweem não tem nada de assustador e que pode ser uma brincadeira muito divertida; • Identificar aspectos semelhantes à nossa cultura.
  8. 8. Metodologia Trabalhamos o evento por todo mês de outubro: • • • • • • Hora do conto: A bruxinha curiosa (Lieve Baeten) O barulho do fantasma (Sonia Junqueira) Recriando a bruxinha curiosa Bruxinha Zuzu (Eva Furnari) Bruxa, bruxa venha a minha festa (Arden Druce) • • • • Vídeos: Hotel Transilvânia Turma da Mônica – O vampiro e Frank em “Ser criança” Os Smurfs – O conto de halloweem
  9. 9. Recursos • Livros, dvd’s, tinta guache, folhas de ofício e eva, papel 40k, giz de cera, hidrocor, revistas, papel crepom, tecidos, internet...
  10. 10. • Apresentação dos personagens do halloweem • Pintura e colagem para confecção dos personagens (pintura com as mãos, com pincel, no jornal), montagens de mosaico com pedaços de EVA • Desenho livre ao despertar da imaginação • Atividades com fantoches (contação de histórias e brincadeira livre) • Roda de conversa – qualidades e características da bruxa e quem vem a festa • Brincadeiras de imitação com máscaras e fantasias • Confecção de álbum seriado • Festa a fantasia
  11. 11. Culminância Festa a fantasia dia 31 de outubro
  12. 12. Avaliação • avaliação ocorrerá durante toda a execução do projeto, sem objetivo de promoção, observando-se a criatividade, participação e desenvolvimento individual e do grupo.
  13. 13. • Bibliografia: • http://gincanahalloween.blogspot.com.br/ • http://educarparacrescer.abril.com.b r/leitura/conheca-origem-bruxashistoria-halloween-643880.shtml

×