Jornal digital 4583_seg_ 12012015

290 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
290
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4583_seg_ 12012015

  1. 1. 17Página17Página15Página Homeméassassinado emcasaemAraranguá Casalestávivendosob viadutodaBR101 Prefeitodefende aconstruçãode prédioparaescola GeralGeralGeral Primeiro de 2015Sem tetoSombrio www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXIV EDIÇÃO Nº 4.584SEGUNDA-FEIRA, 12 DE JANEIRO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 34º 24º Sol com aumento de nuvens ao longo do dia. À noite ocor- rem pancadas de chuva. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Caderno de Esportes Adrenalina JetFestconfirma potencialdalagoa
  2. 2. Política Jarbas Vieira CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “Sempre tive exemplar comportamento, reconhecido por todos. Uma acusação falsa e absurda como esta me leva a completa indignação e mesmo revolta”. Ele disse: ‘ ‘Ex-governador de Minas Gerais, senador eleito Antonio Anastasia (PSDB), ao ser mencionado em depoimento da Operação Lava Jato. Zé Milton projeta PP com mais prefeituras D e olho em 2016, o deputado estadual José Milton Scheffer (PP) está esperançoso de que o partido cresça no número de prefeituras administradas na região. O parlamentar concor- da que duas prefeituras apenas (Meleiro e Balneário Gaivota) é muito pouco para o tamanho do PP no extremo-sul. “Nossa meta em 2012 era cinco ou seis prefei- turas. Tivemos alguns acidentes como em Passo de Torres quando o nosso candidato foi impugna- do por não ter um comprovante de quitação eleitoral, algo irrisó- rio, e Araranguá onde o candi- Prefeito de Ermo, Aldoir Cadorin, o Zica (PSD), acompanhou os traba- lhos de manutenção das estradas do interior do Município com a nova mo- toniveladora (patrola). O equipamen- to foi adquirido através da Secretaria de Estado da Agricultura, com o apoio do deputado federal João Rodrigues (PSD), ex-titular da pasta. “Estamos gratos ao deputado João Rodrigues, pois nos possibilitou adquirir este equipamento que reforçará nossa fro- ta municipal”, destaca o prefeito. Zica também aproveitou para vistoriar o novo ônibus escolar adquirido através do Governo Federal. O veículo ficará a disposição dos alunos residentes no interior do Município. Ermo com nova patrola e ônibus (48) 3522-3777 dato que seria eleito desistiu na véspera da convenção, e mesmo assim, o Dilnei que assumiu a candidatura perdeu apenas por 500 votos”, lembra. Araranguá e Sombrio, maiores prefeituras da região e que foram comandadas pelo partido recentemente estão entre as prioridades. Em municí- pios onde o PP participa do go- verno, mas os prefeitos não po- dem ir a reeleição, como Jacinto Machado e Balneário Arroio do Silva, também são grandes as possibilidades do partido lançar candidaturas. Certos também são os projetos eleitorais em Praia Grande, São João do Sul, Turvo e Maracajá, assim como a necessidade de manutenção das duas praças conquistadas, sendo que em Meleiro o prefeito Nei Zanette não poderá concorrer novamente. Governos de que o PP participa e os prefeitos podem ir a reeleição (casos de Pés no chão! Cauteloso, o prefeito em exercício de Jacinto Machado, Adelor Emerich (PP), não se co- loca como candidato a prefeito em 2016. Segundo ele, é preciso que haja uma conversa entre os partidos aliados, que também podem ter interessados, bem como dentro da própria sigla, onde há outras opções. Passo de Torres, Santa Rosa do Sul e Morro Grande) dependem de melhor avaliação, mas a ten- dência é de que os progressistas continuem compondo, caso os administradores decidam con- correr novamente! A volta do que não foi! A Justiça aplicou mais uma “peça” na população de Criciúma ao devolver o man- dato “cassado” do prefeito Clésio Salvaro (PSDB). Lembrando o imbróglio, o tucano foi reeleito com 74% dos votos, mas teve o registro cassado por conta da Lei da Ficha Limpa, cuja interpretação da Justiça Eleito- ralfoiconsideradaequivocadapeloministro doSupremoTribunalFederal,RicardoLewandowski.Comissoumanova eleição foi convocada e o vice, Márcio Búrigo (PP), acabou ficando com o mandato. Agora o progressista terá que devolvê-lo ao tucano, pouco tempo depois de declarar guerra ao antecessor. A decisão dá um novo ânimo ao PSDB do Sul, que tem em Salvaro sua maior liderança. Até mesmo o deputado estadual Dóia Guglielmi, não reeleito, poderá ser aproveitado no novo governo, se aquecendo para a próxima disputa! www.vitaanalise.lablaudo.com.br
  3. 3. de Sanga Negra, mas recebeu a nomenclatura de rio do Morro do Tatu exatamente por causa do Morro, conhecido assim popularmente. “É uma ponte muito velha.Até caminhões com barro a gente passava por aqui, mas ela foi se deteriorando, foi ficando ruim e necessitava de uma obra. Ficou muito boa, vai melhorar para todo mundo”, disse o em- presário Enor Cipó. acessos foi realizada a colocação de pedras bri- tas, sobre o barro, para melhorar a passagem de veículos e evitar atola- mentos. É mais uma ação que parece simples, mas que beneficia muito quem vive no campo e necessita, assim como na cidade, de boas condições de tráfe- go”, disse o prefeito Zênio Cardoso. O rio que passa no local é o mesmo que de- semboca na comunidade Geral 3CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Da redação > SOMBRIO Aprefeitura de Sombrio concluiu e entregou, na última sexta-feira, uma obra que beneficiará o interior do município. Desta vez, foi a reforma da ponte sobre o rio do Morro do Tatu, que fica na estrada de ligação do Morro do Cipó a Sanga Negra e tem tráfego de automóveis e caminhões Prefeitura reforma ponte Estrutura de madeira estava desgastada e perigosa e foi praticamente substituída por uma nova, melhorando o tráfego por comunidades do interior Melhoria pesados. Há anos a ponte esta- va em péssimo estado e os moradores das comunida- desqueautilizampediam sua melhoria, atendida pela administração atual com praticamente a cons- trução de uma estrutura totalmente nova. “Em dois dias e meio a equipe da Secretaria Municipal de Obras cons- truiu essa nova ponte, de madeira, bem alicerçada e segura para todos. Nos Ponte teve a estrutura toda trocada e os acessos melhorados, para suportar o trânsito pesado de veículos Dia 15 de janeiro 2015, às 20 horas Loja 18 Novo Shopping Outlet Japonês Inaugura de abertura do processo de beatificação da dra Zilda. Mais de 130 mil assinatu- ras já chegaram à sede da entidade. Entre a programação dos peregrinos esteve a visitaaoMuseudaVida,es- paçocompostopordiversas exposições que retratam a história e os projetos da Pastoral da Criança, e pelo Memorial Dra. Zilda que retrata a vida da médi- ca desde sua infância em Forquilhinha, município que pertence a Diocese de Criciúma, até sua morte no Haiti, em 2010. Os par- ticipantes tiveram ainda a oportunidade de visitar o túmulo da médica, no cemitério Água Verde. > REGIÃO Repletos de entusias- mo e do desejo de unirem- -se em celebração a outros admiradores da médica pediatra e sanitarista Zil- da Arns Neumann, mais de 400 pessoas da Dioce- se de Criciúma viajaram no sábado, com destino à Curitiba/PR, lotando nove ônibus. A caravana foi a maior de Santa Catarina no evento que recordou os cincos anos da morte da fundadora da Pastoral da Criança e também da Pessoa Idosa. Pessoas de norte a sul dopaísestiveramreunidas para marcar a entrega da moção de apoio ao pedido Maisde400vão ahomenagema médicaZildaArns Católicos pedem a beatificação de Zilda Arns
  4. 4. lho organizaram um bingo quecontoucomaparticipa- ção de dezenas de amigos, com resultado financeiro revertido em seu benefício. “Com certeza deu pra dar umarespirada.Obingocon- tou com bastante pessoas”, lembra Ronaldo, grato aos amigos pela ajuda recebida através da ação. Agora, sob auxílio do- Geral4 CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Valdinei Nichele Servidoraindaprecisadeajuda Ronaldo Terra Johann foi diagnosticado há cerca de seis meses com câncer no pulmão e doença se espalhou para outros órgãos Dificuldade > BALNEÁRIO GAIVOTA Servidor efetivo da prefeitura de Bal- neário Gaivota, Ronaldo Terra Johann, de 58 anos, precisou se afastar do tra- balho ao ser diagnosticado vítima de um tumor no pulmão com metástase para próximo à aorta, na região abdominal. Sem os mesmos rendimentos, foi uma ação solidária de um grupo de amigos que o ajudounumdosmomentos mais difíceis de sua vida. Motorista da Secreta- ria Municipal de Saúde de BalneárioGaivotapormui- tos anos, Ronaldo se acos- tumou a ver e a comparti- lhar verdadeiros desafios enfrentados por pessoas transportadas por ele para tratamentos fora do muni- cípio,acometidasdegraves doenças. Mas, depois de quase seis décadas de vida sem apresentar maiores enfermidades, nunca cogi- tou que um dia estaria no mesmo lugar daqueles que costumeiramente acompa- nhava. “Talvez em virtude doestresse,hácercadeseis meses senti fortes dores abdominais, que imaginei setratardepedradosrins”, lembra Ronaldo. Alguns exames foram suficientes para mostrar nopacientequeéfumante, a existência de um tumor com cerca de sete centíme- tros de diâmetro localiza- do na região abdominal, próximo a aorta, a maior e mais importante artéria do sistema circulatório do corpohumano.Segundoele, novos exames foram ne- cessários, mas através do sistema público de saúde demorariam muito, sendo necessáriaasuarealização de forma particular, em Porto Alegre/RS, que em cinco dias apresentaram o diagnóstico de câncer. “Também precisei passar por consulta num oncolo- gista particular, devido à necessidade de um rápido atendimento”, conta. Depois de dois dias internado para os exames, deu início ao tratamento que é feito em Criciúma. Comalteraçõesdrásticasna situação financeira, Ronal- do, que atuava também no setor imobiliário, precisou se desfazer do automóvel. Com o intuito de auxiliar no momento difícil em que passava, colegas de traba- Tumor resistente Arilton espera que apelo possa ser atendido Ronaldo enfrenta dificuldade para vencer câncer > ARARANGUÁ A reivindicação de pavimentação da Estra- da Geral Morro Agudo, na localidade de mesmo nome,éantigaemobiliza vários moradores. Uma indicação solicitando o calçamento com lajotas foi aprovada na Câmara de Vereadores no ano passado e os moradores não desistem de se mo- bilizar. Um dos empenha- dos em ver a obra sair do papel é o aposentado Arilton Pereira Zeferino, que espera sensibilizar o poder público municipal para que a obra seja realizada.Arodovia pos- sui um tráfego intenso durante todo o ano, mas aumenta no período de veraneio.Alémdasfamí- lias locais, turistas tam- bém utilizam a estrada. Arilton, nascido e criado em MorroAgudo, contou que a realização do serviço é solicitada há anos pela população e apontou alguns proble- mas enfrentados prin- FamíliasdoMorroAgudo reivindicampavimentação cipalmente para quem mora nas proximidades do local para o qual está sendo reivindicada a obra. A extensão da via é de quase mil metros. No trecho,estãosituadas40 casas. “Quando chega o verão, muitos carros passam pela estrada e levantam poeira. Isso é ruim porque há muitas pessoas com problemas respiratórios na locali- dade”, relatou o senhor que já trabalhou em uma mina de carvão e sabe a importância de respirar ar puro e ter qualidade de vida. Zefe- rino relatou ainda que o movimento intensifica- -se ainda mais na es- trada entre novembro e o Carnaval. Outra questão res- saltada pelo morador é que muitas pessoas que- rem se mudar por conta da situação da estrada. “Eu já pensei em mudar de casa por conta disso e muita gente também quer vender a residên- cia”, frisou. ença do INSS (Instituto Nacional de Seguro So- cial) Ronaldo segue com o tratamento. “Já perdi mais de 25 quilos e devo emagrecer mais ainda”, prevê Ronaldo, que não tem expectativas de voltar a exercer a função junto à administração pública municipal. “Depois de um câncer pegar a gente, é difícil voltar a trabalhar.” A previsão era de que o ciclo de quimioterapia ter- minaria em fevereiro, mas depois de realizar mais uma tomografia, o proces- so terá continuidade para além de março. A situação do funcionário público se tornouaindamaisdelicada nos dois últimos meses. Preocupados com a necessidade de novos gas- tos e dificuldades ao longo do tratamento, amigos de Ronaldo fizeram contato com o Correio do Sul, que expõe sua história com o objetivo de buscar pessoas que possam auxiliar neste momento de dificuldade. “Se houver uma forma de me ajudar, eu agradeço”, declara o paciente. Pessoas que queiram auxiliar podem entrar em contato com o Correio do Sul através do fone (48) 3533 0870.
  5. 5. Política Rolando Christian Coelho Geral 5CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 A genteatéseesforça,masdefiniti- vamentenãotemcomolevareste paísasério.Em2012,oentãopre- feito de Criciúma Clésio Salvaro (PSDB) concorreu à reeleição, mesmo sem ter tido o registro de sua candidatura confirmado peloTribunalRegionalEleitoral.Équeem2008 Salvaro foi condenado por abuso de poder econômico e abuso na utilização de meios de comunicação,oquelheteriabeneficiadoemsua primeiraeleição.Emprincípioelefoicondenado a três anos de inelegibilidade. O erro no caso Salvaro já começa aí. Se ele foi condenado por ter se utilizado de meios indevidosparaseelegerem2008,entãodeveria ter sido cassado já em seu primeiro mandato. Masofatoéquenãofoi,tantoqueconcluiuseu mandato e concorreu a reeleição. No meio da história, em 2010, surgiu a tal da Lei da Ficha Limpa,queprevêainelegibilidadedeoitoanos para casos como o que Salvaro foi condenado. PorcontadaFichaLimpa,apenadeClésioSal- varopuloudetrêsparaoitoanos.Foiporistoque elenãoconseguiuoregistrodesuacandidatura em2012.Oproblemaéquequalquerestudante dedireito,mesmonaprimeirafase,jásabeque nenhuma lei pode retroagir para prejudicar o réu.Sendoassim,seelejáhaviasidocondenado há três anos em 2008, qualquer lei posterior a este fato jamais poderia aumentar sua pena. Todavia foi isto que aconteceu. Salvaro e a piada Brasil Foi justamente se baseando no princípio de que a lei não pode retroagir para prejudicar, que Salvaro insistiu em concorrer em 2012. A Justiça Eleitoral, no entanto, mesmo sabendo que ele estava inelegível, promoveu a eleição daquele ano com Salvaro como candidato. Ele concorreu, venceu, mas não pode assumir, já queestavainelegível!Secontarestahistóriaem um país sério eles vão rir da nossa cara, afinal de contas, como é que alguém que não pode concorrer concorre e vence uma eleição? Como Salvaro não poderia ter concorrido, então o TRE marcou uma nova eleição para março de 2013. Na prática isto significa dizer que toda a despesa, a mobilização, os esforços empreendidos na eleição municipal de 2012 paraelegeroprefeitodeCriciúmanãovaleram de nada. Sem poder ser candidato, Salvaro apoiou seu então aliado Márcio Búrigo (PP), que venceu a disputa de 2013. Agora, como se não bastasse todos os desmandos de 2008 e 2012, Salvaro retornará a Prefeitura de Cri- ciúma por força de uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral. Ou seja, a eleição de 2013 será anulada, com a de 2012 sendo validada, partindo-se do princípio de que, de fato, o Ficha Limpa não poderia ter retrocedido para prejudicar. Como bem fiz o colunista do jornal Folha de São Paulo, José Simão, definitivamente o Brasil é o país da piada pronta. Dóia salvo Derrotado nas urnas em Outubro passa- do por apenas 38 votos, deputado estadual Dóia Guglielmi (PSDB) fatalmente será salvo pelo retorno de Clésio Salvaro à Prefeitura de Criciúma. O parlamentar, que deixará a Assembleia Legislativa no final do mês, já é cotado para ser um dos manda-chuvas do Paço Municipal Criciumense de imediato. PodeatémesmoserocandidatodeSalvaroa prefeitodomunicípioem2016.Comojádizia Antônio Carlos Magalhães: Política é como as nuvens. Cada vez que se olha para cima a configuração está diferente. Dito e feito Quando surgiu o movimento em Som- brio para se ampliar o elevado central da BR 101 de pouco mais de 90 metros, para mais de 200 metros, engenheiros do Dnit alertavam para um transtorno iminente. É que com um elevado maior, e aberto nas laterais,fatalmenteolocalvirariaumcondo- mínio de andarilhos. Lideranças municipais ressaltavam na época que a parte de baixo doelevadopoderiaserdestinadaaalgumfim socialoucultural,oqueinibiriaosandarilhos de se apossarem dele. O fato é que os enge- nheiros do Dnit estavam certos. O elevado maior, que era para dar mais brilho e beleza acidade,virouumdepósitodemaltrapilhos, como sempre, de forma lastimável, jogados a própria sorte. DIVERSÃOELAZERGARANTIDOS QUARTA,SÁBADOEDOMINGO BR101-KM413-ARARANGUÁ Vale que vale a pena conhecer MotivAção > PRAIA GRANDE Nascido em Meleiro, em nove de março de 1968, com pai agricul- tor e mãe professora, João Luiz Casagrande trabalhou na agricultura ajudando a família até os 13 anos, quando foi morar sozinho em Araranguá, para cursar o ensino médio. Trabalhou como estagiário na Caixa Econômica Federal e aos 18 anosentrounacarreiramili- tar,servindonabaseaéreade Florianópolis. Casagrande possui ao longo dos 20 anos deprofissãodiversostítulose condecorações. Já trabalhou na Companhia de Choque de Florianópolis, fez parte do 1º grupo de operações es- peciais da Policia Militar de Santa Catarina, foi monitor nas escolas de formação de soldados de Araranguá, e maisrecentementefezparte da Força Nacional, atuando nos Jogos Pan Americanos realizados no Rio de Janeiro em2007,enaCopadoMun- do 2014,também no Rio de Janeiro; além do presidio de Pedrinhas em São Luiz do Maranhão. Nos dois anos que lhe restamantesdaaposentado- ria, o sub tenente João Luiz Casagrande quer continuar atuando em Praia Grande, onde poderá ficar mais per- to da esposa Janaine e dos filhosJoãoVictoreBernardo. Da redação Sempre que se ler o título acima, terá uma história ou projeto, coletivo ou individual, que ajuda a região a ser melhor Casagrande já foi homenageado pelos vereadores Tubulação foi trocada para aumentar vazão da água Reforço AscensãodotucanoClésioSalvaroàPre- feitura de Criciúma reforçará de forma inevi- táveloPSDBaquidoExtremoSultambém.O partido, que agora contará com a retaguarda da deputada federal eleita Geovânia de Sá, em Brasília, está com sua alto estima nas alturas. A potencialização da sigla acabará culminandocomumaumentononúmerosde candidatos a vereador em 2016, assim como tambémnaconstruçãodenovascandidaturas às prefeituras municipais. Araranguá poderá entrar na lista dos novos projetos com o ad- vogado André Alves. Prejuízo Em que pese o contentamento dos elei- tores criciumenses de Clésio Salvaro o fato é que o município deverá ter um prejuízo de R$ 50 milhões com seu retorno ao executivo municipal. É que este é o valor do acordo que o prefeito Márcio Búrigo (PP) havia feito com ogovernadorRaimundoColombo(PSD)para apoiá-lo ano passado a reeleição. Como Sal- varo coordenava a campanha de Paulo Bauer (PSDB)aogovernonoSuldoEstado,élíquido e certo que Colombo nem de longe cogitará a possibilidade de destinar este recurso para Criciúma. Como ironia pouca é bobagem, há de se ressaltar que o apoio de Márcio Búrigo a Colombo foi uma das principais causas de Paulo Bauer não ter ido para o segundo turno da eleição estadual. > ARARANGUÁ Termina ano, começa ano e a rotina de traba- lho continua em ritmo acelerado para o Depar- tamento de Tubulação da prefeitura deAraranguá. "Nesse setor não existe muito tempo para dúvi- das, pois precisamos agir com rapidez e eficiência. A demanda é gigantesca e a comunidade precisa de resolução dos proble- mas", afirma o diretor da área, Evandro Santana, que também auxilia no serviço pesado. Na se- mana passada, ele foi um dos cinco trabalhadores que ajudou a substituir Travessarecebenovatubulação 60 metros da rede de tubulação na Travessa Feliciano Realino Go- mes, na Urussanguinha. Foram colocados tubos de concreto com 30 mi- límetros de circunferên- cia. "Para diagnosticar o problema, tivemos que providenciar a escava- ção e verificamos que a antiga rede estava defa- sada. Os antigos tubos apresentavam vários rompimentos e já não ofereciam a vazão neces- sária. Em consequência disso haviam constan- tes alagamentos, cujas águas invadiam o pátio de uma residência", ar- gumentou Evandro.
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Com advento de muitos concursos previstos para este ano, irei trazer algumas dicas de português para os “concurseiros” em uma série de artigos que será publicada aqui quinzenal- mente. Para começar, o concurseiro que pressupõeque já sabe português e tem pressa na leitura da prova podem não realizar uma boa prova de língua portuguesa a qual é fundamental para garantiro sucesso no concurso. Por esse motivo, a prova de português deve ser feita com muita atenção e não subestimar a importância da mesma, só porque o concurseiro pensa que domina já a língua. É essencial lembrar que o portuguêsusado nas provas, não é alinguagem coloquial, essa que usamos diariamente, mas sim a linguagem padrão. Portanto, para evitar problemas e erros,é fundamentalque o candidato tenha o domínio da gramática, interprete textos e escreva uma boa redação. Começar a maratona de estudos para passar numa prova de concurso publica requer dedicação e concentração, mas também é importante seguir algumas dicas que podem ajudar o candidato no momento da realização da prova. Veja a seguir: 1) Interpretação de enunciados e textos Ocandidatoao ler o enunciado deve marcar os verbos de comando- aqueles que distin- guem a ação esperada do candidato, tais como “justifique”, “indique”, “comente”. Também vale reler com calma o que está proposto para garantir que você compreendeu bem. O mesmo vale para textos que você precisa analisar. 2) Uso da crase Tema que confunde muita gente, a fusão do artigo feminino “a” com a preposição “a” tem regras específicas de emprego. É importante fazer uma revisão sobre o tema, pois na maioria dos concursos sempre há questões sobre o assunto. 3) Ortografia Cultivar o hábito de ler jornais, revistas, livros e sites ajuda a diminuir os erros. Isso vale também para melhorar a redação e vocabulário. Fazer exercícios seja online ou em apostilas/ livros é uma maneira de fixar a escrita das palavras. 4) Emprego de pronomes Tema recorrente em provas, questões sobre pronomes frequentemente aparecem como “pegadinhas”. O concurseiro precisa tomar cuidado para não confundir as regras sobre colo- cação de pronomes oblíquos átonos, como “me”, “te”, “se”, “lhe”, “o” e “a”. Na língua falada, frequentemente ouvimos e falamos frases como “Me entregaram uma carta” ou “Você viu ela?”, que são incorretas segundo a norma culta. Para não se confundir na hora de escrever, é bom voltar aos livros e estudar com atenção as diferenças no uso de cada pronome. 5) Onde x aonde “Onde” é empregado para ideia de algo fixo, que não tem movimento, como em “Onde você mora?”. Já “aonde” acompanha verbos que dão ideia de movimento, de mudança, como em “Aonde você foi?”. Gravar esta distinção básica ajuda o candidato a não errar na prova. E por último, se o candidato tiver acesso a redes sociais seria interessante curtir algumas páginas de língua portuguesa para receber feeds no seu mural diariamente. EstudarPortuguêsparaConcursos–ParteI Boa sorte nos estudos e aguarde o próximo artigo que será sobre regência verbal, um tema muito discutido em concursos. Fonte: Claudia Gasparini – Exame.com Crédito: Reprodução http://ead.faccat.br/ Sindia A. Rech Contato: sindiarech@gmail.com By Sindia A. Rech
  7. 7. Publicidade 7CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas Boogie oogie -18h Alto Astral -19h Império -21h O enfermeiro estranha a reação de Ivani, mas obedece à médica e libera Caíque. Itália não acredita nas palavras de César e expulsa o ex-namorado de sua casa. Caíque deixa a clínica. Laura pede a Marcos para entrevistar os médicos e enfermeiros que estavam no dia da operação feita por Caíque. Marcos fica irritado ao ver Caíque em casa. Castilho avisa a Caíque que todos os encontros dele com Laura em outras vidas foram um fracasso. C arlota discute com Sandra. Fernando fica irritado quando Madalena avisa que irá afastá-lo da Vip Turismo. Claudia ouveElísiofalandocomLeonoretemumaideiaparatrazer Beatriz de volta para casa. Sandra e Rafael levam Cacau para o apartamento da moça. Sandra e Rafael passam a noite juntos e Vitória não consegue aceitar. Vicente decide confrontar Carlota sobreaaçãodedespejocontraAugusta.MadalenaafastaFernando da Vip Turismo. M aria Marta se surpreende com a proposta de Maurílio para tirar José Pedro da cadeia. Elivaldo conta para CristinaqueencontrouJoséAlfredo.Pietroficareceoso com a desconfiança de Juliane. Felipe ameaça denunciar Enri- co. Maurílio afirma que Danielle voltará para a mansão. Xana e Naná especulam sobre quem jogou purgante na feijoada. Magnóliasofrecomofracassodesuafesta.Felipemarcaumen- contro com Cláudio. José Alfredo pensa em ajudar José Pedro. Rapidinhas CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Áries 21/03 a 20/0421/03 a 20/0421/03 a 20/04 O seu regente Marte inicia um novo movimento pelo signo anterior ao seu, ariano. A partir de agora ficarão mais enfati- zadas as ações nos bastidores e a necessidade de reflexão e interiorização. O momento é oportuno para seguir a intuição e ouvir mais a sua voz interior, ariano. Leão 21/07 a 20/0821/07 a 20/0821/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/1221/11 a 20/12 Fortesdemandasenvolvendoafamília,acasaeosinteresses emocionais.OnovomovimentodoplanetaMarteenfatiza os interesses íntimos dos sagitarianos, mais intuição e inte- riorização.Momentooportunoparasecentrarmaiseagirde acordocomasuanaturezaemocional. Gêmeos 21/05 a 20/0621/05 a 20/0621/05 a 20/06 Oplanetadaaçãoedamotivação,Marte,passaaatuarna carreiradosgeminianos.Iníciodeumafaseoportunapara vocêsedirecionarmaisaosseusobjetivosprofissionais.Fase importante para agir com base na intuição e na sensibili- dade.Cuidadocomasilusõeseexcessosdeexpectativas. Libra 21/09 a 20/1021/09 a 20/1021/09 a 20/10 Umdiaquefavorececontatosdenaturezaemocionaleos relacionamentos, libriano. Uma fase oportuna para você investir em novos objetivos profissionais e também em melhorar a saúde. O novo movimento do planeta Marte enfatiza o bem-estar, a qualidade de vida e a percepção da influência das emoções sobre a saúde. Aquário 21/01 a 18/0221/01 a 18/02 Novas demandas e interesses ligados à vida material dos aquarianos. Um período oportuno para expressar as suas habilidadescommaissensibilidadeeimaginação.Cuidado comatendênciaaagirdeumaformaprecipitada,impulsiva ouilusórianoterrenofinanceiro. Touro 21/04 a 20/0521/04 a 20/0521/04 a 20/05 Com o novo movimento do planeta Marte, a ênfase vai para os projetos envolvendo grupos e empresas. As suas atitudes tendemasermaispautadaspelasensibilidade,intuiçãoeima- ginação.Momentooportunoparafazerasuaparteemobjetivos eprojetosenvolvendoamigoseinstituições. Virgem 21/08a20/0921/08a20/09 Osrelacionamentoseparceriasganhamumnovodinamis- mocomomovimentodeMarte.Éumafaseoportunapara colaborarmaiseparabuscaroentendimentonasrelaçõese nasparcerias.Atençãocomatendênciaaexigirouesperar demaisdosoutros.Façaasuaparte. Capricórnio 21/12 a 20/0121/12 a 20/01 Éimportanteestaratentoànecessidadedemelhorarasua comunicação e interação com as pessoas. O novo trânsito astrológicodoplanetaMartefavoreceoconhecimentoeos relacionamentos.Iníciodeumafaseoportunaparamelhorar aqualidadedoquevocêaprendeetransmiteparaaspessoas. Câncer 21/06 a 20/0721/06 a 20/0721/06 a 20/07 Fica enfatizada a partir de agora a força da fé, das crenças, dos ideais e valores cancerianos. É uma fase oportuna para desenvolver mais a sua espiritualidade e o autoconheci- mento.Ocontatocomoutrasculturasecomlocaisdistantes pode favorecer o seu progresso pessoal. Escorpião 21/10 a 20/1121/10 a 20/11 Novasatitudesemocionaisesentimentosmarcamomovi- mento do planeta Marte. Um período oportuno para você sedirecionar,masdeacordocomasuaverdadeiranatureza emocional.Afaseéoportunaparaexpressarcriativamente eamorosamenteosseustalentos. Peixes 19/02 a 20/0319/02 a 20/0319/02 a 20/03 Oplanetadaação,damotivaçãoedaenergiasexual,Marte,passa aatuaremseusigno.Tendênciaanovasatitudes,objetivoseao novo dinamismo na vida dos piscianos. Tendência a agir mais baseandonassuaspercepçõessensíveiseintuitivas,pisciano. Horóscopo Atenção com investimentos e questões que envolvem outras pessoas, nativo de Leão. A fase é oportuna para estarmaisconscientedosseussentimentos,intimidades esexualidade.Momentoemquevocêdeveagirmaiscom basenasuasensibilidade,masevitaratitudesilusórias. O cantor Leonardo está muito abalado por causa da morte de seu pai, seu Avelino da Costa(78),queaconteceunamadrugadadeste domingo (11), vítima de complicações de um enfisemapulmonar. Internado desde terça-feira (6) na UTI do Hospital Anis Rassi, em Goiânia, seu Avelino nãoresistiuàfortecriseefaleceu. Em conversa com a imprensa, em sua chegada ao velório do pai, na capela do ce- mitério Jardins das Palmeiras, onde ele será enterradonomesmotúmuloondeseencontram os restos mortais do filho, Leandro – morto em 1998 por conta de um câncer no pulmão -, Leonardo falou um pouco sobre o momento tãodoloroso. “Perdioesteiodaminhafamília.Meupai foiumhomemmuitoforte,umexemplodepai, dehomem,deserhumano.Tudoqueeutenho hoje,quemeusou,oqueaduplaLeandroeLe- onardofoi,nósdevemostudo,tudo,tudoaele”. Mesmo passando por um dos piores momentos de sua vida, Leonardo afirmou que foimelhornãoveropaisofrendoeprolongando suadorpormaistempo. “Eunãoiaaguentarvermeupaisofrendo. Seelerealmenteescapassedessaetapaeficas- seemumacamasofrendo,eunãoiaaguentar, porque não estava preparado para isso. Agora ele está bem, está com meu irmão, Leandro”, afirmouLeonardo. Em conversa com O Fuxico, Ede Cury, assessora do artista, disse que seu Avelino estava internado desde o início do mês, mas noúltimodia6foipararnaUTI,poisseuquadro seagravou. “Nestamadrugada,elenãoresistiuàcrise esefoi”,disse.
  9. 9. Correio Especial Igor Borges igor.borges@grupocorreiodosul.com.br www.facebook.com/igor.borges @igormborges Entrevista Ele veio do interior do Rio Grande do Sul, estu- dou até o 8º ano, se aven- turou em São Paulo, traba- lhou duro como garçom e chapeiro, voltou ao estado natal, empreendeu, apro- veitou a oportunidade, veio para Sombrio, trans- formou seu negócio em referência de nível conti- nental, ajudou a fomentar a indústria da moda na região e agora inaugura o seu mais novo e ousado empreendimento: o Sho- pping Outlet Japonês Nos conte um pouco de sua trajetó- ria? Sou de Pouso Novo, na época, distri- to de Arroio do Meio, em Rio Grande do Sul. Meus pais trabalhavam na colônia, plantavam soja, criavam porco, tiravam leite. Andávamos 7 km para ir ao colégio, às vezes tínhamos calçado, outras vezes não, muitas vezes íamos a cavalo. Não tínhamos nem energia elé- trica, era tudo a base de lampião. Meus irmãos foram novos para Araraquara, em São Paulo, trabalhar em lanchone- te. Então nosso pai com muito esforço nos deu uma oportunidade de ter uma lanchonete, e com 18 anos fui para São Paulo trabalhar na lanchonete dos meus irmãos. Depois de 2 anos voltei ao Rio Grande do Sul para servir o Exército. Logo comecei a trabalhar na lanchone- te da rodoviário em Lageado, quando surgiu uma oportunidade em Pântano Grande, onde passei 3 anos e meio, até Vito Basso O empreendedor da região CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 aparecer o Japonês. Passado um tempo, fui procurado para investir em um shop- ping de atacado. Logo criamos o Super Center Japonês em Sombrio, em seguida o Prime Atacado, em São João do Sul, e agora o Novo Shopping Outlet Japonês. Todos os seus empreendimentos são compartilhadas com seus irmãos? Não, hoje os negócios são tocados por minha família e meus fortes subor- dinados. No início meu irmão era meu sócio. Mas depois dos negócios cresce- rem acabamos dividindo, ele pegou uma parte e eu fiquei com o Japonês. Do negócio de lanchonete para o ramo da moda como foi essa mudança? Quando cheguei aqui, há 28 anos, Sombrio tinha sua economia baseada no calçado. Então fui procurado por empresários de Araranguá pedindo para abrir um shopping para venda de varejo em Sombrio. Eu fiz esse investimento. Quando comprei o terreno onde hoje é o Super Center Japonês, assinei um documento que eu me comprometia em fazer algo para Sombrio. E depois do surgimento do shopping e da quebra- deira no ramo de calçados, o setor de confecção começou a crescer e hoje é a principal atividade econômica do município, graças uma considerável parcela de ajuda do shopping que criamos. Ter um shopping de atacado e outro de varejo perto não era legal, os guias sempre reclamavam. Então decidimos fazer o shopping de atacado longe. Construímos o Prime Shopping em São João do Sul, e ficamos com o varejo no Super Center Japonês. Mas a região precisava de um shopping de varejo de qualidade, estamos criando essa oportunidade, onde as confecções de Sombrio podem vender as pontas de estoque de seus atacados para o vare- jo a preços mais vantajosos do que se fossem vender a quilo para São Paulo. É uma ideia muita avançada para a região. Logo as pessoas que não acredi- tam vão poder ver que estamos certo. E como foi transformar o Restau- rante Japonês, que era um pequeno negócio, em uma marca conhecida no Brasil? No Brasil só não, na América do sul, talvez no mundo. Quando você anda de avião os pilotos vivem brin- cado que vão fazer uma parada no Japonês. Não somos perfeitos, às vezes pisamos na bola. Mas fazemos muito mais coisas boas que negativas. Ouvi- mos 10 comentários bons por um ruim. Quando assumi o Japonês, eu ia dor- mir as 11 horas da noite e chegava às 4 horas da manhã para trabalhar. Não conhecia ninguém em Sombrio, morava em um hotel, porque ninguém queria me alugar uma casa. Estou sempre inovando todo ano. Viajo para Estados Unidos e Europa, sempre aprendi e trouxe novidades, como self-service, ficha eletrônica. Além de me cercar de pessoas boas. Posso dizer que foi persistência, trabalho e liderança. O Shopping Outlet Japonês com um conceito tão novo não é arriscado ? Quando você acredita, você faz e dá certo. Muitas pessoas me diziam ser doido por fazer um shopping outlet desse tamanho. Mas não sou doido, já fiz empreendimentos mais arriscados. Investi em um restaurante em Curitiba para começar do zero, no Bela América do zero, investi em Torres do zero, um prédio em Sombrio do zero. O único que não peguei do zero foi o Japonês, que estava andando. O mais importante é ser humilde e trabalhar. Tenho toda convicção que o novo Shopping Outlet Japonês vai ser um sucesso.
  10. 10. 10 CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Publicidade
  11. 11. Geral 11CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Show gratuito da banda Chimarruts lotou a área central do balnéario Vereadores e o prefeito Sandro Maciel tem discutido projeto para estudantes > ARROIO DO SILVA Mais uma vez o públi- co lotou a área central de Balneário Arroio do Silva nesta temporada de verão 2015. Fazendo parte da programação de eventos, o sábado atraiu uma mul- tidão que acompanhou no palco principal o show nacional do Chimarruts. Moradores, turistas e veranistas curtiram a banda gaúcha. A estudan- te Analu Belettini, que é moradora do município de Turvo, passa as férias sempre no Arroio do Silva e aproveitou o evento gra- tuito.“Agentesemprepas- sa o verão aqui. O show foi ótimo,muitobommesmo”, frisou.JáRômuloMartins, de Araranguá, aproveitou Show lota a área central do Arroio do Silva aoportunidadeparareveros integrantes da banda. “Sou fã e amigo deles. Trabalhei muito tempo no Resumo e eles sempre tocavam ali. Vim acompanhar o show e também, aproveitando a oportunidade, dar um abra- ço neles”, destacou. O show iniciou por volta das 23h15 e foi até quase 1h da manhã. Entre fotos, selfies e muitas músicas conhecidas do público, a animação foi contagiante na praça central. Entre a multidão pre- sente,quemnãodeixoutam- bém de participar foram os atletas do time de handebol de cadeirantes Judecri, de Criciúma.Emumaturmade amigos e familiares, os cinco atletas curtiram o show em frente ao palco. “Somos Da redação Ajuda de custo para quem estuda em universidades fora da região foi discutida em 2014 e continua em pauta este ano Benefício > ARARANGUÁ Deve voltar a pau- ta de discussão em fevereiro, em Araranguá, a legislação sobre o transporte universitário no município. Recentemente, o presidente da Câmara de Vereadores Rony da Silva participou de umareuniãocomosecretário municipal de Finanças, Val- delir Cesconetto, o Dé, para tratar do assunto. Agora,aexpectativaéde quea administraçãomunici- palfaçaosencaminhamentos necessários.“Estareicobran- do do Poder Executivo para que em fevereiro encaminhe a proposta como projeto de lei para que seja autorizado Alunos aguardam lei do transporte o serviço do transporte uni- versitário”, explicou Rony, que lembrou que o legislador Arilton de Souza Costa (PP) também havia solicitado o benefício em 2014. Outro encontro sobre a proposição, realizado no dia 15 de dezembro, contou com a participação dos vereado- res Ozair da Silva, o Banha, Adair Jordão,Alexandre Re- zendePereira,KilaGhellere, Geraldo Mendes, JoãoAbílio Pereira, Giancarlo Soares de Souza, Luiz Braz Paulino, o Lulu e Ronaldo Soares, o Ro- naldinho, e o prefeito Sandro Maciel. A proposta feita através de um requerimento deu entrada na Câmara no ano passado e não havia sido votado. Nela é solicitada a criação do programa Cami- nhoparaoFuturo,vinculado à Secretaria Municipal de Educação, que tem por ob- jetivo geral possibilitar aos estudantes de classe social menos favorecida o acesso ao ensino superior. Dessa forma, os alunos, residentes em Araranguá que frequen- tam cursos de nível superior em instituições de ensino localizadas em Criciúma e Tubarão serão beneficiados comumabolsa-auxílioparao custeioparcialdotransporte. O valor da ajuda seria de meia UFM (Unidade Fiscal Municipal)para cada estu- dante. A proposta ainda es- tabelece a criação de uma comissão para estudo social de seleção dos beneficiários. de Criciúma, Cocal do Sul e Içara. Viemos só para assistir o show e foi muito bom”, disse Maicon Kanareki. “Foi mais um show incrível e com um grande público. Mas a programa- ção de eventos não para por aqui, ainda temos muitos shows ao longo da temporada”, registrou a diretora de Turismo Maira Patrícia Vieira Cardoso. Napróximasexta-fei- ra a programação segue com a banda Scorpions e no sábado tem pagode com Auto Estima e show com a banda Vinil Pra K7. Ainda neste mês de janeiro haverá uma apre- sentação especial com Ex- presso Rural, no dia 31.
  12. 12. 12 CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Publicidade
  13. 13. Especial 13CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Rafael Andrade De olho no interior Susto na lagoa Guarda-vidas estão de olho em posto central da praia Bella Torres, em Passo, e em rios de outros municípios Prevenção ainda é o melhor remédio Com as altas temperaturas e balneários abarrotadas de turistas, bombeiros alertam para cuidados que podem evitar o pior Afogamentos > PASSO/GAIVOTA Todos querem ga- rantir um bom retorno para casa após as férias ou um final de semana na praia. Todos querem chegar ao final de 2015 felizes, com os sonhos realizados, ou simplesmen- te vivos. Mas nem todos tomam medidas, algumas bem simples, de preven- ção, que podem significar a diferença entre viver ou morrer. Porque a frase é anti- ga, porém continua bem verdadeira: a prevenção ainda é o melhor remédio. Se os milhares de banhistas que frequentam as praias, lagoas e rios da região ficarem atentos às placas e bandeiras de sinalização do Corpo de Bombeiros, as chances de um registro de afogamento serão pratica- mente zeradas. E quando algo ruim acontece, não é por falta de guarnição ou de guarda- -vidas. Somente em Bal- neário Gaivota, Passo de Tores, São João do Sul e Praia Grande são 29 os pontos assistidos pelos profissionais. São 80 bom- beiros militares e guarda- -vidas civis em atuação na região especificamente em pontos de balneabilidade. O reforço atua desde a primeira quinzena de de- zembro, quando iniciou a Operação Veraneio da Se- cretaria de Estado da Se- gurança Pública. A Polícia Militar também recebeu mais contingente para os municípios litorâneos. A Operação segue até março. Em Balneário Gaivo- ta, as praias guarnecidas por guarda-vidas são a Central, Village Dunas, Santa Fé, Turimar, Ar- roio, Quadra 1, Onda Azul, Onda Azul 2, Siri, Campo de Futebol, Guaratuba, Areias Claras e Tropical, além das lagoas de Fora e Cortada. “Temos homens em atuação nesses pontos todos os dias da semana das 8 às 20 horas. Tudo para garantir a segurança dos banhistas”, informa o soldado do 2º Grupamento dos Bombeiros de Passo de Torres, Leonardo Ca- rabone. Muito procurada por turistas na alta tempora- da, Praia Grande também recebe muitos banhistas, principalmente no Balne- ário Recanto, às margens do rio Mampituba. “Man- temos um profissional lá durante a semana e dois nos fins de semana, justa- mente para manter o índice de zero de afogamentos em áreas guarnecidas”, destaca Leonardo. Já em São João do Sul, o posto de guarda-vidas fica no Balneário Taitá. Em Passo de Torres são dez postos de guarda-vidas. O município balneário tem 24 praias, várias delas praticamente intocadas. As praias com a melhor infraestrutura são Bella Torres, Rota do Sol, Rosa do Mar, Barra Velha e Praia do Passo, todas com postos dos bombeiros. O número positivo de zero de afogamentos na temporada também se re- pete em Balneário Gaivota. Lá, por sinal, segundo os bombeiros, há 15 anos não é registrado um óbito. “Des- de que iniciou a Operação Veraneio não tivemos mais mortes em pontos assis- tidos por guarda-vidas”, destaca sargento Rodri- gues. Ele dá dicas de como prevenir um acidente com afogamento. “É simples: Nunca nadar em correntes sinalizadas com bandeira vermelha; não ir para o fundo se não souber nadar; dentro da água é sempre bom estar acompanhado de umamigoouparente;nunca deixar as crianças sozinhas na água; nunca banhar-se sobefeitodeálcooloudrogas e obedecer, sem restrição, a Alugo 02 casas em Bal. Arroio do Silva á 150mts. do mar. Na Av. Getúlio Vargas, nº1520 Valor: R$160,00 a diária casa p/07 pessoas R$100,00 a diária casa p/06 pessoas Contato: (54) – 84013523 Fotos no www.casadepraia-arroiodosilva. webnode.com sinalização imposta pelos profissionais do corpo de bombeiros, seja na areia da praia, margens de rio ou lagoas”. Um caso de afogamento de grau dois foi registrado nesta temporada, na Lagoa da Tapera, em Passo de Tor- res. Luiz Eduardo da Silva, de 22 anos, tomava banho com amigos quando caiu de uma moto aquática e se afo- gou. O desespero do grupo queoacompanhavafoigran- de, mas ele foi retirado da água a tempo, colocado em um carro e encaminhado às pressasparaoHospitalNos- sa Senhora dos Navegantes, em Torres. O problema foi o que ocorreu no caminho. O veículo onde Luiz Eduardo estava quebrou e foi preciso acionar o Corpo de Bombei- ros. A agilidade do socorro foi fundamental para salvar o rapaz. “Quando chega- mos às margens da Estrada Geral Lagoa da Tapera ele já estava consciente, mas precisava de atendimento médico. Realizamos a ve- rificação dos sinais vitais e constatamos uma alteração nos batimentos cardíacos”, lembra um socorrista. O jovem foi colocado na viatura ASU dos bombeiros para seguir até o hospital, onde foi medicado e liberado horas depois. Os bombeiros chamam a atenção neste caso, pois a vítima nadava em um local não guarnecido e as chances de afogamento são muito maiores. “Este foi o único caso registrado até agora em nossa região, mesmo assim, foi um afo- gamento grau 2, que varia até 6”, diz o soldado Leo- nardo Carabone.
  14. 14. Publicidade14 CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015
  15. 15. lêmica provocada por obras planejadas pela prefeitura em espaço ocupado por campo de futebol. Morado- resdoParquedasAvenidas também se mobilizaram contra a construção de um posto de saúde no Com- plexo Esportivo Antônio sant’Helena, e na locali- dade de Retiro uma escola já está sendo construída em cima de um campo de futebol.Nosdoiscasosapo- pulaçãoacabouaceitandoa situação, entendendo que ainda teriam um campo e tambémganhariamaobra. Geral 15CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015  ArmaspesadasestavamcomEdson,quefoipreso > ARARANGUÁ Dando combate as associações criminosas que visam instalar-se em comunidades de Araran- guá, no final da tarde de sexta-feira agentes da Polícia Civil da Divisão de Investigação Criminal (DIC) deAraranguá pren- deram o gaúcho Edson Borges da Silva, de 25 anos , natural de Porto Alegre. No apartamento dele, no residencial Flor do Campo,no bairro Mato Alto, os policiais apre- enderam duas escopetas de calibre 12, e mais 22 cartuchos de espingar- da do mesmo calibre. As espingardas estavam es- condidas em meio a um cobertor no quarto do Políciarecolhe duasescopetas piso superior junto com a munição. Edson contou aos agentes que trouxe as armas de PortoAlegre. Na casa haviam outros indivi- duos ligados ao mundo do crime que foram ouvidos e liberados, enquanto Edson foi autuado com base no Estatuto do Desarmamen- to pela posse de armas de uso não permitido. De acordo com o dele- gado Jorge Giraldi, que co- mandou a operação, essas escopetas comumente são usadas em crimes come- tidos nas grandes favelas do país. Os policiais civis de Araranguá investigam ações de grupos que ten- tam comandar o tráfico no município. Após a prisão Edson aguardoutransferênciapara um presídio fora da região. Da redação Zênio apresentou projeto do prédio da escola durante reunião bem acalorada Prefeito defende obra de escola estrutura comprometida e não temos onde construir outra. Se a comunidade se reuniredizerquenãoquer a escola eu não a construo. Mas duvido que vocês não queiram uma escola como essaaqui,mudandoopano- ramadobairro,queganha- rá,apósessaconstrução,no lugardaantiga,umaPraça deConvivência”,salientou. Membros da comuni- dade que aprovaram o pro- jeto rechaçaram qualquer representação do grupo que protestava, afirmando que os contrários estariam motivadosporumaquestão partidária, pois seriam ligados ao PP, partido de oposição. Osânimosficaramalte- rados eZênioentendeuque não havia mais condições de continuar a discussão.A comunidadeagoradeveele- ger representantes que se reunirãocomvereadoreseo prefeito para tentar encon- trar uma solução.”Precisa seralgorápido,porqueden- tro de poucos dias se inicia a construção da escola”, finalizou o prefeito. Esta não é a única po- > SOMBRIO OprefeitoZênioCar- doso apresentou na sexta-feira, no distrito Boa Esperança, o projeto da obra que proporcionará ao bairro a maior e mais moderna escola do muni- cípio, que será construída onde hoje existe um campo de futebol. Com 12 salas de aula, laboratório de informáti- ca, salas administrativas, biblioteca e ginásio de es- portes, o complexo educa- cional gera discussões na comunidade motivadas por uma série de fatores.O principal deles é o descon- tentamento de muitos com o fim do campo de futebol. Um dos times que utiliza o espaço nos fins de semana não quer a construção da escola no local, mesmo já tendo outro espaço sendo preparado para substituir o campo atual. Numa reunião com opiniões divididas e com declarações em alto tom de voz, o prefeito explicou o projeto alegando que aquele é o único terreno disponívelaopoderpúblico para o novo prédio escolar. “A atual escola está com a Prédio será construído na área do campo de futebol, mas Zênio explica projeto e garante que logo outro espaço esportivo estará a disposição da comunidade Polêmica
  16. 16. Publicações Legais16 CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Tabelião do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960- 000, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 131438; Dev: CELSO LUIZ BORELLI MEI - 12.211.458/0001-79; Ced: COMAPREIS LTDAEPP; Sac: COMAPREIS LTDA EPP; Tit: 28059/03 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 30/12/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 584,50+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 131380; Dev: JANAINA VIEIRA MIGUEL - 062.554.799-35; Ced: SUPER CREDI JAPONES SERVI OS ASSESSORIA CREDI; Sac: SUPER CREDI JAPONES SERVI OS ASSESSORIA CREDI; Tit: 288236-9 ; Apr: FCDL; VEN: 19/09/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 299,20+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 131373; Dev: MAICON TEIXEIRA DA SILVA - 076.320.899-00; Ced: SUPER CREDI JAPONES SERVI OS ASSESSORIA CREDI; Sac: SUPER CREDI JAPONES SERVI OS ASSESSORIA CREDI; Tit: 287446-4/7 ; Apr: FCDL; VEN: 09/05/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 105,00+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 131435; Dev: MARIADAGLORIAPINTO CARDOZO - 811.558.599-87; Ced: COMAPREIS LTDA EPP; Sac: COMAPREIS LTDAEPP; Tit: 010862/01 ;Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 31/12/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 332,43+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 131403; Dev: MARILVA G DA SILVA ME - 12.500.889/0001-55; Ced: FREISIL LTDA; Sac: FREISIL LTDA; Tit: 1723 01 ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 26/12/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 270,10+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 131425; Dev: MARILVA G DA SILVA ME - 12.500.889/0001-55; Ced: FREISIL LTDA; Sac: FREISIL LTDA; Tit: 1598 C ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 24/12/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 257,00+Juros Legais; Emol.: 46,96. Sombrio - SC, 12/01/2015 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
  17. 17. ³ Angelo e Cristiana passaram os últimos dias vivendo sob o viaduto da BR 101 Geral 17Correio do Sul Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Sem teto Usandobarracacomocasa,elesestãoacampadosembaixo doprincipalacessoaSombrio,usadopormoradoresderua Rafael Andrade > SOMBRIO Cortado pela BR 1 0 1 , S o m b r i o atrai com frequência mo- radores de rua. Muitos CasalmorasobelevadodaBR101 deles ficam na cidade por um pequeno período. Outros enxergam uma oportunidade de instalar residência fixa, trabalhar, fazer amigos e constituir família. É o caso de Márcio Ângelo Luís Cardoso de Nunes, de 40 anos, e sua esposa, Cristiana Justo de Oliveira, 34. Os dois vivem há seis dias sob o viaduto central de BR101, no prin- cipal acesso a Sombrio. Eles querem ser vistos para serem lembrados. “Estamos aqui, não so- > ARARANGUÁ Na tarde de sexta- -feira teve início a ma- cabra contagem do nú- mero de homicídios na região em 2015. A primeira vítima de assassinato do ano foi Rogério Matos Fortuna- to, de 35 anos, morto com um tiro no peito. O cri- me aconteceu por volta das 14h30min, na casa da vítima, na estrada Homem é assassinado em casa geral do Caverazinho,em Araranguá. Rogério estava sozinho em casa quando foi acerta- do com o disparo de arma de fogo e morreu na hora, sendo encontrado por fami- liares caído no banheiro da residência. Segundo o delegado Jorge Giraldi, da Divisão de Investigação Criminal de Araranguá, Rogério foi executado na porta de casa. Ele estava sozinho foi alvejado por um dis- paro a queima-roupa que lhe atingiu o pei- to. Ao abrir a porta ele recebeu o tiro e fugiu para o banheiro, onde foi encontrado morto pelo seu irmão.Quando escondeu-se Rogério ain- da conseguiu chavear a porta do banheiro. Na fuga os atiradores dis- pararam contra a janela do imóvel. Um suspeito está sendo procurado pelos agentes da DIC e encontra-se foragido. mos cachorros de rua, somos alguém que quer uma chance”, simplifica Ângelo. A vida sofrida e o pre- conceito compõem o co- tidiano do casal. “Somos trabalhadores, mas a vida prega peças e acabamos na rua. Você acha que é uma escolha, que decidi- mos morar ao relento?”, indaga Ângelo, que diz ser pedreiro e caseiro de sítios e fazendas, mas ainda não conseguiu uma oportuni- dade em Sombrio. Cristiana, quase sem- pre cabisbaixa, conta uma história triste. Diz que os pais morreram antes de ela completar 20 anos e as irmãs mais velhas vende- ram a casa dos pais, onde ela morava. “Tinha um lar, mas não tinha mais família depois do faleci- mento de meus pais. Fui abandonada, não tinha nada dentro de casa, mas pelo menos tinha um teto. Minhas irmãs me jogaram na rua, onde estou há seis anos. Já fiquei doente e não tinha remédio, passei fome e não tinha comida, sede e não tinha água. Chorei muito e ainda cho- ro pela falta de amor co- migo”, desabafa. Ela diz ser faxineira e também pede uma chance para trabalhar. O casal, natural do Rio Grande do Sul, está junto há seis anos e garante não usar drogas ou álcool. Não tem filhos porque sabem que a criança passaria muito trabalho nas ruas ou poderia ser encami- nhada para adoção. Eles procuraram o setor de as- sistência social da prefei- tura de Sombrio e esperam ajuda. “O que mais preci- samos é de comida.Alguns comerciantes e mercados da cidade nos apoiam e sa- bem da nossa necessidade. Agradeço muito aos que nos estendem a mão, pois terão duas mãos estendi- das pela graça de Deus”, diz Ângelo, que há 12 anos caminha em passos incer- tos pelas ruas do Brasil.
  18. 18. Publicidade18 CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Vende-se Terreno em Baln. Gaivota no Bairro Jardim Ultramar próx. á Escola Dar- ci Ribeiro. Aceito carro no negócio. Fone: (48) 99080293.
  19. 19. Entrevista 19CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 [PeloEstado] - Como foi o encontro com o novo mi- nistro da Educação, Cid Gomes? Eduardo Deschamps - A reu- niãofoimuitopositiva,comapre- sença de secretários da Educação de 19 estados. Ficamos pratica- mente quatro horas em reunião, o que já mostra boa disposição em ouvir. Pela própria experiên- cia que tem como ex-governador do Ceará, ele estabeleceu uma abertura muito grande para que possamos construir uma experi- ência em conjunto. É um minis- tro que conhece a área e isso deve se refletir numa relação bastante produtiva com os secretários es- taduais da Educação. [PE] - Pode se refletir, por exemplo, na sensibilidade quanto aos reajustes do Piso do Magistério? Deschamps - Ele demonstrou isso. E esse foi o primeiro tema da conversa. Todos os presentes à reunião reconhecem a impor- tância de melhorar o salário dos professores, até como forma de atratividade para a carreira. O que tem preocupado é o grau de sustentabilidade que a atual polí- tica de reajuste do piso possa ter no médio e longo prazo, porque já começa a gerar alguns proble- mas. Mostramos ao ministro que nos últimos quatro anos tivemos um reajuste de 78% do piso para um aumento da receita do Fun- deb global de 39%. O piso sobe o dobro do que sobe o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desen- volvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissio- nais da Educação), principal fon- te de financiamento da Educação Básica no âmbito dos estados. Essa discrepância, dependendo da estrutura de carreira que se Temos estabelecido um diálogo muito aberto com os professores, com boa receptividade e muita compreensão.PeloEstado Entrevista EDUARDO DESCHAMPS Nascido em Blumenau, possui graduação, mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É professor titular da Universidade Regional de Blumenau (FURB) desde 1990. Eduardo Deschamps está na Secretaria de Estado da Educação desde 2011, primeiro como secretário- adjunto e, a partir de 2012, como titular da pasta. Foi um dos primeiros nomes confirmados pelo governador Raimundo Colombo para permanecer em sua equipe de segundo mandato. É presidente em exercício do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e nesta condição foi recebido no início da semana passada pelo novo ministro da área, Cid Gomes. Deschamps recebeu a reportagem da Coluna Pelo Estado em seu gabinete e em conversa de mais de uma hora revelou o que foi tratado na reunião com o ministro, as expectativas que tem para o ano de 2015 e o que está sendo feito para elevar a qualidade da Educação no estado: “Salário, carreira e formação de professores formam o tripé que levará à melhoria de condições de trabalho nas escolas”. tem, acaba comprometendo de maneira significativa os recursos apenas com folha de pagamento. O ministro demonstrou sensibili- dade para o assunto, por ter saí- do agora de uma gestão estadual. Mas disse que, nesse momento, há muito pouco a ser feito, por- que a lei está em vigor e uma alte- ração agora seria difícil. [PE] - Diante de tudo o que foi colocado para o ministro, qual a expectativa? Deschamps - Queremos reto- mar a agenda de conversas para que possamos fechar um acordo para modificar as regras de re- ajuste do piso, evitando que em 2016 tenhamos novo imbróglio como o que está sendo gerado agora. A nossa maior preocupa- ção, exposta para o ministro Cid Gomes, é que muitos estados já ultrapassaram o limite pruden- cial da lei de responsabilidade fiscal, outros estão com o Fun- deb totalmente comprometidos com o pagamento de salários, e muitos estados, para fazer algum tipo de adaptação, terão que me- xer nas respectivas carreiras. Ou seja, estão entre atender uma lei ou outra, a de Responsabilidade Fiscal ou a do Piso Nacional do Magistério, no limite entre pa- gar um salário melhor ou aten- der outras demandas da área, e mexer ou não na carreira, o que sempre é complicado. As dificul- dades que advirão desse índice de reajuste tão elevado (13,01% em 2015, elevando o piso para R$ 1,9 mil), praticamente o dobro da inflação do período, pode acabar gerando uma série de movimen- tos de paralisação de professores justamente em ano de medição de IDEB (Índice de Desenvolvi- mento da Educação Básica). Po- demos não ter avanços. [PE] - Há receio de greves em Santa Catarina? Deschamps - Temos estabeleci- do um diálogo muito aberto com os professores, com boa recepti- vidade e muita compreensão. O salário melhorou muito em Santa Catarina, em relação ao que era. Tínhamos vencimentos iniciais da ordem de mil reais e hoje já supera os dois mil e trezentos re- ais. Há melhorias significativas, mas sabemos que há a questão da carreira para ser resolvida. Esta- mos trabalhando na finalização de uma nova proposta de carreira para apresentar ao governador Raimundo Colombo e ao grupo gestor. Temos que, ao mesmo tempo, aplicar os índices que es- tão sendo dados para o piso, sem deixar de compensar os profis- sionais dos níveis mais elevados da carreira. Vamos apresentar a proposta de carreira para a cate- goria e iniciar todo o processo de negociação e de diálogo. [PE] - Como está o encami- nhamento do Plano Estadu- al de Educação (PEE)? Deschamps - Até o dia 16 que- remos ter prontos três grandes documentos. O primeiro é a mu- dança de estrutura da secretaria, das Gereds (Gerências de Edu- cação) e até das escolas; o segun- do é o Plano de Carreira, para que, cumprindo o compromisso que assumi com o sindicato da categoria, possamos começar a trabalhar com a própria cate- goria a proposta de mudança; e o terceiro é o Plano Estadual de Educação, para que possa ser re- metido à Assembleia Legislativa já no início do ano legislativo. Fi- zemos as Conaes (Conferências Nacionais de Educação), depois remetemos das propostas sis- tematizadas para o Conselho e para o Fórum estadual de Edu- cação e ambos já entregaram suas contribuições. Agora vamos sistematizar esse conjunto de propostas, apresentar ao gover- nador e encaminhar à Casa Civil para que possa remeter à Assem- bleia. Até o final de junho o PEE tem que estar aprovado. [PE] - Qual o grande desta- que do PEE? Deschamps - São as ações que prevemos, e que estão muito vinculadas ao Plano Nacional de Educação (PNE), relativas ao Ensino Médio e à formação de professores. São os dois gran- des destaques. Salário, carreira e formação de professores for- mam o tripé que levará à me- lhoria de condições de trabalho nas escolas. [PE] - Como estão os pre- parativos para o início do ano letivo 2015? Vão faltar professores? Deschamps - O grande assun- to que temos hoje na nossa rede é justamente por conta da tran- sição do Fundamental de oito para nove anos. Será a primeira vez que teremos o nono ano nas escolas. Porém, vamos reduzir o número de alunos no primeiro ano do Ensino Médio, porque não teremos alunos saindo do oitavo ano do Fundamental para o primeiro do Médio. Aí temos que ajustar a estrutura para isso. Em uma avaliação inicial, vimos que teremos que ter novas salas em 50 escolas. A minha preocu- pação é que, provavelmente, não estaremos com todas essas salas prontas para o início do ano. Va- mos ter que fazer um trabalho com as regionais para identificar onde alocar essas crianças até que todas as salas estejam cons- truídas. Isso pode causar algum tipo de dificuldade no começo do ano letivo, mas estamos manten- do um acompanhamento para minimizar os problemas. Quan- to a faltar professores, basica- mente, a equipe está formada. Teremos a segunda chamada de professores ACTs (Admitidos em Caráter Temporário) no mês de fevereiro e pretendemos fazer um novo concurso para efetivação de professores ainda em 2015, mas ainda não definimos o número de vagas. Não vou dizer que não vão faltar professores, mas serão casos pontuais. Em algumas re- giões lidamos com um apagão de professores para determinadas disciplinas. De qualquer forma, nos últimos dois anos a falta de professores no início de ano le- tivo não tem mais sido pauta na imprensa, porque antecipamos as chamadas. Antes eram cha- mados só em meados de janeiro e hoje a primeira chamada ocorre já em dezembro. [PE] - Quais as perspectivas para 2015? Deschamps - Temos a ques- tão do Pacto por Santa Catarina – Educação, que deve avançar muito em 2015. Hoje temos 40 escolas em obras de revitaliza- ção e outras 80 para começar, além de 40 novas escolas. Con- tando com recursos que virão do Ministério da Educação, deve- mos ultrapassar a faixa dos 500 milhões, 600 milhões de reais para investimentos na área ao longo dos próximos dois anos. A expectativa mais forte é que, so- mando todos os nossos esforços, tenhamos um desempenho ain- da melhor na Prova Brasil, que ocorre entre outubro e novem- bro, o que vai se refletir em um melhor IDEB em 2016. “O piso do Magistério sobe o dobro do que sobe o Fundeb” Texto e foto: Andréa Leonora | Leia a íntegra da entrevista em www.centraldediarios.com.br Florianópolis - 12Jan15 CENTRAL DE DIÁRIOS TRINTA E DOIS INTEGRADOS DIÁRIOS INTEGRADOS PRESENÇA EM 62% DE SC PeloEstado peloestado@centraldediarios.com.br www.centraldediarios.com.br
  20. 20. segunda-feira, 12 de janeiro de 2015
  21. 21. Página3 Página4 Bodenabalada Acontece noVeráo Segunda -feira, 12 de janeiro de 2015 #DoFindi 3°JetFestLagoa Baln.Gaivota
  22. 22. CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 20152 Anota ai para semana
  23. 23. CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 3 FESTA DO ABACATE SUMMER Imagens #DoFindi By www.bodenabalada.com.br
  24. 24. CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 20154 AcontecenoVerão Só na piscina O encerramento das oficinas de 2014 no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) de Araranguá teve brincadeiras e atividades de integração que mo- bilizaram aproximadamente 80 crianças. A festa foi no Caverá Country Park, onde muitas das crianças tiveram oportuni- dade de visitar pela primeira vez.Muitas piscinas, muita água, muita diversão. A confraternização teve a cara do verão, em um dos grandes atrativos turísiticos da região. Confraternização A confraternização de Natal da Gusman Alimentos aconteceu no dia 18/12 na Mahori Pizzaria em Sombrio. Além do tradicional amigo secreto houve sorteio de mais de R$7.000,00 em brindes entre os colaboradores. Com certeza foi uma noite especial para toda a equipe Gusman. Correio do Sul flagra momento de diversão e amor no batalhão da Polícia Militar de Araranguá. Após o expe- diente, sargento Márcio de Matos foi brincar com as filhas no balanço do jardim do batalhão, aproveitando a sombra e a brisa refrescante da tarde quente. Nota 10 para o paizão, para alegria das filhas Maria Eduarda, de 6 anos, e Laura, de 2 aninhos. Papai cuca fresca Faz tempo que os esmaltes deixaram de ser um mero detalhe de beleza para entrarem na lista dos objetos de desejo das fashionistas. A cada estação, novas cores e texturas entram na moda e, no verão 2015, não é diferente. Para atender bem as clientes, a manicure Marília Machado,de Sombrio, tem todas as cores da moda. Segundo ela, o calor deixa as mulheres mais ousadas e elas usam sem medo de ser feliz muito azul, alaranjado, verde e outros tons fortes e chamativos. Afinal, verão é assim, cheio de cor e de ousadia. Escolha sua cor O esmalte branco é um clássico nas unhas das brasileiras - afinal, é uma cor neutra e combina com qualquer look! Para o verão 2015, tanto os tons com mais transparência quanto os mais leitosos estão em alta. Outra tendência de esmalte neutro que vai continuar fazendo sucesso neste verão, o esmalte nude é básico e elegante. Para seguir essa tendência, procure esmaltes com o tom mais parecido possível com a sua pele. Desde o sucesso estrondoso do esmalte Jade, da Chanel, em 2008, as unhas em tons pastel viraram febre entre as bra- sileiras. Em 2015, além do verde, as cores azul, coral, rosa, amarelo e lilás, todos em tons bem clarinhos, também estão em alta. Azul celeste, azul escuro e azul royal bem intenso são as cores mais desejadas para as unhas das poderosas nesta tempora- da. Se você é adepta de um visual moderno, se jogue sem medo! Os esmaltes com cores metalizadas estão com tudo no verão 2015! O dourado e o prateado são as cores que prometem fazer mais sucesso, mas também há espaço para o azul me- tálico. Tom fofo e atemporal, o rosa antigo foi delegado durante muitos anos ao lugar de “esmalte da vovó”. Porém, este ano a cor volta com força total e vai colorir as unhas das mais modernas! Se você é fã de unha decorada, aposte na unha pintada com esmalte branco leitoso e o contorno, rente à cutícula, em pre- to. A tendência é super chique e vai fazer sucesso no verão 2015! No tom do verão A confraternização de Natal da Gusman Alimentos aconteceu no dia 18/12 na Mahori Pizzaria em Sombrio. Além do tradicional amigo secreto houve sorteio de mais de R$7.000,00 em brindes dia 18/12 na Mahori Pizzaria em Sombrio. Além do tradicional amigo secreto houve sorteio de mais de R$7.000,00 em brindes dia 18/12 na Mahori Pizzaria em Sombrio. Além do tradicional entre os colaboradores. Com certeza foi uma noite especial para amigo secreto houve sorteio de mais de R$7.000,00 em brindes entre os colaboradores. Com certeza foi uma noite especial para amigo secreto houve sorteio de mais de R$7.000,00 em brindes Use e sinta-se bem! Calor bom pra cachorro O calor exige que você tome cuidado com o seu bichinho de estimação. Man- tenha-o livre no pátio para que ele possa escolher o melhor lugar para ficar ou pelo menos, se ele ficar preso, garanta que haja boa proteção contra o sol. É importante também fornecer água em abundância. Nas fotos, Maguila brincando na calçada depois de uma chuva de verão. Ele mora com a dona em Sombrio e é cego. E um belo cachorro que procurou uma grama molhada para se refrescar, em Morro Grande. Animal sente calor sim, e frio, e dor, e alegria…
  25. 25. Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 ³ 23-40-45-59-74CONCURSO 3.686 QUINA 10/01 > balneário gaivota Balneário Gaivota teve mais um grande dia marcado por adrena- lina e emoção com a realização do 3º Jet Fest Lagoa neste domingo, com o circuito de Jet Ski na modalidade Slalon. Na competição modalidade Slalon vence quem faz o trajeto no menor tempo respeitando a ordem de boias que delimi- tam o percurso. Cada atleta tem direito a duas voltas, sendo uma no sentido horá- rio e outra no anti horário, participando cada qual nas categorias, sendo que no Superjet, onde o atleta em pé participa com um jet, foi realizado apenas uma volta de cada lado, devido ao esforço. As demais categorias, 1200 cilindradas, 1800 cc e a Força Livre fizeram as duas voltas. Este ano, além do circuito o público assistiu uma apresentação de Flyboard, um esporte europeu que vem ganhando força no Brasil e não ficou de fora em Balneário Gaivota com manobras sobre uma prancha conectada com propulsores junto à um Jet ski, fazendo com que o participante suba a uma altura incrível e faça manobras radicais. “O Jet Fest Lagoa vem ganhando notoriedade no estado inteiro, tanto o circuito quanto as apresentações dão mais credibilidade e força ao evento” comentou o prefeito Ronaldo Pereira da Silva. De acordo com a Secretaria de Tu- rismo e organizadores do Viva Verão Gaivota, o JetFest Lagoa tem cuidados especiais desde muito antes de colocar as motonáuticas na lagoa, começando com os cuidados de preservação do ambiente e também em estar de acordo com as normas exigidas pela Marinha. “Balneário Gaivota é totalmente regu- larizada quanto ao uso da lagoa, pois atende todas as exigências legais, por isto o evento tem o apoio e liberação da Marinha”, frisou o organizador do Viva Verão Jabson Muller. ³ 05-40-47-52-55-57 CONCURSO 1.668 MEGA SENA 10/01 Quatro categorias participaram do slalom de Jet Ski e os espectadores puderam apreciar a apresentação de flyboard 3ºJetFestLagoafoiumsucesso Vencedores: Super Jet: 1º - Alex Sander Batista (00:39:94) 2º - Leonardo Copetti (00:40:38) 3º - Juares Gomes (00:44:08) 1200 CC 1º - Jabson Muller (01:04:92) 2º - Junior Muller (01:05:45) 3º - Gabriel Arcangelo (01:07:37) 1800 CC 1º - Miguel Gonçalves (00:57:25) 2º - Murilo Gonçalves (00:57:43) 3º - Renam da Silva (00:57:78) Força Livre 1º - Ibanez Zanette (00:48:46) 2º - Murilo Gonçalves (00:52:48) 3º - Antônio Gomes Jr (00:52:61)
  26. 26. Verdinho/Pisoforte e Areti/ Duvalle não saíram do empate em 0 x 0. Já no domingo pela manhã, mais dois jogos da categoria veteranos. Na primeirapartidadatarde,a equipedaCestaBásicaTia VenabateuoMaracujápor 3 x 1, e se garantiu já ante- cipadamente na segunda fase, com seis pontos ga- nhos.EmseguidaoAmigos da Barranca/Construtora Edifica/Arabrindes,ganhou do Feirão dos Calçados/ Sandrinos Bar/Juventus/ todosestudadosedemuita pegada e poucos gols. Na primeira partida da tarde houve um grande confrontoentredoiscampe- ões que acabou empatado. StyllusConfecções/BigBom e Sponjas Beer ficaram no em 1 x 1. Em seguida no clássico do Arroio, o Golfi- nhos foi o melhor e bateu o Ronald Teixeira Imóveis por 1 x 0. Depois se seguiu uma partida truncada, de mui- tas discussões e reclama- ções e que terminou com NovoParaísoeFerroVelho Jorginho empatados em 1 x 1. E fechando a rodada Coloniense por 1 x 0 e tam- bém se garantiu na segun- da fase antecipadamente. Apróximarodadaestá marcada para o próximo final de semana. A come- çar por sábado pela cate- goria livre. As 15h15min jogam Foquilhinha x Cen- tro/Maracajáqueéoatual campeão. Em seguida às 16h30min jogam Boleiros ECxLojasFutebol Clube. As 17h30min, entram em campo Golfinhos x Sponjas Beer e fechando a rodada no sábado, as 18h30min se enfrentam Ronald Teixeira Imóveis x Styllus Moda Homem/ Big Bom. Já no domingo pela manhã pela categoria veteranos serão mais dois jogos. As 8h45mn Máster Ermo x Sersan/Kolina/ Prodapys e em seguida se enfrentam Forauto x Ponta de Estoque/Santa Cruz/JVJ Segurança . Jorginho, um apaixonado Falando dia desses com o amigo Jorginho, ele me disse que iria ficar somente com o seu time no praião do Arroio, o Ferro Velho do Jorginho. Sábado estive acompanhando o time dele, que empatou, sendo comandado pelo amigo Paulinho. Mas Jorginho voltou atrás e estájuntocomoRegieoInternacionalnoMorrodosConventos.Jorge éumapaixonadonãosópelofutebolcomotambémpeloInternacional, time que ele ajudou e muito o seu tio Valdir Merêncio. Sucesso ao time do Inter, ao Jorginho e ao Regi. Rodada do Sintético Continua hoje a noite o campeonato de futebol sintético do Ar- roio do Silva, categoria livre. Essa é a penúltima rodada da primeira fase de classificação. As 20h jogam Turvo x Sogima, e em seguida se enfrentam Sasso/Lojas Futebol Clube x Vila Beatriz Continua o futsal Hoje a noite continua o campeonato de futsal de Gaivota. Serão mais cinco jogos. As 19h pela categoria sub-12 jogam Esc Mauro Dentista x Rei do Futebol. Em seguida, pela categoria sub-16 jogam Mercado Paganini x Tapeçaria Josiane, depois as 20h jogam Esmasil x #Na Vibe, pela categoria feminino. Já às 20h45min se enfrentam pela categoria sub-18 Constrular x LC Veículos/6 Caneco, e fechando a rodada, também pela categoria sub-18, tem São Luiz x Botafogo. Campeonato de Sinuca Além do tradicional Campeonato de Sinuca Entre Bares, o Bar do Gaúcho lança um novo desafio e está à procura do melhor jogador de sinuca bola oito da região. Se você gosta do esporte e é maior de 18 anos, venha competir. Faça a sua inscrição no Bar do Gaúcho, localizado na avenida Cantuário Santos Vieira, nº 1.200, até o dia 17. Neste mesmo dia haverá sorteio dos confrontos às 20h. Quero mandar abraços Ao amigo José Murialdo Gomes, ele que também é colunista. Abraços a ele e a todos os colorados que estavam em festa neste final de semana no Arroio do Silva. O ônibus e troféus do Colorado foram exibidos no centro do Balneário. Na foto o amigo Murialdo com o ex jogador do Internacional Valdomiro Vaz Franco. Essa foto não foi tirada sábado, mais vale o registro do amigo com um ídolo do passado do Colorado. Sucesso absoluto O 3ºJetFestLagoafoiumsuces- so absoluto, com disputas acirradas e sadias e gente bonita. Os irmãos Jab- son e Junior Muller do Grupo Correio doSulconquistaramtroféusnaprova. Jabson conquistou o título da categoria 1200CC e Junior ficou com osegundolugar,sendoqueGabrielAr- cângelo ficou como terceiro colocado nesta categoria. 2 CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Cleder Maciel > ARROIO DO SILVA Comotempoquente desábadoedomin- go, as equipes entraram mais uma vez em campo para disputar a rodada do campeonato praiano de futeboldeareiadoSobreas Ondas no centro do Arroio do Silva. Foram seis jogos, sendo quatro no sábado a tarde pela categoria livre e mais dois no domingo pela manhã na categoria veteranos. Nosábadoatardetodos sabemqueacategorialivre éacategoriaprincipaleque leva para dentro da arena jogadores de muita técni- ca e qualidade. Jogadores rodados e experientes que arrancam aplausos do pú- blico. Neste sábado não foi diferente. Os jogos foram Rodada quente no Praião do Sobre as OndasSeis jogos agitaram no sábado e domingo as areias na arena montada no centro do Balneário FOTO:ClederMaciel Sábado Veteranos Próxima Rodada Próxima Rodada Esporte Cleder Maciel Esporte (48) 9900 3535 esportes@grupocorreiodosul.com.br https://www.facebook.com/cleder.maciel de. No primeiro jogo dessa temporada,oatualcampeão Ilhas demonstrou que está disposto a manter a supre- macia ao aplicar 8 a 0 na equipe do Vermes/Meque- trefes.Emseguidaosdemais confrontos apresentaram estes resultados: Nativos 4 x 2 União, Galáticos 4 x 2 Wosocris,MorroAgudo0x1 São Domingos e Distrito 3 x 3 Barro Vermelho. A programação da so- lenidade de abertura teve entoação do Hino Nacional, doHinodoMunicípiodeAra- ranguá, apresentação das delegações das duas equipes que jogaram na abertura da > ARROIO DO SILVA Cinco jogos, 27 gols e uma média de 5,4 por jogo fizeramaalegriadatorcida quelotouasarquibancadas do campo central de Bal- neário de Ilhas para acom- panhar a abertura de mais uma edição do tradicional campeonato de futebol de areia. Promovida pela Pre- feitura de Araranguá, por meio da Subsecretaria de Esporte e com organização da empresa JB Esportes, a competição é disputada sempre aos sábados à tar- ChuvadegolsabrePraiãodeIlhas competiçãoepronunciamen- to de autoridades. A próxima rodada no sábado terá mais cinco jo- gos. As 16h jogam São Do- mingos x Galáticos, em se- guida as 17h se enfrentam Wosocris x Morro Agudo, depois as 18h se enfrentam Barro Vermelho x Policia Rodoviária, depois as 19h jogam União x Ilhas e fe- chando a rodada se enfren- tam Vermes/Mequetrefes x Nativos.
  27. 27. Iemes/Multiclim/Sunset Bar por 2 x 0; em seguida pela categoria sub-14 o Guarani goleou o Avaí por 4 x 0. Em seguida pela cate- gorialivreprimeiradivisão, oResenhaFC/DineiFarma bateu o Bad Boys Torino por 3 x 1, e fechando a ro- dada, o Maracujá Darolt/ DGTransportesganhoude 2x1doPachecoMadeiras/ Madeireira Pacheco. pelaprimeiradivisão,oLa- tão/Boa Esperança bateu o Tigres por 2 x 0, e fechando pelacategoriamásteroRai- zeira ganhou da Esmasil por 2 x 0. Já no domingo pela manhã foram realizados quatro jogos. Na primeira partida da manhã a Esco- linha da Amja ganhou de 2 x 1 do Tigrinhos Gaivota na categoria sub-12. Em seguida a Boa Esperança mana. No sábado tem dois jogos,às16h30minCaveráx PraiadaCaçamba,seguidos por Minatto/Bec Futebol x Ponto Doce. Já no domingo, às 15h jogam Transportes BilecoxInternacionaleMar- cel Mármores e Granitos x Céu Azul. Por fim tem Bai- xadinha x Paraíso do Sul, e fechando a rodada jogam Raizera x São José. ramrealizadosbonseacirra- dosjogosacirradoseasredes balançaram29vezes.Foram cinco dois jogos no sábado e mais quatro no domingo. No sábado a tarde, dois jogos abriram a rodada. Na primeira partida, o time da Raizera bateu o Ponto Doce por3x0,eemseguidaPraia da Caçamba e Baixadinha empataram em 2 x 2. Já no domingo quatro jogos fecharam a terceira rodada da competição. No primeiro o time do Marcel Mármores e Granitos acor- dou no campeonato e não tomou conhecimento do São José, em quem aplicou uma goleadade7x2.Emseguida PraianomovimentaoVivaVerão Política 3CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Cleder Maciel Cleder Maciel > BALNEÁRIO GAIVOTA Final de semana movimentado no- vamentenoVivaVerão,em BalneárioGaivota.Quator- zejogosforamrealizadosno sábado e domingo em mais umarodada.Acompetiçãoa cada rodada vai ganhando ememoçãoeasequipesvão mostrando dentro das qua- trolinhasumbomfutebole quem é queme quais são os favoritos ao título de cada categoria. No sábado foram reali- zado seis jogos a tarde. No primeirooJornalSulCata- rinense bateu a Constrular por 4 x 1 pela categoria sub-18.Emseguidapelase- gunda divisão da categoria livre, Lagoa de Fora e In- dependenteempataramem 1 x 1. Depois pela primeira divisão o 6Caneco bateu o MDJ/Cooperja. Voltando a segunda divisão, Consultorio Cirico/ RecompereCorujaempata- ram em 1 x 1. Novamente FOTO:ClederMacielFOTO:ClederMaciel Quatorze jogos foram realizados pelo campeonato praiano no final de semana Praiano Tabelas Balneário Gaivota > ARROIO DO SILVA Campeonatopraianoda Praia da Caçamba tem cha- mado a atenção não só pelo bom futebol, mas também pelo belíssimo público que vemcomparecendonaarena dejogosparaacompanharas rodadas. Tudo isso agregado a bons time e a organização e coordenação feitas com se- riedadepeloGila,queacada ano tem demonstrado um grande trabalho e vem cha- mando mais equipes e mais público para o campeonato. No final de semana fo- PraiãodaCaçambatem29gols Internacional de São Defen- de e Paraíso do Sul empata- ram em 2 x 2. Depois houve um dos melhores jogos até aqui na competiçãoemqueCéuAzul e Minatto/BEQ empataram em3x3,efechandoarodada o Transportes Bileco bateu o Caverá por 2 x 1. A próxima rodada está marcada para o final de se- bateu a Mattric/São José por 3 x 2 também na cate- goria sub-12. Na categoria sub-14, Mattric/São José goleou a Boa Esperança por 7 x 0, e fechando,oGuaranieInfra Pesquisas/ImobVillageDu- nas empataram em 0 x 0 pela categoria sub-16. A tarde mais quatro jogos foram disputados. Na categoria sub-10 a Es- colinhadaAmjaganhoudo
  28. 28. > ARARANGUÁ Devido à intensa e contínua chuva de sexta-feira à noite, a Sub- secretaria Municipal de Es- porte atendeu uma reco- mendação do árbitro Ronan MarquesdaRosa,catarinen- se que atua nos quadros da Confederação Brasileira de Futebol(CBF)esuspendeua primeira rodada do Campeo- nato de Futebol Sete Society – categoria livre - disputado em Balneário Morro dos Conventos. Dirigentes das duas equipes e a organização do campeonato endossaram a decisão. “Todos queríamos ver a bola rolando no grama- do,mashoje(sexta-feira)isso ficou realmente impossível. Esse adiamento da primeira rodada prioriza a segurança tanto dos torcedores, quanto dos jogadores e dirigentes”, justificou o prefeito munici- pal, Sandro Roberto Maciel, 4 CORREIO DO SUL Segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 Suíço Veteranos Tradicional campeonato de futebol suíço do Morro dos Conventos teve jogo interrompido pelo mau tempo Chuvaadiafimdaprimeirarodada Praiano Tabelas Morro dos Conventos Futebol suíço Categoria livre Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 09.01 20:00 Coloniense/Madesasso/Duvall X Inter/Lojas Fátima 09.01 21:00 Interlagos X Golfinhos Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 14.01 20:00 Cruzeiro X Areti/Duvalle 14.01 21:00 Innal/Esportivo X Rafa Cabel/Centro Eventos Praiano Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 16.01 20:00 Z’Féras Pinturas X Independente 16.01 21:00 Santa Cruz/Cia do Sapato X Catarinense/Imbrasilos Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 21.01 20:00 Inter/Lojas Fátima X Interlagos 21.01 21:00 Golfinhos X Coloniense/Madesasso/Duvalle Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 23.01 20:00 Rafa Cabel/Centro Eventos Praiano X Areti/Duvalle 23.01 21:00 Innal/Esportivo X Cruzeiro Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 28.01 20:00 Catarinense/Imbrasilos X Z’Féras Pinturas 28.01 21:00 Independente X Santa Cruz/Cia do Sapato Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 30.01 20:00 Inter/Lojas Fátima X Golfinhos 30.01 21:00 Coloniense/Madesasso/Duvall X Interlagos Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 04.02 20:00 Rafa Cabel/Centro Eventos Praiano X Cruzeiro 04.02 21:00 Areti/Duvalle X Innal/Esportivo Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 06.02 20:00 Catarinense/Imbrasilos X Independente 06.02 21:00 Santa Cruz/Cia do Sapato X Z’Féras Pinturas Futebol suíço Categoria Veteranos Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 13.01 20:00 Bom Jesus X Bola Faceira 13.01 21:00 Santiago X Unidos Coloninha Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 15.01 20:00 Amigos Barranca/Tia Vena/Arabrinde X Sapiranga 15.01 21:00 Areti X Interlagos Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 20.01 20:00 Céu Azul X União 20.01 21:00 Ponta de Estoque/JVJ Segurança X Amigos Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 22.01 20:00 Bola Faceira X Santiago 22.01 21:00 Unidos Coloninha X Bom Jesus Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 27.01 20:00 Interlagos X Amigos Barranca/Tia Vena/Arabrindes 27.01 21:00 Sapiranga X Areti Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 29.01 20:00 União X Ponta de Estoque/JVJ Segurança 29.01 21:00 Amigos X Céu Azul Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 03.02 20:00 Santiago X Bom Jesus 03.02 21:00 Bola Faceira X Unidos Coloninha Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 05.02 20:00 Areti X Amigos Barranca/Tia Vena/Arabrindes 05.02 21:00 Interlagos X Sapiranga Data Hora Equipe “A” Resultado Equipe “B” 10.02 20:00 Ponta de Estoque/JVJ Segurança X Céu Azul 10.02 21:00 União X Amigos > ARARANGUÁ Artilheirodocampeona- to de 2014 e campeão, o ex- -jogador de futebol profissio- nal Emerson Almeida é um dos exemplos de que quem sabe jogar futebol não desa- prende. Nessa temporada, o antigo lateral-esquerdo do Criciúma Esporte Clube será um dos personagens do Campeonato de Futebol Sete Society de Balneário Morro dos Conventos. Ele é atleta do Bom Jesus, atual detentor do título. Emerson mantém a tradição de levar aos jogos os filhos João e Davi, que segundo ele já mantém intimidade com o Atraçõesnocampeonatodefutebolsete futebol. O campeonato pro- movido pela prefeitura de Araranguá, por meio da Subsecretaria de Esporte mobiliza 12 equipes. Na pri- meira fase, elas estão distri- buídas em três chaves. Ga- rantem classificação para as quartas de final, campeão e vice de cada grupo, mais os dois melhores terceiros colocados. A partir daí os jogos serão eliminatórios. Adecisão será disputada no dia 27 de fevereiro. Com ingresso gratuito para o público, o campe- onato de veteranos terá rodadas disputadas todas as terças e quintas-feiras à noite. “A competição ofe- rece oportunidade para relembrar o bom futebol de ídolos do passado, alguns ex-profissionais, outros que obtiveram destaque no fute- bol amador e jogadores que atuaram pelo Araranguá Esporte Clube”, destaca o subsecretário de Esportes Luciano Pires. que acompanhou a abertura da competição. De acordo com o diretor administrativo da Subsecre- taria Municipal de Esporte, Alex Ferro Cristiano, a or- ganização ainda não definiu umanovadataparaarodada adiada. “O jogo Inter/Lojas Fátima 1 x 0 Coloniense/ Madesasso/Duvalle, que foi interrompido aos 10 minu- tos do primeiro tempo será disputadoemumadataopor- tuna,cujaadefiniçãotentará preservar, ao máximo, o interesse dos envolvidos. Este confronto reiniciará a partir do tempo em que foi paralisado e mantendo o resultado de então, isto é, comavitóriaparcialdoInter por 1 a 0. Estamos segundo o regulamento”, explicou. Ooutroconfrontoválido pela primeira rodada, Inter- lagos x Golfinho, também foi adiado e será disputado na mesma data do jogo que foi interrompidoaos10minutos da primeira etapa. Apesar do imprevisto, o Campeonato de Futebol Society de Balneário Morro dos Conventos prossegue nor- malmente todas as quartas e sextas-feiras a partir das 20h no campo central da comu- nidade. Na quarta-feira, dia 14 serão realizados dois jogos: CruzeiroxAreti,Innal/Esporti- vox RafaCabeleireiros/Centro Esportivo de Eventos Praião. Afinaldacompetiçãoserá realizada no dia 25 de feverei- ro.Ao todo serão realizados 15 jogos. Na primeira fase, as 12 equipes estão distribuídas em três chaves. Somente campeão e vice de cada um destes grupos, mais os dois melhores ter- ceiros colocados garantem classificação para as quartas definal.Depoisdessaetapa,os confrontosserãoeliminatórios. Próximas rodadas Rodadas

×