RECOMPOSIÇÃO DE MATAS CILIARES DEGRADADAS E MANUTENÇÃO FLORESTAL NA BACIA DO RIO TAQUARAÇU CONTRATO DE GESTÃO Nº 002/IGAM/...
CADASTRO AMBIENTAL RURAL - CAR (LEANDRO LEITE) RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES E CONTROLE DE EROSÃO (ALESSANDRO VANINI E GIO...
EROSÃO 
• O QUE É? 
• O QUE PROVOCA? 
• QUE PREJUÍZOS CAUSA? 
• COMO EVITAR?
EROSÃO FATORES NATURAIS QUE POTENCIALIZAM SUA OCORRÊNCIA
DECLIVIDADE DO TERRENO
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO SOLO
VENTOS (EROSÃO EÓLICA)
EROSÃO FATORES HUMANOS QUE POTENCIALIZAM SUA OCORRÊNCIA
DESMATAMENTO
PISOTEIO DO GADO / SUPER PASTEJO
PISOTEIO DO GADO / SUPER PASTEJO
MANEJO INADEQUADO DO SOLO (aração morro a baixo)
MANUTENÇÃO INCORRETA DAS ESTRADAS RURAIS
MANUTENÇÃO INCORRETA DAS ESTRADAS RURAIS
MANUTENÇÃO INCORRETA DAS ESTRADAS RURAIS
EROSÃO FATORES HUMANOS QUE DIMINUEM SUA OCORRÊNCIA
REFLORESTAMENTO
MANEJO ADEQUADO DA PREPARAÇÃO DO SOLO
MANEJO CORRETO DE PASTAGENS E PLANTAÇÕES
PLANTIO EM NÍVEL
MANEJO DA MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO E MANUTENÇÃO DA COBERTURA MORTA DO SOLO
INSTALAÇÃO DE CURVAS DE NÍVEL
CONSTRUÇÃO DE BARRAGINHAS
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1º Momento de Campo - Recomposição das matas ciliares degradadas e manutenção florestal na bacia do Rio Taquaraçu

327 visualizações

Publicada em

1º Momento de Campo - Recomposição das matas ciliares degradadas e manutenção florestal na bacia do Rio Taquaraçu.

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
327
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1º Momento de Campo - Recomposição das matas ciliares degradadas e manutenção florestal na bacia do Rio Taquaraçu

  1. 1. RECOMPOSIÇÃO DE MATAS CILIARES DEGRADADAS E MANUTENÇÃO FLORESTAL NA BACIA DO RIO TAQUARAÇU CONTRATO DE GESTÃO Nº 002/IGAM/2012 ATO CONVOCATÓRIO Nº 004/2013 CONTRATO Nº 011/2013 1º MOMENTO DE CAMPO
  2. 2. CADASTRO AMBIENTAL RURAL - CAR (LEANDRO LEITE) RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES E CONTROLE DE EROSÃO (ALESSANDRO VANINI E GIOVANI VIEIRA) CULTIVO DO PALMITO (BRUNO SANTANA)
  3. 3. EROSÃO • O QUE É? • O QUE PROVOCA? • QUE PREJUÍZOS CAUSA? • COMO EVITAR?
  4. 4. EROSÃO FATORES NATURAIS QUE POTENCIALIZAM SUA OCORRÊNCIA
  5. 5. DECLIVIDADE DO TERRENO
  6. 6. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO SOLO
  7. 7. VENTOS (EROSÃO EÓLICA)
  8. 8. EROSÃO FATORES HUMANOS QUE POTENCIALIZAM SUA OCORRÊNCIA
  9. 9. DESMATAMENTO
  10. 10. PISOTEIO DO GADO / SUPER PASTEJO
  11. 11. PISOTEIO DO GADO / SUPER PASTEJO
  12. 12. MANEJO INADEQUADO DO SOLO (aração morro a baixo)
  13. 13. MANUTENÇÃO INCORRETA DAS ESTRADAS RURAIS
  14. 14. MANUTENÇÃO INCORRETA DAS ESTRADAS RURAIS
  15. 15. MANUTENÇÃO INCORRETA DAS ESTRADAS RURAIS
  16. 16. EROSÃO FATORES HUMANOS QUE DIMINUEM SUA OCORRÊNCIA
  17. 17. REFLORESTAMENTO
  18. 18. MANEJO ADEQUADO DA PREPARAÇÃO DO SOLO
  19. 19. MANEJO CORRETO DE PASTAGENS E PLANTAÇÕES
  20. 20. PLANTIO EM NÍVEL
  21. 21. MANEJO DA MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO E MANUTENÇÃO DA COBERTURA MORTA DO SOLO
  22. 22. INSTALAÇÃO DE CURVAS DE NÍVEL
  23. 23. CONSTRUÇÃO DE BARRAGINHAS

×