Guaianas 107

272 visualizações

Publicada em

Guaianas 107

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
272
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
51
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guaianas 107

  1. 1. Ano 7 - Número 107 - www.fb.com/JornalGuaianas Tel.: (11) 2031-2364 - raleste@gmail.com 2ª QUINZENA DE OUTUBRO DE 2014 Alckmin nega captação ilegal da água de segunda cota do volume morto de São Paulo (Sabesp) não realizou captação ilegal da segunda cota do volume morto, como atestou relató-rio divulgado pela Agência Nacional de Águas (ANA). Unidade móvel de atendimento à mulher começa a circular em Guaianases e no Lajeado Programa de incentivos fiscais gera três mil oportunidades de emprego na Zona Leste Copa Tiradentes 2014 já tem seus campeões PARA UM FUTURO MELHOR, A MUDANÇA É AGORA. COLIGAÇÃO: MUDA BRASIL - PSDB/PMN/SD/DEM/PEN/PTN/PTB/PTC/PTdoB • CNPJ: 20.558.161/0001-02 VALOR: R$ 1.500,00 O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou na manhã des-ta quinta-feira (16) que a Companhia de Sanea-mento Básico do Estado Dando sequência à programação iniciada em São Miguel Paulista, Zona Leste de São Paulo, a Unidade Móvel de Aten-dimento às Mulheres em situação de Violência, do “Programa Mulher Viver sem Violência”, começa-rá a circular no próximo dia 16/10, nos bairros de Aécio, sua esposa Letícia e seus filhos Gabriela, Júlia e Bernardo Andrea Matarazzo fala de Aécio Neves no Programa “Roda Viva” do Grupo Acontece Na manhã de segunda- -feira (13), o vereador An-drea Matarazzo do PSDB e Coordenador da campa-nha de Aécio Neves visitou a sede do Grupo Acontece O Prefeito de São Paulo esteve na região de São Mateus, para participar da cerimônia de abertura do Programa de Incentivos Fiscais para a Zona Leste da cidade, que já dispo-nibiliza três mil vagas de emprego na empresa Flex Contact, instalada no par-que industrial São Lorenço. As partidas finais da Copa Tiradentes 2014 de futebol de salão e de cam-po foram disputadas nos dias 27 e 28 de setembro, respectivamente no Clu-be André Vital (futsal) e no Campo Nova Era, em Cidade Tiradentes. Na modalidade futsal, o Bate Bola venceu o Cone- de Jornais e Revista, onde participou do Programa Roda Viva do Grupo Acon-tece, uma série de entre-vistas dirigido pelo diretor Divaldo... leia na pág 04 O programa visa à ins-talação de novas empresas nas regiões mais carentes da Capital, gerando opor-tunidades de emprego em locais mais próximos das moradias e evitando que a população tenha que se deslocar até lugares mais distantes para trabalhar. leia na pág 02 xão por 5 a 4 e, no futebol de campo, o Rubro Negro bateu o Nova Era por 4 a 0. A Subprefeita de Cida-de Tiradentes participou do evento, entregando as premiações aos dois times campeões e aos atletas que se destacaram nas categorias melhor goleiro e artilheiro... leia na pag 03 Guaianases e Lajeado. A unidade móvel integra a política de universaliza-ção de serviços e ações contra a violência que está sendo implementada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) da Presidência da República nos municípios que contam com ... leia na pág 03 Alckmin também rebateu a repercussão das declara-ções da presidente da Sa-besp, Dilma Pena, durante sessão de CPI na Câmara Municipal. A crise de abasteci-mento foi o tema central da primeira entrevista de Alckmin como governador após a vitória no primeiro turno.... leia na pág 02
  2. 2. Alckmin nega captação ilegal da água de segunda cota do volume morto SUB PREF. DE GUAIANASES Estr. Guaianases, 2565 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA COQUINHO Rua Hipolito de Camargo, 460 Uma publicação do Grupo Acontece de Jornais e Revista Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Representantes Comerciais: Pastor Odair • Designer: Ademir Rodrigues • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - E-mail: raleste@gmail.com (fl = Freelancer) As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. Jornal Guaianases-SP BANCA DE JORNAIS A MUSICAL Rua Salvador Gianetti, 1156 Guaianases-SP BANCA NOVA COQUEIRO Estr. Itaquera Guaianases, 2423 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA TEMAS E LETRAS Av. Salvador Gianetti, 564 Guaianases-SP BANCA DE JORNAL A MUSICAL Rua Salvador Gianetti, 1156 Guaianases-SP Atualidade 2ª QUINZENA DE OUTUBRO DE 2014 C R Ô N I C A Criançola Por ALLAN REGIS Meus caros amigos lei-tores, contemplamos em nossos dias uma nova mania, se não for um distúrbio: ser criançola. Quem sabe seja até tratável, basta os envol-vidos perceberem que sofrem e fazem os outros sofrerem no meio daqueles que não conseguem enxergar em sua figura mais velha um sentido importante do envelhecer. Uns dirão que falta educação ou consciência para entender a importância de crescer, tais sujeitos não foram erguidos, e não conseguem ter a dimen-são de nada, vivendo assim na ignorância completa, num obscurantismo imbecilizante, não deixando que cortem seu cordão umbilical ou fazendo birra, não querendo descer do pequenino triciclo que já não lhe suporta. Por isso vão falando, gesticulando, vestin-do, agindo com as mesmas irresponsabilidades de outro-ra, de fases da descoberta; porém, ao contrário de antes, já conhecem bem o que estão fazendo, se tratam de egres-sos das prisões, tomaram tais vertentes muitas vezes, e in-sistem em continuar crianço-las, formando um futuro sem referências adultas. Talvez, seja por isso também que gritam, falam palavrões, cos-pem em quem passa, ligam os sons dos carros em decibéis impossíveis de agradar, não se importando em respeitar ninguém, nem os psicólogos, estimulando desavenças com os vizinhos, inconsequên-cias, negando-se a uma fase importante para erguer um novo futuro, sem seu mundo retrógrado, fracassado, cheio de conceitos inúteis. Um novo futuro, onde o carinho, o amor, o respeito pelos outros sejam referências para quem preci-sa crescer saudável e tomar pra si responsabilidades e não fadar-se a uma infantilidade eterna. pelo problema. Num momento importante, quando o que mais precisa-mos é de sujeitos maduros, que possam passar experi-ências às crianças e jovens, sendo para eles um espelho, refletindo um amanhã de alguém que superou muitas situações difíceis, com vícios ou desenganos, podendo assim aconselhar os mais novos em idade a não irem por determinados caminhos, pois, caso teimem, estarão sujeitos às mesmas dificul-dades... Não! Não! Ao invés disso, os adultos vivem hoje às avessas, não querendo cumprir funções importantes, nem assumir responsabili-dades do seu tempo atual, insistindo em erros que já deveriam ter superado, ain-da forçando emaranhar-se O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou na manhã des-ta quinta-feira (16) que a Companhia de Sanea-mento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) não realizou captação ilegal da segunda cota do volume morto, como atestou relató-rio divulgado pela Agência Nacional de Águas (ANA). Alckmin também rebateu a repercussão das declara-ções da presidente da Sa-besp, Dilma Pena, durante sessão de CPI na Câmara Municipal. A crise de abastecimen-to foi o tema central da pri-meira entrevista de Alckmin como governador após a vitória no primeiro turno. “É óbvio que não esta-mos utilizando [a 2ª cota]”, afirmou o governador. “Se nós temos ainda 40 bi-lhões de litros de água da primeira reserva técnica, porque você vai entrar na segunda? Não tem sentido, é um tecnicismo”, afirmou. O Prefeito de São Paulo esteve na região de São Ma-teus, para participar da ceri-mônia de abertura do Progra-ma de Incentivos Fiscais para a Zona Leste da cidade, que já disponibiliza três mil vagas de emprego na empresa Flex Contact, instalada no parque industrial São Lorenço. O programa visa à instala-ção de novas empresas nas regiões mais carentes da Ca-pital, gerando oportunidades de emprego em locais mais próximos das moradias e evi-tando que a população tenha que se deslocar até lugares mais distantes para trabalhar. Dessa forma, empresas que atuam como prestadoras de serviços podem aderir ao Programa, que concede desconto de 100% no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), além de redução do ISS (Imposto Sobre Ser-viços) e no ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis). O Programa de Incentivos A captação apontada pela ANA na represa de Atibainha é ilegal, já que a Justiça Federal proibiu em decisão liminar a captação da segunda cota do volume morto. “Estamos já com o pedido para derrubar a liminar no Tribunal mostran-do todos os argumentos”, afirmou o governador. Alckmin pregou união no momento de dificuldade e disse que quer ter um bom relacionamento com a agência federal. “Nós precisamos, em momentos de dificuldade, nos unirmos todos, para re-solver problemas, equacio-nar o problema. Então, não tem razão, nós queremos ter um bom relacionamento com a ANA, acho que ela não fez isso por maldade, mas é óbvio que não en-trou, porque você tem 40 bilhões ainda de litros do primeiro (volume morto)”, disse Alckmin. Declaração sobre fim da água Alckmin disse ainda que a afirmação da presidente da Sabesp, Dilma Pena, sobre o fim da água em meados de novembro caso não chova, está deturpada. “Quero deixar claro o seguinte: foi deturpada a afirmação da presidente da Sabesp, doutora Dilma, de-sinformando a população. Nós temos uma primeira reserva técnica, com 40 bilhões de metros cúbicos de água, e temos uma segunda reserva técnica, também já preparada, as obras estão praticamente prontas, com 108 bilhões de metros cúbicos de água, isso só falando no Canta-reira”, disse o governador. Na quarta-feira (15), a presidente da Companhia de Saneamento Básico do estado de São Paulo (Sa-besp), Dilma Pena, disse que, se a chuva continuar escassa, a primeira cota do volume morto acabada em “meados de novembro”. “Nós temos uma dispo-nibilidade suficiente para atender a população nesse regime de chuvas até mea-dos de novembro”, disse a presidente da Sabesp aos vereadores. Após ter criticado a re-percussão das declarações de Dilma Pena, Alckmin foi questionado sobre qual seria o prazo para o fim da água. “Não tem data, não tem data”, disse. “Não vai acabar a água. Vai acabar uma reserva técnica. E se acabar há uma segunda re-serva técnica muito maior”, disse o governador. Lembrado sobre a au-sência de chuvas até ago-ra, Alckmin mostrou que conta com a ajuda do tem-po para afirmar que não há prazo previsto para o fim da primeira cota. “E não vai chover mais?”, questionou o governador. Programa de incentivos fiscais gera três mil oportunidades de emprego na Zona Leste Prefeito da capital paulista participou da cerimônia de abertura do projeto em São Mateus Fiscais foi sancionado no final de 2013 e já teve a adesão de seis empresas, gerando mais de seis mil empregos só na Zona Leste. Atualmente, 25 empresas estão sob proces-so de análise em busca por terrenos na região. Estão previstas, até o final de 2015, mais 17 mil novas oportuni-dades de emprego em toda a região Leste de São Paulo.
  3. 3. Comprometimento Social 2ª QUINZENA DE OUTUBRO DE 2014 Unidade móvel de atendimento à mulher começa a circular em Guaianases e no Lajeado Dando sequência à pro-gramação iniciada em São Miguel Paulista, Zona Leste de São Paulo, a Unidade Móvel de Atendimento às Mulheres em situação de Violência, do “Programa Mulher Viver sem Violên-cia”, começará a circular no próximo dia 16/10, nos bairros de Guaianases e Lajeado. A unidade móvel integra a política de universaliza-ção de serviços e ações contra a violência que está sendo implementada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) da Pre-sidência da República nos municípios que contam com organismos de políticas para as mulheres. O ônibus está adaptado e equipado para realizar o atendimento emergencial e preventivo, com equipe multidisciplinar treinada para a escuta das denún-cias e primeiro atendimen-to. A equipe, integralmente formada por mulheres, é composta por motoristas, psicóloga, assistente so-cial, auxiliar de enferma-gem, coordenadoras das áreas técnicas, Guardas Civis Metropolitanas, re-presentante da Subprefei-tura e ou do equipamento especializado em atendi-mento à mulher. O objetivo é trabalhar com o atendimento indi-vidualizado e ao mesmo tempo, não deixar de fazer intervenções no cotidiano dessas mulheres, e forta-lecer a rede de enfrenta-mento à violência. Acompanhe a circula-ção da Unidade Móvel em Guaianases e no Lajeado: Dias: 16, 17 e 20 Horário: 9h às 17h Local: Rua Pacheco Ara-nha – Lajeado (próximo a UBS Bandeirante) Dias: 21, 22 e 23 Horário: 9h às 17h Local: Rua Utaro Kanai – Guaianases (próximo a GCM) Copa Tiradentes 2014 já tem seus campeões As partidas finais da Copa Tiradentes 2014 de futebol de salão e de campo foram dis-putadas nos dias 27 e 28 de setembro, respectivamente no Clube André Vital (futsal) e no Campo Nova Era, em Cidade Tiradentes. Na modalidade futsal, o Bate Bola venceu o Conexão por 5 a 4 e, no futebol de campo, o Rubro Negro bateu o Nova Era por 4 a 0. A Subprefeita de Cida-de Tiradentes participou do evento, entregando as pre-miações aos dois times cam-peões e aos atletas que se destacaram nas categorias melhor goleiro e artilheiro da competição. Realizada pela Supervi-são de Esportes da Subpre-feitura, a Copa Tiradentes de futebol tem o objetivo de promover a integração sociocultural e esportiva dos moradores. LIGUE E ANUNCIE 2031-2364
  4. 4. Política 2ª QUINZENA DE OUTUBRO DE 2014 Convidado Andrea Matarazzo fala de Aécio Neves no Programa “Roda Viva” do Grupo Acontece Na manhã de segunda- -feira (13), o vereador Andrea Matarazzo do PSDB e Coor-denador da campanha de Aé-cio Neves visitou a sede do Grupo Acontece de Jornais e Revista, onde participou do Programa Roda Viva do Grupo Acontece, uma série de entrevistas dirigido pelo diretor Divaldo Rosa. No en-contro, Andrea se reuniu com lideranças locais para discutir propostas, visando à eleição presidencial do candidato de seu partido Aécio Neves. “Nossa campanha aqui na cidade de São Paulo está muito intensa, eu acredito que aqui na Capital a so-ciedade viu a forma do PT administrar e o povo quer mu-dança. Aqui na zona leste a votação para o Aécio / Marina foi muito positivas e tivemos a grande maioria do eleitorado. Tudo isto só mostra que as pessoas estão cansadas do estilo e das agressividades e principalmente da falta de solução de seus proble-mas cotidianos”, diz Andrea na introdução do programa Roda Viva. Grupo Acontece: Como o PSDB tem lidado com as agressões que o PT tem feito em seus programas eleitorais? Andrea Matarazzo: É o estilo da Dilma. Não digo nem que seja o PT, principalmente na Câmara dos vereadores. Mas é o estilo da Dilma partir para agressões quando ela não tem respostas para se defender destes problemas que todos nós estamos ven-do. Eu acho fundamental em uma campanha como esta apresentar propostas e mostrar qual é a forma de governar que traz a melhor solução para a população. Principalmente para a po-pulação mais carente. Eu acredito assim, quem tem dinheiro que está trabalhando bem, que compõe a receita com o seu salário, ele mais ou menos sabe se defender em qualquer situação, ago-ra a pessoa que não tem nada, ou que passa a maior dificuldade no dia a dia para sobreviver é quem mais sofre com a inflação, com falta de infraestrutura. Aliás, basta você olhar São Paulo, onde existe uma diferença entre a grande infraestrutura que tem no centro expandido e a falta de infraestrutura na periferia da cidade. No país a mesma coisa, tem áreas que se tem tudo e tem áreas que estão abandonadas. Por isto acredito que a agressividade não leva a lugar nenhum. É a mesma coisa de ir uma visita em sua casa e, ao invés de conversar com você, a pes-soa fica brigando, assim está sendo o programa eleitoral da Dilma. O povo brasileiro quer ouvir propostas e não agressões. Grupo Acontece: Qual será a linha que Aécio irá tomar nos debates eleitorais? Andrea Matarazzo: Ele irá continuar com a linha de apresentar propostas jus-tamente para deixar claro algumas coisas que a atual presidente ou se omite ou mente. Muitas vezes ela vai para uma agressividade principalmente nos casos de corrupções e a sensação que dá é que ela não tem nada a ver com isto. Ninguém está dizendo que ela seja uma cor-rupta, é lógico que não, mas poxa, é uma coisa que está debaixo da área dela e é uma coisa que vem se repetindo sistematicamente. A socieda-de quer respostas e até uma ação que evite este tipo de problema. Então eu acho que a linha é sempre esta, qual é o projeto de mudança do Brasil que poderá melhorar a vida das pessoas. Esse é o obje-tivo da proposta do candidato Aécio Neves Grupo Acontece: O senhor acha que o apoio da Marina faz alguma diferença? Andrea Matarazzo: Acho que faz, você amplia o palan-que, defende uma proposta com mais informação e com mais gente fiscalizando, mais ideias novas e uma diversida-de de opiniões que é impor-tante, você ter várias correntes de pensamentos. Precisamos agregar forças no momento que o Brasil está, acho que quando fazemos política o nosso objetivo deve ser agre-gar as forças na sociedade. Grupo Acontece: A Marina colocou algumas condições para que pudesse apoiar o Aécio, até onde o Aécio Neves aceitou essas condições? Andrea Matarazzo: A maio-ria das condições convergiam no mesmo lugar, a questão da não reeleição, o Aécio falou isso logo no começo. As outras questões de sustentabilidade não tiveram problema porque ambos com componentes di-ferentes querem que o Brasil mude. Grupo Acontece: Mas en-quanto o Aécio era a favor da redução da maioridade penal e a Marina era contra, como que foi a conversa em relação a isso? E quanto ao Bolsa Família, explique sobre como ficará caso ele seja eleito. Andrea Matarazzo: Não só o Aécio, mas o PSDB tem pro-jetos para isso, não encarce-rar, mas ter sim, uma punição para que essa onda de crimes de menores de idade pare de acontecer. Em relação ao Bolsa Famí-lia, o PT governa manipulando os pobres, dizendo que o bolsa Família vai acabar nas mãos do Aécio, até porque o projeto de lei que transforma o Bolsa Divaldo Rosa-Diretor do Grupo Acontece e Andrea Matara-zzo - Vereador e coordenador da cmapanha de Aécio Neves Família em lei é do senador e não poderá acabar jamais e isto nem é a intenção. Aécio Neves se eleito, irá melhorar ainda mais o programa. Sobre Andrea Matarazzo: Paulistano, formado em Ad-ministração de Empresas, foi secretário de Estado da Cultura de São Paulo de maio de 2010 até abril de 2012. Nos vinte anos de vida pública, teve experiência nas três esferas de poder. Foi Se-cretário de Política Industrial no governo Itamar Franco, Ministro-Chefe da Secretaria de Comunicação de Governo da Presidência da República (1999 a 2001) e exerceu o cargo de Embaixador do Bra-sil na Itália (2001 a 2002), no governo de Fernando Henri-que Cardoso. No governo do Estado, além de Secretário da Cultura, foi Secretário de Energia (1998), Presidente da Companhia Energética de São Paulo/ CESP (1995 a 1998) e presidente do Conse-lho da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL). Estação São Miguel Paulista da CPTM recebe novo acesso para o Jardim Lapenna e bicicletário vadores, toda acessibilidade Entrada pelo lado norte facilita passagem ao centro comercial e bancário e ser-viços públicos da região O novo acesso à estação São Miguel Paulista da Linha 12-Safira foi entregue nesta terça-feira, 21, pelo gover-nador Geraldo Alckmin, que estava acompanhado pelos secretário dos transportes metropolitanos Jurandir Fer-nandes, presidente da CPTM Mário Bandeira, Senador José Aníbal (suplente) e Deputado Ramalho da Cons-trução. O lado norte vai interligar os bairros Jardim Lapenna, Vila Gabi, Nair e União de Vila Nova à estação e aproximar o pólo comercial e serviços públicos da região, como o Centro de Referên-cia do Idoso, o Hospital e Maternidade São Miguel, a Subprefeitura, postos ban-cários e igrejas. “É uma estação novinha, com escadas rolantes, ele- para pessoas com deficiên-cia ou mobilidade reduzida”, disse Alckmin, que também entregou um bicicletário para a estação com capacidade para 210 bicicletas. O go-vernador ainda destacou o funcionamento da passarela 24 horas por dia, facilitando o trajeto da população. Atu-almente, circulam pela São Miguel Paulista cerca de 30 mil pessoas por dia útil. No ato da inauguração re-presentando o comercio local o lojista Johnny entregou ao governador Geraldo Alckmin abaixo assinado com duas solicitações, primeiro a obra que contemple a entrada e saída para a Rua Salva-dor de Medeiros tanto para atender o comercio como o usuário do trem, e a segunda solicitação a instalação de Poupa Tempo. Também foi entregue pe-los representantes MPA (Mo-vimento Popular de Artes) a reivindicação para instalação de um Centro Cultural. O lo-cal indicado para a implanta-ção dos equipamentos seria o terreno onde abrigava a velha estação de trem. Segundo disseram o go-vernador Geraldo Alckmin e o secretario dos transpor-tes metropolitanos Juran-dir Fernandes, a entrada e saída para a Rua Salvador de Medeiros já esta em an-damento inclusive com as desapropriações dos imóveis publicados no Diário Oficial do Estado e projeto esta con-cluído. Quanto à sugestão de se fazer um Poupa Tempo no local da antiga estação, o secretario dos transportes Jurandir Fernandes disse “Estávamos querendo su-gestões e gostei da idéia de se implantar um Poupa Tem-po e acredito que um Centro Cultural também não haveria problema”.
  5. 5. 2ª QUINZENA DE Cotidiano OUTUBRO DE 2014 2ª dose da vacina contra o HPV atinge menos SP tem cobertura de 43,75%, acima da média do país, que é de 31,54%; para proteção das adoles-centes são necessárias 3 doses Balanço da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo aponta que a cobertura da segunda dose da vacinação con-tra o HPV está acima do percentual nacional, mas ainda não atingiu nem metade do público-alvo do Estado. Desde 1º de se-tembro foram imunizadas 417,3 mil adolescentes, o que representa cobertura proporcional de 43,75% do grupo no Estado. No país, o índice é de 31,54%. A vacina é destinada às adolescentes com 11, 12 e 13 anos de idade. Para que a proteção seja completa Clima favorece crises respiratórias e até proble-mas mais graves como o infarto O tempo seco, além de incômodo, aproxima pro-blemas de saúde como rinite, asma ebronquite, além de outros mais sé-rios comoinfarto e aci-dente vascular cerebral (AVC). A boa notícia é que al-gumas “receitas caseiras” ajudam a melhorar a qua-lidade do clima que chega aos pulmões. Colocar uma bacia cheia d’água no ambiente de trabalho – ou na sala e quarto – fun-ciona mesmo, garantem os especialistas. Deixar o ambiente mais úmido é uma excelente maneira de evitar que os hospitais fiquem mais cheios. Dados da Secretaria Municipal de Saúde pau-listana indicam que quan-do o ar está seco, o movi-mento na ala de inalação cresce em até 30%, com picos de 50% a mais de movimento. Já para os casos de infarto e avc a explicação da Sociedade Brasileira de Cardiologia é que o sangue fica mais denso, “entope” mais as veias e faz com que os acidentes vasculares cerebrais e panes no coração fiquem mais recorrentes. Se atrelado ao fenô-meno de baixa umidade, a temperatura estiver alta, oito idosos morrem a mais por dia, já contabilizou o Diálogo e paciência são fundamentais para ajudar o papai nesta fase Um dos principais mo-tivos do ciúme paterno é o fato de se sentir excluído. Muitas mamães estão tão focadas nos cuidados com o bebê que esquecem que o papai também quer par-ticipar, ajudar nos cuidados com o filhote. A dica é envolvê-lo em tudo que diga respeito ao bebê desde a gravidez, como a compra do enxo-val, exames pré-natal e no próprio parto. Desta ma-neira o homem se sentirá como parte do encantador processo que é a chegada de um bebê. Outro fator importante é que a mulher teve a gra- da metade do público-alvo e efetiva, são necessárias três doses. A cobertura na primei-ra fase atingiu 100% do público-alvo e foi uma das maiores do país, com mais de 1 milhão de doses apli-cadas no Estado de São Paulo. Todas as garotas que receberam a primeira dose devem procurar o posto de vacinação mais próximo para receberem a segunda – o ideal é que essa dose seja aplicada num período de até seis meses após a primeira. Caso a ado-lescente ainda não tenha iniciado o esquema de vacinação, a primeira dose permanece disponível nos postos. “A infecção pelo HPV pode evoluir para câncer do colo do útero, quarta causa de morte por câncer no país. É fundamental que as adolescentes compare-çam aos postos de saúde para tomarem a segunda dose da vacina”, destaca Helena Sato, diretora de imunização da Secretaria. Já a terceira dose, que funciona como um reforço, deve ser aplicada cinco anos após a primeira dose. A recomendação é de que as adolescentes levem a caderneta de vacinação aos postos. Em 2015, a vacina con-tra o HPV será destinada às meninas entre nove e 11 anos e também será dividida em três etapas. “É importante reforçar que a vacina tem eficácia superior a 95%, e é distri-buída gratuitamente em qualquer posto de vacina-ção”, enfatiza a médica. Ao todo há 4,7 mil pos-tos de vacinação no Esta-do, com horário de funcio-namento entre 8h e 17h. Sobre o HPV O papilomavírus hu-mano (HPV) é um vírus contagioso que pode ser transmitido com uma úni-ca exposição, por meio de contato direto com a pele ou mucosa infectada. Sua principal forma de trans-missão pode ocorrer via relação sexual, mas tam-bém há contagio entre mãe e bebê durante a gravidez ou o parto, é a chamada transmissão vertical. Inicialmente assintomá-tica, a infecção por HPV pode evoluir para lesões de pele e mucosas. Em alguns casos também ocasiona o surgimento de verrugas genitais e pode evoluir para câncer do colo do útero. Como proteger a saúde do ar seco Laboratório de Poluição da Universidade de São Paulo (USP). O acúmulo de poluen-tes é outra consequência ruim da temperatura seca. Os gases tóxicos não conseguem dispersar na atmosfera, o que deixa os olhos com mais ardência e a garganta seca, com pigarro. Para aliviar os sin-tomas, a Secretaria de Saúde de São Paulo dá algumas dicas para lidar melhor com o ar seco: • Crianças e idosos são os mais afetados pela baixa umidade do ar, por isso, é necessário atenção especial a esses dois grupos. Incentive a ingestão de bastante água (cerca de dois litros ao dia), além de sucos naturais feitos de maneira adequada e água de coco • Também é importante manter a higiene domés-tica. Evite o acúmulo de poeira, que desencadeia problemas alérgicos • Prefira alimentos fres-cos e produzidos o mais próximo possível do ho-rário de consumo. Subs-titua frituras por alimentos assados, assim como o sorvete de massa por picolé, especialmente de frutas. Queijos amarelos podem ser trocados por queijos brancos • Durma em local are-jado e umedecido. Isso contribui para uma noi-te de sono tranquila (os ambientes podem ser umidificados com toalhas molhadas, reservatórios com água e até umidifi-cadores) • A pele também mere-ce atenção especial neste período. Evite banhos com água muito quente, que ressecam a pele, e use, sempre que possível, um creme hidratante. Em caso de irritação das vias aéreas e dos olhos, use soro fisiológico para lavar os olhos e as narinas. O papai sente ciúme do filhote? Aprenda a lidar com este sentimento videz para se adaptar a chegada do bebê, sentindo a criança dentro dela, já grande parte dos homens se conscientizam da pa-ternidade quando têm o filho nos braços. Psicóloga especialista compara esta transição, com o momento no qual o casal resolve ter o segundo filho e aconselha: É mais ou menos igual quando temos um segundo filho e trazemos o primeiro para vivenciar este novo contexto. Colocamos para ajudar nas tarefas do dia- -a-dia, como a hora do banho. É mais ou menos isso, tentar inserir o pai na nova rotina. Colaboração é a palavra chave, mamãe. Boa sorte!
  6. 6. 2ª QUINZENA DE Variedade OUTUBRO DE 2014 A gripe é causada pelo vírus influenza A e B, que sofre mutações sazonais. Já o resfriado é causado pelo rinovírus em 70% dos casos. E são mais de 100 tipos, daí a dificuldade de se desenvolver uma vaci-na. Ambos são bastante contagiosos, sendo trans-mitidos até por gotículas de saliva. Estudos mos-traram que a principal via de transmissão dos vírus do resfriado e da gripe é manual. A criança espirra sobre um brinquedo e, mi-nutos depois, outra toca no lugar e leva a mão ao nariz ou à boca. Contágio feito. Na grande maioria dos casos, o resfriado afeta nariz, ouvido ou garganta, provocando coriza, irrita-ção das mucosas, tosse, espirros e, às vezes, a criança pode ter febre bai-xa. Se for gripe, os sinto-mas costumam ser mais Quando o perdão deve ser liberado? A resposta é simples: logo após você ter sido ofendido, prejudicado, injustiçado e agredido. Dizia um homem sábio: Se você pode guardar alguma coisa boa, guarde! Mas nunca guarde rancor ou ódio de ninguém. Quando eu perdoou quem me ofendeu, estou garantindo o perdão de Deus para minha vida. Perdoar é a grandeza de reconhecer que todos nós estamos sujeitos a tropeços e quedas. Perdoar é zerar as Crianças: Gripe, resfriado ou alergia? Tudo começou com um gosto ruim constante na boca, que o agente de sis-tema, Lucio, logo deduziu ser mau hálito. Com essa ideia fixa na cabeça, acre-ditava que as pessoas não conversavam mais perto dele por causa do seu problema. “Eu chegava a sentir o mau cheiro. Aí aos poucos fui me afastando de todos. Até terminei um relacionamento por causa disso”, diz Lúcio. Ao procurar o dentis-ta, o agente se sistemas descobriu que tinha a cha-mada halitose subclínica ou subjetiva. “A halitose subclínica ocorre quando há ausência de mau cheiro na boca, mas o paciente sente uma distorção do olfato e do paladar que o fazem acreditar que tem mau hálito, quando na ver-dade não tem”, diz Karyne Magalhães, ortodontista da ABHA (Associação Brasi-leira de Halitose). Por mais que pareça atípica, esse tipo de hali-tose é comum. A grande questão é que os especia-listas ainda não sabem ao certo sua origem. Há os que acreditam que possa ser uma alteração sistêmi-ca, provocada pelo consu-mo de medicamentos ca-pazes de alterar o paladar intensos e incluem febre alta, dores musculares, cansaço e dificuldade para respirar, situação em que a criança deve ser levada ao médico para verificar se existem outras doenças associadas. As alergias - respostas do organismo a substân-cias consideradas alér-genas- muitas vezes se confundem por apresenta-rem quatro dos principais sintomas de gripes e res-friados: Coriza, espirros, prurido (mais ralo e incolor, ao contrário do produzido em casos de gripes e res-friados, mais amarelados ou esverdeados) e obs-trução nasal. Ao contrário de gripes e resfriados, são causadas pelo contato direto com a substância que causa a irritação e não causam febre e mal-estar generalizado. Como tratar O tratamento no caso de gripes e resfriados tem como objetivo aliviar os sintomas, pois em geral a cura é espontânea. Du-rante o período em que seu filho estiver doente, ele pode perder o apetite. Isso é normal! O importante é mantê-lo hidratado. Ofe-reça sucos, água, chás. Estimule também a criança a assoar o nariz várias ve-zes ao dia, e faça lavagem com soro fisiológico. No caso de febre, controle com banhos ou antitérmicos. E lembre-se: nunca use ne-nhuma medicação no seu filho sem que antes tenha conversado com o médico dele. No caso de alergias, é necessário procurar um es-pecialista para identificar o causador da irritação e po-der, então, eliminá-lo. Além disso, antialérgicos aliviam os sintomas e diminuem o incômodo. “Lavar olhos e nariz com soro fisiológico é uma maneira simples de ajudar no tratamento e na prevenção de alergias”, complementa Mion. Como prevenir A proliferação de gripes, resfriados e, principalmen-te, alergias, estão direta-mente relacionadas a qua-lidade do ar atmosférico. O ar que é mais agradável ao ser humano, saudável, é um ar que esteja limpo, mais quente, mais úmido. Nos dias mais frios, o cli-ma está mais seco e, por isso, mais poluído. Como as vias respiratórias ficam sobrecarregadas – porque o ar que chega ao nariz e aos pulmões estão com uma qualidade pior – o corpo fica mais suscetível a infecções. Abaixo, você confere dicas para prevenir contaminações: Doença ‘engana’ e faz paciente pensar que tem mau hálito e o olfato da pessoa, que, por consequência, sente um gosto diferente ou um cheiro muito ruim vindo da boca. Outros profissionais acreditam que a halitose subclínica esteja ligada a alterações psicológicas, como traumas passados. Detector de mau hálito Para ter certeza que o mau hálito existe, é neces-sário procurar um dentista especializado. Existe, inclu-sive, um aparelho capaz de analisar os gases expelidos na expiração. Os resultados podem variar do grau 1 até o 7. “Os graus 1 e 2 indicam que o hálito está normal. Já os graus 6 e 7 indicam uma halitose muito forte combinada com problemas sistêmicos”, diz diz Alênio Calil, vice-presidente da SOBREHALI (Sociedade Brasileira de Estudos da Halitose). Com a ajuda desse apa-relho, Karine costatou que os resultados de Lúcio deram negativo. “Mas só acreditei mesmo quando ela conversou bem per-tinho de mim e garantiu que não sentia cheiro ruim nenhum e que tudo isso era coisa do meu psico-lógico. Hoje eu não evito mais ninguém, pois sei que não tenho mau hálito”, diz Lúcio. Quando o teste acusa grau 1 ou 2, indicando que a pessoa não tem o problema, mas ela insiste que sente o mau cheiro na boca, é hora de entrar com um tratamento multidisci-plinar. “Mesmo quando o aparelho indica que o hálito está normal, para algumas pessoas, não é suficiente. Para esses casos é reco-mendado o auxílio de um psicólogo”, diz Alênio. No site da CETH é pos-sível encontrar todos os especialistas que estão aptos a fazer esse teste e possuem o aparelho. Vale lembrar que qualquer pessoa pode fazer essa avaliação. Eu te perdoou. Você me Perdoa? contas do passado, é voltar a ser como era antes, é viver em comunhão como se aquilo nunca tivesse acontecido. Caso contrario é qualquer outra coisa menos perdão. Quem não perdoa desenvolve um câncer na alma, e muitos chegam até a morte físi-ca, quem não perdoa segue construindo paredes em vez de pontes. Quem não perdoa ainda não compreendeu nada da Graça de Deus. Pois Jesus disse: Daí de Graça, o que de Graça receberdes. VENDAS DE: Aceitamos todos os cartões LOJA: Rua Prof. Carlos de Assis Figueiredo, 44 - Itaim Paulista Tel.: 2569-3855 | vendas@zummusic.com.br | zumitaim2011@hotmail.com ESCOLA: Rua Monte Camberela, 520 - Itaim Paulista Bateria Percurssão Pedais Afinadores Correias Encordoamentos Amplificadores Mesas e Mixers Periféricos Baixo Cavaco Guitarra Viola de Arco Viola Violino violão Teclado Acordeon Sopro Flauta Transversal Flauta Doce Sax Alto Sax Reto Clarinete Trompete e muito mais Aulas de música
  7. 7. Sentir sono exagerado é normal na gestação. Entenda o motivo Libra As emoções continuam à flor da pele, no entanto, alguns problemas familiares começam a ficar para trás. Importantes acordos comerciais e assinatura de contratos devem ser adiados por alguns dias. Escorpião Acordos que envolvam suas finanças podem ser adiados e isso não é mal, pois a retrogradação de Mercúrio certamente trará problemas. Espere apenas mais alguns dias para efetivar contratos definitivos. Sagitário As finanças passam por um período de benefícios e bons acordos que podem surtir bons efeitos num futuro próximo. As energias voltam a fluir num ritmo mais eficaz em poucos dias. Capricórnio Ótimas energias estão presentes em sua vida nos próximos dias, especialmente as relacionadas ao amor e às finanças. Mantenha os pés no chão e contato com a realidade. Aquário Algumas emoções começam a fluir com mais ritmo e tranquilidade e agora você já pode dar os passos necessários em direção às suas metas. Uma nova paixão pode mexer profundamente com seu coração. Peixes Alguns acordos e contratos que estavam meio parados voltam a ganhar movimento. A fase continua boa para os estudos e viagens, com possibilidade de novos contatos comerciais com pessoas e empresas de outros estados. Áries Marte e Vênus em ótimo aspecto mobiliza você a ações relacionadas ao seu trabalho e a novos projetos. A fase continua ótima para os contatos com empresas internacionais e projetos com resultados de médio prazo. Touro Marte e Vênus em ótimo aspecto com Júpiter anunciam uma nova paixão a taurinos solitários. Plutão dá o tom fatalista a relacionamentos que não funcionam mais. Gêmeos Emo ç õ e s ma i s profundas continuam mexendo com você e seus projetos futuros. É hora da tomada de decisões importantes, especialmente relacionadas aos seus relacionamentos e família. Câncer Procure não se deixar abalar por problemas que certamente ocorrerão em seu dia de trabalho. O momento pede organização e método em seus projetos, pois você pode ser obrigado a enfrentar alguns atrasos. Leão As energias continuam boas em seu entorno, apesar de algumas mudanças ainda estarem presentes. A fase é de transformação em seu dia a dia. Procure olhar com atenção e cuidado para sua saúde, pois o estresse pode abalar você. Virgem As energias continuam ótimas, especialmente para o amor. Virginianos s o l i t á r i o s p o d e m s e r surpreendidos por uma nova paixão. Caso esteja pensando em aumentar a família, esta é a melhor fase do ano para isso. 2ª QUINZENA DE OUTUBRO DE 2014 Cultura & Lazer Maioria das futuras mamães relata sentir mui-ta sonolência durante a gravidez Quando uma mulher engravida, o corpo dá vários sinais para avisá-la que ela carrega um bebê: a menstruação atrasa, muitas enjoam, outras vo-mitam e há ainda aquelas que passam a sentir um sono quase incontrolável. Por que isso acontece? Qual será a relação en-tre sono e gestação? Quando você voltará a dormir tranquilamente e não mais como se tivesse sido nocauteada? Apresente este e ganhe 50% de desconto* A sonolência do início da gestação tem como principal causa a gran-de concentração de pro-gesterona Esse hormônio é o que mantém a gravidez sadia, pois é responsável pelo aumento do endométrio, a membrana que permite a formação da placenta, essencial à sobrevivência do feto no útero materno. A progesterona evita tam-bém que a mulher tenha contrações uterinas antes da hora, o que pode levar a um aborto. Não há muito o que fazer em relação à sono-lência Texto: MARA CARVALHO no organismo. Apoio Cultural Vendas Realização jim * Condição válida SOMENTE para compras realizadas na bilheteria do teatro. Apresente este anúncio e ganhe 50% de desconto na compra de ingresso “inteiro”. Válido para 2 pessoas. Promoção não acumulativa. Não recomendado para menores de 14 anos TeaTro Fernando Torres Rua Padre Estevão Pernet, 588 • Tatuapé • (11) 2227-1025 Sexta 21h30 • Sábado 21h • Domingo 19h AnuncioDamas-50desc_98x100mm_TECHNOART.indd 1 9/30/14 16:46 dessa fase, a não ser aproveitar o tempo livre para descansar e, se possível, dormir. A boa notícia é que essa sen-sação de cansaço passa após o primeiro trimestre da gestação, fazendo com que a futura mamãe possa desempenhar suas ativi-dades normalmente. Se o sono exagerado persistir após o quarto mês de gravidez, a mulher deve relatar o caso ao médico, em uma de suas consultas de pré-natal. Ele avaliará se está tudo bem com a futura mamãe ou se isso pode ser um indício de depressão. Já na reta final da gra-videz, muitas mulheres afirmam sentir dificuldade para adormecer. A dica é dormir de lado, preferen-cialmente do esquerdo, pois essa posição ajuda na circulação sanguínea e envia mais oxigênio ao bebê. Aproveite para descan-sar bem, mamãe, porque após o nascimento do bebê suas noites de sono não serão mais as mes-mas. Já diz o ditado: ser mãe é padecer no paraíso!
  8. 8. 2ª QUINZENA DE OUTUBRO DE 2014 Feminissima Para emagrecer você deve ter algumas inspira-ções. Histórias de grandes superação ou até o corpo de alguém que você alme-ja conquistar. Tudo isso é válido, claro, mas também não pode ser levado ao pé da letra. Afinal, você não sabe a história por comple-ta e pode estar se iludindo com algumas mentirinhas. Perda de peso aconte-ce em um piscar de olhos Todos nós sabemos que isto não é verdade! Se fosse, bastaria fechar a boca para perder os quilinhos que você quiser. Muitos especialistas, aliás, recomendam a perda de “apenas” 2 kg por semana para não comprometer a sua saúde. Tudo é possível Emagrecer e ficar com o corpo tonificado apenas com um suco? Sabemos que isto é impossível! É claro que alguns sucos ajudam a queimar gordura e acelerar o metabolismo. Mas para ter o abdome Operação barriga chapada! Conheça as atitudes responsáveis pela sua “pochete” Nem mesmo os alimen-tos de baixo teor de gordu-ra ajudam neste assunto Ter a barriga chapada parece um sacrifício? Tal-vez você esteja fazendo algo errado. Com algumas dicas simples é possível, sim, chegar ao resulta-do desejado. Conheça a seguir as razões destas gordurinhas indesejadas: Beber refrigerante regularmenteVocê não pode ficar um dia sem uma ou duas latinhas da bebida? En-tão, é bom você rever seus hábitos. De acordo com os pesquisadores, consumir uma ou duas latas de refrigerante por dia provoca uma aumento na cintura, pelo menos, cinco vezes mais rápido do que aqueles que mal o bebem durante a semana. O conceito por trás disso é que a grande quantida-de de açúcar utilizado em refrigerantes ativa o seu desejo por comida. Assim, você acaba comendo mais do que deveria durante as refeições. As versões diet não são melhores do que as variedades regulares uma vez que estes contêm adoçantes artificiais, que podem aumentar o apetite, tanto quanto o açúcar faz. Para combater isso, opte por smoothies saudáveis, sucos de frutas frescas, ou um copo de água com raspas de limão e folhas de hortelã. Você está fazendo o seu corpo e saúde em geral um favor ao escolher uma bebida mais nutritivos que também é baixo teor de açúcar. Jantar muito tarde Embora seja verdade que o seu corpo queima naturalmente as calorias enquanto você dorme, ele não é capaz de fazer isso de forma eficiente quando você vai para a cama com o estômago cheio. Além de causar a gordura da barriga, comer tarde e reclinar-se sobre o estômago cheio aumenta o risco de de-senvolvimento de refluxo ácido e indigestão, já que a gravidade já não é capaz de puxar tudo em sua bar-riga para baixo. Para evitar isso, prefira refeições me-nores durante a noite e não se deite por pelo menos três horas após o jantar. Se possível, coma frutas no caso de você se sentir um pouco de fome durante a noite. Consumir alimentos com baixo teor de gordura frequente-mente Algumas pessoas acham que alimentos ricos em gordura são os respon-sáveis por mais gordura em sua barriga. A verdade é que gorduras monoinsa-turadas não são ruins para você. Elas são encontradas em alimentos como abaca-te, azeite de oliva e semen-tes. Desconfie de muitos alimentos com baixo teor de gordura, uma vez que os fabricantes costumam adicionar açúcar para es-ses itens. E já falamos o que isso significa: quanto mais açúcar você tem no corpo, maiores suas chan-ces de armazenar mais gordura corporal. Não dormir direito Uma boa noite de sono deve ter de sete a nove horas. Quando você não conseguir dormir o suficien-te, o seu nível de cortisol (hormônio do estresse) aumenta e faz com que você busque por alimentos açucarados. Por isso, é mais difícil de se livrar da gordura da barriga quando você mantém o hábito de não dormir direito regu-larmente. Para manter os níveis normais deste hor-mônio, faça o máximo para dormir bem à noite. Desta forma, você pode equilibrar seus níveis de cortisol e, ao mesmo tempo, aumentar a produção de leptina, um tipo de hormônio que faz com que você controle o seu apetite. Aprenda a olhar de manei-ra racional para a perda de peso e não evite decepções trincado, mesmo, só com exercícios localizados. Cuidado com o que vê em filmes! Sabe aqueles enredos de superação que mostram a mudança de uma perso-nagem gordinha em uma mulher sarada? Lembre- -se que, na primeira fase do filme, a atriz pode estar cheia de enchimento. E, na segunda, com maquiagem e edição de imagens. Perder peso é o fim da guerra Emagrecer é só uma batalha! O resto mesmo é manter o peso e a rotina de exercícios e alimentação regrada. Ganhar e perder peso pode gerar difíceis conse-quências O tão conhecido efeito sanfona pode não fazer bem à saúde. Por isso, não procure apenas por dietas milagrosas por uma ou duas semanas, mas tente criar novos hábitos alimen-tares quando ela acabar.

×