Folha 201

292 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
292
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Folha 201

  1. 1. ANO IX - N.o 201 2ª QUINZENA DE JANEIRO DE 2014 A farsa de Fernando Haddad, na Cracolândia A farsa inventada pela equipe de marketing do prefeito Fernando Haddad, com o apoio deslumbrado e desinformado de quase toda a imprensa, vai chegando ao fim. A Prefeitura estuda romper o convênio com a ONG “Brasil Gigante” porque, como era óbvio, como estava escrito nas estrelas, como era fatal que acontecesse, o programa já naufragou. Só uma parte ínfima dos dependentes comparece regularmente para trabalhar. Só mesmo a estupidez, aliada a uma boa dose de má-fé, supõe que se possam fornecer, gratuitamente, casa e comida a dependentes — além de uma renda — na esperança de que isso conduza à reinserção social, à diminuição do cons- ... Leia na pág 07 Alckmin apresenta plano de metas e bônus para policiais Policiais militares, civis e técnico-científicos poderão receber até R$ 8 mil de bônus por ano caso atinjam as metas estabelecidas O governador Geraldo Alckmin apre- Zona Leste é a bola da vez O ano de 2014 certamente será especial para a Zona Leste. Além de palco de jogos da Copa do Mun- do, a região começa a sentir os primeiros efeitos de uma série de ações que a colocarão num patamar superior de desenvolvimento econômico, humano e social. Se por muitos anos a Zona Leste foi Leia na pág 04 sentou no dia 20, o programa de metas e bonificação das polícias do Estado de São Paulo, que tem como objetivo a redução de índices de criminalidade em todo o Estado. Policiais militares, civis e técnico-científicos poderão receber até R$ 8 mil de bônus por ano caso atinjam as metas estabelecidas. Leia na pág 04 ABBA HISTORY TRIBUTE, no Teatro Brigadeiro Abba History é um tributo ao grupo sueco Abba, sucesso mundial desde os anos 70. O quarteto formado por Mari Moraes (Agnetha Fältskog), Patrícia Andrade (Anni-Frid Lyngstad), Diego Sena (Björn Ulvaeus) e Jhe- ff Saints (Benny Andersson), além de marcar presença em todo o Brasil, esteve... Leia na pág 06
  2. 2. Pág. 2 2ª quinz. de JANEIRO de 2014 Projeto da USP oferece curso gratuito de português Aulas são voltadas para jovens e adultos que tenham Ensino Fundamental completo O Projeto Redigir, da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP) está com inscrições abertas para o curso gratuito de Comunicação e Cidadania com ferramentas da Língua Portuguesa. Com o objetivo de tornar a comunicação cotidiana mais eficiente, serão abordados conceitos de gramática e redação nas aulas. O curso, que tem duração de um semestre, também promoverá debates sobre temas atuais. Os encontros acontecem semanalmente na própria universidade. Para participar é preciso ter, no mínimo 16 anos, ter concluído o Ensino Fundamental e não ter estudado em universidades públicas. Interessados devem comparecer à ECA para preencher a ficha de inscrição, nos dias 23 ou 24 de janeiro, 30, 31, 1, 6, 7 ou 8 de fevereiro; e levar cópia de RG, de comprovante de renda de todos que contribuem na renda da casa e de comprovante de escolaridade. Às quintas e sextas-feiras o horário de atendimento é das 9h às 14h e das 18h às 21h; e aos sábados das 9h às 14h. Os candidatos serão selecionados com base em critérios socioeconômicos. Mais informações no site do projeto, pelo e-mail projetoredigir@gmail.com ou pelo telefone (11) 3091-1499. Polícia Civil ganha reforço de mais 547 policiais gentes policiais e de telecomunicações tomaram posse e passarão por curso de formação A Polícia Civil do Estado de São Paulo ganhou nesta sexta-feira, 31, um reforço de mais 547 profissionais. Empossados em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, os novos policiais foram aprovados em concurso público e, agora, iniciarão os cursos de formação de três meses na Academia de Polícia Dr. Coriolano Nogueira Cobra (Acadepol), além de passarem por um estágio. Os 156 agentes de telecomunicações que ingressaram para a Polícia Civil dispuaram a vaga com 78 mil inscritos, e os 391 agentes policiais concorreram com quase 80 mil inscritos. Destes ingressantes na carreira policial, 492 são homens e 55 são mulheres. Os novos agentes serão indicados para unidades da Polícia Civil em todo o Estado, de acordo com a classificação final do curso na Academia Um veículo do GRUPO ACONTECE de Jornais e Revistas A marca Folha do Itaim existe a 42 anos, sendo 9 anos sob a direção do Grupo Acontece de Jornais e Revistas. CIRCULAÇÃO: Itaim Paulista, Vl Curuçá, Jd Robrú, Alto Tiete (Itaquá, Poá, Ferraz de Vasconcelos e Suzano) 35 mil exemplares Diretor Executivo: Jornalistas (fl): Diretor de Arte: Designer Gráfico Reporter Fotográfico: Fotografo Teen: Revisora: Gerente Financeiro: Depto. Jurídico: Distrib./Logistica: Divaldo Rosa Silmara Galvão Nunes-MTb 51.096 Sérgio Avante Ademir Rodrigues Adriana Correa Bruno Barreto Rosa Prof. Suseli Corumba Rosa Ademir Rodrigues Agilson M. Oliveira MULTI - Distrib. de Jornais e Folhetos REDAÇÃO E PUBLICIDADE Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 Av. dos Guachos, 166 - 08030-360 - Vila Curuçá – SP www.aconteceagora.com.br | E-mail: raleste@gmail.com As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. e da necessidade de cada região. “Hoje, 31 de janeiro de 2014, é um dia histórico na vida de cada um de vocês, na profissão de cada um de vocês e para o Estado de São Paulo”, disse o governador Geraldo Alckmin a todos os empossados. “Os nossos agentes policiais são a linha de frente no combate ao crime, fazendo a integração de todos os profissionais da polícia. Os agentes de telecomunicações vão ser importantíssimos na delegacia eletrônica, no mundo onde a tecnologia avança muito rápido, e nós precisamos usar essas tecnologias, telecomunicação a serviço da sociedade”, definiu o governador. O secretário da Segurança Pública, Fernando Grella, informou que “desses agentes de telecomunicações que hoje tomaram posse, cerca de 70 serão destinados, oportunamente, para a delegacia eletrônica, cuja a demanda está crescendo sobremaneira”. Desde dezembro a delegacia eletrônica também possibilita o registro de ocorrência para roubos e roubos de veículos. Bilhete Único já pode ser usado para empréstimo de bicicletas Serviço que começa a valer em SP oferece bike gratuita por uma hora As bicicletas do Bike Sampa, serviço de empréstimo do banco Itaú, já podem ser liberadas com o Bilhete Único. O cartão pode ser usado em 36 das 300 estações instaladas – a expectativa é que, até o final de março, mais 100 estações estejam preparadas para operar com o novo sistema. Para liberar a bicicleta, o usuário só precisa encostar o bilhete único no validador. O uso da bike é gratuito por uma hora e cada hora adicional custa R$ 5. Antes de utilizar o serviço, contudo, é preciso se cadastrar no site oficial do Bike Sampa e fazer um depósito de R$ 10,00, valor que será descontado diretamente no cartão. Confira abaixo algumas estações que aceitam o bilhete único Parque Trianon Avenida dos Carinás Avenida Faria Lima Shopping Eldorado Shopping Santa Cruz CPTM Cid. Universitária Metrô Vila Madalena Metrô Sumaré Almirante M. Leão Metrô Fradique Shopping Frei Caneca Santa Madalena Metrô São Joaquim Metrô Clinicas MASP Conselheiro Carrão Metrô Paraíso Augusta Metrô Santa Cecília Cemitério da Consolação Estádio do Pacaembu Shopping Higienópolis Santa Casa
  3. 3. Pág. 3 2ª quinz. de JANEIRO de 2014 10 razões para a perda de popularidade do Prefeito Haddad Segundo pesquisa realizada em jan/14 pelo VOX POPULI, apenas 1% da população de São Paulo avalia o prefeito com desempenho ÓTIMO, enquanto 60% o avalia como RUIM ou PÉSSIMO. Por essa pesquisa, o prefeito Haddad é considerado pior até que o Prefeito Celso Pitta (que pegou a prefeitura totalmente sucateada das mãos de MALUF, período em que faltava tudo nas subprefeituras, até carro e combustível). E seu desempenho é muito pior do que o de Kassab, que não conseguiu fazer seu sucessor. Pela pesquisa do Vox Populi, o destaque positivo foi para o ACM Neto, prefeito de Salvador pelo DEM com 51% de ÓTIMO, enquanto na outra ponta, caindo no abismo, encontra-se o prefeito de São Paulo, ostentando os seus 1% de aprovação. Veja abaixo 10 razões para a perda de popularidade do prefeito de São Paulo: 1) AUMENTO ABUSIVO DO IPTU - Depois de tanta manipulação e aprovação do projeto na calada da noite na Câmara Municipal, o Ministro Joaquim Barbosa do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a liminar do Tribunal de Justiça de São Paulo, que suspendeu a lei que determinava um reajuste de até 35% (no caso dos imóveis comerciais) do IPTU na cidade. Com essa decisão, não haverá aumento do imposto em 2014 na cidade de São Paulo. 2) MÁFIA DOS FISCAIS DA PREFEITURA - O escândalo dos desvios na cobrança do imposto sobre serviços (ISS) em São Paulo derrubou Antonio Donato, após denúncia de recebimento de propina pelo então Secretário de Governo do prefeito Haddad. O “imexível”, o homem que, segundo Fernando Haddad e o próprio PT (que emitiu nota em sua defesa), estava acima de qualquer suspeita foi demitido. Oficialmente, pediu para sair. Donato era homem de confiança absoluta do esquema de Haddad, assim como José Dirceu era de confiança absoluta de Lula, no governo federal. 3) PROMESSAS DE CAMPANHAS NÃO CUMPRIDAS - Haddad decidiu dar uma de joão-sem-braço. Na campanha eleitoral, apresentou estupendas 728 promessas — 532 a mais do que Kassab em 2008. Mas, no plano de metas, ele listou apenas…100 compromissos, constituindo-se no maior estelionato eleitoral. O vereador Mário Covas Neto (PSDB-SP) lançou uma ferramenta chamada “promessômetro” para cobrar o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), de suas promessas durante campanha eleitoral.Um exemplo é a Favela do Moinho onde o prefeito prometeu urbanizar e depois de eleito mandou cadastrar as pessoas para acabar com a ocupação. 4) PROMESSAS DE CAMPANHAS MUITO LONGE DE SEREM CUMPRIDAS (construção de 55 mil novas moradias na cidade e reurbanização de favelas para 70 mil famílias) 5) PÉSSIMA COMUNICAÇÃO- Se a “grande” imprensa (Globo, Veja, Folha etc.) tivesse ainda a importância que teve e que os governantes do PT consideram que tem -- tanto que continuam despejando nela fabulosas verbas publicitárias e continuam falando para ela, como se assim seu discurso chegasse ao povo --, eles não estariam mais no poder, pois tudo que a meia dúzia de famílias que controlam a comunicação no Brasil quer é derrubar Dilma, matar Lula e prender Dirceu.( jornalaico.blogspot. com). Veja o que diz ALDO FORNAZIERI, coordenador do programa de governo de Haddad: “ O que eu recomendaria ao Haddad, e tenho o poder de recomendar, é que ele troque essa equipe de comunicação. Porque essa equipe de comunicação foi desastrosa. Se eu tivesse que dar uma nota ruim para a gestão Haddad eu daria justamente na comunicação. Sem comunicação você não vence a batalha política, sem comunicação você não vence inclusive a batalha administrativa”. 6) INSPEÇÃO VEICULAR - O fim da inspeção veicular foi uma solução engenhosa lançada na campanha para mostrar que o PT não queria mais taxas. Funcionou -- e muito bem, tanto que venceu as eleições. O problema é que a inspeção veicular pode ser aprimorada, os carros novos podem ser isentos por um tempo, uma nova empresa ser contratada para oferecer um serviço melhor, a taxa reduzida etc. Mas ninguém proporia o fim da inspeção como um esforço contra a poluição, até porque é uma determinação federal.E aí vem a questão: a prefeitura, que já não tem dinheiro, vai bancar a taxa? Ou seja, o contribuinte que não tem carro -- os pobres -- vão bancar os ricos? Ridículo. Estamos falando aqui de cerca de R$ 140 milhões por ano. (Haddad prometeu acabar com a Controlar e se esqueceu de avaliar devidamente o contrato de concessão). estacionamentos dos shoppings? Mas quando chover, como fica? E quando tiver algum quebra-quebra? Onde pôr os carros dos clientes? E os CEUs atendem tal demanda? Enfim, nada de concreto, só paliativos. 7) A FARRA DAS MULTAS DE TRÂNSITO - Se não bastassem os 9,9 milhões de multas distribuídas por ano em São Paulo, o prefeito com sua ganância, mandou instalar 843 novos radares na cidade. Hoje temos apenas 580 radares que produziu quase 10 milhões de multas no ano passado. O resultado será sentido nos bolsos da Classe Média, quando forem licenciar seus veículos no próximo ano). O RESULTADO DE TODA ESSA INCOMPETÊNCIA É QUE A AVALIAÇÃO DO PREFEITO HADDAD PARA ÓTIMO E BOM CAIU DE 18% EM DEZEMBRO (DATAFOLHA) PARA 5% EM JANEIRO (VOX POPULI) 8) MOBILIDADE URBANA - Faltam ações concretas da gestão Haddad que impliquem em melhorias para a coletividade. Falta comunicar-se melhor com a comunidade, como é o caso dos terminais dos corredores de ônibus, que tiveram fortes reações da população por falta de reuniões de esclarecimentos. Exemplo claro é o Terminal do Itaim Paulista que a administração Haddad quer enfiar “goela abaixo” da população, sem observar o prejuízo que vai causar aos comerciantes. Sendo que a menos de 3 minutos do local escolhido pelo prefeito, teríamos mais umas 3 ou 4 opções viáveis. 9) PÉSSIMA COMUNICAÇÃO COM A JUVENTUDE (Exatamente a grande massa que elegeu o prefeito, se vê meio abandonada, quando o assunto “rolezinho” ameaçou se transformar em problema social. Faltam ações concretas da prefeitura. Mesmo tendo designado o vereador Netinho de Paula para estabelecer entendimentos com a lideranças dessa juventude periférica, a verdade é que poucas ou quase nenhuma ação concreta foi tomada até agora. Fazer “rolezinho” nos 10)ATRASO NAS OBRAS DO COMPLEXO VIÁRIO ITAQUERA - Muitas obras que são de competência da prefeitura, estão em ritmo lento, muito abaixo da programação. A continuar nesse ritmo, teremos a abertura da copa, sem a conclusão das obras do entorno. Veja alguns comentários postados na internet, sobre essa matéria: Wellington Paulo O Prefeito Haddad está decepcionando desrespeita a imprensa que é fundamental para os leitores de seus bairros. Ou ele respeita a imprensa de bairros que representa o povo de suas regiões e muda de comportamento ou vai sofrer as conseqüências se terminar o mandato. Jornalista Genivaldo Barbosa Realmente este prefeito está deixando São Paulo à deriva, sem rumo e a saúde está na UTI. Mauro Borges GRANDE JORNALISTA E AMIGO DIVALDO ROSA: Você até que foi bondoso em citar apenas 10 ERROS da administração do NOVO prefeito Fernando Haddad. Seu texto traduz com precisão os vários motivos que, neste primeiro ano de governo, causou a maior queda de popularidade de um Prefeito/SP, nunca antes visto na história desse país. O distanciamento dos jornais de bairro, também é um grave erro do jovem prefeito Haddad, comprovando que NEM SEMPRE O “NOVO” é o melhor para São Paulo ou para o Brasil. PARABÉNS!!! pela sua postura de fazer oposição abertamente a esse governo de ladrões e corruptos! A nossa periferia é desinformada! E só com ações de pessoas formadoras de opinião como você poderemos tirar esse câncer que é o PT do poder! Eles perderam a vergonha, já fazem os trambiques descaradamente protegidos pelas leis falhas e pela desinformação das pessoas que acham que a vida melhorou por causa do Lula! Os meios de comunicação têm medo de mostrar e colocar o dedo na ferida como você está fazendo! Parabéns, Divaldo! We l l i n g t o n M a c h a d o Mais uma vez o povo se enganou, caiu no golpe do novo e o novo nada,imaginei que o Gestor Haddad com toda aquela pose faria uma boa gestão,infelizmente só sabe maquiar os corredores de ônibus e o resto... EuflávioMadeirart Estou morrendo de vergonha por ter votado nesse partido de ladrões, de inimigos do pais, acreditava que esse HADDAD PUDESSE FAZER UM ÓTIMA ADMINISTRAÇÃO, MAS NÃO: ELE SEGUE AS ORIENTAÇÕES DO ÇHEFE. POI ÉH! Marco Antonio Zito Zito A atual gestão municipal tem pecado em sua administração e desta forma tem repercutido diretamente na avaliação popular, que é diretamente prejudicada. Eu espero que melhore, pois o povo não pode ficar a mercê do não cumprimento das promessas de campanha. seus eleitores: os paulistanos e a própria cúpula do PT paulista. Mas podemos perceber que seus Secretários são despreparados e desqualificados para tal função. E mais, deu um tiro no pé quando tentou aumentar o valor da passagem de ônibus e agora o IPTU. Perdeu com as manifestações do povo nas ruas (ônibus), perdeu na Justiça (IPTU), ou seja, está perdido. A preocupação é tanta que o próprio Presidente Lula cobrou a postura dele e mandou ele ser político acessível à conversa, ele destrata, ou seja, Moacyr Custódio A má gestão é fato comum em todas as administrações petistas, mas a de Fernando Haddad tem um agravante que colaborou decisivamente para que todos esses 10 itens relacionados por Divaldo Rosa ocorressem: a nomeação de secretários vereadores e ex-vereadores, políticos sem nenhuma capacidade administrativa, e cercados por militantes politiqueiros por todos os lados. Alex Ferreira Parabéns Weulex Carlos da Silva O Haddad está conseguindo ser pior que o prefeito Celso Pitta. Eu recordo que na gestão Pitta chegava a faltar areia nos depósitos das subprefeituras. Pior, chegava a faltar material básico nas AR’s, atuais subprefeituras, exemplo disso é que em alguns departamentos funcionários tinham que fazer “vaquinhas” para comprar papel higiênico. E essa falta de recursos prejudicou muito o desempenho da gestão. Já o prefeito atual tem muito dinheiro pra gastar e os cofres do governo federal à sua disposição. Saúde oferece curso técnico de enfermagem para filhos de servidores Projeto Novos Passos tem 216 vagas disponíveis; inscrições vão até o dia 11 de fevereiro A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, através da Coordenadoria de Recursos Humanos, está com inscrições abertas para o projeto Novos Passos, realizado em parceria com o Núcleo de Apoio às Escolas Técnicas de Saúde do SUS (Naetsus) para formação técnica e perspectiva de inserção no mercado de trabalho para os filhos dos servidores da Secretaria. Os interessados devem ter no mínimo 17 anos e ensino médio completo. Serão disponibilizadas 216 vagas e as inscrições devem ser feitas pela internet até o dia 11 de fevereiro deste ano. Além da idade mínima, é necessário que os interessados tenham comprovante de parentesco, carteira de vacinação atualizada principalmente com as vacinas específicas para servidores da área da saúde, estar em dia com as obrigações civis, eleitorais e militares, dispor de recursos próprios para o deslocamento para as atividades escolares e ter disponibilidade para o curso no período matutino ou noturno, de acordo com o município de residência. Os alunos podem residir ou não no município sede das escolas onde serão ministradas as aulas. A ficha de inscrição e o edital de seleção estão disponíveis no site www. crh.saude.sp.gov.br. Para mais informações entrar em contato pelos telefones (11) 5080-7441 / 7409.
  4. 4. Pág. 4 2ª quinz. de JANEIRO de 2014 Alckmin apresenta plano de metas e bônus para policiais Policiais militares, civis e técnico-científicos poderão receber até R$ 8 mil de bônus por ano caso atinjam as metas estabelecidas O governador Geraldo Alckmin apresentou no dia 20, o programa de metas e bonificação das polícias do Estado de São Paulo, que tem como objetivo a redução de índices de criminalidade em todo o Estado. Policiais militares, civis e técnico-científicos poderão receber até R$ 8 mil de bônus por ano caso atinjam as metas estabelecidas. “O plano estimula o trabalho em equipe e, com metas definidas, dá objetividade ao trabalho das polícias”, afirmou o governador Geraldo Alckmin. Para explicar as metas aos policiais, a Secretaria da Segurança Pública organizou um seminário, detalhando as regras e parâmetros que definirão o pagamento dos bônus. Ao todo, 2.200 policiais com cargos de comando nas polícias Militar, Civil e Científica participaram do encontro, que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes. No seminário, os policiais aprofundaram o co- nhecimento do programa, que já tem sido apresentado em eventos regionais. Eles receberam material informativo, a ser compartilhado com seus subordinados, e conheceram Começam a valer novas faixas de salário mínimo paulista, de R$ 810 e R$ 820 Entraram em vigor no início do mês os novos salários mínimos nacional e paulista. Os empregados domésticos também têm direito aos valores. Em São Paulo e em mais quatro Estados -Rio, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul-, os patrões precisam pagar ao menos os pisos regionais. O salário mínimo nacional, que vale nos demais Estados e no Distrito Federal, fica em R$ 724 em 2014, valor 6,78% maior que o de 2013. O novo mínimo deve injetar R$ 28,4 bilhões em renda na economia neste ano, diz o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). Ainda segundo o Dieese, o salário de R$ 724 embute aumento real de 72,35% sobre o de 2002 (R$ 200) e 48 milhões de pessoas têm rendimento referenciado no mínimo. Em São Paulo, há dois novos pisos: R$ 810 (com aumento de 7,28% sobre o de 2013), para trabalhadores como domésticos e motoboys, e R$ 820 (alta de 7,19%), para operadores de telemarketing e cobradores de ônibus, por exemplo. De acordo com advogados, os pisos regionais prevalecem quando não há lei federal específica sobre salários de categorias ou convenções e acordos coletivos a respeito. O empregado pode consultar sindicatos, Ministério do Trabalho e Ministério Público do Trabalho sobre o valor do mínimo para a sua categoria. Domésticos Embora ainda aguardem a regulamentação da lei que ampliou os direitos da categoria, os empregados domésticos precisam começar a receber imediatamente o novo salário mínimo nacional ou o piso paulista, no caso dos trabalhadores do Estado. Aprovada no Senado em julho do ano passado, a regulamentação da lei está parada na Câmara dos Deputados. Requerimentos de parlamentares que pedem que o projeto seja analisado em comissões menores da Casa travam a votação. Em recesso, os deputados só retomam os trabalhos no mês que vem. Enquanto isso, afirmam advogados, os patrões não devem pagar direitos previstos na lei que ainda dependam da publicação das normas -como o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e o seguro-desemprego-, pois os valores estipulados podem mudar (veja detalhes no quadro acima). Imposto de renda Com os novos pisos salariais e a tabela de Imposto de Renda 2014, trabalhadores que têm remuneração referenciada no valor do mínimo e que até o ano passado estavam isentos do tributo podem ter de começar a pagar. Essa faixa também sofreu reajuste, mas de 4,5% -menor que o do salário mínimo. Está isento de Imposto de Renda neste ano quem ganhar até R$ 1.787,77 por mês. Em 2013, o limite era de R$ 1.710,78 mensais. detalhes sobre as metas de redução dos três indicadores estratégicos: 1) Vítimas de Letalidade Violenta (VLV), que inclui homicídios dolosos e latrocínios; 2) o número de Roubos; 3) o número de Roubos e Furtos de Veículos. O plano é baseado em um modelo de gestão desenvolvido em conjunto pela Secretaria da Segurança Pública, o comando das polícias e o Instituto Sou da Paz. A medida faz parte do programa “SP Contra o Crime”, um conjunto de ações estratégicas anunciado pelo governador no ano passado. O Projeto de Lei que institui a bonificação por resultados foi enviado em dezembro à Assembleia Legislativa de São Pau- lo e, após aprovado, terá seus efeitos retroativos a janeiro deste ano. “Estamos melhorando a gestão das polícias para resolver e prevenir mais crimes. O objetivo, ao adotar um plano de metas, é um só: reduzir a criminalidade”, disse o secretário da Segurança, Fernando Grella Vieira. “Os policiais já estão comprometidos com esse objetivo, pois essa já é a sua missão. O programa de metas busca dar maior incentivo a eles e premiar aqueles que forem além do cumprimento do dever”, concluiu o secretário. Zona Leste é a bola da vez O ano de 2014 certamente será especial para a Zona Leste. Além de palco de jogos da Copa do Mundo, a região começa a sentir os primeiros efeitos de uma série de ações que a colocarão num patamar superior de desenvolvimento econômico, humano e social. Se por muitos anos a Zona Leste foi esquecida pelo poder público, agora ela é a bola da vez. A chegada de Fernando Haddad e Nádia Campeão à prefeitura –sua parceria com o governo Dilma Rousseff e o apoio de parlamentares e forças políti- cas e sociais comprometidas com a construção de uma São Paulo melhor –já estão rendendo resultados para a ZL. Um deles pôde ser visto no final de dezembro, em Itaquera, quando Haddad assinou lei garantindo incentivos fiscais aos empresários que abrirem seus empreendimentos na região, o que pode gerar cerca de 50 mil empregos. Na plateia, dezenas de empreendedores interessados já faziam planos para seus futuros negócios. As ações da prefeitura têm como foco o desen- volvimento econômico e social, o que leva também à redução do número de pessoas que precisa diariamente se deslocar para trabalhar e estudar no centro, melhorando a situação do transporte e do trânsito. Além disso, conforme colocado pela prefeitura, a Zona Leste ganhará centro cultural, museu, fórum, escola e universidade e ainda contará com a ampliação do terminal de ônibus. Soma-se a tudo isso o legado que a Copa deixará, como as intervenções no entornoquepermanecerão após a realização do evento. São, especialmente, obras viárias e a instalação de equipamentos públicos que melhoram a mobilidade urbana e o acesso da população aos serviços básicos como saúde, educação e transporte. Além disso, estão em curso iniciativas como a reforma do Parque do Carmo, a implantação de unidades do Senai e Sesi e programa habitacional para assentamentos precários como a Vila da Paz, a poucos metros do estádio. Enfim, a Zona Leste ainda precisa de muita, muita coisa para ser a ZL de nossos sonhos, merecida pelo nosso povo, mas é muito bom ver que esse processo está em curso, a passos largos, e que nosso mandato faz parte disso, apoiando iniciativas e trabalhandoduro por esta querida região. Alcides Amazonas, deputado estadual (PCdoB-SP)
  5. 5. Pág. 5 2ª quinz. de JANEIRO de 2014 Ferraz de Vasconcelos Suzano Prefeitura e Comsea vão intensificar fiscalização da merenda escolar Durante reunião realizada na manhã do dia 22 de janeiro, Secretarias de Educação, de Agricultura e Abastecimento, e de Saúde de Ferraz de Vasconcelos definiram com o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsea) que todas as unidades educacionais que servem a refeição no município serão inspecionadas; objetivo é melhorar o serviço, incrementar o cardápio e assegurar a qualidade dos alimentos oferecidos ao educandos A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, por meio de representantes das Secretarias de Educação, de Agricultura e Abastecimento, e de Saúde, se reuniu com membros do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsea), para estabelecer planos e metas de fiscalização dos alimentos servidos aos alunos da rede municipal e estadual da cidade. O objetivo da ação é obter um melhor controle alimentar sobre o que é oferecido nas unidades escolares, bem como incrementar o cardápio e assegurar a qualidade e a quantidade do que é colocado no prato dos educandos ferrazenses. Participaram do encontro abrigado na Secretaria Municipal de Educação, na Vila Romanópolis, o secretário de Agricultura e Abastecimento de Ferraz, Vagner Vallet Ninck, a secretária-adjunta de Educação, Marlene Drulis de Oliveira, e o presidente do Comsea, Ronaldo Resende, além de membros do órgão e representantes da sociedade civil. De acordo com Marlene, os trabalhos tiveram como principal viés definir as atribuições do conselho e da municipalidade quanto à merenda escolar e estabelecer ações e estratégias no que reside a fiscalização da alimentação servida aos alunos de Ferraz, entre os que estudam em 25 creches, 28 escolas municipais, 17 unidades da rede estadual, bem como nos Centros da Juventude, na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e nos Ediforps (Educação Integral e Formação Pedagógica): “É muito importante essa inspeção. O intuito é sempre aprimorar a qualidade do alimento ofertado aos estudantes. Dentro das escolas, o Comsea tem a função de observar possíveis irregularidades, fazer os apontamentos necessários para a resolução de deficiências e, consecutivamente, criar ações para melhorar a qualidade do que é servido. A previsão é que os trabalhos tenham início na próxima semana. Ainda estamos acertando alguns detalhes”, explica a adjunta de Educação. Sediado no Centro de Educação e Cidadania (CIC) de Ferraz (rua Américo Trufeli, 60, Parque São Francisco), o Comsea é paritário. Atualmente, participam do órgão 14 membros. Essa equipe é responsável por promover políticas de produção, de distribuição de alimentos, e de educação nutricional e alimentar voltadas à qualidade do que é colocado, diariamente, no prato dos estudantes do município, conforme esclarece o presidente da entidade: “A segurança alimentar e nutricional consiste no direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade e em quantidades suficientes. A base de nosso trabalho são práticas alimentares saudáveis, que respeitem a diversidade cultural e que sejam ambiental, cultural, econômica e socialmente sustentáveis”, complementa Resende. Poá Secretaria de Saúde prepara Plano de Contingência da Dengue A Secretaria de Saúde de Poá, por meio do Departamento de Vigilância – Setor de Controle da Dengue, já deu início à elaboração do Plano de Contingência da Dengue, com objetivo de traçar ações, visando uma possível epidemia, conforme determinação da Secretaria de Estado da Saúde. Para este plano, diversos profissionais da saúde, estiveram reunidos no dia 22, na sede da pasta poaense de Saúde para inclusive, mobilizar outras Secretarias Municipais. Segundo explicou o diretor técnico do Departamento de Vigilância, Márcio Nakao, para um plano de contingência é necessária a participação de todos, pois diante de uma situação emergencial, cada Secretaria vai agir conforme seu segmento. O diretor técnico confirmou ainda que este Plano de Contingência da Dengue será apresentado ao Estado no mês de maio, conforme estipulou a pasta de Saúde estadual. Ele também ressaltou que nos últimos anos, os casos de dengue na cidade de Poá foram todos importados. “No município foram registrados casos de pessoas que contraíram dengue em outras cidades, mas é importante que estejamos sempre preparados”, disse. O Setor de Controle da Dengue realiza ações frequen- tes, como vistoria em pontos estratégicos e em residências do município, orientação e prevenção, entre outros. Para a secretária de Saúde Claudia Cristina de Deus, a equipe está empenhada em desenvolver este plano, bem como as atividades de combate a dengue. “É um trabalho contínuo e este plano vem somar positivamente as ações de combate e prevenção”, comentou. Inscrições para Realeza do Carnaval 2014 A Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria de Cultura e em parceria com O Instituto Suzanense de Agremiações de Samba (Suzansamba), está com inscrições abertas para o concurso da Realeza do Carnaval 2014. Os interessados tem até esta quarta-feira (5) para efetuar o cadastro. Serão escolhidos a Rainha, Rei Momo, 1ª e 2ª Princesas. As inscrições devem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, na sede da entidade (Rua Alfredo Batista Pizzolato, s/nº, Vila Figueira) ou na própria Secretaria de Cultura (Rua Benjamin Constant, 682, Centro). De acordo com o regulamento, serão classificados aqueles que obtiverem maior número de pontos atribuídos pelos jurados nos quesitos em julgamento, na ordem decrescente. A cerimônia oficial ocorrerá nas dependências Associação Cultural Suzanense (Bunkyo), neste domingo (9), a partir das 16 horas. Antes disso, no dia 6 de fevereiro, serão convocados os inscritos para ensaio no Espaço Artístico Luana Pinheiro (Rua Monsenhor, 220, 2º andar, sl 3 – Centro), onde as orientações relacionadas ao concurso serão passadas. O não comparecimento dos candidatos para o ensaio acarretará em sua sumária desclassificação, independentemente de prévio aviso. Os candidatos a Rei Momo, Rainha, 1ª e 2ª Princesas serão julgados seguindo os quesitos para efeito de classificação: beleza, simpatia, ginga, charme e desembaraço. A nota para cada quesito será de um a dez atribuída pelo júri, devidamente convocado pela comissão organizadora. A premiação será de R$ 3 mil para a Rainha vencedora, R$ 3 mil para Rei Momo, e R$ 2 mil para 1ª e 2ª Princesas. O concurso está aberto para que ex-Rainhas e ex-Rei Momos possam disputar o posto esse ano. No dia do ensaio, haverá pré-seleção de ambos os candidatos inscritos, sob a égide da Comissão Organizadora e da responsável pelos ensaios, cuja avaliação e decisão é soberana, vedado qualquer recurso. É obrigatório o comparecimento dos candidatos inscritos no dia 6 de fevereiro, em horário a ser definido pela Comissão Organizadora, no local previamente designado, para acompanhar o sorteio de ordem de apresentação no concurso. Os membros da Realeza deverão autorizar a cessão do uso de imagem, sons, de vozes e nomes, em filmes, vídeos, fotos e cartazes, anúncios em jornais, revistas, ainda em marketing direito e toda e qualquer forma e tipo de divulgação sem limitação de tempo, território e número de utilizações, com o intuito de divulgar o Carnaval, através de emissoras de TV, Rádio, Busdoors, Outdoors, Displays internos e externos, em coletivos, jornais e impressos. É vedada a participação de pessoas ligadas diretamente à comissão organizadora no concurso.
  6. 6. Pág. 6 2ª quinz. de JANEIRO de 2014 Suzy Rêgo, José Rubens Chachá, Renata Brás e Pedro Henrique Moutinho DIVÓRCIO! Com direção de Otávio Martins, a primeira comédia do dramaturgo Franz Keppler conta a história de um ex-casal de advogados que se reencontra numa ação de divórcio, onde um jogador de futebol e uma modelo se digladiam alegando os mesmos motivos que os deles quando optaram pela separação. Divórcio! é uma comédia que mergulha no universo dos grandes casamentos e separações que movimentam não só milhões de reais, como também a mídia e o público, ávidos por informações sensacionalistas. O ex-casal de advogados Cecília (Suzy Rêgo) e Jurandir (José Rubens Chachá), se divorciou há alguns anos e, desde então, nunca mais se viram. O hilário reencontro entre eles se dá por motivos profissionais, numa ação de divórcio de outro casal, a candidata a celebridade Brunna Praddo (Renata Brás) e o jogador de futebol Cacau Bello (Pedro Henrique Moutinho). Cecília representa o jogador, enquanto Jurandir representa a modelo. No entanto, as queixas de seus clientes são exatamente as mesmas que faziam um do outro. Agora, Cecilia se vê obrigada a defender seu cliente com os mesmos argumentos que seu ex-marido, assim como Jurandir defende sua cliente com os mesmos argumentos litigiosos de sua ex-mulher. “Eles estão sempre em momentos de vida diferentes, o que torna a relação entre eles extremamente divertida”, afirma Franz Keppler, que aposta numa estrutura narrativa quase cinematográfica para traçar um divertido painel das novas relações que surgiram na primeira década deste século como também do universo das celebridades e dos casamentos instantâneos. “O texto do Franz é delicioso, e moderniza a estrutura narrativa já conhecida da comédia de costumes”, diz o diretor Otávio Martins. “Para isso, escolhemos um elenco afinadíssimo, que conta com dois grandes atores da comédia brasileira pela primeira vez juntos, Suzy Rêgo e José Rubens Chachá.” Para completar o time, foram escalados Renata Brás e Pedro Henrique Moutinho. Renata Brás já havia trabalhado em Cabaret que ficou em cartaz no Rio de Janeiro. “Renata é uma excelente atriz, cujo timing de comedia provoca gargalhadas nos ensaios. Pedro Henrique Moutinho é o caçula da turma, extremamente talentoso e engraçado”, afirma o diretor. DIVÓRCIO! Teatro Fernando Torres (687 lugares) Rua Padre Estevão Pernet, 588 – Tatuapé. Horário de Funcionamento da Bilheteria do teatro: 3a a 5a feiras: 14h às 20h / - 6a feiras a Domingo: 14h até início do espetáculo Informações: (0xx11) 2227-1025 Vendas pela Internet: www.ingressorapido.com.br e telefone: 40031212 Sexta 21h30, Sábado 21h. Domingo 19h. Ingressos: Sexta e Domingo R$ 40 | Sábado R$ 50. Duração: 75 minutos Recomendação: 14 anos Estreia dia 31 de Janeiro de 2013 Temporada: até 27 de abril. www.divorcio.art.br ABBA HISTORY TRIBUTE, no Teatro Brigadeiro Abba History é um tributo ao grupo sueco Abba, sucesso mundial desde os anos 70. O quarteto formado por Mari Moraes (Agnetha Fältskog), Patrícia Andrade (Anni-Frid Lyngstad), Diego Sena (Björn Ulvaeus) e Jheff Saints (Benny Andersson), além de marcar presença em todo o Brasil, esteve em turnê pelo Chile, encantando as platéias de Concepcion, Temuco e Santiago, em abril deste ano. Embora com uma linguagem mais contemporânea, o show é fiel ao original e promete emocionar os fãs de todas as gerações com performances, figurinos e coreografias em um espetáculo de 1 hora e meia de pura magia. Na homenagem não faltarão sucessos como “Dancing Queen”, “Mamma Mia”, “Chiquitita” e “The Winner Takes it All”. Além disso, a apresentação também se destaca pelo acompanhamento musical – a banda que acompanha o quarteto é formada por Davi Fernandes (direção musical e teclado), Glauco de Almeida (baixo), Sandro Roque (bateria) e Jéssica Nascimento (backing vocal). Os fãs e seguidores brasileiros do Abba têm, agora no Brasil, a oportunidade de voltar no tempo; ver, ouvir e dançar os grandes hits da época de ouro, assistindo a um show contagiante e inesquecível.
  7. 7. Pág. 7 2ª quinz. de JANEIRO de 2014 A farsa de Fernando Haddad, na Cracolândia Vai chegando ao fim; Prefeitura quer romper com ONG “Brasil Gigante”; dependente contratada em gabinete do prefeito para fazer propaganda sumiu A farsa inventada pela equipe de marketing do prefeito Fernando Haddad, com o apoio deslumbrado e desinformado de quase toda a imprensa, vai chegando ao fim. A Prefeitura estuda romper o convênio com a ONG “Brasil Gigante” porque, como era óbvio, como estava escrito nas estrelas, como era fatal que acontecesse, o programa já naufragou. Só uma parte ínfima dos dependentes comparece regularmente para trabalhar. Só mesmo a estupidez, aliada a uma boa dose de má-fé, supõe que se possam fornecer, gratuitamente, casa e comida a dependentes — além de uma renda — na esperança de que isso conduza à reinserção social, à diminuição do consumo ou mesmo à abstinência. Há estudos experimentais na área da psicologia comportamental que recorrem ao dinheiro para controlar o ímpeto dos dependentes. Como? À medida que cumprem determinados desafios, são recompensados. A coisa passa por mecanismos delicados, em cujo mérito não entro, mas se pode resumir assim: os que estão em tratamento são recompensados por seu esforço. A idéia é tornar o não consumo mais vantajoso do que o consumo. Segundo pessoas que lidam com a área, o resultado é satisfatório dentro do possível. O trabalho requer um acompanhamento detido, e não se tem experiência ainda dessa prática com grupos grandes. O programa da Prefeitura faz exatamente o contrário: RECOMPENSA O USUÁRIO PELO CONSUMO, ENTENDERAM? Dele, nada se exige no que diz respeito à droga: apenas que compareça para trabalhar por quatro horas. Se quiser, e só se quiser, tem mais duas para um trabalho de qualificação profissional. Assim, a Prefeitura de São Paulo fez o seguinte e magnífico programa: a: concentrou todos os usuários num ambiente favorável ao consumo; b: cercou, digamos, moralmente a Cracolândia, de sorte que a polícia não pode mais entrar lá nem para prender traficantes; c: deu aos usuários o conforto de cama e comida sem exigir nada em troca; d: remunera-o com R$ 15 se aparecer para trabalhar; e: como esse trabalho não o obriga a participar de um programa, o dependente o utiliza como elemento de ajuste de suas necessidades de consumo. Se conseguir dinheiro de algum outro modo para consumir, não aparece; se não conseguir, trabalha o suficiente para obter o dinheiro que vai sustentar o vício; f: não por acaso, e a lógica existe, a única consequência conhecida do programa até agora é a elevação do preço da pedra no dia do pagamento e no seguinte; g: isso pode contribuir, inclusive, para baixar a qualidade da pedra — com ainda mais impurezas —, já que continuará a demanda pelo produto barato. As demais consequências, que implicam, por exemplo, a eternização do Centro de São Paulo como área do crack, vocês já conhecem. Esse esgoto moral a céu aberto só é possível porque vivemos tempos simpáticos ao consumo de drogas. A “Ana” do Cafezinho Para demonstrar a sua fé no programa, o prefeito Fernando Haddad anunciou que contrataria uma dependente para servir cafezinho em seu gabinete. Contratou. A mulher ficou uma semana por lá e sumiu, voltou para o fluxo. A Prefeitura a procura desesperadamente. Tudo o que não quer é que seja encontrada antes por jornalistas. Se bem que, dado o estado das artes, é possível que nem se desse grande destaque à coisa. Afinal, a “sabedoria” firmada a respeito, sabe-se lá com o concurso de quais especialistas e de quais estudos, é que o moralmente progressista é estatizar o viciado e lhe fornecer todas as condições para que consuma a droga em paz e, como dizem eles, “com dignidade e segurança”. Só para arrematar: o novo ministro da Saúde, o sr. Arthur Chioro, é um fanático dessa política. PS: Pode até ser que a Prefeitura já tenha encontrado a “Ana” quando este post for a público. Enquanto escrevo, a mulher está sumida no “fluxo”. Coisas da Bolsa Crack da Haddadolândia. Reinaldo Azevedo Revista Veja
  8. 8. Pág. 8 2ª quinz. de JANEIRO de 2014 Detone os 05 maiores inimigos da beleza Descubra quais são as armas certas para destruir os vilões que deixam a pele feia, os cabelos quebradiços e as unhas fracas Você vive atrás de uma fórmula milagrosa para estar sempre linda e cheia de disposição, mas não sabe por que mesmo com tanta dedicação o cabelo quebra, a pele fica cheia de espinhas e as unhas fracas? Pois saiba que existem verdadeiros inimigos da sua beleza, que colocam por água abaixo qualquer tratamento ou cuidados diários com o corpo e rosto. Veja quem anda comprometendo os resultados de sua dedicação com a beleza. Inimigo número 1 - Cigarro: não tem jeito, ele lidera o ranking dos inimigos da beleza, tudo porque a nicotina e os demais componentes, como monóxido de carbono e naftaleno, prejudicam a circulação sanguínea e o processo de restauração da pele, favorecendo o envelhecimento precoce e a perda de viço e brilho da pele. Arma: a solução? Parar de fumar! Não existem produtos que possam combater de maneira eficaz os malefícios do tabagismo, a ideia aqui é começar um tratamento que faça com que, aos poucos, a pessoa largue o vício. Inimigo número 2 - Excesso de maquiagem: calma, não vamos levantar a bandeira contra o santo make de todo dia! Mas saiba que o excesso de produtos no rosto pode causar um efeito contrário na sua beleza. A maquiagem obstrui os poros, principalmente se não é retirada correta e completamente no fim do dia. Além disso, é preciso ter cuidado com as reações alérgicas que elas podem causar. Arma: demaquilante oil-free + sabonete facial + tônico + sérum com ação restauradora são o combo para combater qualquer resíduo que possa ficar na pele. Inimigo número 3 - Sol: deve-se usar protetor solar diariamente no rosto, além de manchar a pele, a radiação solar destrói as fibras colágenas e elásticas da pele o que leva a flacidez. Arma: protetor solar de textura leve e livre de óleo com FPS 60 aplicado a cada três horas, prevenindo o envelhecimento. Inimigo número 4 - Desidratação: a falta de água no organismo pode proporcionar malefícios ao corpo, como ressecamento da pele, perda de brilho e viço. Arma: tomar dois litros de água por dia, no mínimo, deve-se manter sempre a pele hidratada, isso vale também para pele oleosa que, no caso, deve receber um hidratante próprio para esse tipo de pele. Inimigo número 5 - Automedicação: nada mais natural do que desejar o produto que fez milagres na pele, cabelo ou corpo da sua amiga, certo? Não! Aquilo que funciona bem no organismo de uma pessoa não necessariamente reagirá da mesma forma com a outra. Arma: aqui, a única sugestão mesmo é procurar um dermatologista de sua confiança e obter o tratamento correto para sua pele. Veja como superar pensamentos que atrapalham emagrecer Não apenas ir com frequência à academia e eliminar do cardápio algumas comidas são suficientes para emagrecer, mas o estado mental também tem uma influência enorme no sucesso que vai ter neste processo. Alguns pensamentos negativos parecem ser impossíveis de serem deixados para trás, mas com algumas mudanças simples é mais possível mudar de vida do que se imagina. Listamos quatro hábitos que podem estar atrapalhando seu sucesso e como superá-los. Confira: Você sempre se coloca para baixo: Se sentir mal e envergonhado sobre suas escolhas no cardápio e seu corpo não ajuda em nada começar a ter uma vida saudável, pelo contrário, só dificulta as chances de ter sucesso. Psicólogos concordam que criticar a si mesmo é o pior caminho para conseguir mudar de vida. Por isso, mude o foco desta atenção para o que quer conquistar e trate a si mesmo com gentileza e carinho. Você não pode imaginar seu novo eu: Para mulheres que passam anos lutando contra o peso e o próprio corpo é muito difícil se imaginar dona de uma figura mais magra e uma vida nova. Mas, se inspirar em um projeto concreto do que você pode vir a se parecer é de grande ajuda. Pode ser difícil achar a figura exata, mas junte uma série de imagens inspiradoras e comece a imaginar a nova pessoa que quer ser e, o mais importante, corra atrás dela. Você está muito focada em um número: Às vezes, é preciso deixar a obsessão com a balança de lado, pois nem tudo é somente sobre o número de quilos que vocês está perdendo. Ao invés de ficar chateada quando não consegue ter o peso sonhado, passe a celebrar outras conquistas, como se sentir mais confortável em suas roupas e ter mais energia durante o dia, por exemplo. Celebre sua capacidade de persistir e aposte no efeito dominó: um ato positivo puxa outros. Você está estressada demais: A perda de peso se resume a uma coisa: controle do estresse, quando o corpo está sob pressão e sofrendo de altos níveis de estresse, ele tende a bombear quantidades excessivas de cortisol, hormônio que reduz a capacidade de queimar gordura. Nestes casos, mesmo que tenha hábitos saudáveis o seu corpo terá dificuldades em alcançar o objetivo que deseja. Por isso, tente encontrar um equiliíbrio de suas emoções e faça as melhores escolhas sobre exercícios físicos e alimentação, pois isto certamente irá ajudar a emagrecer e também reduzir o estresse.

×