Redes Sociais na Educação

4.911 visualizações

Publicada em

Palestra com a temática "Redes Sociais na Educação", ministrada por Luci Ferraz, em março de 2010, durante a Formação Profissional dos Professores do Centro de Mídias de Educação do Amazonas, em Manaus.

Publicada em: Educação

Redes Sociais na Educação

  1. 1. REDES SOCIAIS NA EDUCAÇÃO Luci Ferraz de Mello Manaus – Amazonas Março - 2010
  2. 2. COMUNICAÇÃO MEDIADA PELO COMPUTADOR • Mudanças profundas na Sociedade – Organização; – Identidade; – Conversação; – Mobilização Social.
  3. 3. O QUE SÃO? • “Quando uma rede de computadores conecta uma rede de pessoas e organizações, é uma rede social”. (Garton, Haythorthwaite e Wellman, 1997, p.1). • “São redes de comunicação que envolvem a linguagem simbólica, os limites culturais e as relações de poder”. (Fritjof Capra, site http://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_social – acesso em 28/02/2010)
  4. 4. O QUE SÃO? • Conjunto de dois ou mais elementos: – ‘Nós” da Rede – Conexões
  5. 5. O QUE SÃO? • ATORES (Nós da Rede) – Construções Identitárias do Ciberespaço – Representações dos atores sociais – Espaços de interação, lugares de fala – Expressam elementos da identidade do ator • Centro de Mídias/NING • Weblog • Fotolog • Twitter • Perfil no Orkut ou Facebook
  6. 6. O QUE SÃO? • CONEXÕES – Laços Sociais, formados pela interação social/comunicação entre os atores – Relação das trocas de mensagens e o sentido das mesmas (trocas sociais)
  7. 7. INTERAÇÕES SOCIAIS • Interação Mútua – Diálogo, relações interdependentes e processos de negociação (construção inventiva e cooperada da relação)
  8. 8. INTERAÇÕES SOCIAIS • Diálogo – Interação construída, negociada e criativa – Relações Complexas – Constrói valores e conhecimento – Laços sociais fortes
  9. 9. INTERAÇÕES SOCIAIS • Interação Reativa – Relações determinísticas de estímulo e resposta – Laços sociais fracos (normalmente)
  10. 10. RELAÇÕES • Diferentes tipos de informações em diferentes tipos de sistemas • Independem de construir ou acrescentar algo • Amigáveis ou Conflituosas
  11. 11. LAÇO • Relações específicas – Proximidade; – Contato frequente; – Fluxos de informação; – Conflito ou suporte emocional
  12. 12. LAÇO • Estrutura da Rede / Padrões organizam: – Sistemas de troca; – Controle; – Dependência; – Cooperação; – Conflito.
  13. 13. LAÇO • Laço Relacional – Constituem-se por meio das relações sociais – Só acontecem por interação entre os vários atores de uma rede social – Dialógico
  14. 14. CAPITAL SOCIAL • “Valor constituído a partir das interações entre os atores sociais” (Recuero, 2009, p.45) • “Conjunto de recursos de um determinado grupo” (Recuero, 2009, p.45) • Baseado na reciprocidade entre o grupo
  15. 15. CAPITAL SOCIAL • Categorias – Relacional: soma das relações, laços e trocas que conectam os indivíduos – Normativo: normas de comportamento de um determinado grupo e valores desse grupo – Cognitivo: conhecimentos e informações colocadas em comum por um determinado grupo – Confiança no ambiente social: confiança mútua entre os participantes – Institucional: instituições formais e informais, para estruturação geral de grupos
  16. 16. CAPITAL SOCIAL • Forma 1 – Conector: relações de fora do grupo • Forma 2 – Fortalecedor: fortalecimento de grupos mais coesos
  17. 17. DINÂMICAS DAS REDES SOCIAIS • Cooperação, Competição e Conflito • Ruptura e Agregação • Adaptação e Auto- organização
  18. 18. COMUNIDADES VIRTUAIS • Cluster: aglomerado de nós com maior densidade de conexões • Lugares na vida das pessoas
  19. 19. COMUNIDADES VIRTUAIS • Novas formas de se conectar, estabelecer relações e formar comunidades • Wellnan e Castells: mudança essencial da sociabilidade (Recuero, 2009)
  20. 20. COMUNIDADES VIRTUAIS • Individualismo em rede (In Recuero, 2009, p. 142) – “... É um padrão social, não um acúmulo de indivíduos isolados. O que ocorre é que indivíduos montam suas redes, on-line e off-line, com base em seus interesses, valores, afinidades e projetos” (Castells, 2003, p. 109)
  21. 21. VIABILIDADE • INTERESSE COMUM – Participantes precisam INTERAGIR e COLABORAR uns com os outros • MASSA CRÍTICA DE USUÁRIOS – Redes sociais têm sucesso quando possui muitos participantes
  22. 22. VIABILIDADE • SIMPLICIDADE – As ferramentas disponíveis têm que ser fáceis de usar (Ex.: NING)
  23. 23. VIABILIDADE • REDES SOCIAIS DEMANDAM LÍDERES – Convide algumas celebridades do tema para participarem de alguns dos debates • INFORMAÇÕES ATUALIZADAS – Fonte de informações inovadoras • INTEGRIDADE - REDE SOCIAL NÃO SE DESTINA À PRÁTICA DE SPAM – Não faça propaganda
  24. 24. VIABILIDADE • TEMAS DE SUCESSO – Auto expressão (video, música, esportes e viagens são extremamente personalizados e emocionais): YouTube, LastFm – Redes Genéricas (muito para contar da vida pessoal, emocional e profissional): facebook, twitter, linked in
  25. 25. VIABILIDADE • TEMAS DE SUCESSO – Cultural: Religião, Política, Estudos Acadêmicos, Raça, Gênero, Encontros Amorosos, Idade
  26. 26. VIABILIDADE • TEMAS ESPECÍFICOS – EDUCAÇÃO E PESQUISA ACADÊMICA – PROFESSORES – SUSTENTABILIDADE – Áreas de interesse comum, troca de CV´s, atualização acadêmica e marketing pessoal
  27. 27. NOVAS TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO • POR QUE ADOTÁ-LAS???? • NÃO SE TRATA DA TECNOLOGIA, TRATA-SE DE EDUCAÇÃO, MAS...
  28. 28. NOVAS TECNOLOGIAS E A EDUCAÇÃO • COMO OS ALUNOS SE COMUNICAM HOJE???
  29. 29. POR QUE ADOTÁ-LAS • Para se refletir: estatísticas importantes! • http://www.youtube.com/watch?v=DmRsQibIOWg
  30. 30. REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃO • Inovação • Mudança • Criatividade • Hummmmm... Qual era o mesmo o papel do professor?
  31. 31. MEDIAÇÕES DOS PROFESSORES • Acesso e Motivação para os alunos • Estímulo à socialização com e entre os alunos – Pontes culturais, sociais e ambientes de aprendizagem (NING ou Moodle) • Estímulo e apoio à troca de materiais de aprendizagem
  32. 32. MEDIAÇÕES DOS PROFESSORES • Processo de facilitação para a construção do conhecimento – Professor enquanto MEDIADOR, enquanto EDUCOMUNICADOR – Estimulando, lançando desafios, questionando posturas • Desenvolvimento – Apoio e resposta às atividades
  33. 33. DICA FINAL • Nunca responda a um aluno a distância com PRESSA e/ou com RAIVA!
  34. 34. MUITO OBRIGADA! VOCÊS SÃO PESSOAS MUITO ESPECIAIS E ESTÃO REALMENTE CONTRIBUINDO PARA UM BRASIL E UM MUNDO MELHOR! PARABÉNS!!! • Luci Ferraz de Mello • E-mail: luci.demello@gmail.com

×