Ambulatório de Patologia Vulvar
Hospital Universitário Prof Edgard Santos

Úlceras genitais infecciosas:
diagnóstico e tra...
Úlceras genitais
• Tratar antes da
confirmação
laboratorial.
• Lembrar que 25%
das pacientes com
úlcera genital não
têm co...
Diagnóstico diferencial de
úlceras genitais:
 Idade
 Recorrências ou não
 Únicas ou múltiplas
 Sintomas associados
 C...
Úlceras genitais
DST

Vulvite fúngica
JOVENS
Aftas

Hidradenite
Mononucleose
Úlceras genitais
IDOSAS

 Câncer de vulva
 Neoplasia intra-epitelial vulvar (NIV)
 Vulvite fúngica
 Trauma
Úlceras genitais
Jovens com úlceras recorrentes
Herpes genital
Hidradenite
Doença de Behçet
Diagnóstico de úlceras genitais:
• Sorologias para Sífilis
• Sorologia para Herpes
• Biópsia da úlcera
• Sorologia para HI...
Herpes genital primário
Herpes genital primário
Herpes genital primário- Paciente HIV +
Herpes genital - recorrência
Herpes genital - recorrência
Herpes genital - recorrência
Herpes genital - recorrência
Herpes genital
Herpes em nádegas
Herpes genital
Prevalência da Infecção HSV-2

Suécia 33%
USA 20,8%

Inglaterra 7,6%

Itália 5,5%
Costa Rica 39,4%

Brasil 39%
Austrália 1...
Concentração de anticorpos

Infecção Herpes vírus
IgG

IgM
Tempo

Infecção

3-6 meses
Dermatol Clin, 1998
Herpes genital - Diagnóstico
 Citologia (baixa
sensibilidade e
especificidade)
 Sorologia IgG
(S=80-98% e
E > 96%)
CDC 2010
CDC 2010
CDC 2010
Herpes Genital
TRANSMISSÃO
• Lesões genitais
• Portadores assintomáticos
• Materno-fetal
Herpes Genital / GRAVIDEZ
Infecção neonatal
HSV primário
Recorrência

30-50%
< 1%
Herpes Genital / GRAVIDEZ
Avaliação dos genitais
Sem lesões

parto via vaginal

Com lesões

cesárea

Lesões 3º T

cesárea
Herpes Genital / GRAVIDEZ
Aciclovir
200 mg, 5x/d, 5 a 10 dias
Lesões maternas disseminadas:
Aciclovir (5-10 mg/kg, IV, 8/8...
Herpes Genital
Hospitalização:
Infecção disseminada
Pneumonite
Hepatite
Meningite
Encefalite
Cancro duro sifilítico
Sorologias não treponêmicas
 Alta sensibilidade / baixa especificidade
 Mede Ac. contra material lipídico liberado por
c...
Sorologias treponêmicas
Alta sensibilidade/alta especificidade
•HTPA (hemaglutinação do TP)
•FTA Abs (absorção de Ac.
Trep...
Sorologias não treponêmicas
VDRL 1:4
Falsa reatividade
Doença em atividade
Recontaminação
“Cicatriz sorológica” (memór...
Sífiles - Diagnóstico
Quadro clínico
Pesquisa em campo escuro
VDRL: ≥ 1/8 (após 15 dias do cancro)
FTA-ABS ou HTPA: 15 dia...
Gestação
VDRL
•Primeira consulta
•28-32 semanas
•Trabalho de parto
Sífiles / Tratamento
Penicilina benzatina (2,4 milhões, IM)
Eritromicina (500mg, 6/6h, 15 dias)
Doxiciclina (100mg, 12/12h...
Cancro mole
Cancro mole
• Quadro clínico
• Cultura meio especial para H. ducreyi
• Exclusão de outras etiologias de úlceras
Cancro mole
• Azitromicia 1g, dose única
• Ceftriaxone, 250 mg, IM, d.u
• Ciprofloxacin, 500 mg, por 3 dias

CDC 2010
Linfogranuloma venéreo
Linfogranuloma venéreo

Atlas DST
Granuloma inguinal (Donovanose)
Linfogranuloma e Donovanose
• Doxiciclina 100mg, 2x/dia, por 21 dias.
• Azitromicina, 1g, dose única, por 3 sem.

CDC 2010
ÚLCERAS GENITAIS
Hidradenite
Hidradenite
Hidradenite supurativa
Hidradenite
Hidradenite
Doença de Beçhet
Mononucleose infecciosa
Mononucleose infecciosa
Úlcera de Lipschultz
Dermatite fúngica
Dermatite fúngica
Dermatite fúngica
Dermatite fúngica
Doença de Crohn
Neoplasia intra-epitelial vulvar
Câncer de vulva
NUNCA FAZER SEXO
SEM CAMISINHA!
XVII Congresso Brasileiro
de Patologia do Trato Genital
Inferior e Colposcopia
Belo Horizonte, 12 a 15 de
novembro de 2014...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Úlceras Genitais Infecciosas

7.295 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
84
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Úlceras Genitais Infecciosas

  1. 1. Ambulatório de Patologia Vulvar Hospital Universitário Prof Edgard Santos Úlceras genitais infecciosas: diagnóstico e tratamento Nilma Antas Neves Profa Adjunta Ginecologia da Universidade Federal Bahia Presidente Comissão Nacional Vacinas FEBRASGO Vice-Presidente da ABPTGIC
  2. 2. Úlceras genitais • Tratar antes da confirmação laboratorial. • Lembrar que 25% das pacientes com úlcera genital não têm confirmação laboratorial.
  3. 3. Diagnóstico diferencial de úlceras genitais:  Idade  Recorrências ou não  Únicas ou múltiplas  Sintomas associados  Crônicas (+ 4 semanas) ou não
  4. 4. Úlceras genitais DST Vulvite fúngica JOVENS Aftas Hidradenite Mononucleose
  5. 5. Úlceras genitais IDOSAS  Câncer de vulva  Neoplasia intra-epitelial vulvar (NIV)  Vulvite fúngica  Trauma
  6. 6. Úlceras genitais Jovens com úlceras recorrentes Herpes genital Hidradenite Doença de Behçet
  7. 7. Diagnóstico de úlceras genitais: • Sorologias para Sífilis • Sorologia para Herpes • Biópsia da úlcera • Sorologia para HIV • Pesquisa de outras DSTs
  8. 8. Herpes genital primário
  9. 9. Herpes genital primário
  10. 10. Herpes genital primário- Paciente HIV +
  11. 11. Herpes genital - recorrência
  12. 12. Herpes genital - recorrência
  13. 13. Herpes genital - recorrência
  14. 14. Herpes genital - recorrência
  15. 15. Herpes genital
  16. 16. Herpes em nádegas
  17. 17. Herpes genital
  18. 18. Prevalência da Infecção HSV-2 Suécia 33% USA 20,8% Inglaterra 7,6% Itália 5,5% Costa Rica 39,4% Brasil 39% Austrália 14,5% Herpes, 1999
  19. 19. Concentração de anticorpos Infecção Herpes vírus IgG IgM Tempo Infecção 3-6 meses Dermatol Clin, 1998
  20. 20. Herpes genital - Diagnóstico  Citologia (baixa sensibilidade e especificidade)  Sorologia IgG (S=80-98% e E > 96%)
  21. 21. CDC 2010
  22. 22. CDC 2010
  23. 23. CDC 2010
  24. 24. Herpes Genital TRANSMISSÃO • Lesões genitais • Portadores assintomáticos • Materno-fetal
  25. 25. Herpes Genital / GRAVIDEZ Infecção neonatal HSV primário Recorrência 30-50% < 1%
  26. 26. Herpes Genital / GRAVIDEZ Avaliação dos genitais Sem lesões parto via vaginal Com lesões cesárea Lesões 3º T cesárea
  27. 27. Herpes Genital / GRAVIDEZ Aciclovir 200 mg, 5x/d, 5 a 10 dias Lesões maternas disseminadas: Aciclovir (5-10 mg/kg, IV, 8/8 h, 5-7 d) CDC 2010
  28. 28. Herpes Genital Hospitalização: Infecção disseminada Pneumonite Hepatite Meningite Encefalite
  29. 29. Cancro duro sifilítico
  30. 30. Sorologias não treponêmicas  Alta sensibilidade / baixa especificidade  Mede Ac. contra material lipídico liberado por células lesadas do hospedeiro e contra material semelhante a lipoproteínas liberado pelos treponemas. • RPR (Rapid Plasm Reagin) • VDRL (Veneral Disease Research Laboratory)
  31. 31. Sorologias treponêmicas Alta sensibilidade/alta especificidade •HTPA (hemaglutinação do TP) •FTA Abs (absorção de Ac. Treponêmicos fluorescentes) •ELISA (ensaio imunoenzimático)
  32. 32. Sorologias não treponêmicas VDRL 1:4 Falsa reatividade Doença em atividade Recontaminação “Cicatriz sorológica” (memória)
  33. 33. Sífiles - Diagnóstico Quadro clínico Pesquisa em campo escuro VDRL: ≥ 1/8 (após 15 dias do cancro) FTA-ABS ou HTPA: 15 dias após a infecção Após tratamento: monitorar com VDRL quantitativo (3/3 meses) por 1a.
  34. 34. Gestação VDRL •Primeira consulta •28-32 semanas •Trabalho de parto
  35. 35. Sífiles / Tratamento Penicilina benzatina (2,4 milhões, IM) Eritromicina (500mg, 6/6h, 15 dias) Doxiciclina (100mg, 12/12h, 15 dias) Azitromicina (1g/sem, por 3 semanas) CDC 2010
  36. 36. Cancro mole
  37. 37. Cancro mole • Quadro clínico • Cultura meio especial para H. ducreyi • Exclusão de outras etiologias de úlceras
  38. 38. Cancro mole • Azitromicia 1g, dose única • Ceftriaxone, 250 mg, IM, d.u • Ciprofloxacin, 500 mg, por 3 dias CDC 2010
  39. 39. Linfogranuloma venéreo
  40. 40. Linfogranuloma venéreo Atlas DST
  41. 41. Granuloma inguinal (Donovanose)
  42. 42. Linfogranuloma e Donovanose • Doxiciclina 100mg, 2x/dia, por 21 dias. • Azitromicina, 1g, dose única, por 3 sem. CDC 2010
  43. 43. ÚLCERAS GENITAIS
  44. 44. Hidradenite
  45. 45. Hidradenite
  46. 46. Hidradenite supurativa
  47. 47. Hidradenite
  48. 48. Hidradenite
  49. 49. Doença de Beçhet
  50. 50. Mononucleose infecciosa
  51. 51. Mononucleose infecciosa
  52. 52. Úlcera de Lipschultz
  53. 53. Dermatite fúngica
  54. 54. Dermatite fúngica
  55. 55. Dermatite fúngica
  56. 56. Dermatite fúngica
  57. 57. Doença de Crohn
  58. 58. Neoplasia intra-epitelial vulvar
  59. 59. Câncer de vulva
  60. 60. NUNCA FAZER SEXO SEM CAMISINHA!
  61. 61. XVII Congresso Brasileiro de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia Belo Horizonte, 12 a 15 de novembro de 2014 www.colposcopia2014. com.br

×