Métodos contraceptivos humanos

3.063 visualizações

Publicada em

Aula: Métodos contraceptivos humanos; o ciclo menstrual, fisiologia da gravidez e os mecanismos de ação dos métodos contraceptivos humanos para evitar a gravidez.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.063
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
485
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Métodos contraceptivos humanos

  1. 1. Aula: Métodos Contraceptivos humanosTema contido no edital do vestibulinho EmbraerObjetivos:Compreender o ciclo menstrual;Entender a fisiologia da gravidez;Conhecer o mecanismo de ação dos métodoscontraceptivos humanos;Relacionar o método contraceptivo com o ciclomenstrual.
  2. 2. O hormônio luteinizante ou LH é a proteína reguladora dasecreção da progesterona na mulher e controla oamadurecimento dos folículos de Graaf, a ovulação, ainiciação do corpo lúteo.O Hormônio folículo estimulante (FSh) estimula ocrescimento e recrutamento de folículosovarianos nos ováriosA progesterona estimula o desenvolvimento dos vasossanguíneos e das glândulas do endométrio, tornando-oespesso e preparando o útero para receber o embrião.O estrógeno inibe a secreção do hormônio folículoestimulante (FSH) e hormônio luteinizante (LH)
  3. 3. MétodosContraceptivos
  4. 4. O que é a contracepção?• É todo o método que visa impedir a fertilizaçãode um óvulo ou impedir a nidificação do ovo ouzigoto.• É o regime de uma ou mais ações, dispositivosou medicamentos de modo a prevenir ou reduzira propensão de uma mulher se tornar grávidaou dar à luz. Estas ações, também conhecidascomo métodos contraceptivos, sãofundamentais hoje em dia para o planeamentofamiliar.
  5. 5. Métodos contraceptivos• NaturaisNaturais– Consistem em calcular o período fértil e, desta forma,evitar que haja fecundação - abstinência periódica;• Não Naturais (artificiais)Não Naturais (artificiais)– Impedem a gravidez através de dispositivos locais ouatravés de medicamentos com hormonios ováricos.
  6. 6. Naturais• Método do calendárioMétodo do calendário– É um método que calcula pela contagem dos dias, o período em quea mulher estará fértil, ou seja, o período em que ocorre a ovulação.Neste período ela deve evitar ter relações sexuais ou tê-las usando opreservativo para não correr o risco de engravidar.Vantagens DesvantagensEste método favorece oconhecimento dos períodosde menstruação efertilidade de cada mulher. Não apresenta efeitoscolaterais.Este método exige disciplina da mulher nas anotaçõesmensais de seu ciclo menstrual e necessita de abstinência ouuso de preservativo nos dias férteis. Não deve ser utilizado no período em que a mulher estiver aamamentar, pois a menstruação desregula a ovulação e operíodo fértil. Este método necessita de pratica para o cálculo do períodofértil no mínimo durante 6 meses para que não haja tantorisco de gravidez. Não previne contra as DST/HIV. Não é recomendado para adolescentes, pois pode ocorrerfalhas e gravidez.
  7. 7. • Método da TemperaturaMétodo da TemperaturaÉ um método que identifica o período de ovulação da mulher, ou seja,quando ela estará fértil através da verificação da sua temperatura corporal.Dessa forma, quando há aumento de temperatura, que identifica o períodofértil, a mulher não deve ter relações sexuais, ou então deve tê-las usandopreservativo, para não correr risco de engravidar.Vantagens Desvantagens Este método favorece aobservação do corpo. Este método é muitoutilizado por quem desejaengravidar, sendo um métodoauxiliar no tratamento dainfertilidade.Tem pouca eficácia para aprevenção da gravidez. Exige muita disciplina. Atemperatura precisa ser medida eanotada diariamente pela manhã,ao acordar. Algumas doenças que provocamfebre podem confundir asanotações da temperatura. Exige que o casal não tenharelações sexuais ou tenharelações usando preservativodurante os dias férteis. Não previne contra as DST.
  8. 8. • COITO INTERROMPIDOCOITO INTERROMPIDOInterrompe-se o ato sexual antes da ejaculação. Dessa forma tenta evitar que osespermatozóides entre no corpo da mulher.Vantagens DesvantagensEm situações inesperadasde não uso de nenhumcontraceptivo reduz umpouco o risco de gravidez.Inclui a participação dohomem na prevenção dagravidez. A eficácia deste método é baixa oferece altorisco de gravidez, pois a lubrificação que opénis solta,, já contém espermatozóides.
  9. 9. • Muco Cervical ou BILLINGSMuco Cervical ou BILLINGSÉ uma forma de evitar a gravidez que observa a humidade natural da vagina,procurando identificar os dias férteis, em que a mulher solta o oócitoII. Dessaforma, ela evita ter relação sexual nesse período para que não ocorra gravidez.Vantagens DesvantagensEste método não tem efeitos colaterais. Este método é muito utilizado porquem deseja engravidar, sendo ummétodo auxiliar no tratamento dainfertilidade.Exige disciplina em estar atenta aopróprio corpo e abstenção de relaçõesou uso de preservativo nos dias queindiquem fertilidade; Mulheres com ciclo menstrual irregularnão devem utilizar este método Mulheres que apresentam inflamaçõescrónicas, com presença constante decorrimento, não têm como verificar deforma correta os dias em que ocorre apresença do líquido (muco); Não previne contra as DST. Não é recomendado paraadolescentes, pois pode ocorrer falhas egravidez.
  10. 10. Não Naturais• MecânicosMecânicos– D.I.U– DIAFRAGMA– Preservativo (masculino, feminino)• Métodos HormonaisMétodos Hormonais– Pílula– Adesivo– Anel vaginal• QuímicosQuímicos– Espermicida• CirúrgicosCirúrgicos– Vasectomia– Laqueação de trompas
  11. 11. Mecânicos• DIUDIUTrata-se de uma pequena peça de plástico, em polietileno, com uma parte recoberta decobre em formato espiral, que é colocada pelo médico dentro do útero. O cobrebloqueia a atividade dos espermatozóides, dificultando seu acesso ao óvulo eevitando a gravidez com eficácia de 98%.Deve ser colocado, de preferência, em mulheres que já tiveram pelo menos um filho edurante período menstrual quando o orifício do colo está mais aberto.
  12. 12. Vantagens Desvantagens Depois de ser colocado, o DIU podepermanecer no útero por vários anos.Dependendo do tipo, (5 a 10 anos). Pode ser colocado 60 dias após oparto.Não exige disciplina no seu uso,porque permanece continuamente nocorpo da mulher;•DIU não é recomendado na presença oususpeita de: gravidez, cancro no úteroou nas trompas, malformação no útero,hemorragias e presença de anemiaconstante.• DIU aumenta a possibilidade deinflamações e de manutenção no casode aquisição de alguma DST.•Na presença de DST, o DIU não deveser recomendado. Caso já esteja emuso, deve ser retirado.• A inflamação deve ser tratada antes dacolocação do DIU.• Exige um acompanhamento médicoperiódico.• Não protege contra doençassexualmente transmissíveis (DST).
  13. 13. • DiafragmaDiafragmaÉ uma capinha de silicone ou látex, macia e com aro de metal flexível que écolocada pela própria mulher no fundo da vagina, antes da relação sexual,cobrindo o colo do útero. Este método forma uma barreira, impedindo que osespermatozóides entrem no útero. Deve ser utilizado em conjunto com umespermicida (componente químico capaz de matar os espermatozóides), dessaforma assegura a prevenção da gravidez com 98% de eficácia.Como introduzir um diafragma
  14. 14. Vantagens DesvantagensO diafragma pode ser usado em todas asfases de vida da mulher, da adolescência àmenopausa. Não faz mal à saúde e nem interfere no ciclomenstrual. Pode ser usado com um espermicida,aumentando a proteção. Protege o colo do útero contra eventuaislesões e infecções durante a relação sexual.Oferece proteção inclusive contra algumasDST. Pode ser utilizado durante a amamentação,pois não interfere no leite Não é descartável, possui durabilidade entre2 e 3 anos quando cuidado adequadamente. Pode ser usado junto com o preservativomasculino, aumentando assim, a proteção.O diafragma exige disciplina em seuuso.Não evita todas as doençassexualmente transmissíveis (DST).
  15. 15. ●Preservativo Feminino:Preservativo Feminino:Invólucro de borracha, macio e transparente quedeve ser colocado antes da relação sexual, pararevestir a vagina e a parte externa da vulva,protegendo, desta forma, os lábios grandes. Pordentro tem um anel, também em poliuretano, quefica solto facilitando a colocação do preservativo ea sua fixação na vagina.
  16. 16. Vantagens Desvantagens• Não faz mal à saúde e pode serutilizado sem receita médica, não temcontra-indicações.• É de fácil transporte, pode serguardado na bolsa.•Quando utilizado corretamente, oferecegrande segurança para evitar a gravideze as DST.•eficácia de 97,3%•Pode ser desconfortável;•Só é possível usá-lo uma única vez,visto que é descartável;•É preciso colocá-lo com cuidado;
  17. 17. • Preservativo Masculino:Preservativo Masculino:Membrana de látex fino colocadafino colocada no pénis ereto antes dequalquer relação sexual. Ele impedeEle impede a passagem dos espermatozóidespara o útero.
  18. 18. Vantagens Desvantagens•Não tem efeitos secundários e pode serusado sem receita médica;•protege das doenças sexualmentetransmissíveis (DST);•Fácil acesso (encontrado em farmácias,supermercados, oferecido por Centrosde Saúde e hospitais);• Método económico;• É fácil de transportar. A embalagempermite que seja levado para qualquerlugar, desde que seja preservado docalor e não seja amassado;•tem uma eficácia de 98%, quando bemcolocado;É o método mais indicado para jovensque querem iniciar a sua vida sexual.•Pode ser desconfortável;•Pode romper durante a atividadesexual;•É descartável;•Requer cuidados (data de validade,colocação).
  19. 19. Químicos• Espermicidas:Espermicidas:São produtos sobre a forma de creme, geleia, espuma, sprays que a mulher colocano fundo da vagina, duas horas antes de cada relação sexual. Estes produtoscontêm substâncias químicas que neutralizam a mobilidade e destroem osespermatozóides.Vantagens Desvantagens•Não precisa ser usado todos os dias.•Não prejudica a saúde e nem interfereno ciclo menstrual.•Utilização simples•O tempo de ação dos espermicidas éde 2 h e necessita reaplicação emrelações sexuais prolongadas ourepetidas;•Pode provocar reações alérgicas;•Não protege das doençassexualmente transmissíveis•Pouco eficaz
  20. 20. Hormonais• Pílula diária (oral):Pílula diária (oral):Comprimidos constituídos por hormonios sintétic0s (estrogénio e progesterona),que alteram o ciclo sexual normal e, desta forma, impedem a ovulação.Ocorre entradas na corrente sanguínea. As hormonas sexuais sintéticas simulamuma gravidez. O hipotálamo e a hipófise, comportando-se como se a mulherestivesse realmente grávida, deixam de segregar as hormonas quenormalmente estimulam os ovários a libertar o LH.
  21. 21. Vantagens Desvantagens•A mulher toma diariamente a pílula nãonecessitando de utilizar outros métodosde contracepção na altura da relaçãosexual;•quando o uso da pílula é suspenso, osovários voltam à função normal;•regula o ciclo menstrual, diminui ofluxo menstrual e alivia as doresmenstruais;•eficácia de 98,5%.•Exige autodisciplina, pois deve sertomada diariamente, sempre no mesmohorário.•Se a mulher se esquecer de tomar ocomprimido poderá engravidar;•contra-indicado para: mulheres commais de 35 anos e fumantes, para quemteve trombose, diabetes, para mulheresque sofrem de hipertensão arterialhepatites, com problemascardiovasculares, cancro da mama,cancro do útero ou ainda enxaquecas;•não deve ser utilizada por mulheres queestejam a amamentar;•não previne contra as DST.
  22. 22. • Pílula injetável:Pílula injetável:É uma injeção com alta dosagem de hormnios, que impedem aovulação e alteram o muco cervical e o estado das trompas deFalópio.Existem 2 tipos:– A Mensal, composta por dois hormonios, deve ser aplicada umavez por mês, entre o 7º e o 10º dia após o início da menstruação,com orientação médica.– A Trimestral, que possui apenas um tipo de hormonio e deve seraplicada a cada três meses. A primeira dose deve ser aplicadaentre o 5º e o 7º dia do início da menstruação.
  23. 23. Vantagens desvantagens•Não interfere nas relações sexuais•Não precisa ser usada no dia a dia.•eficácia de 98,5% quando utilizadacorrectamente.•Exige os mesmos cuidados que apílula anticoncepcional;•Alguns tipos acarretam sobrecargahormonal, e consequente aumentoda circulação sanguínea, com riscode aparecimento de varizes,hipertensão, trombose e problemascirculatórios;•Não deve ser utilizada por fumantesou mulheres acima de 35 anos deidade.
  24. 24. • Implante Subcutâneo (pílula):Implante Subcutâneo (pílula):O implante subcutâneo é um método à base de hormonas artificiais, que impede aovulação. Este dispositivo é introduzido por um médico(a) sob a pele da mulher,que vai libertando doses de hormonas diárias para o organismo por váriosanos.Vantagens Desvantagens•A mulher não precisa de se preocuparcom a utilização de outros métodos.•Quando o uso deste pílula é suspenso,os ovários voltam à sua função normal.•Eficácia de 98,5%.•É contra indicado para mulheres commais de 35 anos e fumantes.•Não protege das DST.•Com o passar do tempo reduz o ciclomenstrual e pode mesmo fazer com quea mulher não tenha menstruação•A sua utilização não pode serinterrompida instantaneamente, énecessário procurar um médico pararetirar o implante.
  25. 25. • Pílula Vaginal:Pílula Vaginal:Pílula vaginal é um método a base de hormonas artificiais, que impede amulher de ovular, desta forma não há gravidez. Ela é utilizadadiariamente e deve ser introduzida na vagina para ser absorvida peloorganismo. Esta opção é normalmente utilizada por pessoas que temproblemas estomacais com a pílula anticoncepcional oral.
  26. 26. Vantagens Desvantagens•A mulher introduz diariamente e nãoprecisa utilizar métodos na hora darelação sexual.•Como é colocada na vagina não causamal estar estomacal, nem vómitos ounáuseas.•Quando suspenso o uso dessa pílulavaginal, os ovários voltam à funçãonormalmente.•Regula o ciclo menstrual, diminui ofluxo menstrual e alivia as cólicas.•Exige disciplina, pois deve serintroduzida na vagina diariamente,sempre no mesmo horário. Se a mulheresquecer de tomar o comprimido poderáengravidar.•Contra indicado para mulheres commais de 35 anos e fumantes.•Não previne contra as DST.•Costuma ter um custo mais elevado doque as pílulas anticoncepcionais orais.
  27. 27. • Pílula do dia seguinte (oral):Pílula do dia seguinte (oral):É um método contraceptivo para situações de emergência que pode ser usadoaté 5 dias depois da relação sexual ter acontecido e houver risco de gravidez.Estes comprimidos são constituídos por doses fortes de hormonas(estrogénios progesterona) que impedem a ovulação, a mobilidade dosespermatozóides no útero, a fecundação e, consequentemente, a gravidez.É exclusivamente recomendado para: problemas com o método de uso regular(falha do preservativo, expulsão do DIU, deslocamento do Diafragma), eeventual relação sem proteção.
  28. 28. Vantagens Desvantagens• O único método contraceptivo quepode ser utilizado pela mulher após arelação sexual.• no caso de não resultar, o método,não causa efeitos colaterais no feto.•Previne a Gravidez não planejada.•Esta pílula pode ser usada sobreforma de dose pronta (com eficáciamédia de 99,9%) ou através de dosescombinadas (método YUSPE) a partir depílulas anticoncepcionais orais (comeficácia média de 96,8%).•Os comprimidos possuem altaconcentração de hormonas e só devemser utilizados em casos de emergência.•Em mulheres que amamentam, podediminuir a quantidade do leite materno.•Os comprimidos podem causar efeitossecundários como: náuseas, vómitos,tontura e dor de cabeça.•Provoca o adiamento ou antecipaçãoda menstruação por alguns dias.•O seu uso frequente, desregula o ciclomenstrual e facilita a gravidez mais doque os outros métodos.•Medicamentos, como barbitúricos ealguns antibióticos, podem reduzir aeficácia deste método.•Não protege das DST.
  29. 29. • Adesivo contraceptivoAdesivo contraceptivoÉ um método de contracepção constituído por um adesivo fino e impregnado dehormonas que são continuamente transferidas através da pele para a correntesanguínea.As hormonas libertadas pelo adesivo evitam que se dê a ovulação. Tambémespessam as secreções do muco do cérvix, tornando a entrada do esperma noútero mais difícil.Vantagens DesvantagensRegulada as menstruações, podem sermais leves e menos dolorosas;Benefícios comparados com as pílulasorais: pode ser menos afetado porantibióticos;Não protege contra as DST’s:Ganho de pesoRiscos: Taxas de TVPs (TromboseVenosa Profunda) similares às pílulasorais combinadas.
  30. 30. • Anel Vaginal:Anel Vaginal:É constituído por hormonas artificiais, que impedem a ovulação, nãohavendo, desta forma, gravidez. Este anel é introduzido uma vezpor mês na vagina, e a longo prazo, vai soltando carga hormonalque é absorvida diariamente pelo organismo.
  31. 31. Vantagens Desvantagens•A mulher não precisa deutilizar outros métodos narelação sexual.•Como é colocado na vaginanão causa mal estar estomacal,nem vómitos ou náuseas.•Quando suspenso o uso doanel vaginal, os ovários voltamà sua função normal.•Ajuda a regular o ciclomenstrual, diminui o fluxomenstrual e alivia as doresmenstruais.•É contra indicado para mulherescom mais de 35 anos e fumantes.•Não previne contra as DST.•Duração de um mês.
  32. 32. Cirúrgicos• Laqueação de Trompas:Laqueação de Trompas:Trata-se de uma cirurgia feita na mulher, que corta e/ou amarra as suas trompasde Falópio, impedindo a passagem do óvulo. Desta forma, quando ocorre arelação sexual, o espermatozóide não encontra o óvulo, evitando assim afecundação e gravidez.
  33. 33. Vantagens Desvantagens•A mulher não precisa mais de utilizaroutros meios para evitar a gravidez.• Eficácia de 100%.•Sem efeitos secundários.•Trata-se de uma cirurgia, portanto comos mesmos riscos que qualquer outra,exigindo exames pré-operatórios,internamento e anestesia.• Várias mulheres se arrependem denão poder engravidar mais, anos após arealização da cirurgia, apesar de nomomento da operação terem tidocerteza da escolha.• Este método não protege contra asDST.•Método irreversível.•Apenas para mulheres com mais de 25anos.
  34. 34. • Vasectomia:Vasectomia:Trata-se de uma pequena cirurgia feita no homem, que corta ou amarra os seuscanais deferentes. Desta forma, os espermatozóides produzidos não sãoexpelidos durante a ejaculação, evitando a gravidez.
  35. 35. Vantagens Desvantagens•Este método não altera o desempenhosexual.•Favorece a participação do homem nacontracepção.• A cirurgia é simples, com anestesialocal e pode ser realizada emconsultório não havendo necessidadede internamento.•Não há mais necessidade de uso deoutros métodos contraceptivos.•Por ser uma cirurgia, necessita deexames pré operatórios.•A cirurgia é de difícil reversão por issodeve ser uma escolha bem pensada.•Há muitos casais que se arrependemou homens que casam com novasparceiras que desejariam ter filhos.• É necessário o uso de outro métodocontra a gravidez nas próximasejaculações após a cirurgia.•Este método não protege contra asDST.•Método irreversível•Apenas para homens com mais de 25anos•Eficácia de 100%
  36. 36. Aborto:Aborto:O aborto é a interrupção de uma gravidez.É a expulsão de um embrião ou de um feto antes do final do seudesenvolvimento.O aborto pode ser espontâneo ou induzido. São várias as causas e os motivosque podem levar a que uma gravidez seja interrompida, quer espontaneamente,quer por indução.O aborto pode ser induzido medicamente com o recurso a um agentefarmacológico, ou realizado por técnicas cirúrgicas, como a aspiração, dilataçãoe curetagem.Quando realizado precocemente por médicos experientes e com as condiçõesnecessárias, o aborto induzido apresenta elevados índices de segurança
  37. 37. Caracterização Mecanismo de AcçaoOgino ou Método do calendárioDuração dos ciclos menstruais;Determinação do periodo fertil;Método da temperaturaDeterminação do periodo fertilatravés do aumento datemperatura apos a ovulação;Billings ou Método do mucoObservação domuco;determinação do periodofertil através das carateristicasdo muco vaginal;:Preservativo MasculinoFemininoMembrana de borracha sintéticaque se coloca no pénis emerecçãoque se coloca navagina;DiafragmaMembrana de borracha que secoloca na vagina antes de umarelação sexual;DIUDispositivo intra-uterino;pequeno aparelho flexivel queevita a gravidezDificulta a passagem dosespermatozoides; impedem a nidaçãoQuímicos EspermicidasProdutos quimicos sob a formade creme, geleia, spray,espuma…Neutralizam a mobilidade e destroem osespermatozoidesPilulaComprimidos constituidos porhormonas sintecticas queinibem a ovulação;Impede que haja a ovulaçãoAdesivoÉ um adesivo fino, beje,quadrado, comfortavel e fácilde aplicar;impede que haja a ovulação,fecundação ou nidaçãoLaqueação das trompasBloqueio das trompas atravésde uma intervenção cirúrgica;VasectomiaBloqueia os canais deferenteseleminando os espermatozoidesServe como barreira aosespermatozoides; impede osespermatozoides de atingir o oócitoImpede o encontro dos gâmetasimpede o encontor do oócito com oespermatozoideEsquema resumo dos metedos contaceptivosArtificiaisMetodos ContracpetivosHormonaisCirúrgicosNaturaisMecânicos

×