A
u
l
ã
o

De

F
í
s
i
c
A
DEFINIÇÃO
A FÍSICA é a ciência das coisas naturais, cujo objetivo
é a formação de leis que regem os fenômenos da
natureza,...
GRANDEZA FÍSICA
A tudo aquilo que pode ser medido, associandose um valor numérico a uma unidade de medida,
dá-se o nome de...
TIPOS DE GRANDEZAS

GRANDEZA ESCALAR

Fica perfeitamente entendida pelo valor numérico e pela
unidade de medida; não se as...
OUTRA CLASSIFICAÇÃO DE
GRANDEZAS FÍSICA
a) GRANDEZA FUNDAMENTAL: grandeza primitiva.
Exemplos: comprimento, massa, tempo, ...
UNIDADES DE MEDIDAS
Medir uma grandeza física significa compara-lá
como uma outra grandeza de mesma espécie,
tomada como p...
UNIDADES DE COMPRIMENTO
metro................ m (S.I)
decímetro ........ dm
centímetro ...... cm
milímetro ........ mm
UNIDADES DE MASSA

quilograma .... kg (S.I)
grama ............ g
tonelada ........ ton
UNIDADES DE TEMPO

segundo ......... s (S.I)
minuto ........... min
hora ............... h
Sistema Internacional de Unidades
(SI)
As sete unidades fundamentais do SI são:
Sistema Internacional de Unidades
(SI)
Além das unidades fundamentais, há as unidades derivadas.
Seguem alguns exemplos:
Múltiplos e submúltiplos do SI
Calor: é uma forma de transferir energia de um sistema
a outro sendo externo ao objeto ou corpo.O calor é
definido como en...
Pressão é a grandeza dada pela intensidade da força aplicada sobre
uma superfície, por unidade de área. A unidade de medid...
Situações simples do cotidiano que envolvem
a interpretação do conceito de densidade
Então, porque o gelo não afunda na água?
Densidade
É uma grandeza física que relaciona a massa (m)
de um corpo com o volume (V) desse corpo, a
uma determinada temp...
Como determinar a densidade de um
corpo?

Massa

Volume
Afinal porque é que os corpos
flutuam?

• Para que um corpo flutue é necessário que a
sua densidade seja inferior à da águ...
Tabela de densidades
Material

Densidade (kg/m3)

Ouro

19 300

Mercúrio (líquido)

13 600

Chumbo

11 340

Prata

10 500
...
Considera as substâncias e completa o
quadro:
Substância

Massa (g)

Volume (cm3)

Ferro

156

20

Cobre
Zinco

4
21,3

De...
As fichas de registo dos químicos

Alumínio
Álcool etílico

p.f. = 660ºC

p.f. = -117,3ºC

p.e. = 2470ºC

p.e. = 78,5ºC

d...
O ovo afunda na água, mas não afunda na água com
sal

Aumento da
densidade
É impossível afundar no mar morto!

A quantidade de sal do mar morto é 10 vezes superior aos outros
oceanos
Mudança de densidade dos submarinos

Nos submarinos, existem compartimentos que podem ser cheios com ar ou com água para f...
Densidade populacional
Densidade demográfica

POPULAÇÃO: 127,9 milhões
ÁREA: 372.819 km²
DENSIDADE DEMOGRÁFICA: 337

POPULAÇÃO: 186.112.794
ÁREA:...
Situações simples do cotidiano que envolvem
movimentos (tempo, distância e velocidade)
Você está em movimento?
Depende!

Movimento é um conceito
relativo, isto é, depende de
um referencial!
Velocidade
Na situação abaixo, o corpo percorre uma distância de 36Km a cada 1 hora, dizemos
então que a velocidade deste ...
Velocidade
A velocidade é então definida como sendo a rapidez na qual a posição do corpo varia com o
passar do tempo. Em a...
Velocidade média
A velocidade média é definida então como sendo a distância total percorrida pelo
objeto em movimento divi...
Velocidade média
Calculando estas velocidades teremos:
Velocidade instantânea
Já aprendemos o conceito de velocidade média, mas o que seria
então a velocidade instantânea ?

A v...
Velocidade instantânea
Um radar de velocidade e um velocímetro informam a velocidade instantânea do automóvel.
Se a veloci...
Velocidade - Orientação
Até agora só falamos no valor da velocidade, porém a velocidade é uma
grandeza vetorial, o que sig...
Velocidade - Orientação

Na imagem acima o ônibus tem sua velocidade orientada para esquerda e direção
horizontal, o autom...
Velocidade - Transformação
A velocidade pode ser medida em várias unidades:
Km/h, m/s, cm/s, m/h
A unidade usada pelo sist...
Problemas simples do cotidiano
envolvendo as três leis de Newton
Primeira lei de Newton
(Princípio da inércia)
“Na ausência de forças, um corpo em repouso continua em
repouso e um corpo e...
Exemplos

Quando o ônibus freia, os passageiros tendem, por
inércia, a prosseguir com a velocidade que tinham, em
relação ...
Exemplos

Quando o cão entra em movimento, o menino em
repouso em relação ao solo, tende a permanecer em
repouso. Note que...
Exemplos

Por inércia, o cavaleiro tende a prosseguir
com sua velocidade.
Exemplo
Segunda lei de Newton
(Princípio fundamental da Dinâmica)
 A resultante das forças aplicadas a um

ponto
material é igual...
1º Caso

FR tem o mesmo sentido da velocidade V.

Neste caso a aceleração a também tem o mesmo sentido de V e o movimento ...
Quanto maior a força aplicada, maior a
aceleração!

Quanto maior a massa de um corpo, maior a força
necessária para imprim...
3 a Lei da Ação e Reação
 "Para toda força que
surgir num corpo
como resultado da
interação com um
segundo corpo, deve
su...
Características
 Toda vez que um corpo A exerce num corpo
B uma força , este também exerce em A
outra força tal que essas...


O helicóptero é um aparelho capaz de levantar vôo na
vertical por possuir uma hélice na parte superior, que
funciona co...


Aplica-se a 3ª Lei de Newton, cujo enunciado é: se
um corpo exerce uma força sobre outro corpo, este
reage sobre aquele...


As forças de ação e reação entre os corpos são
denominadas forças de interação. A toda ação
corresponde uma reação. apl...
Exercícios
1. Na tabela abaixo temos as densidades de alguns materiais sólidos. Se eles
forem adicionados à água líquida e...
3. Três líquidos (água, benzeno e clorofórmio) foram colocados numa proveta,
originando o seguinte aspecto:

A seguir temo...
4. Vunesp) Embora o Brasil esteja colocado entre os países mais populosos do
mundo, quando se relaciona sua população tota...
6. Uma partícula se desloca 5 km a cada 10 segundos. Determine sua velocidade
média em m/s.
7 – (UFPE) A escada rolante de...
8. (G1 – ifsp 2012)  Em um trecho retilíneo de estrada, dois veículos, A e B,
mantêm velocidades constantes VA=14 m/s e VB...
10.Um homem, no interior de um elevador, está jogando dardos em um alvo fixado na
parede interna do elevador. Inicialmente...
12(FUND. CARLOS CHAGAS) Uma folha de papel está sobre a mesa do
professor. Sobre ela está um apagador. Dando-se, com violê...
14.(Univali-SC) Uma única força atua sobre uma partícula em movimento. A partir do instante em
que cessar a atuação da for...
Respostas
1.Flutuarão os materiais que possuírem a densidade menor que 1,0 g/cm 3, que é a
densidade da água. Portanto: o ...
5. Juiz de Fora a Barbacena = Δt 1 = 100/80 = 1,25h
Barbacena a BH = Δt 2 = 180/90 = 2h
JF a BH = Δt 1 + Δt 2 = 1,25 + 2 =...
ASTRONOMIA
O que é a Astronomia?
É a ciência que estuda o universo, numa
tentativa de perceber a sua estrutura e evolução.
Histórico
• É a ciência mais antiga.
• Os registros astronômicos mais antigos datam 
de aproximadamente 3000 a.C. e se dev...
• Em  outras  partes  do  mundo,  evidências  de 
conhecimentos  astronômicos  muito  antigos  foram 
deixadas  na  forma ...
• Quanto a luminosidade, os corpos podem ser:
Objetos luminosos: também denominados fonte 
de luz primária, é aquele que e...
Corpos luminosos
Corpos iluminados
Instrumentos de observação do céu
-  Durante  muitos  anos  o  principal  instrumento 
utilizado  pelo  ser  humano  foi  ...
    -  Em  1608,  o  neerlandês  Lippershey  inventou 
um  instrumento  chamado  telescópio,  para 
fins militares.
- Em 1609, o astrônomo italiano Galileu Galilei 
(1564-1642),  aperfeiçoou  este  instrumento  e 
descobriu uma nova utili...
Atualmente, 
depois 
de 
muito 
desenvolvimento  tecnológico,  o  telescópio 
passou    por  muitas  modificações  e  hoje...
TELESCOPIO HUBBLE

IMAGEM DE UMA NEBULOSA
• Como  a  atmosfera  terrestre  funciona  como 
um  vidro  embaçado,  impedindo  uma  nítida 
imagem  dos  objetos  celes...
TELESCÓPIO JAMES WEBB, SUCESSOR DO HUBBLE.
SUPERNOVA: explosão estelar que forma corpos celestes brilhantes.
SONDA VOYAGER: Foi a primeira a ir além do Sistema Solar
Ano-luz
• Quando uma tempestade se aproxima e há 
relâmpagos, primeiramente, vemos a luz do 
raio e, segundo depois mais t...
- A velocidade do som é 340 m/s. 
( Em 1 s percorre 340m).
- A velocidade da luz é 300.000.000 m/s      ( Em 
1 s percorre...
ENTÃO:
- Um  ano-luz  é  a  distância  que  a  luz  percorre 
em um ano no vácuo.
- Como  as  distâncias  entre  os  objet...
AS ESTRELAS
- São bolas de gás formadas basicamente pela 
queima dos gases hidrogênio e hélio em uma 
temperatura muito alta.
- Elas n...
- Quando vemos uma estrela brilhar no céu, 
podemos estar diante de algo que não exista 
mais.
- As cores das estrelas pod...
GALÁXIAS
-

São  conjuntos  de  estrelas  e  outros 
elementos  astronômicos  como  nebulosas, 
gases e poeiras.
-  Organizam-se em...
ESPIRAL
ELIPTICA
IRREGULAR
- Nossa galáxia é a Via Láctea (nome dado pelos 
antigos gregos).
- Tem  mais  de  400  bilhões  de  estrelas,  todas 
gir...
VIA LÁCTEA
- Em um dos braços da Via Láctea, encontramos
o Sistema Solar.
- Há 80 anos, conhecíamos apenas uma galáxia
além da nossa,...
CONSTELAÇÕES
- Constelação = Latim constellatio = “reunião de
estrelas ou astros”.
- Para quem olha a olho nu, as estrelas parecem
esta...
- A maioria delas se restringe à imagem de
animais, caçadores, objetos, deuses, etc.
- Em 137 d.C., 48 constelações foram
catalogadas pelo astrônomo egípcio Cláudio
Ptolomeu (87-151), inspirado em histórias ...
O SISTEMA SOLAR
Explosão de um estrela
Nuvem de gás e poeira

Movimentos giratórios –
redemoinhos aglomerando
partículas

No centro do dis...
• Os corpos que giravam na borda desse disco
deram origem aos planetas e os restante das
partículas deram origem aos aster...
O SOL
• No Universo, comparado a algumas estrelas
ou sóis, o nosso Sol é considerado uma estrela
adolescente, de tamanho m...
• Essa distância é que permite uma
temperatura suportável para os seres vivos.
• Toda energia dos Sol é produzida em seu
c...
Corresponde a 99%
da massa do sistema
solar.
Formado há cerca de
4,6 bilhões de anos, é
composto quase
inteiramente por
ga...
NOÇÕES HISTÓRICAS SOBRE O SISTEMA
SOLAR
GEOCENTRISMO:
- Defendida no séc. II por Ptolomeu (87-151
d.C) e aceita até o sécu...
geocentrismo
HELIOCENTRISMO:
- Foi defendida por Nicolau Copérnico (14731543).
- Em sua teoria o Sol era o centro do Universo,
com plan...
CONHECENDO OS PLANETAS
Netuno

Urano

Saturno

Plutão
Planeta anão

Júpiter

sol

Marte

Terra
Mercúrio

Vênus
MENOR PLANETA
MAIS PRÓXIMO DO SOL (58
MILHÕES DE KM)
O SEU LADO VOLTADO PARA O
SOL É MUITO QUENTE
(430ºC) E O LADO QUE FIC...
•

•
•

•
•
•

É O VIZINHO MAIS
PRÓXIMO E UM
POUCO MENOR QUE A
TERRA
É CONHECIDO COMO
ESTRELA- D’alva.
SUA SUPERFÍCIE
APRE...
VOCÊ CONHECE ESTE
PLANETA?É O PLANETA
ONDE MORAMOS

TERRA

¾ DA SUPERFÍCIE SÃO
COBERTOS DE ÁGUA
78% DA ATMOSFERA
FORMADA P...
DURANTE MUITO TEMPO
PENSOU NA POSSIBILIDADE
DE VIDA NESTE PLANETA

MARTE

A ATMOSFERA DE MARTE É
COMPOSTA DE 95% DE GÁS
CA...
É O MAIOR PLANETA (CABEM
1400 TERRA)
SUA ATMOSFERA É
COMPOSTA DE HIDROGÊNIO
E HÉLIO
APRESENTA FAIXAS
COLORIDAS DISPOSTAS
P...
APRESENTA POUCA
LUMINOSIDADE E ENCONTRA-SE
NUMA REGIÃO EXTREMAMENTE
FRIA
SEGUNDO MAIOR PLANETA,
MUITO PARECIDO COM JÚPITER...
O PRIMEIRO PLANETA
DESCOBERTO NA ERA
MODERNA
ACREDITA-SE QUE SUA COZ
AZUL-ESVERDEADA SE DÁ
ATRAVÉS DA ABSORÇÃO
DA LUZ VERM...
MUITO SIMILAR A
URANO
SUPERFICIE FORMADA
POR ROCHAS E GELOS
FOI DESCOBERTO E, 1846,
ATRAVÉS DE DEDUÇÃO
MATEMÁTICA.
SUA ATM...
A PARTIR DE DO DIA 24
DE AGOSTO DE 2006,
PLUTÃO DEIXA DE SER
CLASSIFICADO COMO
PLANETA DO SISTEMA
SOLAR E PASSA
DESIGNADO ...
ALGUNS CORPOS CELESTES
ASTERÓIDES
É um nome de origem grega que significa
“similar a estrelas”.
São fragmentos que não conseguiram
formar um plan...
COMETAS
São corpos compostos por matéria sólida
como grãos de poeira e gelo.
Em sua trajetória, se estende além do
Sistema...
Cometa Halley
METEOROIDE: são fragmentos de cometas ou
asteróides que se encontram fora da atmosfera
terrestre.
METEORO: quando o meteor...
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Aulão de física
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aulão de física

3.112 visualizações

Publicada em

Conteúdos de física do edital colégio Embraer

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.112
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
893
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • {}
  • Aulão de física

    1. 1. A u l ã o De F í s i c A
    2. 2. DEFINIÇÃO A FÍSICA é a ciência das coisas naturais, cujo objetivo é a formação de leis que regem os fenômenos da natureza, estudando as propriedades da matéria e da energia. Cientificamente, a palavra fenômeno significa acontecimento ou transformação, não possuindo o sentido de fato extraordinário ou algo incomum.
    3. 3. GRANDEZA FÍSICA A tudo aquilo que pode ser medido, associandose um valor numérico a uma unidade de medida, dá-se o nome de GRANDEZA FÍSICA.
    4. 4. TIPOS DE GRANDEZAS GRANDEZA ESCALAR Fica perfeitamente entendida pelo valor numérico e pela unidade de medida; não se associa às noções de direção e sentido. Exemplos: temperatura, massa, tempo, energia, etc. GRANDEZA VETORIAL Necessita, para ser perfeitamente caracterizada, das idéias de direção, sentido, de valor numérico e de unidade de medida. Exemplos: força, impulso, quantidade de movimento, velocidade, aceleração, força, etc.
    5. 5. OUTRA CLASSIFICAÇÃO DE GRANDEZAS FÍSICA a) GRANDEZA FUNDAMENTAL: grandeza primitiva. Exemplos: comprimento, massa, tempo, temperatura, etc. b) GRANDEZA DERIVADA: grandeza definida por relações entre as grandezas fundamentais. Exemplos: velocidade, aceleração, força, trabalho, etc.
    6. 6. UNIDADES DE MEDIDAS Medir uma grandeza física significa compara-lá como uma outra grandeza de mesma espécie, tomada como padrão. Este padrão é a unidade de medida. No Brasil, o sistema de unidade oficial é o Sistema Internacional de unidades, conhecido como SI, ou sistema MKS.
    7. 7. UNIDADES DE COMPRIMENTO metro................ m (S.I) decímetro ........ dm centímetro ...... cm milímetro ........ mm
    8. 8. UNIDADES DE MASSA quilograma .... kg (S.I) grama ............ g tonelada ........ ton
    9. 9. UNIDADES DE TEMPO segundo ......... s (S.I) minuto ........... min hora ............... h
    10. 10. Sistema Internacional de Unidades (SI) As sete unidades fundamentais do SI são:
    11. 11. Sistema Internacional de Unidades (SI) Além das unidades fundamentais, há as unidades derivadas. Seguem alguns exemplos:
    12. 12. Múltiplos e submúltiplos do SI
    13. 13. Calor: é uma forma de transferir energia de um sistema a outro sendo externo ao objeto ou corpo.O calor é definido como energia em trânsito,ou seja,que passa de um corpo para outro(do corpo mais quente para o mais frio). Ex: o calor do fogo se transferindo para uma panela com água. Temperatura: é chamada de energia cinética e está associada ao estado de movimento ou à agitação das partículas que compõem os corpos.Nos possibilita entender sensações de quente ou frio medindo com termômetro, ou ao tocar um corpo ou objeto. A diferença:O calor é externo ao objeto,provoca aumento de temperatura e vaporização da água,e a
    14. 14. Pressão é a grandeza dada pela intensidade da força aplicada sobre uma superfície, por unidade de área. A unidade de medida da pressão é o Pa (Pascal), que é igual a força (newton) / área (m2). Contudo, são empregadas várias outras medidas de pressão, como a atmosfera (101325 Pa), o bar (100000 Pa) e o milímetro de mercúrio (mmHg = 133,322 Pa) Pressão atmosférica  é a pressão que o ar da atmosfera exerce sobre a superfície do planeta. Essa pressão pode mudar de acordo com a variação de altitude, ou seja, quanto maior a altitude menor a pressão e, conseqüentemente, quanto menor a altitude maior a pressão exercida pelo ar na superfície terrestre.
    15. 15. Situações simples do cotidiano que envolvem a interpretação do conceito de densidade
    16. 16. Então, porque o gelo não afunda na água?
    17. 17. Densidade É uma grandeza física que relaciona a massa (m) de um corpo com o volume (V) desse corpo, a uma determinada temperatura. massa (m) ρ= volume(V )
    18. 18. Como determinar a densidade de um corpo? Massa Volume
    19. 19. Afinal porque é que os corpos flutuam? • Para que um corpo flutue é necessário que a sua densidade seja inferior à da água. • Por isso a madeira, a cortiça e o algodão flutuam na água.
    20. 20. Tabela de densidades Material Densidade (kg/m3) Ouro 19 300 Mercúrio (líquido) 13 600 Chumbo 11 340 Prata 10 500 Ferro 7 900 Alumínio 2 700 Água (a 4ºC) 1 000 Cortiça 220 Algodão de 170 a 220 Esferovite 15
    21. 21. Considera as substâncias e completa o quadro: Substância Massa (g) Volume (cm3) Ferro 156 20 Cobre Zinco 4 21,3 Densidade (g/cm3) 8,9 7,1
    22. 22. As fichas de registo dos químicos Alumínio Álcool etílico p.f. = 660ºC p.f. = -117,3ºC p.e. = 2470ºC p.e. = 78,5ºC densidade = 2,7g/cm3 densidade = 0,789g/cm3 Sólido acinzentado Combustível Maleável e dúctil Solúvel em água Brilho metálico
    23. 23. O ovo afunda na água, mas não afunda na água com sal Aumento da densidade
    24. 24. É impossível afundar no mar morto! A quantidade de sal do mar morto é 10 vezes superior aos outros oceanos
    25. 25. Mudança de densidade dos submarinos Nos submarinos, existem compartimentos que podem ser cheios com ar ou com água para fazer com que este suba ou desça. Quando os compartimentos estão cheios de ar, o empuxo exerce força maior do que o peso do submarino e este sobe até a superfície , até seu peso aparente se igualar ao empuxo . Substituindo o ar por água, o peso do submarino torna-se maior do que o empuxo. Logo, o submarino afunda . Mas, se o submarino precisa de ar para emergir, ele precisaria carregar ar no seu interior, e esse ar o impediria de afundar, certo? Sim, porém, nesse caso, o ar tem de ser carregado sob pressão, na forma líquida. Como a densidade do líquido é bem maior do que a do gás, o peso do submarino fica maior do que o empuxo e ele pode afundar!
    26. 26. Densidade populacional
    27. 27. Densidade demográfica POPULAÇÃO: 127,9 milhões ÁREA: 372.819 km² DENSIDADE DEMOGRÁFICA: 337 POPULAÇÃO: 186.112.794 ÁREA: 8.511.965 km² DENSIDADE DEMOGRÁFICA: 21
    28. 28. Situações simples do cotidiano que envolvem movimentos (tempo, distância e velocidade)
    29. 29. Você está em movimento? Depende! Movimento é um conceito relativo, isto é, depende de um referencial!
    30. 30. Velocidade Na situação abaixo, o corpo percorre uma distância de 36Km a cada 1 hora, dizemos então que a velocidade deste corpo é de 36Km/h, e mantendo esta velocidade podemos prever qual será a posição do corpo em um instante de tempo posterior.
    31. 31. Velocidade A velocidade é então definida como sendo a rapidez na qual a posição do corpo varia com o passar do tempo. Em alguns movimentos a velocidade do corpo permanece a mesma, neste caso dizemos que ela é constante, em outros movimentos a velocidade sofre variações que podem ser uniformes ou não, nestes casos podemos falar em velocidade média e velocidade instantânea.
    32. 32. Velocidade média A velocidade média é definida então como sendo a distância total percorrida pelo objeto em movimento dividida pelo tempo total gasto no percurso. Matematicamente temos: Para exemplificar, considere um automóvel que faz uma viagem de Curitiba a São Paulo gastando um tempo de 6h e depois de São Paulo ao Rio de Janeiro gastando um tempo de 6,5h. As distancias entre estas cidades estão ilustradas na figura.
    33. 33. Velocidade média Calculando estas velocidades teremos:
    34. 34. Velocidade instantânea Já aprendemos o conceito de velocidade média, mas o que seria então a velocidade instantânea ? A velocidade instantânea é a velocidade do corpo em um instante muito pequeno de tempo, quando você realizando um percurso de automóvel por exemplo a velocidade deste varia em diversos momentos, ora aumentando ora diminuindo, mas quando você olha para o velocímetro do carro naquele instante você lê um certo valor de velocidade esta é a velocidade instantânea, ou seja a velocidade do carro no instante em que você observou.
    35. 35. Velocidade instantânea Um radar de velocidade e um velocímetro informam a velocidade instantânea do automóvel. Se a velocidade do corpo não varia, a velocidade instantânea é igual a velocidade média, daí o movimento é chamado de uniforme.
    36. 36. Velocidade - Orientação Até agora só falamos no valor da velocidade, porém a velocidade é uma grandeza vetorial, o que significa que ela possui uma orientação que é dada pela sua direção e sentido. Na imagem acima a orientação da velocidade do barco permanece a mesma pois ele está em um movimento em linha reta, já a orientação da velocidade do automóvel está mudando pois ele efetua uma trajetória curvilínea.
    37. 37. Velocidade - Orientação Na imagem acima o ônibus tem sua velocidade orientada para esquerda e direção horizontal, o automóvel está no sentido da direita também na horizontal, já a bola de basquete está orientada para baixo na vertical. Esta orientação da velocidade é representada pelo que chamamos de vetor, que tem como símbolo uma seta que indica a sua direção e sentido.
    38. 38. Velocidade - Transformação A velocidade pode ser medida em várias unidades: Km/h, m/s, cm/s, m/h A unidade usada pelo sistema internacional de unidades é o m/s. E para fazer a transformação de Km/h para m/s basta usarmos a regra abaixo:
    39. 39. Problemas simples do cotidiano envolvendo as três leis de Newton
    40. 40. Primeira lei de Newton (Princípio da inércia) “Na ausência de forças, um corpo em repouso continua em repouso e um corpo em movimento permanece em linha reta com velocidade constante”  Um ponto material isolado está em repouso ou em movimento retilíneo uniforme.  Isso significa que um ponto material isolado possui velocidade vetorial constante.  Inércia é a propriedade da matéria de resistir a qualquer variação em sua velocidade.  Um corpo em repouso tende, por inércia, a permanecer em repouso.  Um corpo em movimento tende, por inércia, a continuar em MRU.
    41. 41. Exemplos Quando o ônibus freia, os passageiros tendem, por inércia, a prosseguir com a velocidade que tinham, em relação ao solo. Assim, são atirados para frente em relação ao ônibus.
    42. 42. Exemplos Quando o cão entra em movimento, o menino em repouso em relação ao solo, tende a permanecer em repouso. Note que em relação ao carrinho o menino é atirado para trás.
    43. 43. Exemplos Por inércia, o cavaleiro tende a prosseguir com sua velocidade.
    44. 44. Exemplo
    45. 45. Segunda lei de Newton (Princípio fundamental da Dinâmica)  A resultante das forças aplicadas a um ponto material é igual ao produto de sua massa pela aceleração adquirida:   FR = m ⋅ a
    46. 46. 1º Caso FR tem o mesmo sentido da velocidade V. Neste caso a aceleração a também tem o mesmo sentido de V e o movimento é acelerado, isto é, o módulo de V aumenta com o tempo. 2º Caso FR tem sentido contrário da velocidade V. Neste caso, a aceleração a tem sentido oposto ao de V e o movimento é retardado, isto é, o módulo de V diminui com o tempo.
    47. 47. Quanto maior a força aplicada, maior a aceleração! Quanto maior a massa de um corpo, maior a força necessária para imprimir determinada aceleração
    48. 48. 3 a Lei da Ação e Reação  "Para toda força que surgir num corpo como resultado da interação com um segundo corpo, deve surgir nesse segundo uma outra força, chamada de reação, cuja intensidade e direção são as mesmas da primeira mas, cujo sentido é o oposto da primeira."
    49. 49. Características  Toda vez que um corpo A exerce num corpo B uma força , este também exerce em A outra força tal que essas forças: a) b) c) d) têm a mesma intensidade; têm a mesma direção; têm sentidos opostos; têm mesma natureza, sendo ambas de campo ou ambas de contato. Força de campo é qualquer força aplicada num corpo por outro que não esteja em contato direto com ele; Força de contato é a força gerada no ponto de contato entre dois objetos. 
    50. 50.  O helicóptero é um aparelho capaz de levantar vôo na vertical por possuir uma hélice na parte superior, que funciona como propulsor. Quando o motor é ligado, a hélice principal gira, impulsionando o ar para baixo. Pelo princípio da ação e reação, o ar aplica na hélice uma força de reação para cima.
    51. 51.  Aplica-se a 3ª Lei de Newton, cujo enunciado é: se um corpo exerce uma força sobre outro corpo, este reage sobre aquele com uma força de mesma intensidade, mesma direção e sentido oposto
    52. 52.  As forças de ação e reação entre os corpos são denominadas forças de interação. A toda ação corresponde uma reação. aplica-se a 3ª Lei de Newton.
    53. 53. Exercícios 1. Na tabela abaixo temos as densidades de alguns materiais sólidos. Se eles forem adicionados à água líquida e pura, à temperatura ambiente, qual deles flutuará? Pau-brasil .............................. 0,4 g/cm 3 Alumínio ................................ 2,70 g/cm 3 Diamante .................................3,5 g/cm 3 Chumbo...................................11,3 g/cm 3 Carvão ..................................... 0,5 g/cm 3 Mercúrio .................................13,6 g/cm 3 Água ......................................... 1,0 g/cm 3 2. (FMU-SP) Um vidro contém 200 cm3 de mercúrio de densidade 13,6 g/cm3. A massa de mercúrio contido no vidro é: a)      0,8 kg b)      0,68 kg c)       2,72 kg d)      27,2 kg e)      6,8 kg
    54. 54. 3. Três líquidos (água, benzeno e clorofórmio) foram colocados numa proveta, originando o seguinte aspecto: A seguir temos uma tabela com as densidades de cada líquido. Baseando-se nessas informações e em seus conhecimentos sobre densidade, relacione as substâncias A, B e C com as mencionadas na tabela. Justifique sua resposta.
    55. 55. 4. Vunesp) Embora o Brasil esteja colocado entre os países mais populosos do mundo, quando se relaciona sua população total com a área do país obtém-se um número relativamente baixo. A essa relação da população x área, damos o nome de: a) Taxa de crescimento. b) Índice de desenvolvimento. c) Densidade demográfica. d) Taxa de natalidade e) Taxa de fertilidade 5. (U. F. Juiz de Fora-MG) O motorista de um caminhão pretende fazer uma viagem de Juiz de Fora a Belo Horizonte, passando por Barbacena (cidade situada a 100 Km de Juiz de Fora e a 180 Km de Belo Horizonte). A velocidade máxima no trecho que vai de Juiz de Fora a Belo Horizonte é de 90 km/h. Determine qual o tempo mínimo de viagem de Juiz de Fora a Belo Horizonte, respeitando-se os limites de velocidade: a) 4,25h b) 3,25h c) 2,25h d) 3,50h e) 4,50h 
    56. 56. 6. Uma partícula se desloca 5 km a cada 10 segundos. Determine sua velocidade média em m/s. 7 – (UFPE) A escada rolante de uma galeria comercial liga os pontos A e B em pavimentos consecutivos a uma velocidade ascendente constante de 0,5 m/s, conforme mostrado na figura. Se uma pessoa consegue descer contra o sentido de movimento da escada e leva 10 segundos para ir de B até A, pode-se afirmar que sua velocidade, em relação à escada, foi em m/s igual a: a) 0,0 b) 0,5 c) 1,0 d) 1,5 e) 2,0
    57. 57. 8. (G1 – ifsp 2012)  Em um trecho retilíneo de estrada, dois veículos, A e B, mantêm velocidades constantes VA=14 m/s e VB=54 km/h Sobre os movimentos desses veículos, pode-se afirmar que: a) ambos apresentam a mesma velocidade escalar. b) mantidas essas velocidades, A não conseguirá ultrapassar B. c) A está mais rápido do que B. d) a cada segundo que passa, A fica dois metros mais distante de B. e) depois de 40 s A terá ultrapassado B. 9. A respeito do conceito da inércia, assinale a frase correta:    a) Um ponto material tende a manter sua aceleração por inércia.   b) Uma partícula pode ter movimento circular e uniforme, por inércia.   c) O único estado cinemático que pode ser mantido por inércia é o repouso.   d) Não pode existir movimento perpétuo, sem a presença de uma força.   e) A velocidade vetorial de uma partícula tende a se manter por inércia; a força é usada para alterar a velocidade e não para mantê-la.   
    58. 58. 10.Um homem, no interior de um elevador, está jogando dardos em um alvo fixado na parede interna do elevador. Inicialmente, o elevador está em repouso, em relação à Terra, suposta um Sistema Inercial e o homem acerta os dardos bem no centro do alvo. Em seguida, o elevador está em movimento retilíneo e uniforme em relação à Terra. Se o homem quiser continuar acertando o centro do alvo, como deverá fazer a mira, em relação ao seu procedimento com o elevador parado?         a) mais alto;        b) mais baixo;        c) mais alto se o elevador está subindo, mais baixo se descendo;        d) mais baixo se  o elevador estiver descendo e mais alto se descendo;        e) exatamente do mesmo modo.     11.(UNESP) As estatísticas indicam que o uso do cinto de segurança deve ser obrigatório para prevenir lesões mais graves em motoristas e passageiros no caso de acidentes. Fisicamente, a função do cinto está relacionada com a:         a) Primeira Lei de Newton;        b) Lei de Snell;        c) Lei de Ampère;        d) Lei de Ohm;        e) Primeira Lei de Kepler.   
    59. 59. 12(FUND. CARLOS CHAGAS) Uma folha de papel está sobre a mesa do professor. Sobre ela está um apagador. Dando-se, com violência, um puxão horizontal na folha de papel, esta se movimenta e o apagador fica sobre a mesa. Uma explicação aceitável para a ocorrência é:   a) nenhuma força atuou sobre o apagador;   b) a resistência do ar impediu o movimento do apagador;   c) a força de atrito entre o apagador e o papel só atua em movimentos lentos;   d) a força de atrito entre o papel e a mesa é muito intensa;   e) a força de atrito entre o apagador e o papel provoca, no apagador, uma aceleração muito inferior à da folha de papel.  13.Um ônibus percorre um trecho de estrada retilínea horizontal com aceleração constante. no interior do ônibus há uma pedra suspensa por um fio ideal preso ao teto. Um passageiro observa esse fio e verifica que ele não está mais na vertical. Com relação a este fato podemos afirmar que:    a) O peso é a única força que age sobre a pedra.    b) Se a massa da pedra fosse maior, a inclinação do fio seria menor.   c) Pela inclinação do fio podemos determinar a velocidade do ônibus.   d) Se a velocidade do ônibus fosse constante, o fio estaria na vertical.    e) A força transmitida pelo fio ao teto é menor que o peso do corpo.  
    60. 60. 14.(Univali-SC) Uma única força atua sobre uma partícula em movimento. A partir do instante em que cessar a atuação da força, o movimento da partícula será: a) retilíneo uniformemente acelerado b) circular uniforme. c) retilíneo uniforme. d) retilíneo uniformemente retardado. e) nulo. A partícula pára. 15.(UEPA) Na parte final de seu livro Discursos e demonstrações concernentes a duas novas ciências, publicado em 1638, Galileu Galilei trata do movimento do projétil da seguinte maneira: "Suponhamos um corpo qualquer, lançado ao longo de um plano horizontal, sem atrito; sabemos que esse corpo se moverá indefinidamente ao longo desse plano, com um movimento uniforme e perpétuo, se tal plano for limitado." O princípio físico com o qual se pode relacionar o trecho destacado acima é: a) o princípio da inércia ou primeira lei de Newton. b) o princípio fundamental da Dinâmica ou Segunda Lei de Newton. c) o princípio da ação e reação ou terceira Lei de Newton. d) a Lei da gravitação Universal. e) o princípio da energia cinética.
    61. 61. Respostas 1.Flutuarão os materiais que possuírem a densidade menor que 1,0 g/cm 3, que é a densidade da água. Portanto: o pau-brasil e o carvão . 2. Alternativa “c” Pela densidade sabemos que há 13,6 g de mercúrio em 1 cm3. Assim, podemos resolver esse problema com uma regra de três simples: 13,6 g de mercúrio ------------------ 1 cm3                 x  ----------------------------- 200 cm 3 X = 200 . 13,6 →x = 2720 g ou 2,720 kg             1 3. A = benzeno; B = água; C = clorofórmio. Isso se dá porque os líquidos menos densos ficam sobre os mais densos. Assim, como o benzeno é o menos denso, ele fica na superfície; e como o clorofórmio é o mais denso, ele afunda, ficando na parte inferior, deixando a água no meio. 4. c) Densidade demográfica.
    62. 62. 5. Juiz de Fora a Barbacena = Δt 1 = 100/80 = 1,25h Barbacena a BH = Δt 2 = 180/90 = 2h JF a BH = Δt 1 + Δt 2 = 1,25 + 2 = 3,25h Alternativa B 6. 5 km = 5000m Vm = ΔS /Δt Vm = 5000 / 10 Vm = 500 m/s 7. D 8. B 9. E 10. E 11.A 12.E 13.D 14.C 15.A
    63. 63. ASTRONOMIA
    64. 64. O que é a Astronomia? É a ciência que estuda o universo, numa tentativa de perceber a sua estrutura e evolução.
    65. 65. Histórico • É a ciência mais antiga. • Os registros astronômicos mais antigos datam  de aproximadamente 3000 a.C. e se devem  aos chineses, babilônios, assírios e egípcios. • O estudo do céu ajudou o ser humano a  desenvolver calendários para exercerem suas  atividades como: caça, agricultura, navegação,  exploração terrestre, etc.
    66. 66. • Em  outras  partes  do  mundo,  evidências  de  conhecimentos  astronômicos  muito  antigos  foram  deixadas  na  forma  de  monumentos,  como  Stonehenge,  na  Inglaterra,  que  data  de  3000  a  1500 a.C. Stonehenge, Inglaterra
    67. 67. • Quanto a luminosidade, os corpos podem ser: Objetos luminosos: também denominados fonte  de luz primária, é aquele que emite luz  própria. Objetos iluminados: também denominados  fonte de luz secundária, é aquele que  depende de uma fonte de luz primária para  ser observado, ou seja, não emite luz própria.
    68. 68. Corpos luminosos
    69. 69. Corpos iluminados
    70. 70. Instrumentos de observação do céu -  Durante  muitos  anos  o  principal  instrumento  utilizado  pelo  ser  humano  foi  o  seu  próprio  olho,  o  que  limitou  o  detalhamento  das  observações.
    71. 71.     -  Em  1608,  o  neerlandês  Lippershey  inventou  um  instrumento  chamado  telescópio,  para  fins militares.
    72. 72. - Em 1609, o astrônomo italiano Galileu Galilei  (1564-1642),  aperfeiçoou  este  instrumento  e  descobriu uma nova utilidade: a observação de  astros celestes.
    73. 73. Atualmente,  depois  de  muito  desenvolvimento  tecnológico,  o  telescópio  passou    por  muitas  modificações  e  hoje  encontramos  até  mesmo  no  espaço,  enviando  imagens  de  regiões  situadas  a  distâncias  inimagináveis.
    74. 74. TELESCOPIO HUBBLE IMAGEM DE UMA NEBULOSA
    75. 75. • Como  a  atmosfera  terrestre  funciona  como  um  vidro  embaçado,  impedindo  uma  nítida  imagem  dos  objetos  celestes,  é  necessário  montar  os  telescópios  em  lugares  mais  altos  como  montanhas,  ou  em  desertos,  pois  a  poluição  atmosférica  nestes  ambientes  é  mínima. • Outra  maneira  de  solucionar  este  problema  foi  lançar  no  espaço  telescópios  espaciais,  como o Hubble.
    76. 76. TELESCÓPIO JAMES WEBB, SUCESSOR DO HUBBLE.
    77. 77. SUPERNOVA: explosão estelar que forma corpos celestes brilhantes.
    78. 78. SONDA VOYAGER: Foi a primeira a ir além do Sistema Solar
    79. 79. Ano-luz • Quando uma tempestade se aproxima e há  relâmpagos, primeiramente, vemos a luz do  raio e, segundo depois mais tarde, ouvimos o  som do trovão. • Pergunta: se os dois ocorrem no mesmo  instante, porque percebemos os dois em  tempos diferentes?
    80. 80. - A velocidade do som é 340 m/s.  ( Em 1 s percorre 340m). - A velocidade da luz é 300.000.000 m/s      ( Em  1 s percorre 300 milhões de metros). PORTANTO:  a  velocidade  da  luz  é  muito  maior  que  a  velocidade  do  som,  por  isso  percebemos primeiro a luz e depois o som do  relâmpago.
    81. 81. ENTÃO: - Um  ano-luz  é  a  distância  que  a  luz  percorre  em um ano no vácuo. - Como  as  distâncias  entre  os  objetos  celestes  são  gigantescas,  utiliza-se  o  ano-luz  como  unidade de tempo. - Um  ano-luz  equivale  a  aproximadamente  10  trilhões de quilômetros.
    82. 82. AS ESTRELAS
    83. 83. - São bolas de gás formadas basicamente pela  queima dos gases hidrogênio e hélio em uma  temperatura muito alta. - Elas nascem, crescem e morrem e sua idade  pode ser determinada pela sua cor – quanto  mais próximas da cor vermelha, mais velhas. - Seu brilho depende da quantidade de luz que  ela consegue emitir, e por meio dele, os  astrônomos conseguem calcular a que  distância se encontram da Terra.
    84. 84. - Quando vemos uma estrela brilhar no céu,  podemos estar diante de algo que não exista  mais. - As cores das estrelas podem determinar a  temperatura de sua superfície. Amarelo claro: aprox. 6.000ºC ( Sol) Avermelhado: aprox. 3.000ºC Branca ou Azul: aprox. 10.000ºC
    85. 85. GALÁXIAS
    86. 86. - São  conjuntos  de  estrelas  e  outros  elementos  astronômicos  como  nebulosas,  gases e poeiras. -  Organizam-se em grupos ou aglomerados  e  podem  se  apresentar  em  três  tipos  de  formas: a) Elípticas b) Espiral c) Irregular
    87. 87. ESPIRAL
    88. 88. ELIPTICA
    89. 89. IRREGULAR
    90. 90. - Nossa galáxia é a Via Láctea (nome dado pelos  antigos gregos). - Tem  mais  de  400  bilhões  de  estrelas,  todas  girando. - Em  sua  porção  mais  brilhante,  encontramos  uma maior concentração de estrelas. - Possui  uma  forma  espiral,  com  100  mil  anosluz de diâmetro. (Isso significa que para irmos  de  um  ponto  à  outro,  levaríamos  até  100  mil  anos viajando à velocidade da luz.
    91. 91. VIA LÁCTEA
    92. 92. - Em um dos braços da Via Láctea, encontramos o Sistema Solar. - Há 80 anos, conhecíamos apenas uma galáxia além da nossa, a Andrômeda; agora já são mais de 100 bilhões delas.
    93. 93. CONSTELAÇÕES
    94. 94. - Constelação = Latim constellatio = “reunião de estrelas ou astros”. - Para quem olha a olho nu, as estrelas parecem estar reunidas bem perto umas das outras, porém as distâncias que as separam são imensas. - Os antigos nomeavam as constelações de acordo com as figuras que se formavam através da linhas imaginárias que eram traçadas entre elas, caracterizando sua época.
    95. 95. - A maioria delas se restringe à imagem de animais, caçadores, objetos, deuses, etc.
    96. 96. - Em 137 d.C., 48 constelações foram catalogadas pelo astrônomo egípcio Cláudio Ptolomeu (87-151), inspirado em histórias e mitologias. - Atualmente, existem mais 40 constelações catalogadas, definidas na época das grandes navegações, totalizando 88 constelações.
    97. 97. O SISTEMA SOLAR
    98. 98. Explosão de um estrela Nuvem de gás e poeira Movimentos giratórios – redemoinhos aglomerando partículas No centro do disco a temperatura atinge 500.000ºC Formação do sistema solar
    99. 99. • Os corpos que giravam na borda desse disco deram origem aos planetas e os restante das partículas deram origem aos asteróides e cometas. • O Sol acabou sendo o astro principal e sendo o foco de atração, reuniu em torno de si vários corpos, como planetas, asteróides, cometas, etc.
    100. 100. O SOL • No Universo, comparado a algumas estrelas ou sóis, o nosso Sol é considerado uma estrela adolescente, de tamanho médio. • A distância entre a Terra e o Sol é de 150 milhões de km, embora seja a estrela mais próxima da Terra.
    101. 101. • Essa distância é que permite uma temperatura suportável para os seres vivos. • Toda energia dos Sol é produzida em seu centro, uma região chamada de núcleo. • Estima-se que o sol viva por mais 5 bilhões de anos. A luz do Sol leva 8 minutos para chegar até a Terra.
    102. 102. Corresponde a 99% da massa do sistema solar. Formado há cerca de 4,6 bilhões de anos, é composto quase inteiramente por gases -90% de hidrogênio e 9,9% de hélio. A temperatura em sua superfície é de 5.700 ºC, e, em seu interior, pode chegar a vários milhões de graus.
    103. 103. NOÇÕES HISTÓRICAS SOBRE O SISTEMA SOLAR GEOCENTRISMO: - Defendida no séc. II por Ptolomeu (87-151 d.C) e aceita até o século XVI. - Essa teoria afirmava que a Terra era o centro do Universo, e que os outros astros, inclusive o Sol, girava em torno dela.
    104. 104. geocentrismo
    105. 105. HELIOCENTRISMO: - Foi defendida por Nicolau Copérnico (14731543). - Em sua teoria o Sol era o centro do Universo, com planetas orbitando ao seu redor. - Por apresentar algumas falhas esta teoria foi corrigida por Johannes Kleper (1571-1630). - Mais tarde, verificou-se que nenhum dos dois modelos poderia ser aceito porque, o Sol é centro apenas do Sistema Solar e não do Universo todo.
    106. 106. CONHECENDO OS PLANETAS
    107. 107. Netuno Urano Saturno Plutão Planeta anão Júpiter sol Marte Terra Mercúrio Vênus
    108. 108. MENOR PLANETA MAIS PRÓXIMO DO SOL (58 MILHÕES DE KM) O SEU LADO VOLTADO PARA O SOL É MUITO QUENTE (430ºC) E O LADO QUE FICA NA SOMBRA É MUITO FRIO (-170ºC) SUA SUPERFÍCIE É CONSTITUÍDA DE ROCHAS E METAIS NÃO EXISTE QUALQUER POSSIBILIDADE DE VIDA NESTE PLANETA DA FORMA COMO CONHECEMOS DEMORA 87 DIAS PARA GIRAR EM TORNO DO SOL E O SEU DIA CORRESPONDE A 59 DIAS TERRESTRE MERCÚRIO
    109. 109. • • • • • • É O VIZINHO MAIS PRÓXIMO E UM POUCO MENOR QUE A TERRA É CONHECIDO COMO ESTRELA- D’alva. SUA SUPERFÍCIE APRESENTA TEMPERATURA DE 460ºC, PRESSÃO ATMOSFÉRICA 100X MAIOR E VENTOS COM VELOCIDADES DE 320 km/h. É MAIS QUENTE QUE MERCÚRIO UM ANO EM VÊNUS -244 DIAS E 17 HORAS UM DIA - 243 DIAS. ELE GIRA AO CONTRÁRIO DOS OUTROS PLANETAS VÊNUS
    110. 110. VOCÊ CONHECE ESTE PLANETA?É O PLANETA ONDE MORAMOS TERRA ¾ DA SUPERFÍCIE SÃO COBERTOS DE ÁGUA 78% DA ATMOSFERA FORMADA POR NITROGÊNIO- COR AZUL O MOVIMENTO AO REDOR DO SOL LEVA 365 DIAS E SEIS HORAS E UM DIA TEM 24 HORAS DURANTE ESTE ANO APRENDEREMOS MUITO MAIS SOBRE O SOLO, A ÁGUA, O AR E OS HABITANTES DO NOSSO PLANETA Em relação ao Sol é o primeiro planeta que apresenta um satélite natural: a Lua
    111. 111. DURANTE MUITO TEMPO PENSOU NA POSSIBILIDADE DE VIDA NESTE PLANETA MARTE A ATMOSFERA DE MARTE É COMPOSTA DE 95% DE GÁS CARBÔNICO APRESENTA GRANDE QUANTIDADE ÓXIDO DE FERRO NA SUPERFÍCIE POSSUI GRANDES PLANÍCIES E MONTANHAS (MONTE OLIMPO) SUAS TEMPERATURAS OSCILAM ENTRE MÁXIMAS DE 30ºC E MÍNIMAS DE – 90ºC ENTRE MARTE E JUPITER HÁ PRESENÇA DE UM CINTURÃO DE ROCHAS METÁLICAS POSSUI DUAS PEQUENAS LUAS: FOBOS E DEIMOS
    112. 112. É O MAIOR PLANETA (CABEM 1400 TERRA) SUA ATMOSFERA É COMPOSTA DE HIDROGÊNIO E HÉLIO APRESENTA FAIXAS COLORIDAS DISPOSTAS PARALAMENTE EM RELAÇÃO AO SEU EQUADOR. APRESENTAM DIFERENTES MOVIMENTOS E TEMPERATURAS UM ANO CORRESPONDE A 12 ANOS TERRESTRES, E UM DIA CORREPONDE A 10 HORAS. A TEMPERTURA MÉDIA É DE – 121ºC JÚPITER
    113. 113. APRESENTA POUCA LUMINOSIDADE E ENCONTRA-SE NUMA REGIÃO EXTREMAMENTE FRIA SEGUNDO MAIOR PLANETA, MUITO PARECIDO COM JÚPITER SUA TEMPERATURA MÉDIA GIRA EM TORNO DE – 125ºC APRESENTA EM SUA VOLTA UM CONJUNTO DE SETE ANÉIS FORMADOS POR GELO, POEIRA E ROCHAS (VISIVEIS COM LUNETAS) UM ANO CORRESPONDE A 30 ANOS TERRESTRES E UM DIA CORRESPONDE A 10 HORAS EM SEU REDOR ORBITAM 31 SÁTELITES SATURNO
    114. 114. O PRIMEIRO PLANETA DESCOBERTO NA ERA MODERNA ACREDITA-SE QUE SUA COZ AZUL-ESVERDEADA SE DÁ ATRAVÉS DA ABSORÇÃO DA LUZ VERMELHA PELO SEU NUCLEO UM ANO CORRESPONDE A 84 ANOS TERRESTRES E UM DIA CORRESPONDE A 17 HORAS URANO
    115. 115. MUITO SIMILAR A URANO SUPERFICIE FORMADA POR ROCHAS E GELOS FOI DESCOBERTO E, 1846, ATRAVÉS DE DEDUÇÃO MATEMÁTICA. SUA ATMOSFERA APRESENTA HIDROGÊNIO, HÉLIO E METANO A TEMPERATURA ESTÁ ENTRE – 193ºC E – 153ºC UM ANO CORRESPONDE A 64 ANOS TERRESTRES E UM DIA CORRESPONDE A 16 HORAS. NETUNO
    116. 116. A PARTIR DE DO DIA 24 DE AGOSTO DE 2006, PLUTÃO DEIXA DE SER CLASSIFICADO COMO PLANETA DO SISTEMA SOLAR E PASSA DESIGNADO COMO PLANETA ANÃO
    117. 117. ALGUNS CORPOS CELESTES
    118. 118. ASTERÓIDES É um nome de origem grega que significa “similar a estrelas”. São fragmentos que não conseguiram formar um planeta e trilhões deles percorrem nosso Sistema Solar a uma velocidade muito grande. Seu tamanho pode variar e o maior já observado tem um diâmetro de 974 km.
    119. 119. COMETAS São corpos compostos por matéria sólida como grãos de poeira e gelo. Em sua trajetória, se estende além do Sistema Solar. Quando se aproxima do sol, forma-se uma nuvem de gás e poeira ao seu redor e com o seu movimento e a ação dos ventos que dá origem a cauda.
    120. 120. Cometa Halley
    121. 121. METEOROIDE: são fragmentos de cometas ou asteróides que se encontram fora da atmosfera terrestre. METEORO: quando o meteoróide entra na atmosfera terrestre, deixando um rastro luminoso. (estrela cadente). A maioria se desintegra antes de atingir a superfície da Terra. METEORITO: é um resto de meteoro que atinge a superfície da Terra.

    ×