Motivação - Clima Organizacional

21.397 visualizações

Publicada em

Slides sobre o tema motivação sob o enfoque de clima organizacional, apresentado por mim e os colegas Hévila Ruas e Edgar Oliveira.

3 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21.397
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
599
Comentários
3
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Motivação - Clima Organizacional

  1. 1. Competência: Gestão de Pessoas IICompetência: Gestão de Pessoas II Docente: Luana FariasDocente: Luana Farias
  2. 2. MotivaçãoMotivação  Motivação envolve sentimentos de realização e deMotivação envolve sentimentos de realização e de reconhecimento profissional, manifestados porreconhecimento profissional, manifestados por meio de exercícios das tarefas e atividades quemeio de exercícios das tarefas e atividades que oferecem suficiente desafio e significado para ooferecem suficiente desafio e significado para o trabalho (Ribeiro, 1994).trabalho (Ribeiro, 1994).
  3. 3. MotivaçãoMotivação  A motivação humana é constante, infinita, flutuanteA motivação humana é constante, infinita, flutuante e complexa (Bergamini, 1997).e complexa (Bergamini, 1997).
  4. 4. MotivaçãoMotivação  É o que impulsiona as pessoas a prosseguirem deÉ o que impulsiona as pessoas a prosseguirem de forma satisfatória em sua jornada de trabalho, oforma satisfatória em sua jornada de trabalho, o que isto implica na qualidade de vida das pessoas eque isto implica na qualidade de vida das pessoas e na sobrevivência de empresas e empregado.na sobrevivência de empresas e empregado. (Claret, 1998).(Claret, 1998).
  5. 5. Motivação: O MITOMotivação: O MITO  ““A crença de que uma pessoa possa - literalmente -A crença de que uma pessoa possa - literalmente - motivar outra.”motivar outra.”  ““Crença de que a pessoa é motivada comoCrença de que a pessoa é motivada como resultado da satisfação.”resultado da satisfação.”
  6. 6. Motivação: O MITOMotivação: O MITO  ““Crença de que aquilo que motiva oCrença de que aquilo que motiva o comportamento seja também aquilo que determinacomportamento seja também aquilo que determina sua direção.”sua direção.”  ““Crença de que a motivação seja o catalisador queCrença de que a motivação seja o catalisador que induz comportamentos positivos.”induz comportamentos positivos.”
  7. 7. Motivação: O MITOMotivação: O MITO  ““Crença de que fatores de motivação e fatores deCrença de que fatores de motivação e fatores de satisfação sejam a mesma coisa.”satisfação sejam a mesma coisa.”
  8. 8. Forças MotivacionaisForças Motivacionais  São produto do ambiente cultural que afeta aSão produto do ambiente cultural que afeta a maneira pela qual a pessoa encara seu trabalho emaneira pela qual a pessoa encara seu trabalho e sua vida.sua vida.
  9. 9. Motivação para a RealizaçãoMotivação para a Realização  Onde a realização é mais importante do que algumaOnde a realização é mais importante do que alguma recompensa que possa acompanhá-la (Lessa,recompensa que possa acompanhá-la (Lessa, 1999).1999).
  10. 10. Motivação por AfiliaçãoMotivação por Afiliação  É um impulso para o relacionamento com pessoasÉ um impulso para o relacionamento com pessoas em bases sociais (Bergamini, 1997).em bases sociais (Bergamini, 1997).
  11. 11. Motivação para a CompetênciaMotivação para a Competência  É um impulso para fazer um trabalho de altaÉ um impulso para fazer um trabalho de alta qualidade.qualidade.
  12. 12. Motivação para o PoderMotivação para o Poder  É o impulso para influenciar pessoas e mudar situa-É o impulso para influenciar pessoas e mudar situa- ções. Criam impacto nas organizações e assumemções. Criam impacto nas organizações e assumem os riscos de criá-los (Coda, 1905).os riscos de criá-los (Coda, 1905).
  13. 13. Tipos de motivação pelo poder:Tipos de motivação pelo poder:  Necessidade de Poder InstitucionalNecessidade de Poder Institucional  Necessidade de Poder PessoalNecessidade de Poder Pessoal
  14. 14. A motivação ExtrínsecaA motivação Extrínseca  Em termos de comportamento organizacional,Em termos de comportamento organizacional, alguns estudos propõem que o interesse dosalguns estudos propõem que o interesse dos funcionários pelas recompensas externas temfuncionários pelas recompensas externas tem grande poder para determinar um desempenhogrande poder para determinar um desempenho satisfatório.satisfatório.
  15. 15. A Motivação IntrínsecaA Motivação Intrínseca  É uma força que se encontra no interior de cadaÉ uma força que se encontra no interior de cada pes- soa e que pode estar ligada a um desejo. Estapes- soa e que pode estar ligada a um desejo. Esta força é vista como um impulso que leva os seresforça é vista como um impulso que leva os seres vivos à ação.vivos à ação.
  16. 16. Ciclo natural de motivação usadoCiclo natural de motivação usado nas Organizaçõesnas Organizações
  17. 17.
  18. 18. Primeiros passos no estudo daPrimeiros passos no estudo da motivaçãomotivação  O estudo da motivação humana diz respeitoO estudo da motivação humana diz respeito à descoberta do porquê de as pessoas seà descoberta do porquê de as pessoas se movimentarem e de qual fonte de energia que estãomovimentarem e de qual fonte de energia que estão usando para tanto.usando para tanto.
  19. 19.  Skinner – administrador. Administrar resume-Skinner – administrador. Administrar resume- se, neste caso, em punir ou premiar aqueles quese, neste caso, em punir ou premiar aqueles que trabalham quando isso se fizer necessário.trabalham quando isso se fizer necessário.
  20. 20.  Administração CientíficaAdministração Científica  Campanhas de premiaçãoCampanhas de premiação  Uso indiscriminado dos reforços positivosUso indiscriminado dos reforços positivos
  21. 21. Hierarquia das necessidadesHierarquia das necessidades segundo Maslowsegundo Maslow  Abraham Maslow apresentou uma teoria daAbraham Maslow apresentou uma teoria da motivação segundo a qual as necessidades humanasmotivação segundo a qual as necessidades humanas estão organizadas e dispostas em níveis, numaestão organizadas e dispostas em níveis, numa hierarquia de importância e influência e que podehierarquia de importância e influência e que pode ser visualizada como uma pirâmide.ser visualizada como uma pirâmide.
  22. 22.  Necessidades fisiológicas – Nível mais baixo dasNecessidades fisiológicas – Nível mais baixo das necessidades humanas, mas de vital importância,necessidades humanas, mas de vital importância, como necessidade de alimentação, sono, repousocomo necessidade de alimentação, sono, repouso etc..etc..
  23. 23.  Necessidades de seguranças: Inclui necessidade deNecessidades de seguranças: Inclui necessidade de segurança, busca de proteção contra ameaça ousegurança, busca de proteção contra ameaça ou privação e fuga do perigo.privação e fuga do perigo.
  24. 24.  Necessidades sociais: Dente as necessidades sociaisNecessidades sociais: Dente as necessidades sociais estão a necessidade de associação, participação,estão a necessidade de associação, participação, troca de amizade, afeto e amor. Quando nãotroca de amizade, afeto e amor. Quando não satisfeitas, o indivíduo torna-se hostil com relaçãosatisfeitas, o indivíduo torna-se hostil com relação às pessoas que o cercam.às pessoas que o cercam.
  25. 25.  Necessidade de estima: Necessidades relacionadasNecessidade de estima: Necessidades relacionadas com a maneira como o indivíduo se vê e se avalia.com a maneira como o indivíduo se vê e se avalia. Envolvem auto-apreciação,Envolvem auto-apreciação, auto-confiança,auto-confiança, prestígio e consideração.prestígio e consideração.
  26. 26.  Necessidade de auto-realização: são as maisNecessidade de auto-realização: são as mais elevadas. Estão relacionadas com a realização doelevadas. Estão relacionadas com a realização do próprio potencial do indivíduo.próprio potencial do indivíduo.
  27. 27. Teoria dos dois Fatores de HerzbergTeoria dos dois Fatores de Herzberg  Frederick Herzberg formulou a teoria dos doisFrederick Herzberg formulou a teoria dos dois fatores para explicar o comportamento das pessoasfatores para explicar o comportamento das pessoas em situação de trabalho.em situação de trabalho.  Para ele existem dois fatores que orientam oPara ele existem dois fatores que orientam o comportamento das pessoas.comportamento das pessoas.
  28. 28. Fatores higiênicos:Fatores higiênicos:  Estão localizadas no ambiente q rodeia as pessoas.Estão localizadas no ambiente q rodeia as pessoas. Como essas condições são decididas e controladasComo essas condições são decididas e controladas pela empresa, os fatores higiênicos estão fora dopela empresa, os fatores higiênicos estão fora do controle das pessoas.controle das pessoas.
  29. 29. Fatores motivacionais:Fatores motivacionais:  Ou fatores intrínsecos, pois estão relacionados comOu fatores intrínsecos, pois estão relacionados com o conteúdo do cargo e com a natureza das tarefaso conteúdo do cargo e com a natureza das tarefas que a pessoa executa. Estão sobre o controle doque a pessoa executa. Estão sobre o controle do indivíduo pois estão relacionados com aquilo queindivíduo pois estão relacionados com aquilo que ele faz e desempenha.ele faz e desempenha.
  30. 30. Modelo de Erc AldeferModelo de Erc Aldefer Propôs um hierarquia das necessidades emPropôs um hierarquia das necessidades em três níveis:três níveis:  Necessidades de existênciaNecessidades de existência  Necessidades de relacionamentoNecessidades de relacionamento  Necessidades de crescimentoNecessidades de crescimento
  31. 31. MOTIVAÇÃOMOTIVAÇÃO XX CLIMA ORGANIZACIONALCLIMA ORGANIZACIONAL
  32. 32.  A Questão Do Ajustamento;A Questão Do Ajustamento;  Problemas De Ajustamento;Problemas De Ajustamento;  O Conceito De Clima Organizacional;O Conceito De Clima Organizacional;  Relação Entre Clima Organizacional e aRelação Entre Clima Organizacional e a Motivação;Motivação;  Clima Favorável X Clima Desfavorável.Clima Favorável X Clima Desfavorável. QUALIDADE OU PROPRIEDADE DO AMBIENTE ORGANIZACIONAL QUE É PERCEBIDA OU EXPERIMENTADA PELOS MENBROS DA ORGANIZAÇÃO E INFLUENCIA SEU COMPORTAMENTO.
  33. 33. VISÃO SISTÊMICA SOBRE AVISÃO SISTÊMICA SOBRE A MOTIVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕESMOTIVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES
  34. 34. CARACTERÍSTIVAS INDIVIDUAIS CARACTERÍSTICAS DO TRABALHO CARACTERÍSTICAS DO TRABALHO ““Para se compreender adequadamente a motivação e oPara se compreender adequadamente a motivação e o comportamento do funcionário é necessário que secomportamento do funcionário é necessário que se considere todo o sistema de força que opera sobre oconsidere todo o sistema de força que opera sobre o mesmo.”mesmo.”
  35. 35. TEORIA MOTIVACIONAL E ATEORIA MOTIVACIONAL E A PRÁTICA NO TRABLAHOPRÁTICA NO TRABLAHO
  36. 36. PARA IDENTIFICAR PROBLEMAS DE MOTIVAÇÃO, A ORGANIZAÇÃO DEVE PLANEJAR MEDIDAS QUE VÃO DE ENCONTRO ÀS NECESSIDADES DOS TRABALHADORES, TANTO PSICOLÓGICAS QUANTO FÍSICAS. TEORIAS DOS PROCESSOS TEORIA DOS CONTEÚTOS COMO SE ESTÁ MOTIVADO? PORQUE SE ESTÁ MOTIVADO? x COMO AS VARIÁVEIS MOBILIZAM O COMPORTAMENTO DO TRABALHADOR? EXPECTATIVA : INTERNA OU EXTERNA VALÊNCIA INSTRUMENTALIDADE MOTIVAÇÃO
  37. 37. MUITO OBRIGADOMUITO OBRIGADO

×