O Tipo e o Horizonte Temporal dos Financiamentos
CJA Business Consulting FEV14
http://www.linkedin.com/pub/carlos-jeronimo...
O Tipo e o Horizonte Temporal dos Financiamentos
CJA Business Consulting FEV14
http://www.linkedin.com/pub/carlos-jeronimo...
O Tipo e o Horizonte Temporal dos Financiamentos
CJA Business Consulting FEV14
http://www.linkedin.com/pub/carlos-jeronimo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII

217 visualizações

Publicada em

Uma das principais preocupações que deve ser tida ao negociar um financiamento com a Banca, passa pelo mesmo ter o tipo e o prazo adequado à necessidade em causa

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
217
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O tipo e o horizonte temporal dos financiamentos VII

  1. 1. O Tipo e o Horizonte Temporal dos Financiamentos CJA Business Consulting FEV14 http://www.linkedin.com/pub/carlos-jeronimo-augusto/66/279/758 www.facebook.com/pages/CJA-Business-Consulting/308092695989242 www.cja-bc.com carlos.jeronimo.augusto@cja-bc.com TLM 911161776 O Tipo e o Horizonte Temporal dos Financiamentos VII PARTE VII Crédito de Médio e Longo Prazo II Crédito Apoio ao Crescimento O Crédito de Apoio ao Crescimento (CAC) é também um crédito ao investimento. Então porquê uma abordagem não integrada no ponto anterior? Duas razões fundamentais. As necessidades de CAC não derivam de decisões de investimento. Não existe um projecto de investimento. Derivam isso sim das necessidades inerentes ao normal crescimento de um negócio. A outra razão é a primordial para esta abordagem específica. Esta necessidade muitas vezes não é diagnosticada. Sente-se o peso da necessidade sobre a tesouraria da empresa, mas não a identificamos como uma necessidade de financiamento de MLP e por isso muitas vezes não é devidamente financiada, com os custos inerentes. E estamos a falar de? Estamos a falar, por exemplo, do aumento das necessidades de fundo de maneio inerente aos aumentos de actividade, dos trabalhos de desenvolvimento ou busca de novos produtos ou dos trabalhos de prospecção de novos mercados. Estes investimentos, que o são, não são geralmente abordados nessa óptica. São acções ou necessidades criadas derivadas do normal desenvolvimento do negócio, consumindo meios que a ele estão afectos. Em situações de negócios estruturalmente com elevada liquidez é algo que não é grave. A liquidez excessiva está a ser investida e ainda sobra liquidez. Mas a situação normal é os negócios serem curtos de liquidez. E quando um negócio é curto de liquidez, desviá-la para necessidades ou actividades que não são na realidade correntes, afecta o normal desenrolar da exploração. E pode trazer consequências nefastas tanto nas empresas que estão em expansão, dado que lhes retira meios essenciais a essa expansão, como nas empresas que estão com alguns problemas e buscam novos caminhos, dado que os mesmos se agravarão com esta incorrecta alocação de fundos.
  2. 2. O Tipo e o Horizonte Temporal dos Financiamentos CJA Business Consulting FEV14 http://www.linkedin.com/pub/carlos-jeronimo-augusto/66/279/758 www.facebook.com/pages/CJA-Business-Consulting/308092695989242 www.cja-bc.com carlos.jeronimo.augusto@cja-bc.com TLM 911161776 É portanto essencial identificar atempadamente estas necessidades e financiá-las adequadamente. Tentar financiá-las de outra maneira traz problemas e tentar financiá-las após elas trazerem problemas, torna muito mais difícil a negociação com a banca. Tentando olhar as situações apontadas. Uma empresa em saudável crescimento das vendas ( a bom preço e a bons riscos ) vê forçosamente as suas necessidades de fundo de maneio crescerem. Face ao valor acrescentado criado, mesmo sem degradação dos prazos médios de recebimento, as necessidades crescem. O valor das facturas a clientes por receber, mesmo que não vencidas é sempre superior ao crédito que se consegue de fornecedores. E quanto melhor corre o negócio maior é o problema. Estas necessidades vão sendo financiadas por apoios de tesouraria, mas os apoios de tesouraria, não só não são ilimitados, como têm uma vertente de compromisso por parte da banca baixo. São apoios de curto prazo renováveis… E a margem, mesmo que seja boa, libertada pelo negócio, não consegue financiar este crescimento das necessidades de fundo de maneio. Em crescimento, uma parte fundamental das necessidades de fundo de maneio tornam-se permanentes. Tornando-se permanentes, devem ser financiadas por meios adequados. Capitais próprios ou CMLP. Assim, quando a tesouraria começa a ser pressionada pelo aumento das necessidades de fundo de maneio inerentes ao crescimento, deve-se não só conseguir um aumento das facilidades de crédito de curto prazo, mas financiar no MLP parte dessas necessidades. Financiar com um financiamento que tenha um plano de reembolso adequado à libertação de fundos provenientes do crescimento das vendas. Assim o crescimento estará financiado e o financiamento será liquidado à medida que o negócio vá libertando margem. E se as necessidades de fundo de maneio diminuírem e esse financiamento ainda estiver activo é fácil; diminui-se o recurso ao financiamento de curto prazo.
  3. 3. O Tipo e o Horizonte Temporal dos Financiamentos CJA Business Consulting FEV14 http://www.linkedin.com/pub/carlos-jeronimo-augusto/66/279/758 www.facebook.com/pages/CJA-Business-Consulting/308092695989242 www.cja-bc.com carlos.jeronimo.augusto@cja-bc.com TLM 911161776 Ao adoptar estratégias de financiamento adequadas baixa-se de forma significativa o risco da empresa, neste caso os riscos inerentes a um crescimento não controlado. As outras situações abordadas (novos produtos, novos mercados) são normalmente financiadas, porque realizadas, com os meios normais da empresa. Estamos a retirar meios, financeiros e humanos, onde eles serão necessários e ao estarem em dupla afectação a realização não será a que seria possível. Encarar estas situações como investimentos e dotá-las dos meios humanos e financeiros adequados é mais de meio caminho para terem sucesso.

×