O COMPARTILHAMENTO NA REDE SOCIAL: 
FACEBOOK E PROCESSOS DE CONSTRUÇÃO 
DA IDENTIDADE 
Orientadora: Valéria Freire 
Curso:...
REDES SOCIAIS: PADRÃO DE COMUNICAÇÃO E 
INTERATIVIDADE 
Laura Olivieri (2000): o conceito de interações sociais significa ...
REDES SOCIAIS ONLINE 
Segundo Recuero (2008), as redes sociais representam 
gente, interação e troca social. As redes soci...
...Facilitar a vída do usuário.... 
Uma das práticas comuns e até uma 
estratégia de afixar uma publicação em 
seu próprio...
O COMPARTILHAMENTO E A IDENTIDADE 
Stuart Hall (2006):nas redes sociais online, o sujeito 
pós moderno, com uma identidade...
REDES SOCIAIS E CONSUMO 
...enquanto o serviço praticado na Internet favorece a 
indústria de aparelhos móveis, os desenvo...
REDES SOCIAIS E A CONSTRUÇÃO DE PERFIS 
Joel Birman (1998) caracteriza 
o que chama de “ideal de valores” 
do sujeito mode...
METODOLOGIA 
83
COMPARTILHAR É...
CONSIDERAÇÕES 
“Não posto nada no meu Facebook 
para mostrar a quem pensa diferente 
que ele está errado. Posto para 
most...
O compartilhamento na Rede Social: Facebook e processos de construção de identidade
O compartilhamento na Rede Social: Facebook e processos de construção de identidade
O compartilhamento na Rede Social: Facebook e processos de construção de identidade
O compartilhamento na Rede Social: Facebook e processos de construção de identidade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O compartilhamento na Rede Social: Facebook e processos de construção de identidade

320 visualizações

Publicada em

Apresentação acadêmica do estudo da Psicologia sobre o fenômeno das interações e criação de identidades em Redes Sociais virtuais.

Publicada em: Internet
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
320
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O compartilhamento na Rede Social: Facebook e processos de construção de identidade

  1. 1. O COMPARTILHAMENTO NA REDE SOCIAL: FACEBOOK E PROCESSOS DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE Orientadora: Valéria Freire Curso: Psicologia Banca: Márcia Stengel
  2. 2. REDES SOCIAIS: PADRÃO DE COMUNICAÇÃO E INTERATIVIDADE Laura Olivieri (2000): o conceito de interações sociais significa ações recíprocas entre indivíduos. Criar redes sociais, formar grupos, tirar o sujeito da dicotomização criada entre sujeito isolado e sociedade e o trazendo novamente para o mundo social, onde ele constrói e desconstrói suas ideias. É através da formação das redes que os indivíduos enriquecem o mundo do conhecimento e sua comunidade linguística e cultural.
  3. 3. REDES SOCIAIS ONLINE Segundo Recuero (2008), as redes sociais representam gente, interação e troca social. As redes sociais dizem respeito às estruturas sociais formadas por pessoas ou organizações, essas por sua vez, partilham de interesses e/ou valores em comum. São caracterizadas primariamente pela autogeração (podendo ser desenvolvida pelos próprios usuários) de seu desenho, pela sua horizontalidade e sua descentralização. A intensificação da formação das redes sociais, nesse sentido, reflete um processo de fortalecimento da sociedade civil, em um contexto de maior participação democrática e mobilização social.
  4. 4. ...Facilitar a vída do usuário.... Uma das práticas comuns e até uma estratégia de afixar uma publicação em seu próprio perfil é o compartilhamento. Além de dados identificatórios (nome, email, foto etc), o perfil de uma pessoa é composto por aquilo que ela publica ou compartilha.
  5. 5. O COMPARTILHAMENTO E A IDENTIDADE Stuart Hall (2006):nas redes sociais online, o sujeito pós moderno, com uma identidade plural e instável, permeada por várias culturas – a começar pela comunicação sem limite de fronteiras físicas. O que o sujeito compartilha muda constantemente. Se ontem ele não se preocupava com política, hoje não há mais como ele não se posicionar, devido a pauta pública estabelecida por outros usuários ou até mesmo a partir de uma discussão que permeia outras mídias tradicionais, como rádio, televisão e impresso.
  6. 6. REDES SOCIAIS E CONSUMO ...enquanto o serviço praticado na Internet favorece a indústria de aparelhos móveis, os desenvolvedores de redes sociais online alimentam o desejo pelo ‘estar online 24h’...
  7. 7. REDES SOCIAIS E A CONSTRUÇÃO DE PERFIS Joel Birman (1998) caracteriza o que chama de “ideal de valores” do sujeito moderno na sociedade de espetáculo. Segundo ele, trata-se de uma exibição e de uma teatralidade onde os atores se inserem como personagens na cena social.
  8. 8. METODOLOGIA 83
  9. 9. COMPARTILHAR É...
  10. 10. CONSIDERAÇÕES “Não posto nada no meu Facebook para mostrar a quem pensa diferente que ele está errado. Posto para mostrar a quem pensa como eu que não está sozinho”

×