Apresentação oca

440 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
440
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação oca

  1. 1. “ Aos esfarrapados do mundo e aos que neles se descobrem e, assim descobrindo-se, com eles sofrem, mas sobretudo, com eles lutam.” Paulo Freire
  2. 3. <ul><li>Somos uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que se propõe a trabalhar com a temática da Agroecologia e Educação Popular na região da Mata Atlântica. </li></ul><ul><ul><li>Acreditando nesses instrumentos como meio de construir relações mais equilibradas entre os seres e com o ambiente que os cercam. </li></ul></ul><ul><ul><li>Buscando uma proposta de desenvolvimento mais integrado e inclusivo, que garanta a diversidade ambiental e cultural, um modo de vida mais humanitário e a proteção do planeta. </li></ul></ul>
  3. 4. <ul><li>Agroecologia & Economia Solidária </li></ul>Linhas de Ação da OCA <ul><ul><li>Educação Popular & Meio Ambiente </li></ul></ul><ul><li>Construção de processos de educação continuada (escolas de formação temáticas); </li></ul><ul><li>Construção de experiências de produção agroecológica (autonomia alimentar); </li></ul><ul><li>Articulação de experiências de economia solidária; </li></ul><ul><li>Fortalecimento da consciência ecológica (educação ambiental); </li></ul>
  4. 5. <ul><ul><li>Comunicação Popular </li></ul></ul><ul><ul><li>Cultura e Arte Educação </li></ul></ul><ul><li>Fomentar a criação de espaços de debates sobre a comunicação popular; </li></ul><ul><li>Sistematização e divulgação do conhecimento popular; </li></ul><ul><li>Fortalecimento das manifestações culturais comunitárias; </li></ul><ul><li>Fomentar a articulação de grupos artístico-culturais; </li></ul><ul><li>Trabalhar a arte enquanto instrumento de transformação social; </li></ul>
  5. 6. <ul><li>COORDENAÇÃO EXECUTIVA OCA </li></ul><ul><li>Coordenação Política: José Roberto </li></ul><ul><li>Coordenação de Finanças: Cláudio Lyrio </li></ul><ul><li>Coordenação de Secretaria: Elaine Martins </li></ul><ul><li>Coordenação de Comunicação: Regina Muniz Florêncio </li></ul><ul><li>Coordenação de Programas: Janaína Nunes </li></ul>
  6. 7. Conselho Fiscal <ul><li>1 – Titular: Jackson Santos de Souza </li></ul><ul><li>Suplente: David Viegas Casarin </li></ul><ul><li>2 – Titular: Adson da Silva Nunes </li></ul><ul><li>Suplente: Marília Sarmento dos Santos </li></ul><ul><li>3 – Titular: José Carlos Sena Evangelista </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Suplente: Graciene Silva Sarmento </li></ul>
  7. 8. Princípios Metodológicos da OCA Fortalecimento da consciência ecológica e da organização comunitária; Diagnóstico da realidade local; Problematização da realidade (reflexão crítica); Respeito ao conhecimento popular; Busca da arte enquanto instrumento de transformação; Construção de processos de educação libertária na busca do protagonismo popular; Construção de parcerias, processos de gestão compartilhada e trabalhos em rede.
  8. 9. Trabalhos Desenvolvidos pela OCA Educação Ambiental na Ponta da Tulha
  9. 11. Campanha Limpeza na Tulha: Mutirão de recolhimento de lixo Fevereiro de 2008.
  10. 12. Campanha Limpeza na Tulha: Entrega de panfleto para banhistas Fevereiro de 2008.
  11. 13. Reunião Ampliada da Associação de Moradores, Março de 2008
  12. 14. <ul><li># Levantamento dos problemas; </li></ul><ul><li>Infra estrutura: falta água, saneamento e calçamento </li></ul><ul><li>Ambientais: lixo, desmatamento, ocupação do mangue </li></ul><ul><li>Construção do Porto Sul na Tulha </li></ul><ul><li># Articulação de comissões para buscar alternativas </li></ul><ul><li>criação de grupos mistos de trabalho para discutir soluções </li></ul><ul><li># Assembléia para encaminhar propostas das comissões </li></ul><ul><li>Atropelamento das ações devido ao Porto Sul </li></ul>
  13. 15. Apresentação de vídeos sobre problemas ambientais na escola da Ponta da Tulha, Junho de 2008.
  14. 16. Projeto de Agricultura Urbana no Maria Pinheiro e Pedro Jerônimo
  15. 17. Etapas da Construção do Projeto de Agricultura Urbana Semeando Esperança Reunião com Projeto Encantarte para apresentação da proposta
  16. 18. Reunião com Cursinho Pré Afro para apresentação da proposta, como encaminhamento da reunião com Encantarte Criação da Coordenação do Projeto para planejar a reunião com comunidade
  17. 19. Reuniões com representantes da comunidade para apresentar proposta do Projeto de Agricultura Urbana Semeando Esperança
  18. 20. Reuniões de construção coletiva do Projeto de Agricultura Urbana Semeando Esperança
  19. 21. Projeto de Agricultura Urbana Semeando Esperança <ul><li>Organização da Comunidade: </li></ul><ul><li>Criação da Rede de Ação Local - RAL </li></ul><ul><li>Implantação de Quintais Agroecológicos: </li></ul><ul><li>Produção pra Segurança Alimentar e Geração de Renda </li></ul>
  20. 22. REDE DE AÇÃO LOCAL <ul><li>Espaço onde se reúnem as organizações (formais e informais) existentes nos bairros que realizam algum tipo de trabalho e tenham interesse na melhoria da comunidade. </li></ul><ul><li>Objetivo de pensar e construir a proposta de desenvolvimento sustentável para os bairros. </li></ul>
  21. 23. Segurança Alimentar & Geração de Renda <ul><li>Garantida pela produção agroecológica de alimentos e plantas medicinais, através da sistematização dos espaços dos quintais. </li></ul><ul><li>Através da organização dos quintais se pode planejar a produção para comercialização solidária do excedente. </li></ul>
  22. 25. <ul><li>I MOSTRA ITINERANTE DE CINEMA CULTURAL E AMBIENTAL DA BAHIA - MOCAMBA </li></ul>OBJETIVO GERAL Trabalhar a questão da educação ambiental por meio da mostra de vídeos que contribuam para uma maior reflexão sobre os impactos da civilização atual sobre o ambiente. Proporcionando espaços de discussão a respeito do fortalecimento da consciência ecológica e da participação cidadã. PÚBLICO ALVO Comunidades urbanas e rurais dos municípios do litoral sul da Bahia. Estudantes das escolas municipais e estaduais dos municípios do litoral sul da Bahia.
  23. 26. APRESENTAÇÕES DO CINE MOCAMBA Apresentação em Trancoso-BA Memórias em 5 minutos Serra Grande-BA
  24. 27. Box Estrutura de Arte Serra Grande-BA Memórias em 5 minutos
  25. 28. Mostra 5 minutos Calourada 2011DCE UESC Mostra 5 minutos Escola D Ceslau Stanula Maria Pinheiro
  26. 29. “ Ela está no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte se distancia dez passos para lá. Por mais que eu caminhe, nunca a alcançarei. Para que então serve a utopia? Serve para isto : para caminhar.” Eduardo Galeano

×