Apresentacao senai

489 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
489
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao senai

  1. 1. APRENDIZAGEM INDUSTRIAL ESTRATÉGIAS E DESAFIOS
  2. 2. PANORAMA HISTÓRICOREPÚBLICA VELHA (1889-1929)Cenário de industrialização muitofraca, o Brasil era predominantementeum país agrário.
  3. 3. PANORAMA HISTÓRICOREPÚBLICA VELHA (1889-1929)Apenas em 1891 surgiu decreto que proibia trabalhoaos menores de 12 anos, salvo na condição de aprendiz(criança em treinamento), a partir de 8 anos.
  4. 4. PANORAMA HISTÓRICOESTADO NOVO (1930-1945)Substituição de importações por efeitoda 2ª Guerra Mundial alavancaindustrialização de base.
  5. 5. PANORAMA HISTÓRICOESTADO NOVO (1930-1945)Surgimento de leis acerca das relações trabalhistas eeducação profissional: Consolidação das Leis do Trabalho Leis Orgânicas de Ensino Criação do SENAI
  6. 6. ANOS 60 . . . 70 Como eram ?  Perfis Profissionais  Qualidade  Inovação e Design
  7. 7. ANOS 60 . . . 70 e a Escola ?
  8. 8. ANOS 90 . . . 2011e agora ?e a Escola?
  9. 9. ANOS 60 . . . 70Distribuição de RH SUPERIOR QUALIFICADOS E TÉCNICOS SEMI QUALIFICADOS NÃO QUALIFICADOS
  10. 10. ANOS 90 . . . 2011 Distribuição de RH QUALIFICADOS QUALIFICADOS QUALIFICADOS SUPERIOR NÃO SEMI E TÉCNICOS
  11. 11. MÃO DE OBRA INDUSTRIAL EM SÃO PAULO (1980-2009)3.600.0002.700.0001.800.000 900.000
  12. 12. CENÁRIO PRÓXIMO DO PLENO EMPREGO DESEMPREGO NO BRASIL 10% 9% 8% 6,7%TAXA 2005 2007 2009 2010 Fonte IBGE/Revista Exame Abril 2011
  13. 13. EDUCAÇÃO PLENA Educação Geral +Educação Profissional
  14. 14. SENAI-SP – REDE DE UNIDADES90 Escolas Fixas
  15. 15. SENAI-SP – REDE DE UNIDADES70 Escolas Móveis
  16. 16. REDE SENAI-SP35 Laboratórios
  17. 17. INVESTIMENTOS 2000-2010 (PARTICIPAÇÃO RELATIVA POR RA)Investimentos Evolução da mão de obra paulista
  18. 18. SUPERIOR PÓS GRADUAÇÃO SUPERIOR TECNÓLOGO GRADUAÇÃOEDUCAÇÃO EDUCAÇÃOGERAL PROFISSIONAL MÉDIO TÉCNICO APRENDIZAGEM FUNDAMENTAL FORMAÇÃO INICIAL INDUSTRIAL INFANTIL 0 a 5 anos
  19. 19. PANORAMA HISTÓRICOEVOLUÇÃO LEGAL APRENDIZAGEM INDUSTRIAL  Surgimento: 1942  Consolidação: 1943  Disciplina: 1952  Revigoramento: 2000  Regulamentação: 2005
  20. 20. DINÂMICA SOCIAL OS PAPÉIS DOS ATORES PODER EMPRESAS MTE; MPT; PÚBLICO Estabelecimentos Poder Legislativo de qualquer Federal natureza legisla e cumprem a fiscaliza legislação Em formação técnico-profissional APRENDIZ metódica ENTIDADES ministram programas decumpre o contrato de trabalho e QUALIFICADAS educação profissional o programa de aprendizagem
  21. 21. PANORAMA HISTÓRICOEVOLUÇÃO DO MECANISMO LEGALQual público incide a cota? • 1942: Operários cujos ofícios demandam formação profissional; • 2000: Trabalhadores cuja função demande formação profissional, exceto aqueles de nível técnico e superior; • Hoje: Todos os empregados, exceto aqueles cuja função, em virtude de lei, exija formação profissional de nível técnico ou superior.
  22. 22. MECANISMO LEGAL DISPOSIÇÃO GERAL DA APRENDIZAGEM Estabelecimentos devem empregar aprendizes na quantidade equivalente a 5% ou até 15% de seus funcionários e matriculá-los em entidade qualificada em educação profissional. HOJE: todos estabelecimentos acima de 7 aprendiz funcionários, exceto micro e pequenas empresas dispensadas por Lei.
  23. 23. CONTRATOS DE APRENDIZAGEMEVOLUÇÃO DO MECANISMO LEGALDuração do contrato de aprendizagem: • 1952: 3 anos, no máximo; • 2000: 2 anos, no máximo; • Hoje: 2 anos, no máximo, exceto quando se tratar de aprendiz deficiente.
  24. 24. CONTRATOS DE APRENDIZAGEMEVOLUÇÃO DO MECANISMO LEGALIdade e relação com a educação básica: • 1952: mínimo 14 e máximo 18 anos e ter concluído o curso primário; • 2000: mínimo 14 e máximo 18 anos e ter concluído o ensino fundamental; • Hoje: mínimo 14 e máximo 24 anos e estar matriculado no ensino médio.
  25. 25. PLENO EMPREGO 1º DESAFIO DA INDÚSTRIAPROFISSIONAIS QUALIFICADOS E DESENVOLVIMENTO DEPOLÍTICA PARA RETENÇÃO DE TALENTOS
  26. 26. ENGENHARIA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL Pesquisa de mercado de trabalho Avaliação Organização interna e curricular externaOrganização Ambientes de escolar ensino Qualificação Material de docentes didático
  27. 27. OFERTA DA REDE SENAI-SPESTRATÉGIAS DE ATENDIMENTO Ministrado na rede SENAI-SP:  Processos seletivos regulares gratuitos para as empresas legalmente vinculadas ao Sistema SENAI;  Cada empresa pode indicar até 5 candidatos para cada vaga que pretenda preencher;  Sistemática básica: SENAIatividades aprendiz práticateórica e profissionalprática
  28. 28. OFERTA DA REDE SENAI-SPESTRATÉGIAS DE ATENDIMENTO Parceria com empresas - sistema dual  Regime de alternância, ministrado em parceria com empresas, que admitem todos os alunos como empregados;  Cria condições para que parte do desenvolvimento do curso se realize na própria empresa;  Sistemática alternativa: SENAI atividadesatividades aprendiz teórica eteórica e práticaprática profissional
  29. 29. OFERTA DA REDE SENAI-SPESTRATÉGIAS DE ATENDIMENTO Parceria com entidades sociais – Escola de Vida e Trabalho  Sistemática alternativa: SENAIsupervisãoatividades aprendiz práticateórica e profissionalprática
  30. 30. OFERTA DA REDE SENAI-SPESTRATÉGIAS DE ATENDIMENTO Parceria com empresas – Aprendizagem na empresa  Sistemática alternativa: SENAIsupervisão atividade teórica e aprendiz prática profissional

×