Experimento Rotifera Explicação

793 visualizações

Publicada em

Explicação do experimento de buscar rotíferos em corpos d'água doce.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
793
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
110
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Experimento Rotifera Explicação

  1. 1. ROTÍFERA
  2. 2. São metazoários microscópicos comuns em ambientes dulciaquícolas, mas também podem ser encontrados no mar. Em sistemas de água doce alcançam densidades de 200 a 1000 indivíduos por litro e são importantes no processo de ciclagem dos nutrientes. O corpo é alongado, cilíndrico ou sacular, e é, na maioria das espécies, dividido em uma curta região anterior da cabeça, um estreito pescoço, grande tronco que constitui a maior parte do corpo e um pé terminal.
  3. 3. Uma característica peculiar dos rotíferos é a corona ciliar (órgão rotatório) na cabeça, na extremidade anterior do corpo. A corona está implicada em locomoção e alimentação, para o que é modificada de diversas formas. Está presente de uma maneira ou de outra em praticamente todos os rotíferos. Há, no mínimo, 7 variações básicas principais no padrão básico da corona e qualquer uma das partes que a forma pode estar reduzida, aumentada, modificada ou ausente em vários rotíferos.
  4. 4. Ciclomorfose Muitos rotíferos sofrem mudanças sazonais na forma ou nas proporções do corpo, um fenômeno conhecido como ciclomorfose. Exemplo – durante uma estação do ano, indivíduos de algumas espécies possuem espinhos mais longos ou mais curtos que aqueles desenvolvidos por seus descendentes geneticamente idênticos (clones) durante outra estação.
  5. 5. Criptobiose Os metazoários que habitam musgos, liquens, poças temporárias e solos úmidos regularmente se deparam com a ameaça da desidratação e outros extremos físicos. A medida que o ambiente se deteriora, os animais entram num estado semelhante à morte, com animação suspensa, chamado de criptobiose, e ressurgem quando as condições se tornam novamente favoráveis.
  6. 6. www.cienciacuriosa.com.br

×