Faculdade integrada do brasil

110 visualizações

Publicada em

Trabalho de Faculdade

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
110
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Faculdade integrada do brasil

  1. 1. 1FACULDADE INTEGRADA DO BRASILAna Paula Gonçalves RibeiroDeniz Pessoa QueirozElda MatosFabio de OliveiraGisele Barbosa dos SantosMauriza Brito Soares RibeiroSamara Porto“Como articular a prática pedagógica nas ultimas séries do ensino fundamental (6°ao 9°) como as políticas educacionais, para melhoria do desempenho escolar do seumunicípio?”LAGOA PRETA-BAHIA27/ 04 /2013
  2. 2. 2FACULDADE INTEGRADA DO BRASILAna Paula Gonçalves RibeiroDeniz Pessoa QueirozElda MatosFabio de OliveiraGisele Barbosa dos SantosMauriza Brito Soares RibeiroSamara Porto“Como articular a prática pedagógica nas ultimas séries do ensino fundamental (6°ao 9°) como as políticas educacionais, para melhoria do desempenho escolar do seumunicípio?”Plano de Intervenção apresentado àdisciplina de Planejamento e PolíticasEducacionais como requisito de avaliação,orientado pela professora Jussara Neves.LAGOA PRETA-BAHIA27/ 04 /2013
  3. 3. 3SUMÁRIOApresentação _________________________________________________04Justificativa___________________________________________________05Objetivos_____________________________________________________06Metas_______________________________________________________07Procedimentos Metodologicos____________________________________09Recursos____________________________________________________11Cronograma__________________________________________________12Avaliação____________________________________________________13Conclusão____________________________________________________14
  4. 4. 4APRESENTAÇÃOComo articular a prática pedagógica nas últimas series do ensino fundamental(6º ao 9º ano) com as políticas educacionais para melhoria do desempenho escolardo seu município?O título para este projeto de intervenção que será realizado na EscolaMunicipal Miguel Pereira situado neste Distrito de Lagoa Preta Tremedal BA, visaanalisar o conceito de qualidade e refletir sobre que qualidade é possível, quedesempenho escolar deseja e pode alcançar e examinar a articulação necessáriaentre o projeto pedagógico da escola sob sua responsabilidade e as políticas para aqualidade do desempenho escolar.
  5. 5. 5JUSTIFICATIVAMais do que dever, é nosso compromisso analisarmos os resultados, parajuntos buscarmos melhorar o desempenho dos nossos alunos. Elaborar um plano deIntervenção Pedagógica e executá-lo com certeza e um passo decisivo para garantiro sucesso escolar sabendo que a tarefa é um desafio constante e, sobretudocoletivo. “As sementes precisam ser plantadas para que os frutos sejamabundantes”.Chegou a hora de colocar o desempenho escolar como eixo do trabalho a serdesenvolvido, sabemos que cada escola enfrenta um desafio único, as dificuldadessão muitas, mas as escolas através de seu planejamento tem uma enormecapacidade de superá-las fazendo uma grande diferenças para os alunos.Na certezada transformação e no sentido de orientar e articular o trabalho para a melhoria dosalunos do curso de Pedagogia pela Faibra (Faculdade Integrada do Brasil) vematravés deste projeto de intervenção trazendo novas propostas e ações paramelhoria da qualidade de ensino.As políticas orientam a melhoria da qualidade da educação a partir dosprincípios da autonomia, da colaboração, de igualdade de oportunidades e dainclusão social.De acordo com o MEC a formulação das políticas publicaseducacionais, em consonância com as ideias de participação democrática doscidadãos, é realizada com a colaboração dos sistemas de ensino, em parceria comos órgãos e organizações.O gestor junto com sua equipe escolar devem estarcomprometido com a aprendizagem dos estudantes e promover mediante ações aconstrução da memória da escola.Pois bem, a qualidade da educação e dorendimento escolar é um dos aspetos importantes previstos na legislaçãoeducacional e nas política publicas, assim como nos planos e programas.Conhecer as políticas e diretrizes educacionais, bem como buscar estratégiaspara implementá-las, são condições importantes para promover mudanças nadireção da qualidade almejada.A probabilidade de desempenho escolar bemsucedida aumenta quando o projeto pedagógico e as ações da escola estãoarticulados com a legislação, as políticas, os planos e programas nacionais,estaduais e municípios e as diretrizes governamentais.
  6. 6. 6OBJETIVOSConhecer o projeto pedagógico da escola, identificando suas práticaspedagógicas que buscam um ensino de qualidade:Avaliar o projeto pedagógico com relação às diretrizes definidas politicamentee que são relevantes para o processo de aprendizagem.Provocar uma reflexão sobre a qualidade e desempenho que a escola vemalcançando através de suas práticas.Construir formas de intervenção a partir da análise e identificação dodesempenho escolar da equipe.Planejar momentos de discussões com temas, como: o papel da escola, aimportância das propostas, o papel social do professor suas respectivas posturasenquanto educadores e seu papel na organização escolar.Conduzir uma intervenção na proposta pedagógica com base no plano demetas “compromisso todos pela educação” para uma melhoria na qualidade deensino do nosso município.
  7. 7. 7METASA escola possui o papel de transmissora de conhecimentos, nodesenvolvimento pleno da pessoa humana e na formação para a cidadania, maismesmo cumprindo a tarefa básica de possibilitar o acesso ao saber sua funçãosocial apresenta variações em diferentes momentos da historia, sociedade, países,povos e regiões. Mesmo depois da obrigatoriedade da escolaridade para as criançasainda há problemas educacionais. A sociedade está em permanente mudanças eisto leva a escola a se adequar para fazer de seus alunos atuantes destastransformação e não sujeito passivo a estas mudanças.A escola deve proporcionar odesenvolvimento de seus alunos a partir das competências de aprender a conhecer,aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser.As políticas educacionais estão relacionadas a estas questões com um olharmais amplo, que se desdobram em planos, programas, compromisso, diretrizes,metas e ações e concretizam-se no dia a dia da escola com trabalho coletivo.Ocompromisso todos pela educação é um exemplo da força da sociedade nadefinição de metas para uma educação de qualidade.No projeto pedagógico deve estar expresso a preocupação com oacompanhamento da qualidade das aulas, o desempenho dos estudantes, asestratégias e assim por diante. Todas essas possibilidades sinalizam a preocupaçãocom qualidade do ensino.Aliando as disposições da constituição Federal às da lei de diretrizes e basesda Educação Nacional (LDB) sobre a garantia de padrão de qualidade da educaçãonacional e as políticas educacionais em geral é possível observar a importância decuidarmos da qualidade da educação em todos os níveis. Por isso ao elaborar esteprojeto de intervenção fez-se necessário conhecer um pouco da legislação e aspolíticas educacionais vigentes e incorporar a elas os princípios e fundamento legais.É sempre importante retoma-las e integra-las e defini-la neste plano de metascompromisso todos pela educação. As metas básicas propostas podem serresumidas em cinco: meta1. Toda criança e jovem de 04 a 17 anos na escola.Meta2. Toda criança plenamente alfabetizada até 8 anos. Meta 3. Todo aluno comaprendizado adequado à sua série. Meta 4 . Todo jovem com o Ensino Fundamental
  8. 8. 8concluído até os 16 anos e o Ensino médio concluído até os 19 anos. Meta 5.Investimento em educação ampliado e gerido com ética e eficácia. As metas devempriorizar o aprendizado e a qualidade do ensino como foco da ação e seremexpressos com objetividade e clareza, acreditamos que para concretizar essasmetas a escola deve estar consciente da urgência da melhoria que desempenham ede que pode e deve fazer a diferença.
  9. 9. 9PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOSA nossa metodologia tem por base conhecer o conteúdo do projeto políticopedagógico da Escola Municipal Miguel Pereira, e analisar se as diretrizes do planode metas “todos pela educação” estão inseridas.Para a coleta de dados utilizamos uma reflexão sobre a proposta da escola,um roteiro semi-estruturado e realizarmos uma conversa tipo entrevista com osmembros da comunidade escolar, a partir das respostas que obtivemos, nosmobilizamos para a construção do projeto de intervenção. Compartilharmos asperguntas entre a equipe dividindo entre nós para que todos pudessem participar econtribuir para a execução da atividade.Todos nós seremos responsáveis pelo resultado, mas a escola só tem aganhar, designando uma equipe, de acompanhamento das ações do plano deintervenção pedagógico. Sabemos que a transformação que buscamos passaránecessariamente pela sala de aula, pela relação entre professor e aluno. Portantosugerimos que a escola tenha um foco especial na orientação e suporte aosprofessores. Diretor, a equipe pedagógica da escola, e o grupo de professoresdevem se perguntar: cada professor sabe o que é esperado dele? Cada professorsabe como desenvolver as competências básicas?Dividir as responsabilidades épermitir que cada um faça sua parte. Toda a equipe deve estar alinhada em torno doplano de intervenção, participantes sensibilizados sobre a importância dessa novaetapa de contribuição, comunidade consciente sobre os resultados e contribuindocom o plano, energização da equipe e comunidade, enfatizando a importância desua confiança e comprometimento.Desde o porteiro da escola até o diretor, todos podem dar sua contribuição. Aparticipação de todos na responsabilidade do alcance das metas estabelecidasdevem ser evidenciada e exigidas.Neste item, o trabalho coletivo dos professores e especialistas é fundamental,pois toda a escola deverá ser mobilizada no sentido de buscar alternativas deintervenções para mudar o quadro atual e atingir as metas.
  10. 10. 10Para esta tarefa temos certeza de contar com o compromisso de todos, naescola, na sala de aula, no dia a dia incansavelmente, fazendo a diferença.
  11. 11. 11RECURSOSHumanos: toda equipe escolar (diretor, professor, auxiliar, administrativo,coordenador, supervisor, bibliotecária, secretaria, digitador, porteiro, merendeira,...)alunos, responsável/pais, comunidade e secretarias.Matérias: os mais diversos tipos de matérias que se fizerem necessário no momentopara a aplicabilidade do plano.
  12. 12. 12CRONOGRAMA22/04 Reunião da equipe para planejamento das atividades propostas pelaprofessora.22/04 Visita a escola, com diálogo e solicitação do PPP para análise.24/04 à 26/04 elaboração do plano de intervenção com base nas diretrizes do textocompromisso todos pela educação.27/04 Apresentação do plano elaborado.
  13. 13. 13AVALIAÇÃOA avaliação e os registros dos resultados serão realizados no decorrer destaproposta de trabalho, através de registro escrito sobre as observações, às pesquisase reflexões no formato de portfólio.Serão avaliados todos os momentos: desde a elaboração do projeto deintervenção pedagógica e implementação do mesmo na escola e a apropriação dosresultados esperados.
  14. 14. 14CONCLUSÃOChegamos ao século XXI com a certeza de que, na escola não bastatransmitir informações, é preciso educar. Embora o ensino seja parte integrante doprocesso educativo, o desafio que hoje se coloca ultrapassa a simples aquisição doconhecimento para dar sentido o que é aprendido, é preciso mais, é preciso terqualidade da educação e do desempenho escolar, é assim que criança podemtorna-se cidadãos conscientes, críticos e responsáveis numa geração inovadora eacima de tudo transformados.A intervenção deste projeto deve, contudo, incorporar princípios flexíveis ereflexíveis capaz de contemplar as particularidades pessoais e culturais, escolares esociais, tendo como alvo os processos de desenvolvimento, a articulação na práticapedagógica, e a melhoria do desempenho escolar no nosso município.Tendo em vista o inegável impacto exercido pela escola sobre o aluno, orumo desta intervenção ao longo da vida escolar deve seguir um movimento queprocura inserir o homem na escola, favorecer a sua interação e aproveitamento parafinalmente devolver a sociedade. Na medida em que esses momentos de rumoscontrários se sobrepõem no processo educacional, prepara o cidadão e em certamedida investe na formação do educando e mais do que nunca valoriza o processode escolaridade em articulação com as políticas educacionais melhora a qualidadeda educação.

×