Oficinas livres

343 visualizações

Publicada em

Explicação do modelo de coletivo 2011

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
343
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oficinas livres

  1. 1. Oficinas Livres<br />proposta<br />
  2. 2. Oficinas Livres:<br />Atividades de diferentes formatos (debates, oficinas, leitura de texto, filme, convidados, palestras, entre outros.) com a duração de duas horas, que aconteceriam por 2 semanas consecutivas. Elas seriam organizadas pelos coletivos a partir das demandas e conhecimentos dos núcleos, institucional e colaboradores.<br />
  3. 3. Divisão dos coletivos<br />Colaboradores escolhem os coletivos de acordo com o interesse e divisão interna de núcleo, proporcionando equilíbrio de pessoas.<br />
  4. 4. Cronograma<br />Média de 4 encontros por mês, sendo:<br />1ª semana – Coletivão<br />2ª e 3ª semanas – Oficinas<br />4ª semana – preparação do próximos mês<br />
  5. 5. Organização dos coletivos<br />No encontro de preparação do mês, os coletivos <br />deverão: trocar conteúdos, avaliar e planejar as próximas oficinas.<br />Nesse encontro eles devem:<br /><ul><li>Fazer registro e avaliação do mês passado.
  6. 6. Conversar sobre as oficinas que participaram.
  7. 7. Eleger quais integrantes serão responsáveis pela próxima oficina (2 a 3 pessoas)
  8. 8. Decidir Temática e formato da próxima oficina.
  9. 9. Eleger quais integrantes serão responsáveis pelo Coletivão (2 a 3 pessoas)</li></li></ul><li>Horários dos coletivos<br />Coletivos: Pesquisa-ação e Arranjos Culturais 10h – 12h<br />Coletivos: Comunicação e Trilhas Educativas 14h – 16h<br />Organização dos coletivos<br />
  10. 10. Organização Oficinas<br />5 horários de oficinas livres, sendo: <br />2 de manhã (10h-12h)<br />3 a tarde (14h-16h)<br />4 oficinas propostas pelos coletivos e 1 oficina destinada ao grupo interarticulador responsável pelo Coletivão do mês<br />
  11. 11. Coletivão<br />Proposta de grupo interarticulado, ou seja, mistura pessoas de todos os coletivos para pensar uma proposta de coletivão.<br />Essas pessoas são escolhidas dentro dos coletivos e possuem 2 encontros (sexta-feira, horário de oficina) para planejar e dividir tarefas do Coletivão.<br />
  12. 12. Pontos positivos<br />Comunidade Educativa. Potenciais educativos a partir dos conhecimentos e interesses partilhados.<br />Inclui as pessoas pelo interesse.<br />Proposta que se preocupa com a formação interna.<br />Maior integração entre diferentes colaboradores.<br />Abre a possibilidade de interação com os educandos.<br />
  13. 13. Questões/ Dificuldades<br />Garantir participação<br />Sistematização, ter ou não<br />Duração do Coletivão<br />Superlotação X falta de pessoas <br />(Proposta: inscrições até um dia antes, para organização)<br />

×