EEEP LEOPOLDINA GONÇALVES QUEZADO                       REGULAMENTO INTERCOLEGIAL 2012                                    ...
ficha de inscrição (ANEXO I), que será entregue no ato do convite ou até o dia 27 denovembro de 2012.§ 1º – O número mínim...
§ 1º – Se as cores dos ternos das equipes forem coincidentes, as mesmas deverãoutilizar os coletes disponíveis na EEEP LEO...
Art. 21º – A equipe que perder por W X O estará sumariamente eliminada dos jogos.Art. 22º – A Comissão Organizadora não se...
ANEXO I – FICHA DE INSCRIÇÃO POR MODALIDADEMODALIDADE: (    ) MASCULINO     (   ) FEMININONOME DA ESCOLA:NOME DA EQUIPE:NO...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Regulamento intercolegial 2012

619 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
619
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regulamento intercolegial 2012

  1. 1. EEEP LEOPOLDINA GONÇALVES QUEZADO REGULAMENTO INTERCOLEGIAL 2012 CAPÍTULO I DA FINALIDADEArt. 1º – O INTERCOLEGIAL FUTSAL 2012 da EEEP LEOPOLDINA GONÇALVESQUEZADO tem por finalidade congregar os estudantes do município de Aurora,fortalecendo o vínculo e estimulando a prática desportiva, valorizando o caráter educativoe socializador dos esportes. CAPÍTULO II DA REALIZAÇÃOArt. 2º – O INTERCOLEGIAL FUTSAL 2012 da EEEP LEOPOLDINA GONÇALVESQUEZADO é organizado pela professora de Educação Fisica em parceria com osprofessores das demais disciplinas a fim de promover a realização em conjuntoharmonioso com as matérias e respeito mútuo as pessoas e normas da escola. CAPÍTULO III ORGANIZAÇÃOArt. 3º – O INTERCOLEGIAL FUTSAL 2012 da EEEP LEOPOLDINA GONÇALVESQUEZADO será organizado e executado pelas seguintes comissões:a) Professora de Educação Física da escola;b) Professores das demais disciplinas dos estudantes e turmas envolvidas;c) Grêmio Estudantil e estudantes colaboradores;d) Núcleo Gestor da escola;e) Demais funcionários da escola.Art. 4º. – O INTERCOLEGIAL FUTSAL 2012 da EEEP LEOPOLDINA GONÇALVESQUEZADO, para todo e qualquer efeito, obedecerão à seguinte ordem legal:1º – Este Regulamento;2º – Regras oficiais do Futsal (salvo alterações acordadas com as equipes envolvidas);3º – Medidas Disciplinares Automáticas;4º – Todos os envolvidos estão sujeitos ao Regimento da EEEP LEOPOLDINAGONÇALVES QUEZADO; CAPÍTULO IV DA PARTICIPAÇÃOArt. 5º – Somente poderão participar dos jogos, estudantes regularmente matriculados efrequentes as aulas com idade igual ou inferior a 16 anos.PARÁGRAFO ÚNICO – Poderá ser vedada a participação nos jogos e/ou assistir jogoscaso solicitado por algum funcionário da escola mediante justificativa de indisciplina. CAPÍTULO V DAS INSCRIÇÕESArt. 6º – Quando definido os atletas participantes e o técnico, estes deverão preencher a
  2. 2. ficha de inscrição (ANEXO I), que será entregue no ato do convite ou até o dia 27 denovembro de 2012.§ 1º – O número mínimo de jogadores por equipe é de 05 estudantes e 01 Técnico. Otécnico é o único elemento do grupo que não precisa ser do mesmo sexo da equipe.§ 2º – A inscrição será gratuita.§ 3º – As equipes ao formalizarem suas inscrições, declaram ser conhecedoras desteRegulamento, comprometendo–se em cumpri–lo integralmente.§ 4º – Não será permitida qualquer alteração ou inclusão nas fichas de inscrição após ainscrição de cada equipe.§ 5º – A função do Técnico da Equipe é organizar a equipe antes, durante e depois dosjogos, escalar participantes de jogos, controlar entrada e saída de jogadores em quadraorganizando o tempo de jogo igualitário para os jogadores além de se responsabilizar portodos os atos da equipe.Art. 7º – Cada Escola Convidada pode inscrever no máximo 1 equipe por sexo. CAPÍTULO VI JOGOS, HORÁRIOS E UNIFORMEArt. 8º – Cada equipe poderá escalar até 10 jogadores por jogo, que na medida possíveldeverão jogar em tempos iguais. Esta organização é responsabilidade do Técnico daEquipe que poderá sofrer as sanções disciplinares caso prejudique qualquer participantede sua equipe.Art. 9º – No horário do jogo se o Técnico da Equipe estiver ausente ou não estiver emcondições para participação do jogo este deverá ser substituído por um aluno atleta quenecessariamente não deverá participar como jogador na partida.Art. 10º – Caso o Técnico da Equipe seja expulso antes ou durante a partida este deveráser substituído por um aluno atleta sendo vedada a partir deste momento sua atuaçãocomo jogador na partida.Art. 11º – Será obrigatório o protocolo de início e término de jogos de cada modalidade.Art. 12º – Todos os jogos acontecerão no dia 30 de novembro de 2012, cada partidainiciará após 03 minutos do início do horário previsto, com duração de 30 minutosdivididos em dois tempos de 15 minutos para os jogos do sexo masculino e 20 minutosdivididos em dois tempos de 10 minutos para os jogos do sexo feminino, com intervalo de03 minutos. A tabela será estabelecida pela Comissão Técnica.§ 1º – A duração dos jogos, poderá ser alterada (reduzida), se houver necessidade, paraque o torneio seja concluído no dia 30 de novembro.Art. 13º – A equipe que não estiver apta a jogar no horário estabelecido será consideradaperdedora por ausência (W x O) será eliminada da competição independente dapontuação que possua. Se a outra equipe estiver em quadra em condições de jogopassará automaticamente para a fase seguinte do torneio. A responsabilidade de estar emquadra antes do início é de cada jogador da equipe e principalmente de seu Técnico.Art. 14º – A equipe é responsável pela camiseta de jogo e calções. Não será permitidojogar sem a camiseta, calção ou calça de uniforme (goleiros), tênis e meia.
  3. 3. § 1º – Se as cores dos ternos das equipes forem coincidentes, as mesmas deverãoutilizar os coletes disponíveis na EEEP LEOPOLDINA GONÇALVES QUEZADO, parafacilitar o trabalho dos árbitros. CAPÍTULO VII PENALIDADESArt. 15º– Todos os participantes do INTERCOLEGIAL FUTSAL 2012 da EEEPLEOPOLDINA GONÇALVES QUEZADO poderão sofrer as seguintes sançõesdisciplinares: • Advertência verbal; • Advertência escrita; • Suspensão; • Eliminação. • Proibição de participar e/ou assistir os jogos.Art. 16º – Estas penalidades podem ser estendidas aos demais estudantes das escolasconvidadas em caso de má conduta durante a realização do torneio, inclusive nosintervalos, resguardando as penalidades prevista no Regimento Escolar.PARÁGRAFO ÚNICO – Estas sanções independem do local em que ocorram: naquadra, sala de aula, pátio da Escola ou fora.Art. 17º– Todos os participantes do INTERCOLEGIAL FUTSAL 2012 da EEEPLEOPOLDINA GONÇALVES QUEZADO que incorrerem nos erros seguintes poderãosofrer quaisquer das sanções do Art. anterior:a) Provocar tumultos antes, durante ou após os jogos;b) Tentar ou agredir árbitro, adversários, ou companheiro da própria equipe;c) Proferir comentários que venha a denegrir a imagem do Colégio, Diretor, Funcionáriosou qualquer componente da Comissão Organizadora; CAPÍTULO VII DAS CATEGORIASArt. 18º – As categorias serão divididas em Masculino e Feminino com idade igual ouinferior a 16 anos, devidamente comprovada através da ficha de matrícula do aluno.§ 1º – Cada equipe, deverá trazer anexa a ficha de inscrição, cópias das fichas dematrícula dos atletas para dirimir qualquer dúvida acerca da idade dos mesmos.Art. 19º – Nenhum aluno com idade superior a 16 anos poderá jogar.Art. 20º – Serão premiados os primeiros e segundos lugares dos torneios Masculino eFeminino. CAPÍTULO VIII DISPOSIÇÕES GERAIS
  4. 4. Art. 21º – A equipe que perder por W X O estará sumariamente eliminada dos jogos.Art. 22º – A Comissão Organizadora não se responsabiliza por acidentes ou perdas, quepossam ocorrer, antes, durante ou após os jogos, com pessoas ligadas ou não aos jogos.Art. 23º – Encerradas as inscrições será feito o levantamento das equipes e convocaçãodos representantes para o congresso técnico, onde será repassada a forma de disputa esorteio caso tenha necessidade.Art. 24º – Os jogos acontecerão no dia 30 de novembro após definição de tabela equantidade de equipes participantes.Art. 25º – Qualquer dúvida deverá ser tirada com a professora de Educação Física daEEEP Leopoldina Gonçalves Quezado.Art. 26º – Em anexo, ficha de inscrição das equipes.
  5. 5. ANEXO I – FICHA DE INSCRIÇÃO POR MODALIDADEMODALIDADE: ( ) MASCULINO ( ) FEMININONOME DA ESCOLA:NOME DA EQUIPE:NOME DO TÉCNICO: Nº NOME DO(A) ATLETA DATA DE NASCIMENTO _____________________________________ ASSINATURA DO RESPONSÁVEL

×