<ul><li>Programas Sociais </li></ul><ul><li>Prêmios Balanço Social e Empresa Cidadã </li></ul>01 CRONOLOGIA DA QUALIDADE N...
“  Prover condições de segurança e fluidez no trânsito para melhoria da qualidade de vida da população  ” MISSÃO ANTIGA
Diariamente, mais de 10 milhões de paulistanos fazem 20 milhões de viagens.  Seja nos 183 Km de ferrovia, quase 50 km de M...
<ul><li>São Paulo é uma das poucas metrópoles com  um sistema de transporte coletivo estruturado com base em ônibus. </li>...
Viagens diárias por modo principal no Município de São Paulo (x 1000) Fonte: Pesquisa OD/1997 Modo principal  1987 1997  9...
<ul><li>Região metropolitana </li></ul><ul><li>1/3 das viagens realizadas por  </li></ul><ul><li>transporte coletivo </li>...
 
“ Prover mobilidade com segurança no trânsito, contribuindo com a cidadania e qualidade de vida” MISSÃO
2 - Planejamento Estratégico 2.2 - Operacionalização das estratégias Aderência: Planejamento anual - GPD No ano passado, a...
2 - Planejamento Estratégico 2.2 - Operacionalização das estratégias Aderência: Planejamento anual - GPD MEDIDAS 1.Implant...
<ul><li>Retomada dos bairros periféricos </li></ul><ul><li>Recuperação da capacidade operacional </li></ul><ul><li>Ações i...
RACIONALIZAÇÃO DO SISTEMA DE TRANSPORTE AÇÃO CONJUNTA CET/SPTRANS OPERAÇÃO VIA LIVRE Ação Sul  Anterior   Atual   Melhoria...
 
O que é o Programa Via Livre ? O Programa Via Livre consiste de ações de transportes e trânsito de  baixo custo e rápida i...
OBJETIVO Ordenar a circulação viária  no corredor afim de  proporcionar  maior conforto ao usuário do transporte coletivo ...
Ações propostas <ul><li>Aplicação de metodologia para levantamento de situações críticas, </li></ul>   Proposição de solu...
3 - Foco nos clientes e na sociedade 3.3 - Responsabilidade Social Aderência: Programas Sociais A CET implementou em conju...
4 - Informação e análise 4.1 - Gestão das informações da organização Aderência: Pesquisa de acidentes e mortes no trânsito
 
7 - Resultados da Organização 7.5 - Resultados relativos aos serviços e aos processos Aderência: Redução do número de mort...
7 - Resultados da Organização 7.5 - Resultados relativos aos serviços e aos processos Aderência: Redução do número de mort...
7 - Resultados da Organização 7.5 - Resultados relativos aos serviços e aos processos Aderência: Redução do número de mort...
6 - Gestão de Processos 6.1 - Gestão de processos relativos aos serviços Aderência: Padronização de processos e certificaç...
7 - Resultados da Organização 7.1 - Resultados relativos aos clientes e ao mercado  Aderência: Pesquisa de Opinião
<ul><li>Média Anual de Congestionamentos ( CET)  </li></ul><ul><li>  2000 2001 2002 </li></ul><ul><li>Manhã   71  85  85 <...
Visão de Futuro Perspectivas: Clientes Proporciona a satisfação dos clientes, oferecendo atendimento dos serviços com qual...
Visão de Futuro Perspectivas: Responsabilidade Social Atua com ética e responsa- bilidade,  integrada com a sociedade,  co...
Visão de Futuro Perspectivas: Pessoas Investe continuamente na capacitação e motivação de seus colaboradores, possibilitan...
Visão de Futuro Perspectivas: Processos Gerencia seu conjunto de processos interrelacionados de forma sistêmica, permitind...
Visão de Futuro Perspectivas: Inovação Estimula a geração de idéias e o desenvolvimento de novos produtos, visando a perma...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Plano de Qualidade da CET - 2003

978 visualizações

Publicada em

Plano de Qualidade da CET - 2003

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
978
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de Qualidade da CET - 2003

  1. 1. <ul><li>Programas Sociais </li></ul><ul><li>Prêmios Balanço Social e Empresa Cidadã </li></ul>01 CRONOLOGIA DA QUALIDADE NA CET <ul><li>Método 5S em 2 áreas piloto </li></ul><ul><li>Estudos grupo de cumbuca - GRTDD </li></ul><ul><li>Projeto Escola GRTDD em 2 processos </li></ul>97 GRTDD <ul><li>Plano CET para a Qualidade </li></ul><ul><li>Disseminação do GRTDD e GPD </li></ul>98 GPD <ul><li>Certificação ISO em 2 processos </li></ul>00 ISO 9002 <ul><li>Certificação interna de processos </li></ul><ul><li>Prêmio ANTP (ciclo 1997 - 1999) </li></ul>99 ANTP 5S 96
  2. 2. “ Prover condições de segurança e fluidez no trânsito para melhoria da qualidade de vida da população ” MISSÃO ANTIGA
  3. 3. Diariamente, mais de 10 milhões de paulistanos fazem 20 milhões de viagens. Seja nos 183 Km de ferrovia, quase 50 km de Metrô, num dos 10 mil ônibus.
  4. 4. <ul><li>São Paulo é uma das poucas metrópoles com um sistema de transporte coletivo estruturado com base em ônibus. </li></ul><ul><li>São cerca de 1,2 mil linhas e 10 mil veículos, atendendo quase 40% da população. </li></ul><ul><li>1990: 4,6 milhões de passageiros por dia útil; </li></ul><ul><li>1995: 7,4 milhões e atualmente 4 milhões; </li></ul><ul><li>2001: 4 milhôes </li></ul>
  5. 5. Viagens diárias por modo principal no Município de São Paulo (x 1000) Fonte: Pesquisa OD/1997 Modo principal 1987 1997 97/87 Coletivo 7278 7032 -3% Metrô 1340 1533 14% Trem 470 322 -31% Ônibus 5450 5035 -8% Lotação 18 143 694% Individual 6082 6424 6% Auto 5699 6134 8% Táxi 101 91 -10% Moto 122 99 -19% Outros (Escolar) 160 100 -38% A Pé 6664 6158 -8% Total 20024 19615 -2%
  6. 6. <ul><li>Região metropolitana </li></ul><ul><li>1/3 das viagens realizadas por </li></ul><ul><li>transporte coletivo </li></ul><ul><li>1/3 por transporte individual </li></ul><ul><li>1/3 a pé. </li></ul>
  7. 8. “ Prover mobilidade com segurança no trânsito, contribuindo com a cidadania e qualidade de vida” MISSÃO
  8. 9. 2 - Planejamento Estratégico 2.2 - Operacionalização das estratégias Aderência: Planejamento anual - GPD No ano passado, a Secretaria de Transportes, desenvolveu um processo de planejamento estratégico integrado com as empresas CET e SPTrans. Neste período de março e abril, a CET está desenvolvendo seu planejamento anual 2002, alinhado com o plano da Secretaria, e utilizando-se da metodologia do GPD - Gerenciamento pelas Diretrizes. Esta metodologia prevê o estabelecimento de diretrizes com metas e medidas, seu desdobramento pelos níveis subordinados, elaboração dos planos de ação e o seu acompanhamento periódico.
  9. 10. 2 - Planejamento Estratégico 2.2 - Operacionalização das estratégias Aderência: Planejamento anual - GPD MEDIDAS 1.Implantar o Programa de Melhorias Urbanas – PMU. 2. Melhorar e preservar o nível de serviço na circulação. 3.Implementar medidas de fiscalização, engenharia de tráfego e educacionais para redução do número de mortes no trânsito. 4.Direcionar as atividades da Companhia para o atendimento das necessidades da população (foco no cliente). 5.Efetuar a gestão adequada do impacto dos serviços da CET no meio ambiente e na sociedade. 6.Tornar a estrutura da empresa ágil e eficaz.
  10. 11. <ul><li>Retomada dos bairros periféricos </li></ul><ul><li>Recuperação da capacidade operacional </li></ul><ul><li>Ações integradas - PMU </li></ul><ul><li>Plano de cargas e circulação de bens e </li></ul><ul><li>serviços </li></ul><ul><li>Programas Sociais </li></ul><ul><li>Campanhas educativas </li></ul><ul><li>Via Livre </li></ul>A CET HOJE
  11. 12. RACIONALIZAÇÃO DO SISTEMA DE TRANSPORTE AÇÃO CONJUNTA CET/SPTRANS OPERAÇÃO VIA LIVRE Ação Sul Anterior Atual Melhoria Tempo de Percurso Santo Amaro / Centro 47’ 40’ 17,5% Velocidade Comercial 19 Km/h 23 Km/h 21% Tempo de Percurso Centro/ Santo Amaro 77’ 55’ 40% Freqüência de Ônibus 277 277 -
  12. 14. O que é o Programa Via Livre ? O Programa Via Livre consiste de ações de transportes e trânsito de baixo custo e rápida implantação . Assim, medidas como manutenção de sinalização, adequação da informação ao usuário, manutenção do pavimento, regulagem semafórica, intensificação da fiscalização de trânsito e transporte, são implementadas de forma a propiciar tais melhorias.
  13. 15. OBJETIVO Ordenar a circulação viária no corredor afim de proporcionar maior conforto ao usuário do transporte coletivo através de medidas visando a redução do tempo de percurso e/ou aumento da velocidade e a garantia da segurança do pedestre
  14. 16. Ações propostas <ul><li>Aplicação de metodologia para levantamento de situações críticas, </li></ul> Proposição de soluções imediatas de curto prazo e baixo custo, <ul><li>Readequação do sistema viário afim de transformar o transporte coletivo em um modal eficaz, sem prejuízo ao tráfego geral, através de novas práticas de gestão e de operação do sistema de transporte e trânsito. </li></ul>
  15. 17. 3 - Foco nos clientes e na sociedade 3.3 - Responsabilidade Social Aderência: Programas Sociais A CET implementou em conjunto com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade, os programas sociais Primeiro Emprego, Bolsa Trabalho, Começar de Novo e Operação Trabalho. Além de promover a inclusão social de segmentos da população, a CET pôde estender os serviços que presta a cidade, através da participação de 2.400 pessoas nestes programas.
  16. 18. 4 - Informação e análise 4.1 - Gestão das informações da organização Aderência: Pesquisa de acidentes e mortes no trânsito
  17. 20. 7 - Resultados da Organização 7.5 - Resultados relativos aos serviços e aos processos Aderência: Redução do número de mortes no trânsito Fonte: AST Evolução da Frota e do Índice de Mortos / 10.000 Veículos
  18. 21. 7 - Resultados da Organização 7.5 - Resultados relativos aos serviços e aos processos Aderência: Redução do número de mortes no trânsito Fonte: AST Redução do Número de Mortes nos Principais Corredores da Cidade
  19. 22. 7 - Resultados da Organização 7.5 - Resultados relativos aos serviços e aos processos Aderência: Redução do número de mortes no trânsito Fonte: AST Redução de Atropelamentos Noturnos
  20. 23. 6 - Gestão de Processos 6.1 - Gestão de processos relativos aos serviços Aderência: Padronização de processos e certificação ISO 1) A CET vem implementando a metodologia de padronização do GRTDD em duzentos dos cerca de oitocentos processos existentes. Como se sabe, este método prevê a descrição do negócio com a definição dos seus fornecedores, o processamento interno, os produtos e seus respectivos clientes. Prevê ainda o estabelecimento de itens de controle e sua melhoria contínua. 2) A CET vem mantendo já em duas auditorias, a certificação ISO 9002, versão 1994 em dois processos voltados ao cliente final: Operação do corredor 23 de Maio e Educação de trânsito. Atualmente está preparando-se para certificar mais dois processos na versão 2000 da norma ISO e fazer a atualização, dos dois processos já certificados.
  21. 24. 7 - Resultados da Organização 7.1 - Resultados relativos aos clientes e ao mercado Aderência: Pesquisa de Opinião
  22. 25. <ul><li>Média Anual de Congestionamentos ( CET) </li></ul><ul><li> 2000 2001 2002 </li></ul><ul><li>Manhã 71 85 85 </li></ul><ul><li>Tarde 117 115 101 </li></ul><ul><li>Remoções por dia : 750 Interferências </li></ul><ul><li>Quantidade de Pessoal em Operação : 1860 agentes </li></ul><ul><li>Quantidade de Quilômetros Monitorados : 550 Km </li></ul><ul><li>Capital 5.040.973 veículos - correspondendo a 40% do Estado e 25% do País </li></ul><ul><li>Kms de Vias na Cidade : 15.000 Km </li></ul><ul><li>N.º de Cruzamentos Semaforizados : 5.141 locais </li></ul><ul><li>( inclusos 668 piscantes) </li></ul>Dados Estatísticos
  23. 26. Visão de Futuro Perspectivas: Clientes Proporciona a satisfação dos clientes, oferecendo atendimento dos serviços com qualidade Financeira Economicamente sustentável, sendo capaz de garantir as receitas necessárias ao cumprimento da sua missão
  24. 27. Visão de Futuro Perspectivas: Responsabilidade Social Atua com ética e responsa- bilidade, integrada com a sociedade, contribuindo para a melhoria ambiental
  25. 28. Visão de Futuro Perspectivas: Pessoas Investe continuamente na capacitação e motivação de seus colaboradores, possibilitando condições para o desenvolvimento de habilidades e competências pessoais e profissionais na execução do plano estratégico
  26. 29. Visão de Futuro Perspectivas: Processos Gerencia seu conjunto de processos interrelacionados de forma sistêmica, permitindo a melhoria contínua, buscando alcançar efetivamente os objetivos da empresa e a satisfação dos clientes
  27. 30. Visão de Futuro Perspectivas: Inovação Estimula a geração de idéias e o desenvolvimento de novos produtos, visando a permanente atualização tecnológica da empresa de forma a atender as necessidades dos clientes.

×