Exercício de Análise II | Analysis Exercise II

151 visualizações

Publicada em

Exercício de Análise. Disciplina: Formulações Estéticas da Moda

Exercise Analysis. Discipline: Aesthetics Formulations of Fashion.

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
151
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exercício de Análise II | Analysis Exercise II

  1. 1. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária Escola de Comunicações e Artes Programa de Especialização em Estética e Gestão da ModaEscola de Exercício de Análise de Imagem Prof. Me. Emerson Nascimento Aluno: Cauê Braga Chianca Disciplina: Fundamentos Estéticos da moda São Paulo, 25 de Abril de 2013
  2. 2. Para a atividade proposta pelo docente, selecionou-se uma fotografia que retrata a vida cotidiana do Paulistano. Optou-se por, aqui, ilustrar através do retrato na Avenida das Nações Unidas (Marginal do Rio Pinheiros) à altura da ponte estaiada Octávio Frias de Oliveira, o tráfego intenso na capital. Tendo como elementos a própria ponte e os prédios comerciais da Avenida Engenheiro Luiz Carlos Berrini, que são construções bem conhecidas da cidade. O espaço aqui retratado busca apreender a reunião da materialidade e a vida que a anima, que lhe é dada – evidentemente – pelas ralações sociais dos indivíduos que a compõe. Buscou-se retratar, também, como se dá o isolamento dos indivíduos no espaço público, através de uma via repleta de automóveis e apenas um ou dois ônibus. O ‘animal social’ de Aristóteles, cada vez se comporta individualmente, e os espaços públicos cada vez mais são s extensão do espaço privado. Esse comportamento vem sendo aplicado às dinâmicas na metrópole, como explica SANTOS, (1996, p. 51): No começo da história do homem, a configuração territorial é simplesmente o conjunto dos complexos naturais. À medida que a história vai fazendo-se, a configuração territorial é dada pelas obras dos
  3. 3. homens: estradas, plantações, casas, depósitos, portos, fábricas, cidades, etc; verdadeiras próteses. Cria-se uma configuração territorial que é cada vez mais o resultado de uma produção histórica e tende a uma negação da natureza natural, substituindo-a por uma natureza inteiramente humanizada. REFERÊNCIAS SANTOS, M. A Natureza do Espaço - técnica e tempo razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 2ª ed, 1997 [1996].

×