Sistemas de Tempo Real No Âmbito De Dependabilidade

898 visualizações

Publicada em

Sistemas de Tempo Real sob a perspectiva da Dependabilidade

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
898
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistemas de Tempo Real No Âmbito De Dependabilidade

  1. 1. SISTEMAS DE TEMPO REAL NO ÂMBITO DE DEPENDABILIDADE Tempo Real ~ Dependabilidade Universidade Federal de Minas Gerais Departamento de Ciência da Computação Sistemas de Tempo Real Henrique Chevreux O. Coelho Dias Prof.: Sérgio Campos
  2. 2. O que é Dependabilidade? O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>habilidade de prover serviço justificadamente confiável </li></ul><ul><li>confiabilidade de um sistema que o permite ser colocado no local do serviço que entrega </li></ul><ul><li>conceito integrado que envolve atributos de: disponibilidade; fiabilidade; segurança; confidencialidade; integridade; manutenabilidade </li></ul><ul><li>garantia de evitar falhas de serviço que sejam mais frequentes ou mais severas que o aceitável </li></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  3. 3. Atributos de Dependabilidade O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>disponibilidade : prontidão para prover o serviço </li></ul><ul><li>fiabilidade : continuidade do serviço correto </li></ul><ul><li>segurança : ausência de consequências catastróficas </li></ul><ul><li>confidencialidade: ausência de acesso não-autorizado de informação </li></ul><ul><li>integridade: ausência de alterações indevidas no sistema </li></ul><ul><li>manutenabilidade: capacidade de submeter-se a modificações e reparos </li></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  4. 4. Falhas de Serviço O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>Caracterizadas desde quatro pontos de vista: </li></ul><ul><ul><li>Domínio da falha(falha de conteúdo/ falha de tempo ) </li></ul></ul><ul><ul><li>Detectabilidade da falha(falha sinalizada/ falha não-sinalizada ) </li></ul></ul><ul><ul><li>Consistência da falha(falha consistente/ falha bizantina ) </li></ul></ul><ul><ul><li>Consequências da falha no ambiente(falha menor/ falha catastrófica ) </li></ul></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  5. 5. Falhas de tempo e Sistemas de Tempo Real O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>No domínio da falha, se distinguem </li></ul><ul><ul><li>Falhas de conteúdo: conteúdo desvia do correto </li></ul></ul><ul><ul><li>Falhas de tempo : o tempo de chegada ou duração da informação entregue desviam do correto. Podem ser: </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Serviço entregue precocemente ou; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Serviço entregue tardiamente </li></ul></ul></ul></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  6. 6. Falhas de tempo e Sistemas de Tempo Real O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>Falhas quando ambos conteúdo e tempo estão incorretos levam à duas classes de falhas: </li></ul><ul><ul><li>Falhas de parada(halt failure): a atividade do sistema é nenhuma ou imperceptível externamente </li></ul></ul><ul><ul><li>Falhas erráticas: alguma atuação é exercida pelo sistema, mas é irregular( babbling )‏ </li></ul></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  7. 7. Falhas de tempo e Sistemas de Tempo Real O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>Requisitos temporais de Sistemas de Tempo Real </li></ul><ul><ul><li>Deadline - limitação ao atraso de resposta </li></ul></ul><ul><ul><li>Janela - delimitação máxima e mínima do atraso de resposta </li></ul></ul><ul><ul><li>Sincronismo - limitação à diferença entre geração à duas ou mais variáveis de atuação, ou à observação de duas ou mais váriaveis do processo </li></ul></ul><ul><ul><li>Distância - limitação à distância entre duas respostas consecutivas </li></ul></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  8. 8. Falhas de tempo e Sistemas de Tempo Real O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>Falhas em requisitos de tempo real estão num dos pontos de vista de Falhas de Serviço de Dependabilidade </li></ul><ul><li>Ponto de vista de Domínio da Falha </li></ul><ul><li>Dependabilidade vê o serviço como um todo e ataca problemas primordialmente em três frentes: </li></ul><ul><ul><li>Prevenção de faltas </li></ul></ul><ul><ul><li>Detecção e remoção </li></ul></ul><ul><ul><li>Tratamento de falhas de sub-componentes </li></ul></ul><ul><li>Um Sistema de Tempo Real provavelmente seria apenas um dos sub-sistemas em um serviço de Dependabilidade </li></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  9. 9. Falhas de tempo e Sistemas de Tempo Real O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>Um serviço de dependabilidade cujo algum dos sub-sistemas é de tempo-real busca quantificar o quanto se pode depender desse sub-sistema </li></ul><ul><li>Sabendo quanto se pode depender de cada sub-sistema e da própria interação entre eles, temos a definição da dependabilidade geral do serviço ofertado. </li></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  10. 10. Conclusões O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>Sistemas de Tempo Real estão normalmente mais relacionados aos seguintes atributos de Dependabilidade: </li></ul><ul><ul><li>Disponibilidade; </li></ul></ul><ul><ul><li>Fiabilidade; </li></ul></ul><ul><ul><li>Segurança </li></ul></ul><ul><li>Quanto à Falhas de Serviço , STRs definitivamente estão envolvidos no domínio de falhas temporais, mas geralmente também são: </li></ul><ul><ul><li>Falhas bizantinas(difíceis de detectar/testar); </li></ul></ul><ul><ul><li>Falhas não-sinalizadas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Falhas catastróficas(mal-funcionamento gera prejuízo de ordem de grandeza superior ao ganho obtido com o funcionamento normal do sistema) </li></ul></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  11. 11. Conclusões O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>Dependabilidade ao focar no serviço provido pelo sistema como um todo, permite atacar o problema de forma ampla </li></ul><ul><li>Pode conduzir à maior tolerância à falhas: </li></ul><ul><ul><li>Faultas prevenidas e retiradas antes de sua ativação </li></ul></ul><ul><ul><li>Erros detectados e impedidos de se propagarem </li></ul></ul><ul><ul><li>Falhas em sub-sistemas do sistema não causam falhas na atuação do sistema no ambiente </li></ul></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões
  12. 12. Conclusões O que é Dependabilidade? Atributos de Dependabilidade Falhas de Serviço <ul><li>Material consultado: </li></ul><ul><ul><li>Avizienis et al: Basic Concepts and Taxonomy of Dependable and Secure Computing: http://portal.acm.org/citation.cfm?id=1026492 </li></ul></ul><ul><ul><li>IFIP 10.4 Working Group on Dependable Computing and Fault Tolerance http://www.dependability.org/wg10.4/ </li></ul></ul><ul><ul><li>International Electrotechnical Commission IEV 191-02-03: http://dom2.iec.ch/iev/iev.nsf/display?openform&ievref=191-02-03 </li></ul></ul><ul><ul><li>Luís Almeida: Sistemas de Tempo-Real http://sweet.ua.pt/~lda/stf/4-Tempo-real-1.pdf </li></ul></ul>Falhas de tempo e Sistema de Tempo Real Conclusões

×