PROJECTO GERINDO O RISCO CLIMÁTICO PARA MELHORAR O MODO DE
VIDA E A CAPACIFDADE DE ADAPTAÇÃO DAS FAMÍILIAS RURAIS NOS
ECOS...
1. Contextualização
O projecto organizado em 5 grupos temáticos :
– Capacitação Comunitária = garantir a
transferência de ...
1. Contextualização
• Porque este diagnóstico?
– As acções de transferência de tecnologias e de
pesquisa para transferênci...
1. Contextualização
• Este diagnóstico visava assegurar que:
(i) Os conhecimentos e a informação a oferecer aos
produtores...
2. Objectivos do diagnostico
Objectivo geral
Analisar os problemas, os conhecimentos e as necessidades dos
potenciais prod...
3. Metodologia
Distrito Amostra Comunidades
Xai-Xai 166 4
Chicualacuala 163 8
Total 329 12
• Inquérito aos Agregados
famil...
3. Metodologia - comunidades
Xai-Xai
– Nhocuene
– Poiombo
– Chicumbane-Sede
– Aldeia a Voz da
Frelimo
Chicualacuala
– Maha...
4. Resultados
4.1.Resultados do distrito de Xai-
Xai
4.1.1 Produção agrícola
99% Agregados Familiares
(AFs) practica agricultura;
– Milho (98%);
– Mandioca (90%);
– Feijão nhe...
4.1.1 Produção agrícola
• Principais constrangimentos: (i) baixa e
irregular precipitação; (ii) pragas e doenças
(campo); ...
4.1.1 Produção agrícola
• Composto orgânico e estrume = demanda muito
mão-de-obra; fraco conhecimento
• Cobertura morta = ...
4.2 Pecuária
• Cerca de 67% AFs tem
alguma espécie de
animal
– 67% AFs tem aves
– 47% AFs tem caprinos
– 25% AFs tem bovin...
4.1.2 Pecuária
• Principais constrangimentos
– Parasitas (bovinos e cabritos), diarreias e
ferimentos nos cascos (cabritos...
4.1.2 Pecuária
• Menos de 30% AFs adoptaram pratica de
maneio alimentar – fraco conhecimento;
• Menos 20% AFs adoptaram co...
4.1.3 Fruteiras
• Principais fruteiras exóticas
– 97% AFs tem mangeiras
– 77% AFs tem laranjeira;
– 74% AFs tem abacateira...
4.1.3 Fruteiras
• Principais fruteiras nativas
– Canhu [sclerocarya birrea (A. Rich) Hochst. Sbsp.
Caffra]
– Mapfilwa (Van...
4.1.3 Fruteiras
• A maioria das frutas é colhida no período entre
Dezembro a Fevereiro (13 das 17 espécies)
• O período ma...
4.1.4 Recursos florestais
• Menos de 6% AFs corte e venda de lenha e
estacas
• 0,6% AFs produção e venda de carvão
• 13% A...
4.1.5 Estratégias de disseminação
• Estruturais locais = chefes de postos, secretários
dos bairros e líderes comunitários/...
4.2 Resultados de Chicualacuala
4.2.1 Produção agrícola
• 99.8% Agregados Familiares (AFs) practica agricultura.
– Melancia (99%);
– Feijão nhemba (97%);
...
4.2.1 Produção agrícola
• Principais constrangimentos: (i) baixa e
irregular precipitação; (ii) doenças e pragas d
de camp...
4.2.2 Produção Pecuária
• Cerca de 59% AFs tem alguma espécie de
animal
– 63% AFs tem aves;
– 47% AFs tem caprinos;
– 47% ...
4.2.2 Produção Pecuária
• Principais constrangimentos
– Parasitas (bovinos e cabritos), diarreias e ferimentos
nos cascos ...
4.2.3 Fruteiras
• Principais fruteiras
– 60% AFs Cajueiros
– 34% AFs tem mangeiras
• Principais constrangimentos
– Solos i...
4.2.3 Fruteiras
• Principais fruteiras nativas
– Canhu [Sclerocarya birrea (A. Rich) Hochst. Sbsp. Caffra]
– Mapfilwa (Van...
4.2.3 Fruteiras
• Muitas frutas silvetres são consumidas
frescas;
• Algumas frutas são usadas na preparação de
bebidas alc...
4.2.4 Recursos Florestais
• 20% AFs - produção e venda de carvão;
• 8% AFs - corte e venda de estacas e lenha;
• 52% AFs -...
4.2.4 Estratégias de disseminação
• Estruturas locais = chefes de postos, secretários
dos bairros e líderes comunitários/a...
5. Considerações Finais
Principais constragimentos
Produção agrícola
• Controlo de pragas e doenças nas hortícolas e nas
c...
5. Considerações Finais
Maneio pecuário
• Maneio alimentar e sanitário em bovinos,
caprinos, suínos, aves (galinhas e pato...
Considerações finais
• Fruteiras
– Controlo de pragas e doenças
– Produção de mudas;
– Processamento de fruta
5. Considerações Finais
• Dissenimação das técnicas agrárias com
recurso a:
– Rádios comunitárias locais;
– Produção de ma...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

[IIAM] Diagnóstico das Necessidades de Informação e Tecnologias nos distritos de Xai-Xai e Chicualacuala

661 visualizações

Publicada em

Carlos Filimone
Américo Humulane
Alcino das Felicidades Fabião
Beatriz Cornélia Dimande

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
661
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[IIAM] Diagnóstico das Necessidades de Informação e Tecnologias nos distritos de Xai-Xai e Chicualacuala

  1. 1. PROJECTO GERINDO O RISCO CLIMÁTICO PARA MELHORAR O MODO DE VIDA E A CAPACIFDADE DE ADAPTAÇÃO DAS FAMÍILIAS RURAIS NOS ECOSSISTEMAS AGRÁRIOS NO SUL DE MOÇAMBIQUE Componente de Participação Comunitária (CPC) Diagnóstico das Necessidades de Informação e Tecnologias nos distritos de Xai-Xai e Chicualacuala Carlos Filimone Américo Humulane Alcino das Felicidades Fabião Beatriz Cornélia Dimande
  2. 2. 1. Contextualização O projecto organizado em 5 grupos temáticos : – Capacitação Comunitária = garantir a transferência de tecnologias agrárias – Levantamento biofísico – Análise da vulnerabilidade às mudanças climáticas; – Testagem de práticas de adaptação na produção de culturas; – Ciências animais; – Ecologia e maneio florestal comunitário e;
  3. 3. 1. Contextualização • Porque este diagnóstico? – As acções de transferência de tecnologias e de pesquisa para transferência de tecnologias devem ser antecedidas por diagnóstico dos problemas e das necessidades dos produtores (Swanson, 1991 e Boydell & Leary, 2003).
  4. 4. 1. Contextualização • Este diagnóstico visava assegurar que: (i) Os conhecimentos e a informação a oferecer aos produtores respondam às preocupações e limitações dos beneficiários (Boydell e Leary, 2003); (ii) A interacção entre a investigação, extensão e produtores (Swanson, 1991); (????) (iii) Não haja sobreposição das acções; (iv) Projecto aprenda das lições de projectos anteriores do mesmo âmbito implementados nestes dois distritos.
  5. 5. 2. Objectivos do diagnostico Objectivo geral Analisar os problemas, os conhecimentos e as necessidades dos potenciais produtores beneficiários da intervenção na área de adaptabilidade às condições de mudanças climáticas de modo a desenhar intervenções que respondam às suas reais necessidades. Objectivos específicos • Identificar as lacunas existentes em termos de informação, conhecimentos e tecnologias agrárias para melhor responder aos efeitos das mudanças climáticas. • Descrever as potenciais barreiras que podem interferir na participação dos beneficiários nas intervenções de disseminação das tecnologias e no acesso e utilização dos conhecimentos a serem disseminados. • Identificar as estratégias de intervenção para responder às lacunas identificadas;
  6. 6. 3. Metodologia Distrito Amostra Comunidades Xai-Xai 166 4 Chicualacuala 163 8 Total 329 12 • Inquérito aos Agregados familiares; • Entrevistas com grupos focais: 4 - 14 produtores de associações de produtores; • Informantes chaves: líderes comunitários/ associações, secretários dos bairros; extensionista; ONGs.
  7. 7. 3. Metodologia - comunidades Xai-Xai – Nhocuene – Poiombo – Chicumbane-Sede – Aldeia a Voz da Frelimo Chicualacuala – Mahatlhane – Tchale – Eduardo Mondlane – Madulo – Ndombe – Maphuvule – Chissapa – 16 de Junho
  8. 8. 4. Resultados 4.1.Resultados do distrito de Xai- Xai
  9. 9. 4.1.1 Produção agrícola 99% Agregados Familiares (AFs) practica agricultura; – Milho (98%); – Mandioca (90%); – Feijão nhemba (83%); – Amendoim (80%); – Batata doce (78%); – Hortícolas (57%)
  10. 10. 4.1.1 Produção agrícola • Principais constrangimentos: (i) baixa e irregular precipitação; (ii) pragas e doenças (campo); (iii) pragas armazém (milho e feijão nhemba); • Mais de 50% AFs não aplica práticas melhoradas (fertilidade de solo, pragas e doenças e conservação de humidade de solo)
  11. 11. 4.1.1 Produção agrícola • Composto orgânico e estrume = demanda muito mão-de-obra; fraco conhecimento • Cobertura morta = demanda muita mão-de-obra; • Pesticidas e fertilizantes inorgânicos = limitação financeiro e de conhecimento; • Variedades melhoradas tolerantes a seca = limitação financeiro e de conhecimento;
  12. 12. 4.2 Pecuária • Cerca de 67% AFs tem alguma espécie de animal – 67% AFs tem aves – 47% AFs tem caprinos – 25% AFs tem bovinos – 24% tem suínos
  13. 13. 4.1.2 Pecuária • Principais constrangimentos – Parasitas (bovinos e cabritos), diarreias e ferimentos nos cascos (cabritos), newcastle (galinhas); peste suína (suínos); hepatite vírica (patos); – Escassez de pasto : (i) Junho – Outubro (zona alta); (ii) Janeiro e Fevereiro (zona baixa); (iii) aumento de animais; (iv) aumento da área residencial; (v) expansão área agrícola - Uambau
  14. 14. 4.1.2 Pecuária • Menos de 30% AFs adoptaram pratica de maneio alimentar – fraco conhecimento; • Menos 20% AFs adoptaram construção de acomodação melhorada – fraco conhecimento • 34 – 75% usaram pratica de maneio sanitário, com assistência de extensionista
  15. 15. 4.1.3 Fruteiras • Principais fruteiras exóticas – 97% AFs tem mangeiras – 77% AFs tem laranjeira; – 74% AFs tem abacateira – 73% Afs limoeiro – 69% AFs tem bananeira – 56% Afs ananaseiros – 54% Cajueiros
  16. 16. 4.1.3 Fruteiras • Principais fruteiras nativas – Canhu [sclerocarya birrea (A. Rich) Hochst. Sbsp. Caffra] – Mapfilwa (Vangueria infausta Burch.) – Tindziva (Dialium schlechteri Harms) – Nheva (Manilkara discolor (Sond.) J.H. Hemsl.) – Nula – Ata silvestr ((Annona senegalensis Pers.) – Massala (Strychnos spinosa Lam.) – Tâmaras (Phoenix reclinata Jacq.)
  17. 17. 4.1.3 Fruteiras • A maioria das frutas é colhida no período entre Dezembro a Fevereiro (13 das 17 espécies) • O período mais pobre em frutas é de Agosto a Novembro (4 das 17 espécies); • Comercialização da fruta: fraco; • Processamento: conhecimento do processamento (+70%) e de acesso ao mercado (?) • Pragas e doenças: citrinos e cajueiros
  18. 18. 4.1.4 Recursos florestais • Menos de 6% AFs corte e venda de lenha e estacas • 0,6% AFs produção e venda de carvão • 13% AFs recolha e venda de frutas silvestres e outros produtos nao madereiros
  19. 19. 4.1.5 Estratégias de disseminação • Estruturais locais = chefes de postos, secretários dos bairros e líderes comunitários/associações; • A rádio = privilegiado na disseminação de informação e interacção a nível local; • A televisão = pouco explorado • Material escrito é muito limitado; • Telefonia móvel (Vodacom, mCel e Movitel) = tem futuro; • Demonstrações, Escola na Machamba do Campones, treinamentos (mais para horticolas e batata-doce de polpa alaranjada)
  20. 20. 4.2 Resultados de Chicualacuala
  21. 21. 4.2.1 Produção agrícola • 99.8% Agregados Familiares (AFs) practica agricultura. – Melancia (99%); – Feijão nhemba (97%); – Milho (90%) – Feijão jugo (85%); – Abóbora (84%); – Amendoim (70%); – Mapira (52%); – Mexoeira (52%); – Mandioca (35%); – Horticolas (20%); – Batata-doce (20%)
  22. 22. 4.2.1 Produção agrícola • Principais constrangimentos: (i) baixa e irregular precipitação; (ii) doenças e pragas d de campo); (iii) pragas armazém (milho e feijão nhemba); • Mais de 55% AFs não aplica práticas melhoradas (fertilidade de solo, pragas e doenças e conservação de humidade de solo)
  23. 23. 4.2.2 Produção Pecuária • Cerca de 59% AFs tem alguma espécie de animal – 63% AFs tem aves; – 47% AFs tem caprinos; – 47% AFs tem bovinos; – 17% AFs tem suínos; – 10% AFs tem ovinos;
  24. 24. 4.2.2 Produção Pecuária • Principais constrangimentos – Parasitas (bovinos e cabritos), diarreias e ferimentos nos cascos (bovinos e cabritos), newcastle (galinhas); peste suína (suínos); hepatite vírica (patos); – Carência de água para o abeberramento de gado na época seca; – Escassez de pasto : (i) Junho – Novembro; – Limitado conhecimento das práticas de maneio alimentar e sanitário.
  25. 25. 4.2.3 Fruteiras • Principais fruteiras – 60% AFs Cajueiros – 34% AFs tem mangeiras • Principais constrangimentos – Solos inadequados; – Fraca e irreguladade da precipitação; – Pragas e doenças; – Falta de mudas;
  26. 26. 4.2.3 Fruteiras • Principais fruteiras nativas – Canhu [Sclerocarya birrea (A. Rich) Hochst. Sbsp. Caffra] – Mapfilwa (Vangueria infausta Burch.) – Massala (Strychnos spinosa Lam.) – Macuácua (Strychnos madagascariensis Poir) – Nhire [Berchemia discolor (Klotzch) Hemsl] – Timuambo [Manilkara mochisia (Baker) Durbard] – Malambe (Adansonia digitata) – Matite (Artabotry brachypetalus Benth) – Toma (Diospyros mespiliformis Hochst ex A. DC) – Charro [Xanthocercis zimesiaca (Bak) Dumaz-le-Grand] – Macoma (Hyphaene coriacea Gaerth) – Mandocomela [Landolphia petersiana (Klotzsch) Dyer] – Cholwa (Grewia sulcanta Mast.) – Cuwa (Ficus sycomorus L.) – Shampswa/ tindzole – Mahimbe (Garcinia livingstonei T. Anderson)
  27. 27. 4.2.3 Fruteiras • Muitas frutas silvetres são consumidas frescas; • Algumas frutas são usadas na preparação de bebidas alcoólicas; • Recursos especialmente nos períodos do ano com escassez de alimentos; • Limitado conhecimento das técnicas de processamento.
  28. 28. 4.2.4 Recursos Florestais • 20% AFs - produção e venda de carvão; • 8% AFs - corte e venda de estacas e lenha; • 52% AFs - recolha e venda de frutas silvestres e outros produtos não madereiros.
  29. 29. 4.2.4 Estratégias de disseminação • Estruturas locais = chefes de postos, secretários dos bairros e líderes comunitários/associações; • A rádio = privilegiado na disseminação de informação e interacção a nível local; • A televisão = pouco explorado • Material escrito de uso muito limitado; • Telefonia móvel (mCel e Movitel) = tem futuro; • Demonstrações, Escola na Machamba do Camponês, treinamentos (mais para horticolas e batata-doce de polpa alaranjada).
  30. 30. 5. Considerações Finais Principais constragimentos Produção agrícola • Controlo de pragas e doenças nas hortícolas e nas culturas de milho, mandioca, feijão nhemba e hortícolas, mapira, mexoeira, abóbora, e amendoim; • Multiplicação e conservação da rama de batata-doce de polpa alaranja e estacas de mandioca; • Técnicas de maneio da fertilidade de solos com destaque para aplicação de adubos, estrumes, rotação de culturas e pousio; • Variedades de culturas melhoradas tolerantes a seca; • Técnicas de conservação da humidade de solo
  31. 31. 5. Considerações Finais Maneio pecuário • Maneio alimentar e sanitário em bovinos, caprinos, suínos, aves (galinhas e patos); • Práticas associadas ao maneio alimentar com destaque para cultivo de árvores forrageiras resistentes á seca e uso de resíduos agrícolas, para alimentação dos animais; • Processamento de produtos pecuários, especialmente o leite de vaca. • Construção de curais melhorados.
  32. 32. Considerações finais • Fruteiras – Controlo de pragas e doenças – Produção de mudas; – Processamento de fruta
  33. 33. 5. Considerações Finais • Dissenimação das técnicas agrárias com recurso a: – Rádios comunitárias locais; – Produção de materiais de divulgação; – Capacitações e demonstrações; • Recurso às casas agrárias, associações de produtores e Serviços Distritais das Actividades Económicas.

×