A BIBLIOTECACOMO PONTO DE PARTIDAPARA UMA NOVARELAÇÃO COM A ESCOLAMaria do Céu MoçoA BIBLIOTECA ESCOLAR 2.0Abril 2012
AS BIBLIOTECAS ERAM LOCAIS ESTÁTICOS: repositórios do saber, que era fixado emlivro. Eram símbolo de poder, de detenção de...
A PARTIR DO SÉCULO XV surge uma nova classe social que procura produzir riquezaatravés do comércio e dos negócios; para es...
A INTERNET veio permitir a ligação entre computadores, que ligaram pessoas, queligaram países e culturas. Passámos a poder...
COM A GENERALIZAÇÃO DE VELOCIDADES DE ACESSO À INTERNET MUITOELEVADAS passámos a querer mais do que aceder; queremos mais ...
NESTE CONTEXTO MULTI COMUNICATIVO E MULTI COLABORATIVO põem-se novosdesafios – porque há inúmeras novas possibilidades – p...
BIBLIOGRAFIAAndersom, Paul (2007) WHAT IS WEB 2.0? IDEIAS, TECHNOLOGIESAND IMPLICATIONS FOR EDUCATION.Maness, Jack (2007) ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Céu Moço_biblioteca escolar 2.0_sessão3_tarefa 1

762 visualizações

Publicada em

trabalho sobre o conceito de biblioteca escolar 2.0 para a ação de formação.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
762
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Céu Moço_biblioteca escolar 2.0_sessão3_tarefa 1

  1. 1. A BIBLIOTECACOMO PONTO DE PARTIDAPARA UMA NOVARELAÇÃO COM A ESCOLAMaria do Céu MoçoA BIBLIOTECA ESCOLAR 2.0Abril 2012
  2. 2. AS BIBLIOTECAS ERAM LOCAIS ESTÁTICOS: repositórios do saber, que era fixado emlivro. Eram símbolo de poder, de detenção de conhecimento. Surgem como umanecessidade: com a invenção da imprensa de caracteres móveis por Gutenberg aeuropa assiste a uma explosão da disseminação do conhecimento.
  3. 3. A PARTIR DO SÉCULO XV surge uma nova classe social que procura produzir riquezaatravés do comércio e dos negócios; para esta classe os livros são a matéria primafundamental, pois eles permitem ir sem viajar, e conhecer outros países, outrasculturas, outras necessidades. As bibliotecas guardam e organizam estas novas fontesde conhecimento ,a quem a sociedade recorre com avidez.
  4. 4. A INTERNET veio permitir a ligação entre computadores, que ligaram pessoas, queligaram países e culturas. Passámos a poder aceder a gigantescas bibliotecas queestavam em diferentes lugares do planeta sem ter que ir lá. Passámos a dispor derecursos de informação espalhados pelo mundo inteiro. Todos os livros e muitosoutros recursos (filmes, som, voz, etc) eram alcançáveis com um computador pessoal.
  5. 5. COM A GENERALIZAÇÃO DE VELOCIDADES DE ACESSO À INTERNET MUITOELEVADAS passámos a querer mais do que aceder; queremos mais do que um cartãopara a biblioteca: queremos relacionar-nos com pessoas e com a informação porque arede permite trocar emoções, relações inter pessoais, conhecimento colaborativo.As bases da semiótica que diziam que havia um receptor e um emissor estão agoracompletamente alteradas, com múltiplos emissores e receptores a trocarem tempo-real.E os computadores que se ligavam, contagiaram outros meios: hoje dispomos de umaséries de dispositivos e aplicativos (telemóveis , tablets, blogs, facebook, twiter, etc.)que nos permitem aceder e comunicar em qualquer lado.
  6. 6. NESTE CONTEXTO MULTI COMUNICATIVO E MULTI COLABORATIVO põem-se novosdesafios – porque há inúmeras novas possibilidades – para uma biblioteca. Não sópode ser acedida fora do seu espaço físico como pode e deve acrescentar valor à vidados seus potenciais utilizadores. Pode e deve sair das suas portas e mostrar quecontinua a ser um espaço de eleição em contexto escolar: um local de liberdade onde oauto didatismo é valorizado e onde a criatividade e a procura de cada um encontra eco.Um gigante a quem podemos facilmente subir aos ombros e ver o que ele vê.Um local que pode estimular o pensamento criativo e lateral, o maior impulsionadorda inovação.
  7. 7. BIBLIOGRAFIAAndersom, Paul (2007) WHAT IS WEB 2.0? IDEIAS, TECHNOLOGIESAND IMPLICATIONS FOR EDUCATION.Maness, Jack (2007) TEORIA DA BIBLIOTECA 2.0: WEB 2.0E SUAS IMPLICAÇÕES PARA AS BIBLIOTECAS.Pinheiro, Carlos (2010) A BE COMO PORTAL FÍSICOE VIRTUAL (slideshare)Valenza, Joyce (2010) MANIFESTO FOR 21st SCHOOL LIBRARIANSLevine, Rick; Locke, Christopher, Searls, Doc; Weinberger,David (2000) THE CLUETRAIN MANIFESTOThackara, John (2005) IN THE BUBBLEALGUNS EXEMPLOS INTERESSANTEShttp://www.lib.unair.ac.id/http://www.biblarte.gulbenkian.pt/http://www.apple.com/education/apps/http://www.loc.gov/index.html

×