PERÍODO REGENCIAL  ( 1831 – 1840 )
1. Introdução:o D. Pedro I abdicou em 1831.o O herdeiro só tinha 05 anos.o Assumiria o trono com 18 anos.o Uma comissão de...
2. Significados:o Consolidação da independência.o Aristocracia no controle político.o As contradições sociais foram escanc...
3. Regência Trina Provisória:Congresso em recessoo Francisco de Lima e Silva.o Joaquim Carneiro de Campos.o Nicolau Campos...
A – Medidas:o Anistia a presos políticos.o Criação do Ministério Brasileiro.o Exoneração de Oficiais.o Restrições ao Poder...
4 – Regência Trina Permanente:Avanço Liberal(Descentralização Política)o Francisco de Lima e Silva.o João Bráulio Muniz.o ...
A – Principais Medidas:o Criação da Guarda Nacional.o Criação do Código de Processo Criminal.o Criação do Tribunal do Júri...
Ato Adicional de 1834:o Criadas Assembléias Legislativas Provinciais.o Símbolo da autonomia provincial.o Fim do Conselho d...
B – Facções Políticas:Partido Restauradoro Portugueses fiéis a D. Pedro I.o Exigiam a volta de D. Pedro I e do 1º Reinado....
Liberal Exaltadoo Classe Média Liberal.o Reivindicavam maior autonomia provincial maior descentralização política.o Radica...
Liberal Moderado:o Elite agrário – escravista.o Reivindicavam o fim das reformas e a manutenção dos privilégios.o Conserva...
5 – Regência Una:Diogo Feijó ( 1835 – 1837 )o Progressista.o Assumiu em meio à agitação política e às revoltas regenciais....
Regresso Conservador:Regressistas assumem o poderInterpretação do Ato de 1834o Legislativo e Judiciário foram subordinados...
Araújo Lima(1838/40)Conservadores no poder:o Suprimiu Código Proc. Criminal.o Com a criação do Ministério das Capacidades ...
Características do período:o Café inicia seu ciclo econômico.o Criação do IHGB.o Criação do Colégio D. Pedro II.o Início d...
Golpe da Maioridade – 1840:o Antecipação da idade mínima legal para D. Pedro II assumir o trono do Império Brasileiro.o Al...
7 – Revoltas Regenciais:Cabanagem (1835 – 1840 )Popular – exclusão socialo Região Norte – Pará.o Líderes: Malcher,Angelim,...
Fatos importantes:o A mais popular da revoltas.o Belém foi dominada por um ano.o A repressão foi violenta e custou a morte...
Sabinada ( 1837 – 1838 ):o Região Nordeste – Bahia.o Líder: Dr. Sabino Álvares.o As causas do conflito envolvem a insatisf...
Balaiada ( 1838 – 1841 ):o Região Nordeste – Maranhão.o Líderes: Manuel “Balaio”, Cosme, Raimundo Gomes.o Causas: Rivalida...
Farroupilha (1835 – 1845):o Região Sul: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.o Líderes: Bento Gonçalves e Giuseppe G...
Bento Gonçalves (1788 – 1847)
Giuseppe Garibaldi ( 1807 – 1882)
Anita Garibaldi (1821 – 1849)
Observações:o A mais longa das revoltas.o As Repúblicas Riograndense e Juliana envolveram Rio Grande do Sul, Santa Catarin...
REPÚBLICASGAÚCHAS
Brasil período regencial 1831 a 1840
Brasil período regencial 1831 a 1840
Brasil período regencial 1831 a 1840
Brasil período regencial 1831 a 1840
Brasil período regencial 1831 a 1840
Brasil período regencial 1831 a 1840
Brasil período regencial 1831 a 1840
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Brasil período regencial 1831 a 1840

2.378 visualizações

Publicada em

Brasil: Período Regencial (1831 - 1840): Regências Trina Provisória, Trina Permanente, Una Feijó, Una Araújo Lima, revoltas regenciais.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.378
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
80
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brasil período regencial 1831 a 1840

  1. 1. PERÍODO REGENCIAL ( 1831 – 1840 )
  2. 2. 1. Introdução:o D. Pedro I abdicou em 1831.o O herdeiro só tinha 05 anos.o Assumiria o trono com 18 anos.o Uma comissão de regentes tomou posse, governou até a maioridade de D. Pedro II.
  3. 3. 2. Significados:o Consolidação da independência.o Aristocracia no controle político.o As contradições sociais foram escancaradas.o A alternância política representou uma experiência republicana.
  4. 4. 3. Regência Trina Provisória:Congresso em recessoo Francisco de Lima e Silva.o Joaquim Carneiro de Campos.o Nicolau Campos Vergueiro. Após a abdicação de D. Pedro I o país passou por disputas e instabilidades políticas, já que as facções pretendiam assumir o controle do Estado.
  5. 5. A – Medidas:o Anistia a presos políticos.o Criação do Ministério Brasileiro.o Exoneração de Oficiais.o Restrições ao Poder Moderador para evitar abusos de autoridade.o Congresso elegeu a Regência Trina Permanente.
  6. 6. 4 – Regência Trina Permanente:Avanço Liberal(Descentralização Política)o Francisco de Lima e Silva.o João Bráulio Muniz.o José Costa Carvalho.o Autonomia provincial.o Explodem as revoltas regenciais.
  7. 7. A – Principais Medidas:o Criação da Guarda Nacional.o Criação do Código de Processo Criminal.o Criação do Tribunal do Júri.o Nomeação dos Juízes de Paz.o Diogo Feijó nomeado Ministro da Justiça.
  8. 8. Ato Adicional de 1834:o Criadas Assembléias Legislativas Provinciais.o Símbolo da autonomia provincial.o Fim do Conselho de Estado.o Rio de Janeiro: município neutro. Com as medidas do Ato Adicional de 1834 as províncias sentiram – se autônomas. Explodiram as revoltas regenciais, em que as lideranças regionais reivindicavam maior autonomia.
  9. 9. B – Facções Políticas:Partido Restauradoro Portugueses fiéis a D. Pedro I.o Exigiam a volta de D. Pedro I e do 1º Reinado.o O Partido existiu até a morte de D. Pedro I em 1834, quando então perdeu o sentido e foi dissolvido.
  10. 10. Liberal Exaltadoo Classe Média Liberal.o Reivindicavam maior autonomia provincial maior descentralização política.o Radicais propuseram o fim da Monarquia e instalação do regime republicano.
  11. 11. Liberal Moderado:o Elite agrário – escravista.o Reivindicavam o fim das reformas e a manutenção dos privilégios.o Conservadores, propunham a manutenção da Monarquia e da unidade territorial.
  12. 12. 5 – Regência Una:Diogo Feijó ( 1835 – 1837 )o Progressista.o Assumiu em meio à agitação política e às revoltas regenciais.o Enfrentou oposição e atritos.o Elites criticavam a autonomia.o Forçado a renunciar em 1837.
  13. 13. Regresso Conservador:Regressistas assumem o poderInterpretação do Ato de 1834o Legislativo e Judiciário foram subordinados ao poder central.o Maior força à Guarda Nacional.o Fim da autonomia provincial.
  14. 14. Araújo Lima(1838/40)Conservadores no poder:o Suprimiu Código Proc. Criminal.o Com a criação do Ministério das Capacidades os conservadores pretendiam reprimir as revoltas.o Criação do Clube da Maioridade e início da Campanha da Maioridade.
  15. 15. Características do período:o Café inicia seu ciclo econômico.o Criação do IHGB.o Criação do Colégio D. Pedro II.o Início da Guerra dos Farrapos no Rio Grande do Sul.o Aumento da repressão às revoltas regenciais.
  16. 16. Golpe da Maioridade – 1840:o Antecipação da idade mínima legal para D. Pedro II assumir o trono do Império Brasileiro.o Alteração: 18 para 15 anos.o Articulado pelo Partido Liberal ou Progressista com apoio popular.o Início do 2º Reinado.
  17. 17. 7 – Revoltas Regenciais:Cabanagem (1835 – 1840 )Popular – exclusão socialo Região Norte – Pará.o Líderes: Malcher,Angelim,Vinagre.o Revolta Liberal contra nomeação de um governador conservador.o Exclusão social influenciou.
  18. 18. Fatos importantes:o A mais popular da revoltas.o Belém foi dominada por um ano.o A repressão foi violenta e custou a morte de 40% dos cabanos. Cabanos eram os pobres que moravam em “cabanas” na beira do rio. Cansados da exclusão social escolheram lutar e morrer em nome de seus direitos.
  19. 19. Sabinada ( 1837 – 1838 ):o Região Nordeste – Bahia.o Líder: Dr. Sabino Álvares.o As causas do conflito envolvem a insatisfação com o autoritarismo do poder central.o Elitista e reprimida violentamente.
  20. 20. Balaiada ( 1838 – 1841 ):o Região Nordeste – Maranhão.o Líderes: Manuel “Balaio”, Cosme, Raimundo Gomes.o Causas: Rivalidades entre Liberais e Conservadores e a prisão do irmão de Raimundo Gomes.o Popular, reprimida violentamente.
  21. 21. Farroupilha (1835 – 1845):o Região Sul: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.o Líderes: Bento Gonçalves e Giuseppe Garibaldi.o Causas: ideais republicanos e os altos impostos sobre o charque gaúcho.
  22. 22. Bento Gonçalves (1788 – 1847)
  23. 23. Giuseppe Garibaldi ( 1807 – 1882)
  24. 24. Anita Garibaldi (1821 – 1849)
  25. 25. Observações:o A mais longa das revoltas.o As Repúblicas Riograndense e Juliana envolveram Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.o Atuação de Caxias na solução do conflito.o Envolvidos foram anistiados.
  26. 26. REPÚBLICASGAÚCHAS

×