O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO - CELSO BRASIL

413 visualizações

Publicada em

A depressão é uma doença gravíssima. Ela tem sido a causa da morte de inúmeras pessoas.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
413
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO - CELSO BRASIL

  1. 1. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO Celso do Rosário Brasil Gonçalves
  2. 2. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO Resolvemos quebrar o silencio e colocar o dedo na ferida mesmo sabendo que este assunto não é nada agradável. “A depressão” é um tema cercado de preconceitos e mitos. Ela não é preguiça e nem tristeza. Pelo contrário, trata-se de uma doença séria que atinge cerca de 350 milhões de pessoas por ano em todo o mundo. Ela é a quarta enfermidade mais incapacitante que existe (de acordo com estudos feitos em 1996). Alvo de preconceito até por aqueles que sofrem do transtorno, a depressão causa polêmica por ser um mal afetivo, que mexe com os sentimentos e com a capacidade de relacionamento. A morte de um ente querido muito próximo, uma enfermidade grave, a perda de um emprego, uma grande decepção, um desequilíbrio financeiro, uma traição conjugal, o envolvimento de algum parente com as drogas, os maus tratos contínuos de um cônjuge contra o outro, o ciúme doentio do marido (ou da esposa) e muitas outras coisas podem levar alguém à depressão.
  3. 3. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO No livro: “Eu tinha um Cão Negro – seu nome era depressão” Mathew Johnston afirma que a depressão “é um demônio de quatro patas onipresente, que permeia absolutamente tudo, como uma gota de tinta num copo d’água.” No prefácio desse livro está escrito que “uma em cada quatro mulheres e um em cada seis homens irão, em algum tempo da vida sofrer uma crise de depressão.” Acrescenta ainda que: “existe uma terceira certeza na vida, além da morte e dos impostos – todos nós ficaremos deprimidos em algum momento da vida.”
  4. 4. A depressão pode ser chamada de doença das emoções. Cerca de uma em cada vinte pessoas são afetadas por esta doença que provoca distúrbio de humor caracterizado por vários graus de: tristeza, decepção, solidão, desespero, insegurança ou culpa. Esses sentimentos, podem ser muito intensos, por um longo período de tempo. Em um nível mais grave, a desesperança pode tornar-se tão intensa que a morte pode parecer a melhor solução. A jornalista e escritora Cátia Moraes conta que, além de sofrer ela mesma de depressão, teve o primeiro contato com o transtorno quando seu pai entrou em crise. Ela conta: “Ele era uma pessoa muito querida, gostava de declamar, era amoroso, um paizão. De repente, quando tinha 11 anos, perdi meu pai, que passou a ficar o tempo todo deitado na cama. Ele perdeu o emprego, e acabou falecendo quatro anos mais tarde.” O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO
  5. 5. A falta de abertura para falar a respeito dificultou a compreensão sobre a doença. “Não dava para entender e ninguém comentava, o preconceito era maior ainda naquela época. Era muito ruim. Uma família tão unida e saudável, que, de repente, foi tomada pelo medo”, diz Cátia Moraes. Ela se viu novamente confrontada com a depressão quando começou a sentir os sintomas, aos 37 anos. “Era um medo e uma angústia extremos. Foi horrível.” Em depoimento no livro Eu tomo antidepressivo, graças a Deus! Ciça Guedes conta que, numa crise depressiva, teve um pavor súbito e arrebatador de comer e beber. Ela passou a sentir pânico de ingerir líquidos e engolir comida, acreditando que poderia se engasgar. Só depois de alguns dias de uso de medicamentos aliados à terapia conseguiu voltar a tomar pequenos goles e comer. A depressão é assim. Pode minar relacionamentos e tomar conta de seu poder de decisão, seu raciocínio e mesmo de sua vontade de viver. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO
  6. 6. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO PRECONCEITO E DEMORA PARA BUSCAR AJUDA Nem sempre a pessoa doente tem ciência de que está deprimida. Grande parte dos pacientes demora a buscar e receber ajuda e outros só buscam tratamento após insistência de familiares e amigos. O tema ainda é rodeado de preconceitos e desinformações e, mesmo que a população esteja mais familiarizada com o assunto, a demora em se promover tratamento pode ser ocasionada pela carência de profissionais ou de centros capacitados em atender de maneira adequada tal demanda. Autora do livro “Eu tomo antidepressivo, graças a Deus!”, a jornalista e escritora Cátia Moraes sofre do mal e reuniu, em sua obra, várias experiências de quem passou pelo problema. Ela afirma: “A depressão leve é assim definida porque não paralisa totalmente a pessoa, mas a qualidade de vida dela se deteriora rapidamente.”
  7. 7. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO SINTOMAS DA DEPRESSÃO Sintomas Fundamentais: (1) Humor deprimido (tristeza e angústia); (2) Perda de interesse ou do prazer no dia a dia ou mesmo no lazer; (3) Desânimo e cansaço muito fácil. Sintomas Secundários: (1) Diminuição da atenção e da concentração; (2) Redução da autoestima e da autoconfiança; (3) Ideias de culpa, ruína ou inutilidade; (4) Pessimismo ou desesperança; (5) Ideias, planos ou atos de autoagressão ou suicídio; (6) Perturbação do sono, tanto para mais como para menos; (7) Diminuição ou até aumento do apetite; (8) Ansiedade, inquietação ou mesmo agitação psicomotora; (9) Queda da libido, aumento da sensibilidade dolorosa ou outros sintomas no corpo não explicáveis por doenças físicas conhecidas.
  8. 8. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO QUALQUER PESSOA PODE TER DEPRESSÃO Assim como outras doenças, a depressão pode atingir qualquer pessoa, em qualquer idade. Porém, conforme um estudo publicado em 2011 pela OMS, a probabilidade de ter depressão é até duas vezes maior para o sexo feminino. CRISTÃO TEM DEPRESSÃO? Ser cristão não significa estar imune aos problemas ou doenças. No entanto, mesmo em tempos difíceis, é possível evitar depressão profunda. Gary Collins, conselheiro cristão diz que é importante trabalhar as causas da depressão e não apenas os sintomas. E que é vital para o cristão basear sua vida na Palavra de Deus, e não nas emoções: “...Estai assim firmes no Senhor, amados" Filipenses 4:1. Seguir este conselho, exige fé; "quando me perguntam se fé cura depressão digo que ela é suficiente para manter o ânimo."
  9. 9. A DEPRESSÃO DO PROFETA ELIAS O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO Depois de experimentar vários milagres em seu ministério (A ressurreição do filho da viúva de Serepta, por exemplo), e depois de enfrentar a terrível rainha Jezabel e os quatrocentos profetas de Baal, o profeta Elias caiu em profunda depressão. Em meio a esse sofrimento, ele orou: “Já chega, ó Senhor Deus! Acaba agora com a minha vida! Eu sou um fracasso...” (I Reis 19.4 – Nova Tradução na Linguagem de Hoje). Essa vontade de morrer e essa autodepreciação são ingredientes da depressão. Mas, assim como Deus cuidou do seu servo Elias, Ele também pode cuidar de cada um de nós porque: “Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem. Pois Ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó.” (Salmo 103.13,14).
  10. 10. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO "Elias, foi sentar-se embaixo de um pé de zimbro e pediu a morte." I Reis 19:4 É difícil entender como alguém de relacionamento tão íntimo com Deus, cheio do Espírito Santo, chegue a tal situação. Elias, não foi o primeiro, e não será o último. Por todos os dias, desfrutamos de misericórdia e fidelidade Divina, porém, quando as tribulações nos chegam, a falibilidade humana, tende a esquecer da infalibilidade de Deus. Elias estava desanimado, angustiado e cheio de dúvidas: Ameaçado de morte, foge da ímpia rainha Jezabel e refugia-se no deserto, embaixo de um pé de zimbro, pedindo a morte. Satanás ataca nos momentos de fraqueza. Foi assim, com Jesus, no deserto. Jesus teve fome, o inimigo, lhe ofereceu pão. Ele se apresenta, como a solução mais rápida e fácil. Foi assim com Elias: "Pede a morte, você, não merece mais viver dessa forma", essa voz, "martelava" na cabeça do profeta. Assim, como martelou na de Moisés, Jonas e Jó. Exatamente, quando se acharam em grande aperto, eles, também, pediram a morte. Ao nos sentirmos derrotados, o inimigo, tem a vitória.
  11. 11. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO Quando você estiver caminhando para o deserto, lembre-se, refugie-se debaixo do “zimbro”. "E deitou-se e dormiu debaixo do zimbro; eis então que o anjo o tocou, e lhe disse: levanta-te come" (I Reis 19.5). Elias estava tão desanimado que comeu bebeu, mas dormiu novamente. Isto pode acontecer conosco. Elias recebeu o conforto de Deus. Deus falou com Ele. Foi uma palavra viva, tão viva, que moveu o céu. Um anjo foi enviado para alimentá-lo. Elias tornou a dormir. E pela segunda vez ouviu: "Levanta e come, te será muito longo o caminho" (I Reis 19.7). O caminho foi realmente longo, o profeta, caminhou por quarenta dias no deserto, fortalecido por Deus.
  12. 12. A história de Elias teve um final feliz. Ele venceu até ser arrebatado aos céus. Seus inimigos tiveram um fim trágico. Deus respondeu a oração de Elias com fogo! Elias, com todas as suas falhas, foi agradável a Deus. Conosco, não é diferente. Deus nos ama mais do que nossa mente possa imaginar. Ele, não quer que desistamos, mas que nos refugiemos Nele. No "zimbro", onde Água e Comida nos fortalecerão rumo a vitória. Que as lições de Elias "um homem sujeito às mesmas paixões que nós" (Tiago 5.17), fale, profundamente aos nossos corações! O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO
  13. 13. Certo pastor evangélico afirma: “Quando você põe um vigia à porta da sua mente, para observar seus próprios pensamentos, você pode atacar uma das fontes do problema que é maligna. Com cristão, eu creio na Bíblia Sagrada como a Palavra escrita de Deus. E na Bíblia, a mente é também chamada de "coração e no livro de Provérbios. Lá está escrito: "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração porque dele procede as saídas da vida.“” (Provérbios 4:23). Uma coisa, muito importante que você precisa saber é: Há muitas pessoas que estão passando pelo mesmo problema. Outras passam problemas bem maiores. Portanto você não está sozinho nisso. Faz parte do cotidiano. E por isso é importante vigiar os próprios pensamentos. Quem sabe a origem de sua depressão é apenas um montinho de areia mas, que diante de seus olhos parece uma grande montanha? O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO
  14. 14. O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE A DEPRESSÃO Se você já é cristão, vai lembrar-se deste versículo: "Sujeitai-vos, pois, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." É o que está escrito na Carta de Tiago, 4:7. Uma forma de sujeição a Deus é a oração. Orar, aqui, não se trata de repetir "Pai Nossos" nem "Ave Maria", estou falando de um conversa franca e sincera com Deus. Como um namoro. Só a oração pode fazer o milagre de mudar nossos sentimentos, pois, quando você ora, você traz a presença de Deus para perto e afugenta os maus pensamentos. Quando a vontade de Deus domina sobre nossa vontade, a depressão não tem mais lugar em nossa vida. Nossos olhos são abertos e podemos ver dezenas de saídas. É por isso que o texto completo escrito na Carta de Tiago é: "Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vos.” Eu sei que Deus pode permitir que passemos por lutas de todos os tipos e tamanhos, crises e depressão. Mas não vamos passar sozinhos. "Mas graças a Deus, que nos dá a vitória, por Nosso Senhor Jesus Cristo“ (I Coríntios 15.57).

×