Aula da cristiane.ppt slide 1(1)

1.757 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.757
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula da cristiane.ppt slide 1(1)

  1. 1. ADEUS PROFESSOR, ADEUSPROFESSORA?José Carlos Libâneo
  2. 2. 1ª PARTE CÉLIA
  3. 3. Conhecer estratégias de ensinar apensar, ensinar a aprender a aprender Associada aos esforços dos educadores emprover os meios da autossocioconstrução doconhecimento pelo aluno. A tarefa de ensinar a pensar requer doseducadores o conhecimento de estratégias deensino e o desenvolvimento de suas própriascompetências do pensar.
  4. 4. Persistir no empenho de auxiliar os alunos a buscarem uma perspectiva crítica dos conteúdos, a se habituarem a aprender as realidades enfocadas nos conteúdos escolares de forma crítico- reflexiva Ensinar a pensar criticamente; Promover a acumulação de conhecimentos; Criar modos e condições de ajudar os alunos a secolocarem ante a realidade para pensá-la e atuarnela.
  5. 5. Assumir o trabalho de sala de aula como um processo comunicacional e desenvolver capacidade comunicativaRequer do educador: Aprofundar-se nas técnicas de comunicação; Expor e explicar conceitos e de organizar ainformação; Mostrar objetos ou demonstrar processos, bemcomo domínio da linguagem informal; Postura corporal, controle da voz; Conhecimento e uso dos meios de comunicaçãona sala de aula.
  6. 6. 2ª PARTE VÂNIA
  7. 7. Reconhecer o impacto das novas tecnologias da comunicação e informação na sala de aula. As mudanças tecnológicas terão um impacto degrande relevância na educação escolar; Pais, educadores e educandos precisam aprendera ler sons, imagens, movimentos e lidar com eles; É preciso que os educadores modifiquem suasatitudes diante dos meios de comunicação sob penade serem engolidos por eles ; Os meios de comunicação fazem parte doconjunto de mediações culturais que caracterizam oensino.
  8. 8. Atender à diversidade cultural e respeitaras diferenças no contexto da escola e da sala de aula.  Vincular o trabalho do educando com a vida que levam lá fora;  Reconhecer que os resultados escolares dos educandos dependem de vários fatores: social, pessoal, da relação com os educadores, tanto ou mais ainda do que a inteligência.
  9. 9. Investir na atualização científica, técnica ecultural, como ingredientes do processo de formação continuada. É preciso colocar a autoformação contínua comorequisito da profissão docente; O exercício do trabalho docente requer umesforço contínuo de atualização científica na suadisciplina e em campos de outras áreasrelacionadas; O educador precisa juntar a cultura geral, aespecialização disciplinar e a busca deconhecimentos conexos com sua matéria; Todas as disciplinas do currículo precisam estarconectadas a conteúdos e valores sociais.
  10. 10. 3ª PARTE GICELE
  11. 11. Integrar no exercício da docência a dimensão afetiva A cultura escolar inclui a também a dimensãoafetiva; A aprendizagem de conceitos, habilidades evalores envolve sentimentos, emoções, ligadas àsrelações familiares escolares e aos outrosambientes em que os alunos vivem; Proporcionar ao aluno uma aprendizagemsignificativa;
  12. 12.  O professor deve conhecer e compreender motivações, interesses, necessidades de alunos diferentes entre si. Zemelman acrescenta: Nesta perspectiva, estamos cada vez mais na presença do desafio de articular linguagens, o que não é apenas uma questão epistêmica, própria do plano da construção do conhecimento mas, também, do próprio ensino. Não podemos trabalhar somente com linguagens analíticas, mas saber articular linguagens simbólicas que nos mostram realidades diferentes. A realidade vivida,cotidiana ou não, não se capta através da linguagem analítica, mas, sim, através de uma conjunção de linguagens. Isto supõe abordar as mediações que há entre o conhecimento disciplinar e o que poderíamos definir como o comportamento dos indivíduos, ou seja, seu mundo de vida como expressão do complexo universo em que está inserido o indivíduo concreto (p. 27).
  13. 13. Desenvolver comportamento ético e saber orientar os alunos em valores eatitudes em relação à vida, ao ambiente, às relações humanas, a si próprios. As escolas devem assumir que precisam ensinarvalores; Propiciar aos alunos conhecimentos, estratégiase procedimentos de pensar sobre valores ecritérios de modos de decidir e agir;
  14. 14.  Touraine (1996) propõe algumas ideias parauma proposta de esquerda nas transformaçõesda sociedade, entre as quais o agravamento daexclusão social, ruptura do tecido social e oaumento da desigualdade. Inicia pela solidariedade; Em seguida, liberdade do sujeito; E depois, diversidade no sentido dereconhecimento do outro; E finalmente, saber conviver com asdiferenças.
  15. 15. Equipe: Célia Edna Rios Cordeiro de Almeida Gicele Brandão da Silva Neves Vânia da Silva Pereira de SouzaEducadora: Cristiane Tinoco Rodrigues “A escola com a qual sonhamos deve assegurar atodos a formação que ajude o aluno a transformar-se em um sujeito pensante, capaz de utilizar seupotencial de pensamento na construção ereconstrução de conceitos, habilidades e valores”. Libâneo

×