O Uso do  Laboratório de Informática  para uma Nova Educação.
Mídias e Tecnologias na Escola
<ul><li>Contextualizando </li></ul><ul><li>A questão agora é pensarmos como essas mídias e tecnologias são utilizadas no n...
<ul><ul><li>Imagine esse cenário... </li></ul></ul><ul><ul><li>Você foi selecionado (a) pelo seu estado para ser um multip...
<ul><ul><li>Para enfrentar o desafio e planejar suas ações, sua primeira providência é fazer um diagnóstico considerando o...
<ul><ul><li>Para compreender melhor este cenário, é importante dar um passo atrás e identificar  como as mudanças sociais,...
<ul><li>Segundo a autora, essa  organização da sociedade nos traz  também inúmeras  contradições , e as suas característic...
<ul><li>Como as mudanças impactam a educação?  </li></ul><ul><li>E a escola? Participa dessas mudanças? </li></ul><ul><li>...
<ul><li>A linguagem das mídias, repletas de imagens, movimentos e sons, atraem as gerações mais jovens. </li></ul><ul><li>...
<ul><li>A mídia impressa, a televisão, o vídeo, o rádio, a Internet e a hipermídia são  ótimos recursos para mobilizar os ...
<ul><li>A sociedade da Informação, a Educação e a Internet   </li></ul><ul><li>  O movimento em direção à utilização da re...
<ul><li>Assistiu-se, então, a um  multiplicar de projetos nos diversos segmentos educacionais  relacionados à utilização d...
<ul><li>“ A utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação passou a fazer parte do cotidiano de várias instituiçõe...
<ul><li>As novidades que essas novas tecnologias trouxeram para a Educação refletiram no repensar e na reconstrução de con...
<ul><li>Uma das características dos ambientes virtuais é a possibilidade de registro e de recuperação da trajetória dos al...
<ul><li>“ O registro é elemento fundamental para a tomada de consciência do processo do próprio aluno e de toda a turma. T...
<ul><li>O hipertexto, o desenho, a leitura e a navegação não-linear  passam a ser usados com os materiais impressos,  port...
<ul><li>O hipertexto confere ao usuário, segundo a sua trajetória, a possibilidade de navegação não-linear no texto, com a...
<ul><li>A participação coletiva na  construção de hipertexto  ou em diversas outras construções no ciberespaço confere aos...
<ul><li>Nascem novos autores, cujas obras podem ter o alcance multiplicado pela rede. A idéia de “rede” é expandida, e o q...
<ul><li>“ A Internet, as redes, o celular, a multimídia estão revolucionando nossa vida no cotidiano. As tecnologias nos p...
<ul><li>O autor enfatiza que  ensinar e aprender com tecnologias telemáticas  são  desafios  que até agora  não  foram  en...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

M I D I A S E T E C N O L O G I A S N A E S C O L A

6.401 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.401
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
35
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
161
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

M I D I A S E T E C N O L O G I A S N A E S C O L A

  1. 1. O Uso do Laboratório de Informática para uma Nova Educação.
  2. 2. Mídias e Tecnologias na Escola
  3. 3. <ul><li>Contextualizando </li></ul><ul><li>A questão agora é pensarmos como essas mídias e tecnologias são utilizadas no nosso cotidiano e no contexto da escola. </li></ul><ul><ul><li>Para iniciar nossa reflexão sobre esta questão, </li></ul></ul><ul><ul><li>vamos primeiramente apresentar uma visão </li></ul></ul><ul><ul><li>panorâmica sobre a Sociedade da Informação e suas </li></ul></ul><ul><ul><li>implicações no nosso dia-a-dia e no Processo </li></ul></ul><ul><ul><li>Educacional . </li></ul></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  4. 4. <ul><ul><li>Imagine esse cenário... </li></ul></ul><ul><ul><li>Você foi selecionado (a) pelo seu estado para ser um multiplicador(a). Freqüentou vários cursos e empenhou-se para bem aproveitá-los. Foi então encaminhado (a) para uma escola em que pouco ou nada tem sido feito no campo da aplicação/uso das mídias e tecnologias. </li></ul></ul><ul><ul><li>Por que as mídias e tecnologias são pouco </li></ul></ul><ul><ul><li>utilizadas nas atividades pedagógicas? </li></ul></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  5. 5. <ul><ul><li>Para enfrentar o desafio e planejar suas ações, sua primeira providência é fazer um diagnóstico considerando os seguintes aspectos: </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Os projetos desenvolvidos pelo MEC; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>As condições dos equipamentos e da infra-estrutura; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>A situação atual do corpo docente da escola em relação </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>aos cursos de formação realizados; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>A participação dos gestores no processo; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>O projeto político pedagógico; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>A participação da comunidade na escola. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Onde pode estar o problema neste caso? </li></ul></ul></ul></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  6. 6. <ul><ul><li>Para compreender melhor este cenário, é importante dar um passo atrás e identificar como as mudanças sociais, tecnológicas e culturais em curso impactam a Educação em geral e o cotidiano da comunidade escolar. </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Estamos vivendo numa sociedade que evidencia as constantes mudanças, e suas formas de organização e reorganização demandadas pelas características dos avanços científicos e tecnológicos, ou seja, estamos vivendo na sociedade em rede, da globalização da economia e da virtualidade. Apenas adentrando criticamente nessa sociedade e buscando compreender seus instrumentos e dinâmicas de mobilização e expansão é que podemos nos apropriar e utilizar seus recursos e meios de interação” (Moreira da Silva, 2004). </li></ul></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  7. 7. <ul><li>Segundo a autora, essa organização da sociedade nos traz também inúmeras contradições , e as suas características atuais vão gradativamente influenciando nosso dia-a-dia e afetam a forma como nos comunicamos, trabalhamos, nos relacionamos com as pessoas, aprendemos e ensinamos. </li></ul><ul><li>Aos poucos vamos transformando nossos hábitos </li></ul><ul><li>e nossas atividades cotidianas. </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  8. 8. <ul><li>Como as mudanças impactam a educação?  </li></ul><ul><li>E a escola? Participa dessas mudanças? </li></ul><ul><li>Em que aspectos as tecnologias influenciam o cotidiano da escola? </li></ul><ul><li>Como você analisa o papel da escola frente às mudanças? </li></ul><ul><li>Como as novas mídias interativas influenciam nosso dia-a-dia? </li></ul><ul><li>Quais os principais desafios da Sociedade da Informação </li></ul><ul><li>e Comunicação? </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  9. 9. <ul><li>A linguagem das mídias, repletas de imagens, movimentos e sons, atraem as gerações mais jovens. </li></ul><ul><li>Criar espaços para o uso dessas novas formas de linguagem e o diálogo entre elas ajuda os alunos a trazerem a sua realidade cotidiana para a sala de aula e a se expressarem conforme o seu mundo. Ao mesmo tempo, a discussão sobre as influências das mídias na sociedade ajuda a desenvolver o olhar crítico do aluno sobre o complexo jogo de poder e marketing que sutilmente permeia os meios de comunicação. </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  10. 10. <ul><li>A mídia impressa, a televisão, o vídeo, o rádio, a Internet e a hipermídia são ótimos recursos para mobilizar os alunos em torno de problemáticas, quando se intenta despertar-lhes o interesse para iniciar estudos temáticos, desenvolver projetos ou trazer novos olhares para os trabalhos em andamento. </li></ul><ul><li>Para tanto, é importante conhecer quais são os objetivos pedagógicos das atividades e quais as características principais das mídias disponíveis . Nesse último aspecto, os alunos são excelentes parceiros dos professores. </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  11. 11. <ul><li>A sociedade da Informação, a Educação e a Internet </li></ul><ul><li>  O movimento em direção à utilização da rede mundial de computadores, disseminado na comunidade em geral, é parte das mudanças socio-culturais dos últimos 30 anos, que atingem todos os setores da economia e da sociedade. </li></ul><ul><li>Essas mudanças decorrem , </li></ul><ul><li>principalmente, de uma revolução </li></ul><ul><li>tecnológica sem precedentes . </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  12. 12. <ul><li>Assistiu-se, então, a um multiplicar de projetos nos diversos segmentos educacionais relacionados à utilização da Internet em atividades de ensino e aprendizagem, presenciais e a distância. Os educadores passaram a discutir e a pesquisar as novas possibilidades que a Internet e as mídias digitais pudessem exercer na Educação. </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  13. 13. <ul><li>“ A utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação passou a fazer parte do cotidiano de várias instituições de ensino, tendo sido gradualmente apreendidas pelos professores. A apreensão das novas tecnologias pelos professores não se deu de imediato: alguns tiveram uma rejeição temerosa; outros, cautelosos e refletidamente, encontraram-se em processo de reflexão crítica, de intencionalidade pedagógica compromissada com a ética, com a política, com a cultura e com a educação inclusiva.” Moreira da Silva (2004) </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  14. 14. <ul><li>As novidades que essas novas tecnologias trouxeram para a Educação refletiram no repensar e na reconstrução de conceitos fundamentais. Os novos ambientes utilizados para a aprendizagem – os ambientes virtuais –, viabilizados pelos sistemas tecnológicos na rede mundial de computadores, reúnem professores e alunos no ciberespaço e possuem características não encontradas anteriormente </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  15. 15. <ul><li>Uma das características dos ambientes virtuais é a possibilidade de registro e de recuperação da trajetória dos alunos e dos docentes. O registro de acesso e participação dos alunos nas atividades, nas discussões em grupos e nas diversas áreas dos ambientes permite a análise da evolução e os avanços do processo de ensino e aprendizagem. </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  16. 16. <ul><li>“ O registro é elemento fundamental para a tomada de consciência do processo do próprio aluno e de toda a turma. Tão importante como isso, é a função que exerce no desenvolvimento profissional do professor, já que também ele evolui dia a dia em sua relação com os conteúdos, com as metodologias e com os alunos” (Almeida, F., 2001. p.14). </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  17. 17. <ul><li>O hipertexto, o desenho, a leitura e a navegação não-linear passam a ser usados com os materiais impressos, portáveis (que se pode portar, levar, carregar portátil), concretos e lineares, e, agora, materiais fluidos, interligados e rizomáticos no ciberespaço – reconfiguram o espaço textual . </li></ul><ul><li>Essa nova forma de comunicação e de escrita da sociedade informático-midiática tornou-se também uma metáfora (Ramal, 2002) para outras dimensões da realidade e das novas formas de pensar e de aprender e, também, de uma nova ecologia, cognitiva e social. </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  18. 18. <ul><li>O hipertexto confere ao usuário, segundo a sua trajetória, a possibilidade de navegação não-linear no texto, com a abertura de novas janelas, de novas associações e de informações alcançáveis. </li></ul><ul><li>Seu design sugere formas de organizar o pensamento multidimensional e não hierarquizado . A rede de computadores é fecunda para esse tipo de construção, por meio da interligação de suas páginas. </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  19. 19. <ul><li>A participação coletiva na construção de hipertexto ou em diversas outras construções no ciberespaço confere aos professores uma autoria coletiva e não mais solitária, como a da sala de aula. Esses hipertextos em constante formação podem ser adensados por diversas contribuições e pelas participações de diferentes atores e autores , entre eles, os próprios alunos – novos </li></ul><ul><li>autores também do processo de </li></ul><ul><li>ensino não somente no processo de </li></ul><ul><li>aprendizagem. </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  20. 20. <ul><li>Nascem novos autores, cujas obras podem ter o alcance multiplicado pela rede. A idéia de “rede” é expandida, e o que era entendido apenas como a interconexão entre computadores passa a ser entendido também como uma metáfora de organização do ciberespaço , na qual todas as vozes podem ser ouvidas, a intersubjetividade flui e os conhecimentos se constroem coletivamente </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  21. 21. <ul><li>“ A Internet, as redes, o celular, a multimídia estão revolucionando nossa vida no cotidiano. As tecnologias nos permitem realizar atividades de aprendizagem de formas diferentes daquelas feitas anteriormente. Podemos aprender estando juntos em lugares distantes, sem precisarmos estar fisicamente no mesmo espaço, como por exemplo, em uma sala de aula” (Moran, 2005). </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola
  22. 22. <ul><li>O autor enfatiza que ensinar e aprender com tecnologias telemáticas são desafios que até agora não foram enfrentados com profundidade . Temos feito adaptações do que já conhecíamos. O ensino presencial e a distância começam a ser fortemente modificados, e todos nós (organizações, professores e alunos) somos desafiados a encontrar novos modelos em todas as situações. As tecnologias telemáticas , que começam a permitir ver-nos e ouvir-nos facilmente, colocam em xeque o conceito </li></ul><ul><li>tradicional de sala de aula, de ensino </li></ul><ul><li>e de organização dos procedimentos educativos. </li></ul>Mídias e Tecnologias na Escola

×