O PROFESSOR INICIANTE E A PRÁTICA PEDAGÓGICA
DALVINHA MARTINS
PÁBOLA DALPRAI
RESUMO
O presente é de caráter qualitativo, c...
estar bem alicerçada para que este possa alcançar seus objetivos. Com isso, é de suma
importância que os futuros educadore...
Este educador nada mais é que o facilitador do conhecimento. Sendo assim, o professor
iniciante deve alicerçar-se e estar ...
CONSIDERAÇOES FINAIS
Portando, o educado em inicio de carreira, tem prioridade, encontrar mecanismos para
englobar teoria ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Professores iniciantes

442 visualizações

Publicada em

artigo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
442
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
108
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Professores iniciantes

  1. 1. O PROFESSOR INICIANTE E A PRÁTICA PEDAGÓGICA DALVINHA MARTINS PÁBOLA DALPRAI RESUMO O presente é de caráter qualitativo, com natureza descritiva, tendo por objetivo conceituar o professor iniciante em sua prática pedagógica. Levando em consideração as dificuldades encontradas por ele, no inicio de sua carreira. Pautando suas iniciativas em busca de sua identidade como educador nos dias de hoje. Dentre outros pontos, problematizam-se as dificuldades encontradas por ele, no momento de relacionar teoria e pratica pedagógica. Também se relaciona o uso das TCs, no âmbito educacional atual. Palavras - chave: Educador. Prática Pedagógica. Dificuldades de ensino. ABSTRAC This is qualitative, with descriptive, aiming to conceptualize the beginning teacher in their teaching. Taking into account the difficulties encountered by him early in his career. Basing their efforts in search of his identity as an educator today. Among other things, problematize the difficulties encountered by him at the time of linking theory and pedagogical practice. Also relates the use of CT in the current educational context. Key - words: Educator. Teaching Practice. Educational difficulties. INTRODUÇÃO Na atualidade percebe-se a ocorrência na falta de espaço no mercado de trabalho, desta forma, é primordial que o profissional esteja qualificado para adentrar a este meio. Partindo deste pressuposto, é importantíssimo que se tenha perante a educação, professores qualificados e preparados para enfrentarem as duras batalhas do cotidiano escolar. Este educador em questão deve ter em mente que suas ações, terão um reflexo importantíssimo na vida de seus educandos. Sendo assim, sua pratica pedagógica deve
  2. 2. estar bem alicerçada para que este possa alcançar seus objetivos. Com isso, é de suma importância que os futuros educadores possam demonstrar o quão bom professores serão no futuro, mesmo este sendo o professor iniciante. Nesse contexto, tem-se um número enorme de profissionais no inicio da carreira, todos por sua vez, possivelmente ao ingressarem na educação, passarão pelos mesmos questionamentos, as mesmas dificuldades, as mesmas inseguranças, dentre outras rações, pela qual o educador sente-se inseguro mediante o inicio da sua jornada educacional. Desta forma, procura-se pautar aqui algumas questões que estão presentes na realidade destes professores em inicio de carreira. REFERENCIAL TEÓRICO A prática pedagógica diária é uma das mais complexas iniciativas, para o professor iniciante. E este por sua vez, devera estar preparado para enfrentar as mais variadas situações existentes, demostrando sempre sua autonomia e criatividade, instigando seus alunos a serem seres pensantes e repletos de autoconfiança. O inicio da prática pedagógica de um professor iniciante, basicamente consciente em este adquirir conhecimento pratico, buscando atuar e desenvolver sua experiência profissional envolvendo teoria e prática. Desta forma, o professor passara a possibilitar o seu crescimento profissional e desenvoltura perante a docência. Tornando-se o professor pesquisador, preocupado com seu papel perante a sociedade em que vive. Assim como afirma Barbieri (2012, P,143): O que é ser professor? Que professor é você? Aquele que sempre desejou ser professor? Ou aquele que se tornou professor por necessidade? Descobriu-se professor á luz dos professores que teve? [...] O professor é poderoso. Muitos de nós lembramos de professores que nos proporcionaram experiências especiais. [...] Professores que fazem diferença em nossas vidas e que aprendemos até mesmo a ser professor. O educador tem papel fundamental na formação integral dos alunos, de modo a torna- los cidadãos critico e conscientes perante a sociedade atual. Desta forma, o profissional iniciante tem por objetivo buscar meios que possibilite a desenvolver-se da melhor forma possível.
  3. 3. Este educador nada mais é que o facilitador do conhecimento. Sendo assim, o professor iniciante deve alicerçar-se e estar seguro de si perante o inicio de sua carreira. Buscando sempre o diferencial e não tornar-se aquele educador acomodado que não trás a alegria no rosto e o amor pela profissão. Como afirma Curi (2008, pag. 58): Um bom professor educa seus alunos para uma profissão, um professor fascinante os educa para a vida. Professores fascinantes são profissionais revolucionários. [...] Eles mudam paradigmas, transformam o destino de um povo e um sistema social sem armas, tão-somente por prepararem seus alunos para a vida através do obstáculo de suas ideias. Então o bom profissional não é aquele cuja experiência é de vários anos de profissão, mas sim, aquele que apresenta o fascínio e a emoção a cada dia em que tem a oportunidade de valorizar e preparar os pequenos que estão ao seu redor. Assim, este profissional, estará preparando seus educandos não só para o conhecimento, mas sim para a vida. Buscando a formação integral do aluno tornando-o um ser pensante e atuante perante a sociedade, tendo noção de seus direitos e deveres. No contexto educacional atual, a tecnologia encontra-se em constante transformação, oferecendo a sociedade inúmeras possibilidades, no que se refere ao seu uso. Desta forma, também se faz necessário que o educador tenha a audácia de buscar este recurso ao seu favor e utiliza-lo no dia a dia escolar. O professor por sua vez, ao buscar estas ferramentas e direciona-las da maneira correta, estará proporcionando para seus educandos a possibilidade destes estarem inteiramente ligados tanto ao conteúdo trabalhado, quanto ao uso das tecnológicas. Também, observa-se que as aulas de cunho prático, onde os educados tem a interação com as mídias em geral, tem maior aproveitamento em relação aos educados. Partindo do pressuposto que os alunos do século 21 são dotados de habilidades extraordinárias no uso das tecnologias, nada mais certo do que usa-las ao favor da educação. Neste sentido, é importante salientar, a dificuldade encontrada pelos professores que se encontrão no termino de sua carreira profissional, estes no momento em que devem de alguma forma usar essas ferramentas tecnológicas, passam por serias dificuldades em manuseá-las.
  4. 4. CONSIDERAÇOES FINAIS Portando, o educado em inicio de carreira, tem prioridade, encontrar mecanismos para englobar teoria e prática pedagógica. Tendo a preocupação de criar possibilidades em direcionar seu conhecimento teórico no sentido de aplica-lo no dia a dia escolar. E de suma importância que o educador busque instrumentos para utilizar as diversas ferramentas tecnológicas existentes na instituição para melhor enriquecer sua ação didática pedagógica. REFERÊNCIAS TEORICO BARBIERI, Stela. Interações: Onde está a arte na infância?. Blucher: São Paulo, 2012. CURI, Augusto. Pais Brilhantes, Professores Fascinantes. Sextante: Rio de Janeiro, 2008. FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. ed. 17ª, Paz e Terra: Rio de Janeiro, 1987.

×