Quais os caminhos para o
pequeno fornecedor na
indústria de petróleo
brasileira?
SEQUÊNCIA PRODUTIVA EM ÓLEO E GÁS
TRANSVERSAIS
 CATERING
(ALIMENTAÇÃO)
 HOTELARIA
 RH /
TREINAMENTO
 CERTIFICAÇÃO
GERA...
MIDSTREAM
Escoamen
to por
dutos
DutosRígidos
DutosFlexíveis
Transferênci
a por navios
NaviosAliviadores
NaviosCriogênicos
...
1. Topside
 Linhas Flexíveis
 Árvores de Natal
 Manifolds
 Umbilicais
 Etc...
 Fabricação
 Lançamento
 Instalação
...
SEQUÊNCIA PRODUTIVA EM ÓLEO E GÁS
TRANSVERSAIS
 CATERING
(ALIMENTAÇÃO)
 HOTELARIA
 RH /
TREINAMENTO
 CERTIFICAÇÃO
GERA...
EPC SUBSEA
EQUIPAMENTO
Linhas
Flexí
veis
Coflexip
Wellstream
NOV
ANM
FMC
Cameron
Aker
GE
Drillquipp Manifold
FMC
Cameron
A...
INTERAÇÃO ASSOCIAÇÃO DE CLASSE E SEBRAE PARA
CONSOLIDAR DADOS E DISCUTIR OPORTUNIDADES
 ABCE
 ABDIB
 ABEAM
 ABEMI
 AB...
Quais os caminhos para o pequeno fornecedor na industria de petroleo brasileira?
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Quais os caminhos para o pequeno fornecedor na industria de petroleo brasileira?

180 visualizações

Publicada em

Evento SEBRAE 30set2015, na FIRJAN

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
180
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quais os caminhos para o pequeno fornecedor na industria de petroleo brasileira?

  1. 1. Quais os caminhos para o pequeno fornecedor na indústria de petróleo brasileira?
  2. 2. SEQUÊNCIA PRODUTIVA EM ÓLEO E GÁS TRANSVERSAIS  CATERING (ALIMENTAÇÃO)  HOTELARIA  RH / TREINAMENTO  CERTIFICAÇÃO GERAL  ESTOQUE / ALMOXARIFADO  INTERNALIZAÇÃO / DESEMBARAÇO  SAÚDE  MEIO AMBIENTE  LIXO COMUM  SEGURANÇA INDUSTRIAL / PATRIMONIAL  SERVIÇOS ADMINISTRATIVO S / GERAIS  TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC)  TRANSFERÊNCIA DE CUSTÓDIA  TRANSPORTE DE CARGA / PESSOAL UPSTREAM EXPLORAÇÃO Geologia e Geofísica AquisiçãodeDados Processamentode Dados Interpretaçãode Dados Perfuração ProjetodePoço OperaçãodaPerfuração CompletaçãodePoço DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO Avali ação Eco nômi ca EVTEe Financiabilidade Engenharia da Produção Engenharia Conceitual EngenhariaBásica EPCCascoeNaval EPCTopside/Módulo EPCSubsea EPCIntegração OPERAÇÃO DA PRODUÇÃO Mobi- lização / comis sionam ento Pro du ção Ma nu ten ção Ins pe ção Monito ramen to de reser vatório F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 1. Gaps Comerciais (F2) 2. Gaps Tecnológicos (F2) 3. Clusters Horizontais (F2) F1 F1 F1 F2 F2 F2 F2 Pequenasemédias1ªcamada
  3. 3. MIDSTREAM Escoamen to por dutos DutosRígidos DutosFlexíveis Transferênci a por navios NaviosAliviadores NaviosCriogênicos REFINO Avali ação Eco nômi ca EVTEe Financiabilidade Engenharia de Refino Engenharia Conceitual EngenhariaBásica EPCTancagem EPCUnidadede Processo EPCSegurançae Controle Operação do Refino Comissionamentoe Pré-Operação Recebimentoe TancagemdePet. Processamento Utilidades ProcessamentoÓleo Petro quí mica AD Ter mo gera ção AD Dis tribui ção Ata cado AD Dis- tribui ção Vare jo AD AD - À desenvolver TRANSVERSAIS  CATERING (ALIMENTAÇÃO)  HOTELARIA  RH / TREINAMENTO  CERTIFICAÇÃO GERAL  ESTOQUE / ALMOXARIFADO  INTERNALIZAÇÃO / DESEMBARAÇO  SAÚDE  MEIO AMBIENTE  LIXO COMUM  SEGURANÇA INDUSTRIAL / PATRIMONIAL  SERVIÇOS ADMINISTRATIVO S / GERAIS  TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC)  TRANSFERÊNCIA DE CUSTÓDIA  TRANSPORTE DE CARGA / PESSOAL F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 Pequenasemédias1ªcamada F1 F1 F1 F2 F2 F2 F2 1. Gaps Comerciais (F2) 2. Gaps Tecnológicos (F2) 3. Clusters Horizontais (F2) DOWNSTREAM SEQUÊNCIA PRODUTIVA EM ÓLEO E GÁS
  4. 4. 1. Topside  Linhas Flexíveis  Árvores de Natal  Manifolds  Umbilicais  Etc...  Fabricação  Lançamento  Instalação  Operação  Manutenção 2. Subsea 3. Poço
  5. 5. SEQUÊNCIA PRODUTIVA EM ÓLEO E GÁS TRANSVERSAIS  CATERING (ALIMENTAÇÃO)  HOTELARIA  RH / TREINAMENTO  CERTIFICAÇÃO GERAL  ESTOQUE / ALMOXARIFADO  INTERNALIZAÇÃO / DESEMBARAÇO  SAÚDE  MEIO AMBIENTE  LIXO COMUM  SEGURANÇA INDUSTRIAL / PATRIMONIAL  SERVIÇOS ADMINISTRATIVO S / GERAIS  TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC)  TRANSFERÊNCIA DE CUSTÓDIA  TRANSPORTE DE CARGA / PESSOAL 1. Gaps Comerciais (F2) 2. Gaps Tecnológicos (F2) 3. Clusters Horizontais (F2) UPSTREAM EXPLORAÇÃO Geologia e Geofísica AquisiçãodeDados Processamentode Dados Interpretaçãode Dados Perfuração ProjetodePoço OperaçãodaPerfuração CompletaçãodePoço DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO Avali ação Eco nômi ca EVTEe Financiabilidade Engenharia da Produção Engenharia Conceitual EngenhariaBásica EPCCascoeNaval EPCTopside/Módulo EPCSubsea EPCIntegração OPERAÇÃO DA PRODUÇÃO Mobi- lização / comis sionam ento Pro du ção Ma nu ten ção Ins pe ção Monito ramen to de reser vatório F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F1 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 F2 1. Gaps Comerciais (F2) 2. Gaps Tecnológicos (F2) 3. Clusters Horizontais (F2) F1 F1 F1 F2 F2 F2 F2 Pequenasemédias1ªcamada
  6. 6. EPC SUBSEA EQUIPAMENTO Linhas Flexí veis Coflexip Wellstream NOV ANM FMC Cameron Aker GE Drillquipp Manifold FMC Cameron Aker GE Umbilical MFX Nexans Nexans Coflexip Prysmian Marine Cabo Potên cia Nexans Prismian Riser Rígi do Oilstates VM SERVIÇO Lança mento Technip Subsea7 Onesubsea Instala ção Technip Subsea7 Onesubsea ROV DOF Fugro Oceaniring Bram 1. Gaps Comerciais (F2) 2. Gaps Tecnológicos (F2) 3. Clusters Horizontais (F2) Mapeamento não exaustivo. (Sem confirmação da totalidade de equipamentos, serviços e empresas) Necessária a construção conjunta com as entidades de classes correspondentes.
  7. 7. INTERAÇÃO ASSOCIAÇÃO DE CLASSE E SEBRAE PARA CONSOLIDAR DADOS E DISCUTIR OPORTUNIDADES  ABCE  ABDIB  ABEAM  ABEMI  ABESPetro  ABIMAQ  ABINEE  ABITAM  ABQUIM  ABRAPET  ONIP  SINAVAL  SOBENA  SYNDARMA  Dentre outras

×