Tarefa 3

148 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
148
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tarefa 3

  1. 1. Tarefa 3: O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares no contexto da Escola / Agrupamento - 12 a 17 de Novembro 2009 Guia da Unidade São objectivos desta sessão: • Entender as ligações do processo de auto-avaliação à escola. • Perspectivar a gestão da informação e o processo de comunicação com aescola/ agrupamento. • Perceber o papel e a necessidade de liderança por parte do professor coordenador. Leituras obrigatórias: • Texto da sessão, disponibilizado na plataforma. • Scott, Elspeth (2002) “How good is your school library resource centre? An introduction to performance measurement”. 68th IFLA Council and General Conference August. http://www.ifla.org/IV/ifla68/papers/028-097e.pdf [08/11/2009] • McNicol, Sarah (2004) Incorporating library provision in school self- evaluation. Educational Review, 56 (3), 287-296. (Disponível na plataforma) • Johnson, Doug (2005) “Getting the Most from Your School Library Media Program”, Principal. Jan/Feb 2005 http://www.doug- johnson.com/dougwri/getting-the-most-from-your-school-library-media- program-1.html [08/11/2009]
  2. 2. Tarefas da sessão: Seleccione apenas uma das seguintes tarefas. _______________________________________________________________ Tarefa 1, a disponibilizar no Fórum 1 – realização da Tarefa 1: 1ª parte da tarefa (até segunda-feira, 16 de Novembro): Perspectivar a integração do processo de auto-avaliação no contexto da escola/ agrupamento implica que o professor bibliotecário divulgue o processo e envolva os diferentes actores. Construa um PowerPoint para apresentar no Pedagógico/ Escola/ agrupamento que evidencie: - O papel e mais valias da auto-avaliação da BE; - O processo e o necessário envolvimento da escola/ agrupamento; - A relação com o processo de planeamento; - A integração dos resultados na auto-avaliação da escola. 2ª parte da Tarefa (até ao final da sessão): Comente o trabalho de um dos colegas, respondendo no mesmo fórum ao contributo que seleccionou.. _______________________________________________________________ Tarefa 2, a disponibilizar no Fórum 2 – realização da Tarefa 2: 1ª parte da tarefa (até segunda-feira, 16 de Novembro): A integração do processo de auto-avaliação no contexto da escola é crucial. A ausência de práticas de avaliação e também de uso estratégico da informação recolhida no processo de planificação e de melhoria tem estado igualmente ausente das práticas de muitas bibliotecas. Integrar o processo de auto-avaliação no processo de avaliação interna e externa da escola requer, também, envolvimento e compromisso da escola/ órgão de gestão e uma liderança forte da parte do Professor Bibliotecário. 1 – Faça uma análise à realidade da sua escola e à capacidade de resposta ao processo e identifique os factores que considera inibidores do mesmo. 2 – Delineie um plano de acção que contemple o conjunto de medidas necessárias à alteração da situação e à sua consecução com sucesso. 2ª parte da Tarefa (até ao final da sessão):
  3. 3. Comente o trabalho de um dos colegas, respondendo no mesmo fórum ao contributo que seleccionou…

×