Irmã lúcia paris

578 visualizações

Publicada em

Trajetória da Irmã Lucia na sua visita a Paris. Irmâ Lucia faz parte da Congregação das filhas da caridade de São Vicente de Paulo. Outubro de 2010, ela é a atual diretora.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
578
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Irmã lúcia paris

  1. 1. I rmã LúciaI rmã Lúcia Percorrendo os caminhosPercorrendo os caminhos dede São Vicente de PauloSão Vicente de Paulo e Santa Luisa dee Santa Luisa de Marillac.Marillac. Paris, Out ubro deParis, Out ubro de 20102010
  2. 2. Seguindo os passos de nossos Fundadores.
  3. 3. Capela da Aparições Capela da Aparições
  4. 4. Nesta cadeira, Nossa Senhora sentou-se para conversar com Catarina Labouré.
  5. 5. Santa Catarina Labouré
  6. 6. Lugar da Capela onde ocorreram as aparições de Nossa Senhora. Corpo de Santa Luisa de Marillac.
  7. 7. Capela de São Nicolau Chardonnet, onde Santa Luisa fazia suas orações. Porta por onde Santa Luisa entrava. Grupo de Irmãs do Brasil
  8. 8. Antigo Seminário Saint Nicolau, onde o filho de Santa Luisa estudou. Primeira casa onde Santa Luisa reuniu as primeiras Irmãs.
  9. 9. Árvore da época de São Vicente.
  10. 10. Catedral de Notre Dame São Vicente recolhia as crianças órfãs abandonadas para Santa Luisa e as Irmãs cuidarem.
  11. 11. Igreja de Saint Severinin Nesta Igreja, São Vicente batizou pela primeira vez, uma criança filha de mãe solteira.
  12. 12. Hotel Dieu Local onde São Vicente e as Irmãs atendiam os doentes.
  13. 13. Igreja de São Lourenço 3ª Paróquia de São Vicente e Santa Luisa.
  14. 14. Estátua no lugar da Capela do antigo São Lázaro. 1º Casa dos Padres Lazaristas
  15. 15. Igreja de São Nicolau dos Campos Santa Luisa em oração, recebeu a luz de Pentecostes.
  16. 16. Igreja de Clichy. 1ª Paróquia de São Vicente, a 10km de Paris.
  17. 17. Árvore plantada por São Vicente e conservada até os dias atuais.
  18. 18. Fain-les-Moutiers Aldeia natal de Catarina Labouré, a 230 km de Paris. Grupo de Irmãs brasileiras na casa de Santa Catarina.
  19. 19. Capelinha na casa de Santa Catarina Labouré. Altar (móvel onde eram guardados os pães)
  20. 20. Berço de Santa Catarina Labouré e cama de seus pais. Tamancos de Santa Catarina Labouré
  21. 21. Local onde eram feitos e guardados os queijos Porta original do tempo de Santa Catarina. Lareira onde a família se reunia.
  22. 22. Poço onde Santa Catarina retirava água. Pombal cuidado por Santa Catarina .
  23. 23. Capela de Fer-les-Montiers Pia batismal onde Santa Catarina foi batizada.
  24. 24. Caminhada em peregrinação à Capela onde Sta. Catarine fez a 1ª Comunhão. Grupo de Irmãs brasileiras.
  25. 25. Vista panorâmica da cidade de Fer-les-Montiers
  26. 26. Vista panorâmica da cidade de Chartres
  27. 27. Praça em Chartres Labirinto de Chartres
  28. 28. Igreja de Chartres Saída da Cripta de Nossa Sra. de Chartres Poço na Cripta de Nossa Sra. de Chartres
  29. 29. Casa onde Santa Catarina viveu por 46 anos., na cidade de Reuilli. Atualmente, casa de idosos.
  30. 30. Relicário com o músculo de Santa Catarina.
  31. 31. Relicário do coração de Santa Catarina. Primeiras medalhas. Medalha original Terço de Santa Catarina
  32. 32. Irmã Lúcia junto à imagine miniatura de Santa Catarina. Cama onde morreu Santa Catarina, em 31/12/1876
  33. 33. Imagem da Virgem Poderosa – 1ª esculpida após a narração de Santa Catarina. Quadro da Aparição
  34. 34. Esperando o bondinho para chegar até a Basílica de Sacré Coeur
  35. 35. Basílica de Sacré Coeur Grupo brasileiro em frente à Basílica de Sacré Coeur
  36. 36. Fonte no jardim de meditação Sacré Coeur
  37. 37. Torre Eiffel Praça em frente à Torre Eiffel
  38. 38. Rio Sena
  39. 39. Estátua de Santa Genoveva Arco do Triunfo
  40. 40. Praça da Concórdia Palácio de Napoleão Bonaparte
  41. 41. Sinto-me agraciada por Deus, por ter sido escolhidaSinto-me agraciada por Deus, por ter sido escolhida para participar do Retiro Internacional da Companhiapara participar do Retiro Internacional da Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo emdas Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo em Paris.Paris. Não sei descrever os meus sentimentos... deNão sei descrever os meus sentimentos... de alegria ... de emoção em contemplar os lugares poralegria ... de emoção em contemplar os lugares por onde transitaram os nossos Santos Fundadores Sãoonde transitaram os nossos Santos Fundadores São Vicente de Santa Luísa de Marillac, e também SantaVicente de Santa Luísa de Marillac, e também Santa Catarina de Labouré, a vidente a Medalha Milagrosa.Catarina de Labouré, a vidente a Medalha Milagrosa. Estavam presentes as Irmãs da França, Itália,Estavam presentes as Irmãs da França, Itália, Espanha, Líbano, Bélgica, Argentina, Colômbia,Espanha, Líbano, Bélgica, Argentina, Colômbia, Portugal, e o Brasil - o grupo brasileiro representavamPortugal, e o Brasil - o grupo brasileiro representavam as seguintes Províncias: Curitiba, Belo Horizonte, Rioas seguintes Províncias: Curitiba, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife e Fortaleza.de Janeiro, Recife e Fortaleza. Cada Irmã falando no seu idioma, porém a nossaCada Irmã falando no seu idioma, porém a nossa comunicação era perfeita, através de um olhar, de umcomunicação era perfeita, através de um olhar, de um sorriso, de um gesto. O importante é que todas nóssorriso, de um gesto. O importante é que todas nós estávamos ali com o mesmo objetivo: a procura doestávamos ali com o mesmo objetivo: a procura do tesouro “JESUS CRISTO”, encontrado pelos nossostesouro “JESUS CRISTO”, encontrado pelos nossos fundadores São Vicente de Santa Luísa de Marillac nafundadores São Vicente de Santa Luísa de Marillac na pessoa dos Pobres indigentes, crianças, abandonadas,pessoa dos Pobres indigentes, crianças, abandonadas, excluídos da sociedade e outros tipos de pobreza.excluídos da sociedade e outros tipos de pobreza. Diante de tamanha graça, resta-me agradecer aoDiante de tamanha graça, resta-me agradecer ao Senhor por tão grande dádiva e canto o magnificat.Senhor por tão grande dádiva e canto o magnificat. Irmã LúciaIrmã Lúcia
  42. 42. Irmãs, Professores e Funcionários.

×