1º dia tríduo da festa de nossa senhora da medalha milagrosa

3.416 visualizações

Publicada em

1º dia do tríduo da medalha milagrosa 2011

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.416
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
265
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1º dia tríduo da festa de nossa senhora da medalha milagrosa

  1. 1. Tríduo em preparação a festa de Nossa Senhora das Graças da Medalha Milagrosa 1º Dia Tema : Maria Senhora das Graças 12:08
  2. 2. Dirigente: Acolhida Invocação: Deus Trino 12:08
  3. 3. Dirigente: Quão simples e belo é este comentário da saudação ao anjo: “ Alegra-te Cheia de Graça!” As palavras do texto tem uma profunda relação: Maria é convidada a se alegrar sobretudo porque Deus a amou e a encheu da graça com a maternidade divina! A graça é fonte de alegria e a verdadeira alegria vem de Deus... Cheia de graça é o nome que Maria possui aos olhos de Deus. Este nome esta relacionado com a missão a ela confiada: Maria deve deixar gerar nela, perfeitamente, o filho de Deus. Ele deve ser todo para ela e ela toda para Ele. Maria é a primeira a acolher este dom e esta vocação de graça; ela precede o ser dos cristãos e da igreja: todos somos miraculados da graça. Nós não existimos senão pelo amor gratuito do nosso Deus e temos de partilharmos com o mundo. 12:08
  4. 4. COMENTARISTA: Este mês de novembro nos coloca diante do grande acontecimento de 1830. Recordá-lo é louvar o Senhor pelas inúmeras graças concedidas à Companhia das Filhas da Caridade. A mensagem das Aparições da Virgem à Santa Catarina Labouré é de uma riqueza profunda. Na noite de 18 de julho de 1830, Catarina é chamada e põe-se a caminho. No meio da noite, ela descobre a presença luminosa de Deus que mostra a terra iluminada por sua presença – DEUS É LUZ. 12:08
  5. 5. Canto: Senhora das Graças Virgem Maria do mundo Senhora Teu povo implora o teu celeste olhar Cobre teus filhos com teu azul que abraça Cheia de Graça a nos abençoar Tua medalha é teu retrato santo Que nos doastes um dia por amor Pela Noviça com maternal encanto Vais te doando, ó Mãe do meu Senhor 12:08
  6. 6. Refrão Ó Mãe dos homens, Mãe de Deus E minha Mãe, fazei de nós O templo santo do Senhor... ô, ô, ô. Vem salvar teu povo, ó Mãe Senhora das Graças Vem salvar teu povo, ó Mãe Senhora das Graças 12:08
  7. 7. Lado 1 Às onze e meia da noite, ouviu um chamado. Despertou e olhou para o lado de onde vinha a voz. Abriu a cortina. Viu uma criança vestida de branco, de 4 a 5 anos de idade, que lhe dizia: “Levante-se depressa e vá à Capela, a Virgem Santa a espera.” Vestiu-se rapidamente e ficou ao lado da criança, que permaneceu em pé, sem se afastar da cabeceira de seu leito. A criança a conduziu para dentro do santuário, ao lado da poltrona do Pe. Diretor. 12:08
  8. 8. Dirigente - Chegou à hora tão almejada. Maria está sentada na poltrona. Catarina, num ímpeto de amor filial, se aproxima e coloca as mãos nos joelhos de Maria e se inicia o diálogo. Comentarista - Diz Catarina: “Foi o momento mais feliz de minha vida!”. Dirigente - Maria lhe diz: “Deus quer encarregar-vos de uma missão... enfrentareis muitos sofrimentos, mas tereis a graça”. 12:08
  9. 9. Canto: Senhora das Graças Em tua medalha agora eu contemplo no véu do templo o teu retrato assim De tuas mãos muitas graças derramando sempre doando o teu olhar por mim. E no reverso os dois corações As doze estrelas, o M sobre a cruz E os teus filhos pra sempre louvarão A ti Maria porque nos dás Jesus! 12:08
  10. 10. Refrão Ó Mãe dos homens, Mãe de Deus E minha Mãe, fazei de nós O templo santo do Senhor... ô, ô, ô. Vem salvar teu povo, ó Mãe Senhora das Graças Vem salvar teu povo, ó Mãe Senhora das Graças 12:08
  11. 11. Lado 2 Maria, neste momento, faz uma alusão à aparição de 27 de novembro. A Santíssima Virgem ainda indica a Catarina o caminho mais seguro para a santidade, quando lhe diz: “VINDE AO PÉ DESTE ALTAR” – mostrando para ela e os demais, que iriam ser privilegiados, com o conhecimento destas aparições, a grande necessidade da oração na vida do cristão. 12:08
  12. 12. Uma voz Qual o sentimento que brota do meu coração? 12:08
  13. 13. Comentarista A mensagem de 18 de julho nos convida a reservar tempo para olhar a nossa vida à luz do caminho percorrido por Santa Catarina, caminho do Evangelho, para passar da noite à luz do dia. O primeiro grande apelo das Aparições é a respeito da oração: “Vinde ao pé deste altar”. 12:08
  14. 14. 12:08
  15. 15. Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe, ao contemplarmos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas inúmeras culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor, durante esta oração, as nossas mais prementes necessidades (momento de silêncio e de pedir a graça desejada).          12:08
  16. 16.          Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiantes vos solicitamos, para maior glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de nossas almas.          E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre verdadeiros cristãos. Amém.   Rezar 3 Ave-Marias.   - Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.   12:08
  17. 17.          Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa Santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, a caridade, a obediência, a castidade, a santa pureza de coração, de corpo e espírito, a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma boa morte. Amém.  12:08
  18. 18. 12:08 http://patronatosousacarvalho.blogspot.com/ Ipu, 23 de novembro de 2011

×