“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                         2. ANÁLISE E AVALIAÇÃO DO PACIENTE          ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                        2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Etapas ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                        2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Etapas ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                        2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Etapas ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                        2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Etapas ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                        2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Etapas ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                             2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Et...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                        2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Etapas ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                        2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Etapas ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                           2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Etap...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                             2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Et...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                                2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 -...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”                                        2. ANÁLISE PRIMÁRIA                 - Etapas ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”   Imobilização da Coluna                       Aplicação do Colar em Vítima Sentada...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”   Imobilização da Coluna                       Aplicação do Colar em Vítima Deitada...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”   ANÁLISE SECUNDÁRIA                      Processo que visa descobrir problemas clín...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”    ANÁLISE SECUNDÁRIA                  1) Verificação da Frequência Respiratória    ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”       ANÁLISE SECUNDÁRIA                  1) Verificação da Frequência Cardíaca     ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”    ANÁLISE SECUNDÁRIA                  1) Verificação da Pressão Arterial           ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”      ANÁLISE SECUNDÁRIA                  2) Análise Secundária Subjetiva           -...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”   ANÁLISE SECUNDÁRIA                       - Exame da Cabeça aos Pés                ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”   ANÁLISE SECUNDÁRIA                       - Exame da Cabeça aos Pés                ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”   ANÁLISE SECUNDÁRIA                       - Exame da Cabeça aos Pés                ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”   ANÁLISE SECUNDÁRIA                       - Exame da Cabeça aos Pés                ...
“ G U A R D I Õ E S   D O   F O G O ”   ANÁLISE SECUNDÁRIA                  2) Análise Secundária Subjetiva        - Dados...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Anliseprimariaesecundaria 130328052028-phpapp01

243 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
243
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anliseprimariaesecundaria 130328052028-phpapp01

  1. 1. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE E AVALIAÇÃO DO PACIENTE - precedem qualquer tratamento de emergência - 1ª Responsabilidade: NÃO AGRAVAR AS LESÕES 2.1 Priorização da Gravidade 1º Vias Aéreas 2º Respiração 3º Circulação 4º Cabeça e Pescoço 5º Tórax 6º Abdome 7º Extremidades Obs: Múltiplas lesões no tórax se prioriza sobre uma fratura exposta. Luiz Antonio Bertagna
  2. 2. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: - Estabilizar Coluna Manualmente (A) airway: - Responsividade - Permeabilidade Vias Aéreas (B) breathing: - Verificar Respiração (C) Circulation - Verificar Circulação (D) Desability: - Realizar Exame Neurológico (E) Exposition: - Expor a Vítima Luiz Antonio Bertagna
  3. 3. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: - Estabilizar Coluna Manualmente (A) airway: - Responsividade - Permeabilidade Vias Aéreas -Apoiar Cabeça Vítima - Evitar Movimentação - Chamar pela Vítima 03 vezes -Tocando no Ombro - Ei, você está bem? Luiz Antonio Bertagna
  4. 4. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (A) airway: A.1 - Vítima consciente - Perguntar se pode ajudá-la (obter consentimento) - Questionar o ocorrido e principal queixa - Informar que vai examiná-la e sua importância - Vias aéreas pérvias – secreção vômito - trauma pescoço - Dificuldade respiratória – edema vias aéreas - Lesões orais e ruídos de obstrução) Luiz Antonio Bertagna
  5. 5. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (A) airway: A.2 - Vítima Inconsciente • Fazer a abertura das Vias Aérea: - Manobra de Elevação da Mandíbula - Manobra de Tração do Queixo - Manobra de Extensão da Cabeça Luiz Antonio Bertagna
  6. 6. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (B) breating: Verificar a Respiração • Ver – Ouvir – Sentir 7 a 10 Seg - Liberar as Vias Aéreas – melhor método - Aproxime o ouvido da boca e nariz da vítima - Observar movimentos do tórax - Ouvir os ruídos próprios da respiração - Sentir a saída de ar das VAS da vítima Luiz Antonio Bertagna
  7. 7. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (B) breating: Verificar a Respiração • Avalie Qualitativamente e Estabilize a Respiração da Vítima - Defina como: - Normal - Superficial - Profunda - Rápida - Lenta • Avalie o Tipo de Respiração - Defina como: - Regular - Simétrica - Ruídos Anormais Luiz Antonio Bertagna
  8. 8. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (C) circulation: Verificar a Circulação • Apalpe o Pulso Carotídeo em Vítimas acima de 01 ano  Indicações Circulatórias com base no Pulso: - Carotídeo palpável: 60 mmHG - Femural palpável: 70 mmHG - Radial palpável: 80 mmHG - Na ausência de Pulso Central: R.C.P. Luiz Antonio Bertagna
  9. 9. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (C) circulation: Verificar a Circulação • Verifique Pulso Radial e Avalie-o Qualitativamente: Intervalos iguais entre batimentos Regularidade Intervalos diferentes entre batimentos Batimentos facilmente Intensidade do palpáveis Pulsar da Artéria Dificuldade sentir batimentos Luiz Antonio Bertagna
  10. 10. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (C) circulation: Verificar a Circulação • Verifique Anormalidade do Pulso: Qualidade do Pulso Motivador de Alterações Pulso Rápido e Forte Hipertensão, Susto, Medo Pulso Rápido e Fraco Hemorragia, Desidratação Pulso Ausente Parada Cardíaca – Lesão Arterial • Verifique Anormalidade do Pulso: Perfusão Motivador de Alterações Retorna em até 02 segundos Normal Retorna após 02 segundo Hemorragia Intensa Não Retorna Choque - PCR Luiz Antonio Bertagna
  11. 11. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (C) circulation: Verificar a Circulação • Verifique Temperatura da Pele: Temperatura e Umidade da Pele Motivador de Alterações Pele Fria, Pálida e Úmida Perda Sanguínea Pele Fria e Seca Exposição ao Frio Pele Quente e Seca Insolação Pele Quente e Úmida Hipertermia (febre), Intermação • Verifique a Cor da Pele: Cor da Pele Motivador de Alterações Pálida Choque Hemodinâmico, A. Cardíaco, Hemorragia Cianose (arroxeada) Deficiência Resp., Arritimia, Hipóxia, Doenc. Pulmonar, Envenenamentos Icterícia (amarelada) Doença Hepática Hiperemia Hipertensão, Insolação, Alergias, Diabetes, choque Anafilático Luiz Antonio Bertagna
  12. 12. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (D) Realize Exame Nerológico • Escala de Coma de Glasgow: • Avalie as Pupilas: - Reativas e Arreativas - Isocóricas e Anisocóricas - Midriáticas e Mióticas Tipo Motivador de Alterações Midríase Paralítica Morte Cerebral Mióse Uso de alguns tipos de Drogas Anisocoria Lesão Cerebral – TCE - AVC Luiz Antonio Bertagna
  13. 13. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” 2. ANÁLISE PRIMÁRIA - Etapas da Análise Primária: (D) exposition: Expor a Vítima • Expor os locais afetados da vítima: - Quando houver necessidade para complementar Exames - Informar antecipadamente sua ação - Evitar tempo demasiado de exposição - Cobrir com manta aluminizada - Garantir a privacidade da Vítima - Respeitar objeções por motivos pessoais e religiosos Luiz Antonio Bertagna
  14. 14. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” Imobilização da Coluna  Aplicação do Colar em Vítima Sentada - Retirar Vestimentas e Adornos Pescoço da Vítima - Examinar o Pescoço da Vítima antes da Aplicação Colar Socorrista 1 Socorrista 2 - Alinhamento Cabeça - Escolhe Colar/ Coloca - Firme, Tração Cima - Tórax até Queixo - VAS pérvias - Manobra - Posterior até Anterior - Consc. Apoio Lateral - Fixa velcro – Folga 1 dedo - Mantém Imobilização Luiz Antonio Bertagna
  15. 15. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” Imobilização da Coluna  Aplicação do Colar em Vítima Deitada - Retirar Vestimentas e Adornos Pescoço da Vítima - Examinar o Pescoço da Vítima antes da Aplicação Colar Socorrista 1 Socorrista 2 - Alinhamento Cabeça - Escolhe Colar/ Coloca - Firme, Tração Cima - Passa parte Posterior - VAS pérvias - Manobra - Por trás do Pescoço - Consc. Apoio Lateral - Fixa velcro – Folga 1 dedo - Mantém Imobilização Luiz Antonio Bertagna
  16. 16. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA Processo que visa descobrir problemas clínicos que não tratados Ameacem a vida do acidentado 1) Análise Secundária Objetiva -Sinais Vitais e Diagnósticos Sinais: - São detalhes que se descobre fazendo uso dos sentidos Sintomas: - São sensações que a vítima experimenta e relata Sinais Vitais: - Refletem o estado dos Sistemas Respiratório/Circulatório - Freqüência Respiratória Verificar : - Freqüência Cardíaca - Pressão Arterial Luiz Antonio Bertagna
  17. 17. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA 1) Verificação da Frequência Respiratória - Palpar o Pulso Radial para disfarçar a intenção - Contar 30 Segundos e multiplicar por 2 = m.r.m. Frequência Respiratória NORMAL NORMAL - de 12 A 30 m.r.m. Idade Acima de 08 LENTO - Menor que 12 m.r.m. Anos RÁPIDO - Maior que 30 m.r.m. Frequência NORMAL - de 20 a 30 m.r.m. Respiratória Idade Entre 08 e 01 LENTO - Menor que 20 m.r.m. Minuto Ano RÁPIDO - Maior que 30 m.r.m. (m.r.m.) NORMAL - de 30 a 50 m.r.m. Idade Abaixo de 01 LENTO - Menor que 30 m.r.m. ano RÁPIDO - Maior que 50 m.r.m. Luiz Antonio Bertagna
  18. 18. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA 1) Verificação da Frequência Cardíaca - Pulso é uma onda gerada pelo batimento cardíaco e propagada pelas artérias - Contar 30 Segundos e multiplicar por 2 = b.p.m. Frequência Cardíaca NORMAL NORMAL - de 60 A 100 b.p.m. Idade Acima de LENTO - Menor que 60 b.p.m. 08 Anos RÁPIDO - Maior que 100 b.p.m. Frequência NORMAL - de 80 a 140 b.p.m. Cardíaca Idade Entre 08 LENTO - Menor que 80 b.p.m. Minuto e 01 Ano RÁPIDO - Maior que 140 b.p.m. (m.r.m.) NORMAL - de 120 a 160 b.p.m. Idade Abaixo de LENTO - Menor que 120 b.p.m. 01 ano RÁPIDO - Maior que 160 b.p.m. Luiz Antonio Bertagna
  19. 19. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA 1) Verificação da Pressão Arterial - É a Pressão exercida pelo sangue circulante contra a parede das artérias. - PA máxima Sistólica e PA mínima Diastólica Pressão Arterial NORMAL Idoso - acima de 50 anos (PAS) 140 a 160 - (PAD) 90 a 100 mmHG Idade – acima de 16 anos 120/80 mmHG Idade – 16 anos 118 / 75 mmHG Idade – 6 anos 95 /62 Idade – 12 anos 108 / 67 mmHG Idade – 4 anos 85 / 60 Idade – 10 anos 100 / 65 mmHG R.N. (3 Kg) 52 / 30mmHG - NORMAL = Normotenso - ALTERADO = Hipertenso e Hipotenso - Faixa Etária Adulto Valores Limites PA = PAS 140 e 90 mmHG Luiz Antonio Bertagna
  20. 20. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA 2) Análise Secundária Subjetiva - Dados de Entrevista - Refere-se à apalpação e inspeção visual realizada pelo Socorrista. - Exame da Cabeça aos Pés a) Cabeça - Ferimentos Deformidades - Crepitação Óssea - Secreção Boca, Nariz e Ouvidos - Hálito - Dentes quebrados, Próteses dentárias Luiz Antonio Bertagna
  21. 21. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA - Exame da Cabeça aos Pés b) Pescoço - Ferimentos Deformidades - Crepitação Óssea - Estase Jugular - Pneumotórax Hipertensivo - Desvio de Traquéia - lesão direta pescoço e Pneumotórax - Resistência ou Dor ao movimento - Enfisema Subcutâneo - lesão nas Vias Aéreas Luiz Antonio Bertagna
  22. 22. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA - Exame da Cabeça aos Pés c) Tórax e Costas - Ferimentos Deformidades - Respiração Difícil - Alteração da Expansibilidade - Crepitação Óssea - Enfisema Subcutâneo - lesão nas Vias Aéreas Luiz Antonio Bertagna
  23. 23. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA - Exame da Cabeça aos Pés d) Abdome - Ferimentos (contusões/deformações) - Dor à Apalpação - Rigidez da Parede Abdominal e) Pelve e Nádegas - Ferimentos e Deformidades - Dor à Apalpação - Crepitação Óssea - Instabilidade Estrutura Óssea Luiz Antonio Bertagna
  24. 24. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA - Exame da Cabeça aos Pés f) Extremidades Superiores e Inferiores - Ferimentos e Deformações - Pulso Distal – Radial e Pedial - Resposta Neurológia (insensibilidade, formigamentos) - Motricidade e Força - Perfusão Capilar (lesão arterial) - Temperatura - Coloração da Peles Luiz Antonio Bertagna
  25. 25. “ G U A R D I Õ E S D O F O G O ” ANÁLISE SECUNDÁRIA 2) Análise Secundária Subjetiva - Dados de Entrevista - Colher dados com vítima, testemunhas e familiares - AMPLA A lergias: a medicamentos, alimentos, pós, gases inalados, etc. MEdicamentos em uso: Regularmente, Automedicação (Droga) Problemas antecedentes: Diabético, Cardíaco, Renal Crônico Líquidos e Alimentos ingeridos: Quando comeu, o que comeu? Ambiente , local da cena: Aplicadores de droga, frasco medica- mentos, Vômitos, presença de gases, etc. Luiz Antonio Bertagna

×