Louvor e Súplica
Obra: Antologia da Espiritualidade
Chico Xavier/Maria Dolores
Imagens da Internet
Deus de eterna
bondade,
Em prece de louvor,
Entrego-te minhalma!...
Sê bendito, meu Pai,
Por todos os recursos,
Ferramentas, processos e
medidas
Dos quais te utilizaste,
A fim, de que
eu per...
Agradeço-te, pois,
O tesouro da vida,
A presença do amor,
A constância do tempo,
O sustento da fé,
O calor da esperança qu...
O pensamento reto
Que me faz discernir
O que é mal e o que é bem,
Na clara obrigação
De nunca desprezar ou de ferir
alguém...
As flores do caminho,
Os braços que me amparam
E os gestos de carinho
Dos corações queridos que me
deste!...
Por tudo te agradeço...
E quando te aprouver
Despojar-me dos bens com que
me exaltas,
Ensina-me, Senhor, a devolver
Tudo q...
Mas, por piedade,
Oh! Pai,
Por apoio e dever,
A bênção de aceitar
E o dom de
compreender!...
Mas, por piedade,
Oh! Pai,
Por apoio e dever,
A bênção de aceitar
E o dom de
compreender!...
Louvor e suplica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Louvor e suplica

185 visualizações

Publicada em

"As imagens de ilustração utilizadas são materiais de circulação na internet. Por favor, em caso de violação de direito autoral entre em contato o quanto antes."

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
185
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Louvor e suplica

  1. 1. Louvor e Súplica Obra: Antologia da Espiritualidade Chico Xavier/Maria Dolores Imagens da Internet
  2. 2. Deus de eterna bondade, Em prece de louvor, Entrego-te minhalma!...
  3. 3. Sê bendito, meu Pai, Por todos os recursos, Ferramentas, processos e medidas Dos quais te utilizaste, A fim, de que eu perceba Que tudo devo a ti...
  4. 4. Agradeço-te, pois, O tesouro da vida, A presença do amor, A constância do tempo, O sustento da fé, O calor da esperança que me acena ao porvir, O santo privilégio de servir,
  5. 5. O pensamento reto Que me faz discernir O que é mal e o que é bem, Na clara obrigação De nunca desprezar ou de ferir alguém!... Agradeço-te, ainda, A visão das estrelas A esmaltarem de glória o Lar celeste,
  6. 6. As flores do caminho, Os braços que me amparam E os gestos de carinho Dos corações queridos que me deste!...
  7. 7. Por tudo te agradeço... E quando te aprouver Despojar-me dos bens com que me exaltas, Ensina-me, Senhor, a devolver Tudo que me emprestaste...
  8. 8. Mas, por piedade, Oh! Pai, Por apoio e dever, A bênção de aceitar E o dom de compreender!...
  9. 9. Mas, por piedade, Oh! Pai, Por apoio e dever, A bênção de aceitar E o dom de compreender!...

×