Inclusão Digital

79 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado na disciplina de Cultura e Inclusão Digital dentro pós graduação lato sensu da Universidade Federal do Acre,
Docente: Luiz Matos
Discentes: Glailson, Ranieri, Sarkis e Magnum

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
79
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Inclusão Digital

  1. 1. INCLUSÃO DIGITAL Glailson Sarkis Ranieri Magnum
  2. 2. DISCIPLINA: CULTURA E INCLUSÃO DIGITAL DOCENTE: LUIZ MATOS Pós-Graduação Lato Sensu Tecnologias da Informação e Comunicação
  3. 3. ROTEIRO • Definição • Exemplos • Estatísticas • Referências • Perguntas
  4. 4. DEFINIÇÃO • Inclusão digital é o esforço para garantir a todas as pessoas, independente de gênero, classe social, idade, etnia e necessidades especiais, o acesso às tecnologias de informação e comunicação (TIC). Fonte: <http://www.infoescola.com/educacao/inclusao-digital/>
  5. 5. EXEMPLOS • Existem programas que facilitam esse processo de inclusão digital. O governo possui algumas iniciativas na área de educação, transparência e acesso à recursos públicos, dentre outros. Aqui iremos destacar estes programas: • GESAC • PROINFO • SIGEAM
  6. 6. GESAC • O programa oferece gratuitamente conexão à internet a telecentros, escolas, unidades de saúde, aldeias indígenas, postos de fronteira e quilombos. É possível a realização de aulas ministradas à distância, acompanhadas em tempo real nos telecentros dos principais polos nas comunidades. Fonte: http://www.governoeletronico.gov.br/acoes-e-projetos/inclusao-digital/programa-gesac
  7. 7. PROINFO • É um programa educacional com o objetivo de promover o uso pedagógico da informática na rede pública de educação básica. Laboratórios, tablets, notebooks e desktops disponibilizados aos municípios que aderem aos pré-requisitos exigidos pelo governo. Fonte: http://portal.mec.gov.br/proinfo/proinfo
  8. 8. SIGEAM • O sistema é centralizado na PRODAM (mainframe) e seu objetivo é a administração das escolas de forma unificada. Ele é integrado aos demais sistemas da área escolar da SEDUC. Atualmente, na SEDUC do Amazonas, é possível ter conhecimento, em tempo real, da situação que da merenda escolar, situação de alunos, lotação de servidores e mais. Fonte: http://www.educacao.am.gov.br/servicos/sigeam/
  9. 9. ESTATÍSTICAS • Objetivo: A pesquisa TIC Domicílios tem por objetivo geral medir o acesso e os usos da população brasileira em relação às tecnologias de informação e comunicação. • Abrangência geográfica: Nacional. • Público-alvo: Domicílios brasileiros e cidadãos com 10 anos ou mais. • Período de coleta: Outubro de 2014 a Março de 2015. • Tamanho da amostra: 19.211 entrevistas realizadas em 349 municípios. • Método de coleta: Entrevistas pessoais e domiciliares a partir de questionário estruturado.
  10. 10. REFERÊNCIAS • GESAC: <http://www.governoeletronico.gov.br/acoes-e- projetos/inclusao-digital/programa-gesac> • PROINFO: <Fonte: http://portal.mec.gov.br/proinfo/proinfo> • SIGEAM: <Fonte: http://www.educacao.am.gov.br/servicos/sigeam/> • CETIC – Indicadores Domicílios: <http://cetic.br/pesquisa/domicilios/indicadores> • CETIC – Analises: <http://cetic.br/media/analises/tic_domicilios_2014_coletiva_de_impr ensa.pdf>
  11. 11. PERGUNTAS
  12. 12. OBRIGADO

×