Gestão na comunicação site carol

615 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
615
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
277
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • This is what I’m going to talk about – how you manage this experience in such a way that it differentiates your brand and creates loyalty from your customers
  • Notes:
  • Inicie articulando uma visão clara de como a sua organização deveria ser. Apresente o ponto de vista claramente e explique porque é importante para sua organização alcançar esse ponto. Inclua uma imagem das habilidades de liderança que este ponto de vista requer. Por exemplo, globalização, associação estratégica, etc.
  • Gestão na comunicação site carol

    1. 1. Consulting Group
    2. 2. Palestra “Gestão da Comunicação” Por Sandra de Angelis Diretora EDGE Mídia
    3. 3. MENSAGEM e COMUNICAÇÃO CORPORATIVA <ul><li>É questão estratégica que exige reflexão por parte do gestor ! </li></ul><ul><li>Quais serão os “canais” mais adequados e onde se pretende chegar com a mensagem? </li></ul><ul><li>É importante saber definir onde estará a “nascente” e o caminho a ser percorrido, ou seja, onde devem ser instalados os dutos, os registros, quantos serão os pontos de vazão e etc. </li></ul><ul><li>Aqui cabem os mesmos t ermos usados para os recursos da água e o domínio de sua força, oportunizando a metáfora clássica! </li></ul>“ Canais” de mídia “ Fluxo” de informações
    4. 4. ◘ Estratégia & inteligência ►Mensagem ► foco ► meio de propagação ►público-alvo MENSAGEM CORPORATIVA <ul><li>O que você quer dizer ? </li></ul><ul><li>Para quem você quer falar ? </li></ul><ul><li>Onde você quer chegar ? </li></ul><ul><li>De quem parte a mensagem ? </li></ul>Quem decide isso? Quem aplica as decisões ? Como isso é feito ? Como se avalia os resultados? Resposta imediata e imagem consolidada
    5. 5. Planejamento estratégico <ul><li>Empresas, projetos, personalidades, eventos, feiras e etc, devem sair a mercado só depois que se estabeleceu uma reflexão sobre a forma com a qual estas instituições vão se apresentar ao público, ao mercado e a seus colaboradores. </li></ul><ul><li>A mensagem de uma instituição deve ser homogênea para que chegue, de forma linear, a todas as pessoas com as quais se queira manter um relacionamento. </li></ul><ul><li>As decisões sobre tudo isso devem vir de cima para baixo, ou seja, definidas a partir do gestor e aplicadas em todas as camadas de relacionamento (clientes, fornecedores, funcionários). Obs.: Mas não se esqueça de analisar o “refluxo” desse processo. Este é o melhor “feedback” que existe </li></ul>
    6. 6. É preciso saber canalizar essas informações, para que elas sirvam de aliadas ao serem comunicadas ao mercado. As empresas, no Brasil, entretanto, dissociam essa “inteligência” da base do negócio e a atuação final, salvo em raras exceções, é exercida de maneira desfragmentada do planejamento estratégico da empresa. Mas esta não é a melhor prática de gestão! Fluxo da mensagem / notícia O conceito cabe em qualquer porte de empresa, projeto ou instituição. Até um executivo deve refletir e decidir sobre a “mensagem” que pretende passar ao mercado do qual faz parte!
    7. 7. Nas micro e pequenas empresas A boa notícia é que a tecnologia trabalha a favor e é forte aliada da comunicação. Qualquer pessoa ou instituição pode criar seus meios de comunicação. A Internet, os blogs, as páginas gratuitas e o orkut, por exemplo, são meios relevantes de expressão de informação, conceitos, idéias e relacionamento. Os investimentos são baixíssimos e exigem apenas INTELIGÊNCIA & ESTRATÉGIA para que eles sejam nossos aliados, com força de penetração junto às comunidades. Refletir sobre esses meios globalizados de comunicação e usar de todo seu potencial em benefício da instituição, projeto ou carreira é saber gerir esse fluxo.... O A sua Mensagem Nonono nononnno ono novovop
    8. 8. Credibilidade - Como atingir as pessoas? <ul><li>A melhor (e a pior) referência externa para a imagem da instituição: o seu “CLIENTE” </li></ul><ul><li>A outra melhor (e a pior) referência para a imagem da sua empresa: FUNCIONÁRIO </li></ul>Ads em celulares Banners na Web Ads em sites de buscas Web sites famosos Ads em revistas Ads no Rádio Ads na TV Ads em Jornais 0% 20% 40% 60% 80% 100% Solicitação de info atualizadas via e-mail Opiniões publicadas na Web e mídias Recomendações de amigos e parentes “ Eu acredito:”
    9. 9. A marca deve refletir “Sucesso” <ul><li>O sucesso de uma marca é conferido pelas pessoas , ou seja: o “público”, os outros . </li></ul><ul><li>Para o sucesso da reputação das empresas os “públicos” de maior credibilidade são os clientes e funcionários. Depois vêm os demais formadores de opinião do mercado em geral. </li></ul><ul><li>A métrica do “sucesso” de uma marca é o conhecimento, o reconhecimento e a percepção pelo “publico alvo” da “ proposta de valor ” da empresa. </li></ul>
    10. 10. Credibilidade - Como atingir as pessoas? <ul><li>A melhor (e a pior) referência externa para a promoção da sua empresa: o seu CLIENTE </li></ul><ul><li>A melhor (e a pior) referência externa para a imagem da sua empresa: FUNCIONÁRIO </li></ul>'A empresa é um ser vivo e sua marca é o reflexo dessa organização’ <ul><li>Equilíbrio: </li></ul><ul><li>Os esforços em Endomarketing são tão ou mais importantes do que os de marketing; </li></ul><ul><li>Não há efetiva valorização da marca Brand Equity -, sem investimento integrado Marketing & Endomarketing. </li></ul>
    11. 11. Erros de Endomarketing: <ul><li>No.1 Não ter uma estratégia definida para as práticas de endomarketing e ainda: </li></ul><ul><ul><li>Delegar a tarefa de endomarketing para o RH; </li></ul></ul><ul><ul><li>Usar somente os meios tradicionais como ‘jornalzinho interno’, intranet, mural; </li></ul></ul><ul><ul><li>Misturar conteúdos e veículos internos com externos </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de métricas quanto à efetividade da comunicação interna. </li></ul></ul>X “ EndoMarketing”
    12. 12. Desenvolvendo a Marca…. Marcas, promessas e Comunicação “Old fashion” O mesmo velho “Blue Jeans” Os clientes não Acreditam mais: Nova “Proposta” Cool, Marketing avançado, Integrado e com promessas novas de interação direta com clientes e mercado: Liderança em Marketing “ VALUATION”
    13. 13. Erros de Marketing: <ul><li>Não ter uma estratégia de marketing e Brand Equity definida por segmento de mercado e por nichos de “público alvo”; </li></ul><ul><li>Não ter métricas claras de ROI; </li></ul><ul><li>Não ter ações estruturadas de eMarketing: Website, email marketing, Comunidades, Blogs, Foruns, Imprensa; </li></ul><ul><li>Não ter Assessoria Integrada de comunicação (custo X benefícios); </li></ul><ul><li>Não ter ações estruturadas de marketing direto; </li></ul><ul><li>Privilegiar as ações publicitárias X mídias de massa; </li></ul><ul><li>Não ter um processo contínuo de marketing; </li></ul>X The Passion
    14. 14. Renovação do Marketing: Brand Varig AT&T Growth Time GOL Nike Apple
    15. 15. ...de um “espaguete” de Marketing... Branding Company Agência Publicidade Prime Promotora Comercial Agencia Pub. Pontual 1 Agencia Pub. Pontual 2 Promotora de Eventos Assessoria de Imprensa eMarketing: Web design Pesquisa de Mercado Diretor de Mkt
    16. 16. ...para uma abordagem integral ! Criação de um site, newsletters, publicações etc, incentivando links e parcerias de conteúdo junto às comunidades Desenho estratégico do plano capaz de pautar, inclusive, ações de marketing - Plano Integrado de Comunicação Propagar notícias relevantes à comunidade, como eventos e mensagens pertinentes a estudos, cursos e projetos, trazendo seu público para dentro da instituição, além de estimular colaboradores e fornecedores também nessa direção! Conteúdos e gestão de comunicação Os objetivos Estratégia & Inteligência Processo C Processo B Processo A
    17. 17. Benefícios <ul><li>Vantagem Competitiva: Menor custo e maior produtividade; </li></ul><ul><li>Aumento em vendas e poder de influência; </li></ul><ul><li>Menor custo em Marketing e EndoMarketing; </li></ul><ul><li>Previsibilidade: Custos fixos X métricas (resultados) </li></ul><ul><li>Terceirização plena; </li></ul><ul><li>Maior foco dos executivos da empresa nas contas e vendas . </li></ul>
    18. 18. Sandra de Angelis 55 11 3641-6787 / 9911-3798 [email_address] Obrigada! Mídia

    ×