Revista Entrelinhas

1.072 visualizações

Publicada em

Revista experimental para o Trabalho de Conclusão de Teoria da Comunicação I.

ESPM - SP 2012/1

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.072
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revista Entrelinhas

  1. 1. Revista experimental Teoria da Comunicação | Ano 1 | Número 1 | Junho de 2012 Entrevista: Vânia Gorgulho, pós-doutora em Ciências da Comunicação e doutora em Semiótica e Linguística Geral. Sofremos um bombardeio de estímulos visuais no nosso cotidiano, são símbolos e logotipos que são constantemente vistos durante nosso dia- a-dia. Mas a questão é: você realmente sabe o verdadeiro significado deles? Por dentro Falando sobre das capas: qualidade, algo Os discos tão relativo: dizem muito dois filmes com mais do que uma mesma aparentam. mensagem. Um Descubra a realmente émensagem por melhor que otrás das capas. outro?
  2. 2. Foto: Stock Xchng Editorial Foto: Stock Xchng A comunicação humana é um processo de intensa troca de informações entre sujeitos ou objetos e utiliza signos como suporte para esse fim. Quando nos comunicamos, seja por qualquer meio, estamos materializando nossas ideias/ pensamentos em signos (representações da realidade) e caberá ao receptor reinterpretá-las, porque sempre há ruídos no caminho da mensagem do emissor ao receptor. Esse ruído ocorre graças ao repertório específico que cada um tem. Quanto maior ele for, maior o reconhecimento de símbolos que signifiquem algo de grande importância na interpretação de uma mensagem. Por trás de cada mensagem que você recebe, cada imagem que você olha, há uma ideologia, um significado que terá que ser interpretado. Você realmente presta atenção em tudo que vê? São tantos estímulos que sofremos diariamente que nosso corpo já está anestesiado, olhamos para eles, mas não os vemos. São filmes, livros, capas de CDs, obras de arte, peças publicitárias, logomarcas de grandes empresas, todos com uma mensagem por trás. Porém, só conseguimos ler (isso mesmo! “Ler”!), interpretar e ser competente na interpretação desses 04 Movimento Beat nas Telas. Literaratura de Jack Kerouac, agora, nos cinemas. 05 Maus: Uma HQ sobre o Holocausto diferente do que as pessoas estão acostumadas. elementos da nossa cultura cotidiana, quando desenvolvemos essa leitura. 06 Qualidade, algo tão relativo: dois filmes com uma mesma mensagem. Um é melhor que o outro? 10 Por dentro dos álbuns: julgue o disco pela capa. E esse é o grande objetivo dessa publicação: desenvolver em você, leitor, a leitura semiótica. Depois de ler essa revista, você nunca verá mais o mundo com os mesmos olhos. Sempre que 12 Descubra os mistérios por trás dos logotipos. 18 Entrevista com doutora em Semiótica, que explica a importância da semiótica na comunicação estiver diante de uma forma de arte, a interpretará e verá o verdadeiro significado por trás daquilo. Não perceberá só o todo, mas sim as entrelinhas, significados ocultos em símbolos que 20 História da arte: como antiguidades influenciam no contemporâneo. 24 Você sabe como os profissionais de comunicação escolhe as cores dos logos, embalagens? apenas alguns perceberão e se eles estiverem em seu repertório, interpretarão. A semiótica está presente em tudo e você verá o quanto ela é importante nos processos de comunicação. 25 Heavy Rain: “(...) o bater das asas de uma borboleta pode causar um tufão do outro lado do mundo.” 26 Oliviero Toscani - Entenda o ponto de vista do publicitário mais polêmico do mundo. A Entrelinhas acredita que toda a forma de comunicação é um objeto cultural, é uma arte, assim como Oliviero Toscani, um dos 28 Street Photography. Saiba mais sobre esse estilo e saia fotografando pelas ruas 30 Ensaio Visual: O que os olhos veem. maiores publicitários atuais. Ele consegue vender roupas para a Benetton sem colocar referências explícitas a elas em uma peça publicitária sequer. A sua publicidade se refere à realidade do 38 Conto: Bang-bang. Por Ian Perlungieri 38 A Pele que Habito: Paixão e violência. Um filme para discutir e refletir. mundo e por isso, na maior parte das vezes, é tão chocante. Você já parou para analisar logomarcas, livros, filmes, capas Projeto realizado como trabalho de conclusão da disciplina Teoria da Comunicação I – de CDs, obras de arte e peças publicitárias em seu significado mais profundo? Então, prepare-se! A partir da próxima página, entrelinhas Professor João Carlos Gonçalves – Turma CSOS1D – ESPM – 2012/1. Junho 2012. Edição 1. você irá se deliciar e se surpreender com o que quiseram dizer Capa: Caroline Boaventura. Projeto Gráfico: Caroline Boaventura, Ian Perlungieri, com várias das coisas presentes em seu cotidiano, através dos Fernando Matijewitsch, Mateus Amaral, Henrique Alvarenga. Diagramação: Caroline Boaventura. Repórteres: signos, que você nunca tinha imaginado o porquê deles estarem Caroline Boaventura, Ian Perlungieri, Fernando Matijewitsch, Mateus Amaral, Henrique Alvarenga. Ensaio Visual: ali. Caroline Boaventura, Ian Perlungieri, Fernando Matijewitsch, Mateus Amaral, Henrique Alvarenga.2 3
  3. 3. MOVIMENTO Leitura O filme é baseado na obra de Jack Kerouac, com mesmo nome em inglês, livro este que é considerado de grande importância na literatura beatnik, BEAT movimento literário originado nos anos 50 cujos autores têm por objetivo cultuar a vida suburbana em recomendada detrimento ao modo conservador de vida americana. A adaptação do livro para o cinema, feita por Jose Divulgação Rivera, nos permite identificar todo esse ideal colocado na literatura de Kerouac nas telas. A história contada, considerada parcialmente autobiográfica, conta da vida de um americano típico, que vive em Nova Jersey que se depara com uma figura de um andarilho vindo de Denver que o coloca numa situação atípica a seus costumes e então partem para uma viagem aos Estados Unidos. Esta tal viagem permite a Sal NAS TELAS Paradise, o americano típico, juntamente com Dean Moriarty, o andarilho e sua esposa Marylou, transformar esta viagem como uma viagem de autoconhecimeno. Estava na disputa com o filme “Amour” que foi o grande vencedor Mais uma vez, o festival de Cannes, reconhecidamente uma das premiações da categoria tornando o diretor mais importantes no mundo cinematográfico, teve no páreo a representa- austríaco Michael Haneke ção do Brasil para concorrer na categoria “Palma de Ouro”. O longa Pé na bicampeão da categoria após três anos de sua primeira premiação Estrada (on the road). Direção de Walter Salles Jr. Que conta com grande pelo filme “A Fita Branca”. O filme elenco incluindo outra presença brasileira, Alice Braga. que consagrou Haneke o prêmio “Maus”, vencedor do prêmio Pulitzer, desta edição do festival de Cannes conta foi escrito por Art Spiegelman. Uma a história de um casal de idosos que se deparam com a possibilidade da história em quadrinhos surpreendente morte vir a acontecer em um período próximo. Filme estrelado por dois que retrata o Holocausto de maneira ícones do cinema francês, Jean-Louis Trintignant Emmanuelle Riva. modesta e emocionante. Uma narrativa Um dos autores criadores do conceito da geração Beat, Kerouac viveu comovente e incisiva que retrata os esta época e apresentou à sociedade como agiam e pensavam os membros judeus como ratos, os nazistas como dessa geração. Marcada pelo visual característicos de vestimentas, boinas, gatos, os poloneses como porcos, óculos escuros, libertinagem sexual, uso contínuo de bebidas e drogas e entre outros. grandes festas que eram a oportunidade de expressão disso tudo. Afinal, por Henrique Alvarenga “Uma obra de arte brutalmente o ideal presente em suas mentes, por fim, era a quebra com o sistema tocante.” foi a crítica do Boston Globe, opressor, o modus vivendi comum que guiava a sociedade norte-americana e essa crítica positiva ocorre devido ao Elenco: sem a possibilidade de uma mudança. Esta mudança pretendida, exigiaFotos: Divu lgação realismo da história. uma forte ruptura com os laços dos valores que eles carregavam dês de Sam Riley, Garrett Hedlund, Kristen sua família, que eram passados de gerações anteriores para as próximas. O autor, não apenas produz um Stewart Kirsten Dunst, Steve Buscemi, A música, a arte a literatura foram propulsores do êxito desse movimento. romance gráfico, como também Amy Adams, Viggo Mortensen, Alice O que se retrata no filme de Salles é aquilo que esta geração queria. reproduz o relacionamento com seu Braga e Tom Sturridge Liberdade. A estrada é o símbolo disso. Nela pode-se não ter um destino próprio pai, um judeu polonês que fixo, a vida não é fixa somente em um ponto específico e há a continuidade, viveu na época do Holocausto. Art Roteiro de José Rivera há a viagem sem um roteiro programado que é a representação desta Spiegelman não é apenas o autor. liberdade buscada Também é o protagonista da história. As obras que marcaram época neste movimento, nesta Uma história em quadrinhos que geração, foram principalmente Howl (1956) de Allen retrata o Holocausto como você nunca Jack Kerouac Ginsberg, Naked Lunch (1959) de William S. Burroughs e On viu. the Road (1957) de Jack Kerouac e a ultima foi a escolhida da vez para ir às telas, nos premiando com mais uma grande Leitura recomendada por: Ian obra cinematográfica. Perlungieri 4 5
  4. 4. Foto: Divulgação / montagem Há pesoas que preferem filmes de entretenimento enquanto outras gostam de um filme mais “cult” e, certas vezes, os mesmos temas aparecem em dois filmes diferentes. Alguns espectadores comparam ambos e se perguntam qual o melhor. E, afinal, qual o melhor? “Às vezes a ideia mais simples faz a maior diferença.” – frase do filme “A Corrente do Bem” por Ian Perlungieri6 7
  5. 5. Fotos: divulgação “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” é um filme francês dirigido por Jean-Pierre Jeunet. Nele, a protagonista Amélie Poulain, devido a uma suposta doença cardíaca, passa a infância confinada em sua própria casa, criando para si uma vida repleta de fantasias, o que ocasiona um estado de voyeurismo constante, atravessando sua existência não possuir um final feliz ou uma superprodução sem maiores dramas. Entretanto, após encontrar uma caracterizado pelo cinema de entretenimento, este caixa repleta de objetos e procurar pelo seu dono, descobre filme dramático, em comparação com “O Fabuloso um novo objetivo para sua vida: fazer as pessoas felizes através Destino de Amélie Poulain”, é menos elaborado. de pequenos gestos. “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” pode ser Enquanto isso, o filme “A Corrente do Bem”, dirigido por Mimi Leder, caracterizado como um conto de fadas da modernidade, retrata a história de um menino de onze anos chamado Trevor que, apesar de com uma alienação proposital e atraente, cujo excesso de uma vida complicada (mãe alcóolatra, poucos amigos), tem a ideia de fazer boas cores e vivacidade podem ser relacionados a um mundo ações em corrente, realizando três favores para três pessoas diferentes sem pedir nada “colorido”, utópico. Amélie se torna uma super-heroína além de “passar o favor para frente”. (em determinado momento do filme, Amélie veste-se de Zorro, o que facilita compreender a analogia), cujo Com estas sinopses dos filmes já se pode inferir que, dentre eles, há um poder é o de engatilhar eventos na vida de todos que artisticamente superior ao outro. Apesar da impossibilidade de julgar um a cercam, e são os personagens que a cercam, assim filme como “melhor” e outro como “pior”, há a possibilidade de reconhecer como a própria Amélie, que tornam o filme curioso. que “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” é mais artístico, mais Personagens como um rapaz que coleciona fotos independente e exige maior repertório enquanto “A Corrente do Bem” 3x4, uma mulher hipocondríaca, um senhor solitário, possui atores famosos (Haley Joel Osment (“AI Inteligência Artificial”), tendem a fazer com que o espectador identifique-se, já Helen Hunt (“Do que as Mulheres Gostam”) e Kevin Spacey que, na sociedade multifacetada em que vivemos, com (“Beleza Americana”)) e exige menos repertório. Apesar territórios diferentes exigindo identidades diferentes, de “A Corrente do Bem” é fácil identificar-se com todos os personagens do filme, pois, apesar de cada personagem possuir uma característica marcante, os espectadores tendem a se autodominarem como um “misto” de todos eles. “A Corrente do Bem” possui um objetivo parecido com o de “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”. Porém, enquanto o segundo ensina a dar valor aos pequenos elementos presentes na vida e a praticar boas ações com os outros, o primeiro ensina apenas a praticar boas ações. Entretanto, “A Corrente do Bem” não é um filme inferior, se comparado com “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, pois tanto um quanto o outro provoca reflexão sobre o papel do indivíduo na sociedade e sobre como apenas um indivíduo pode fazer a diferença.8 9
  6. 6. Foto: Stock Xchng Divulgação CALIFORNICATION -RED HOT CHILI PEPPERS A vista sugerida na foto é de alguém que está prestes a mergulhar na piscina. Mas, só de olhar, percebe-se que algo está fora do lugar. A água está no céu, e, dentro da piscina, encontra-se o céu alaranjado, com nuvens, comum na Califórnia. Essa troca propõe que as sensações ao ouvir o álbum (ao mergulhar na piscina), será diferente do que ouvir outro álbum. Ao ouví-lo, a imagem sugere que as experiências serão como mergulhar livre em um céu quente, caótico. Sétimo álbum da banda, de 1999, que marcou a O resto do ambiente está normal, o que simboliza que, mudança do estilo musical. Vendeu mais de 16 milhões de cópias. aparentemente, é apenas mais um álbum. E, apenas quem mergulhar, sentirá a experiência. MAJESTY SHREDDING - SUPERCHUNK Divulgação Quando se estuda sobre a história do mundo, muito se sabe que diversas águas foram divididas a partir de descobertas e invasões por praia, como o descobrimento das américas e A mensagem de um álbum musical pode estar muito além das o Dia D, na 2ª Guerra. A imagem sugere exatamente isso, faixas do CD ou LP. A mensagem se inicia na própria capa, com um objeto desconhecido, colorido, pousando em uma confirmando a máxima de que “O meio é a mensagem”. praia sem cores e agitada, mostrando que novos tempos estão começando, mesmo que seja de uma forma já ocorrida Fotos, montagens, iluminação, personas, tudo compõe antes. a mensagem, que pode ser completada ou não, pelas músicas ou momento que a banda Álbum lançado em 2010, após uma pausa de lançamentos de nove anos. A banda é referência de garage rock dos anos 90. passa. Por Caroline Boaventura Divulgação NEVERMIND - NIRVANA O bebê, que teoricamente é inocente, mesmo em um ambiente puro, simbolizado pela água, já está sendo guiado pelo capitalismo, representado pela nota. Em relação à banda, a capa muito tem a ver com o momento que passava. Era uma transição em que se estava entrando no mainstream, ou seja, estavam “se vendendo”, fazendo música pelo dinheiro. Segundo álbum da banda, lançado em 1991, e vendeu mais de 30 milhões de CDs e LPs e, até hoje, influencia diversas novas bandas.10 11
  7. 7. no i s ue s ua s q a- vi ca ia- ra s r d a lo ma o u o ss o urs p , ím g o lh o e st lo n ba y h e e a e s e nt tr pp ent d lo ra o ha e io bo du , d a, cilm om . j o rd sím os lho re ifi r c aix ba st a ig d a b m são vi rab a, or, par s a cê bo o, te t i f de gen : vo o m an en a d o em e u d se a é e s id i tem par ca on rá im ão ab o t n a a i s t s o rem co sta asa de, par ão ssa ues te eir do n of sso on a c lda lá ê n de a q me dad ca ? S o c n o . D cu ja oc um as eal ver nifi les sã d ia fa se v alg M r g e a si d por Fernando Matijewitsch12 13
  8. 8. LG APPLE de seu desenvolvimento. da qual a Apple é uma das maiores A tipografia de L e G forma um sorriso, produtos. Além disso, é a abreviação entre empresa e consumidor A maçã da logomarca remete à maçã influenciadoras. o que remete à jovialidade da marca e do nome da empresa (Lucky Goldstar) (a LG sempre estará lá para te que caiu na cabeça de Isaac Newton, Hoje, a empresa não utiliza mais à satisfação com o consumo de seus e do slogan (Life’s Good). atender), ele traz vivacidade e pai da Mecânica clássica, que o fez sua logo com cores brilhantes. A logomarca apresenta um sentimento emotivo. E a cor perceber a existência da gravidade Ela opta por paletas brancas formas arredondas para cinza é utilizada para traduzir e começar a elaborar uma série e cromadas, o que dá uma transmitir a modernidade as características da tecnologia, de estudos que culminaria na aparência de polidez, elegância e e a tecnologia da marca. É seriedade e sofisticação que Lei da Gravitação Universal, pureza à marca, nos remetendo ao utilizado o vermelho, pois a empresa carrega desde seu dando um empurrão enorme ao desenvolvimento e à tecnologia que ele remete à amizade, início. desenvolvimento da ciência. a Apple sempre apresentou. A logomarca aderida antes Mas por que a maçã está mordida? da atual era toda colorida, conhecida como a “maçã A mordida presente na maçã pode do arco-íris”. Além significar um possível tributo à “fruta CITROEN da Árvore do Conhecimento” na do descobrimento da A logomarca é composta por localiza a tipologia da marca, ou seja, arredondada, gravidade, um processo história de Adão e Eva ou, também, dois chevrons posicionados um em o nome Citroën em letras maiúsculas. para passar a sensação importantíssimo na história da pode representar que de todo o paralelo ao outro. Logo abaixo se de movimento e fluidez. Outra logomarca que está presente ciência, essa maçã também nos desenvolvimento possível que o ser Os chevrons, que possuem seus cantos E, também é interessante humano pode ter (representado pela entre os símbolos corporacionais mais remetia à descoberta da separação arredondados e tem uma aparência observar que a empresa maçã inteira), nós só temos uma reconhecidos do mundo, a maçã da da luz (através das cores), também tridimensional com cores que remetem ao tem um manual de aplicação “mordida”, a tecnologia tem muito a Apple deve ser, provavelmente, o único feita por Isaac Newton, e é outro metal (cinza, cromado e preto), passam da logomarca, onde está evoluir ainda e a Apple será responsável caso em que a empresa não quis seu grande fator no desenvolvimento de uma sensação de tecnologia e velocidade, escrita a obrigatoriedade de por parte dessa evolução. nome no design da logo desde o começo toda a tecnologia que temos hoje, além de também representar a inovação se usar a logomarca sempre da empresa. São dispostos paralelamente em fundo branco, ou para nos mostrar que está tudo em seja, um fundo que nos equilíbrio, o carro da Citroën não remete à transparência, tem nada “fora do lugar”. à elegância e à ADIDAS A tipologia também é pureza. A Adidas, maior concorrente da prata). Outra interpretação possível é que elas representam os degraus para Nike, que já está presente na nossa o sucesso. lista, também tem não uma, mas duas logomarcas reconhecidas Já a logomarca que possui as três NIKE internacionalmente e conta com várias folhas, que foi nomeada “Trefoil” (três interpretações possíveis a elas. folhas, em francês) é simétrico, ou seja, Simples, fluida e rápida. Essas o que é “swoosh”. É o som emitido da empresa “cortam o ar” e representa o equilíbrio da empresa. O foram as palavras utilizadas para quando algo se move rápida e a logomarca tenta reproduzir, A logomarca que possui logo é “cortado” pelas três listras. Trata- descrever o “swoosh” presente repentinamente movendo o ar ou graficamente, esse movimento as três listras é a mais antiga se de uma folha cortada pelo vento, no logo da Nike, que é um dos água. Quando você abre uma cortina cortante. delas. As três listras postas o que nos remete à velocidade que a mais reconhecidos de maneira rápida, por exemplo, e nessa maneira representam Adidas proporciona aos esportistas, Além disso, o “swoosh” uma montanha, apontando enquanto que, as três folhas em si, símbolos do mundo. faz um som com o ar. Um carro no logo da Nike representa para cima, representando os representam o espírito olímpico passa e faz um som P r i m e i ra m e n t e, a asa da famosa estátua da desafios que irão existir durante e as três plataformas no ar, o temos que explicar deusa grega da vitória, Nike, o caminho para o sucesso e os continentais unidas. som que foi a fonte de inspiração objetivos a serem alcançados. que faz para vários excelentes e corajosos Além disso, pode-se inferir também quando você passa a guerreiros. De acordo com lendas, que as três listras representam um mão rapidamente pela superfície da um grego diria: “Quando vamos à pódio, com suas três posições, bronze, água, etc. Ou seja, logo de cara vemos batalha e vencemos, dizemos que prata e ouro (quem não conseguiu que o logo da Nike está relacionado foi Nike quem nos ajudou.”. O que subir toda a “montanha”, com a ideia do movimento e da dá mais um significado à marca: a superando todos os desafios velocidade. Os materiais esportivos Nike é a marca da vitória. fica com o bronze e a14 15
  9. 9. GOOGLE Especiarias e sabores: Representam pimenta ou A ferramenta de busca mais utilizada ingredientes frescos. da Internet, o Google, conta com um Congelado: A planta logotipo formado por uma tipografia simboliza o frescor, o simples e várias cores chamativas. O floco de neve representa motivo para isso é dar dinamicidade congelamento. Um símbolo e alegria ao logo, em concordância com de transformação. a velocidade que caracteriza o buscador. Os dois “o” Peixe: Representa podem representar o símbolo da infinidade e perfeição, assim como alimento, o mar ou a água também pode fazer uma alusão ao alcance global da marca. fresca. Onda: Simboliza limpeza, UNILEVER A logomarca frescor e vigor, tanto na da Unilever higiene pessoal quanto A Unilever é num ícone de lavanderia conta com (com a camisa). uma empresa multinacional que possui 25 símbolos, todos ligados à produtos inúmeras marcas de produtos ao redor ou à vida, tendo cada um seu próprio do mundo. As marcas são de alimentos, Brilho: Limpo, saudável e significado. Eles são organizados de cintilante de energia. bebidas, produtos de limpeza, produtos tal maneira que se encaixam e se que a Amazon faz suas entregas. E, para higiene pessoal, entre outras. Ela completam, o que a Unilever conseguiu por fim, ela dá forma a um sorriso, emprega cerca de 206.000 pessoas com isso? Um ícone que representa AMAZON Líquido: Uma referência para simbolizar que a empresa no mundo todo, e algumas de suas “tudo”. à água limpa e à pureza. A seta ligando a letra “a” e interpretações. Primeiramente, ela é amigável e próxima de seus marcas mais famosas por aqui são: “z” na logomarca da Amazon, representa que o site vende todos os consumidores e que estes Kibon, Seda, Omo, Rexona, Surf, Lux, Veja abaixo uma lista com o significado Pássaro: Um símbolo da empresa multinacional americana de tipos de produtos, de “a” a “z”. A estão sempre satisfeitos Knorr, Maizena, Hellmann’s, Fofo, Dove, de cada um deles, feita pela própria liberdade. Sugere alívio comércio eletrônico, pode ter várias seta também pode aludir à rapidez com ela. Comfort, Close up, Arisco e Ades. Unilever. das tarefas diárias e poder aproveitar da vida o que ela tem de melhor. Sol: Toda vida começa com o sol. Símbolo supremo da DNA: A hélice dupla, o mapa Recipiente: Simboliza a vitalidade, que representa genético da vida e um dos embalagem. Um pote de BRADESCO várias de nossas marcas. símbolos da biociência. É a creme associado a cuidados banco e o ponto de intersecção chave para uma vida saudável. pessoais. À primeira vista, o logo do Bradesco parece que não tem nenhum dos dois arcos representa Abelha: Representa a criação, Reciclar: Parte do Mão: Um símbolo de significado, ele não lembra muita a conexão (encontro) da a polinização, o trabalho árduo sensibilidade, cuidado e compromisso da nossa empresa coisa. Mas, se analisarmos ele de empresa ao cliente, revelando e a biodiversidade. necessidade. Representa a pela com a sustentabilidade. forma profunda percebemos que ele a preocupação com o bom e o toque. Flor: Representa a atendimento e relacionamento Cabelos: Um símbolo de fragrância. E, quando vista com representa muita coisa e que as ideias beleza e boa aparência. Ao a mão, representa hidratantes ou cremes. Roupas: Representam vão se encaixando com perfeição. com o cliente. Além da lado da flor, evocam limpeza roupas recém-lavadas e boa satisfação dele. e fragrância. Próximo à mão, aparência. As formas geométricas formam uma representam maciez. Molhos ou margarinas: da logomarca representa a parte da Os dois retângulos da base, cada Representam mistura ou árvore: os dois retângulos de diferentes esfera azul da bandeira do Brasil, que um com um tamanho e espessura, Palmeira: Uma fonte nutritiva preparo. Sugere combinação tamanhos representam o tronco e de condimentos e adição de Lábios: Representam beleza, da mesma forma que está no meio simbolizam o tronco, ou seja, o de recursos, também é um boa aparência e paladar. os dois arcos acima deles formam a símbolo do paraíso. sabor. da bandeira, encontra-se no meio do cerne de toda a organização.Assim, copa da árvore. A árvore simboliza logotipo também. Já o arco central, dão a ideia de apoio e suporte ao Chá: Uma planta ou extrato vida, crescimento, desenvolvimento e pela associação analógica, é a faixa da cliente, não importando seu porte Colher: Símbolo de nutrição, de uma planta como o chá. Coração: Um símbolo de abrigo, que são características muito de experimentar sabores e Também simboliza cultivo e bandeira do Brasil onde está grafada (seja uma grande empresa ou amor, cuidado e saúde. presentes na relação da empresa com cozinhar. plantio. a frase: Ordem e Progresso. Esse dois uma pessoa física terão o abrigo e seus clientes: mostrar a eles abrigo, arcos fazem com que percebamos que o bom atendimento do Bradesco). segurança e crescimento. Tigela: Uma tigela de comida o Bradesco tem muito forte em seus Os dois retângulos também podem com aroma delicioso. Também Partículas: Uma referência Cada forma geométrica no logo valores a identidade brasileira e que, o remeter a um gráfico de barras, representa uma refeição Sorvete: Um agrado, prazer e à ciência, bolhas e diversão. tem um significado próprio. O arco Brasil (arco crescente) sempre crescerá representando o crescimento da pronta, uma bebida quente ou efervescência. que alcança o ponto mais elevado com a “ordem e o progresso” do uma sopa. economia do Brasil.16 17
  10. 10. Semiótica Dra. Vânia Gorgulho: Divulgação É preciso dicas de semiótica pensar em • Dominar bases epistemológicas semiótica de ‘Peirce’ e ‘Greimas’ para aplicar na hora da Semiótica como ferramenta eficaz para gerar vantagens captação, seleção Publicidade competitivas; e circulação da informação que • Exercitar análise do discurso para perceber a dinâmica das se quer passar, intersubjetividades nas relações; levando em conta os diversos • Dominar Mix de Marketing; dominar plano de Comunicação ambientes e mais do que o céu Dra. Vania Gorgulho linguagens de Marketing (aí dentro está a Publicidade); • Compreender a relação como limite Marketing e Publicidade e Propaganda; • Perceber as várias nuances da A semiótica pode parecer um bicho de sete cabeças, mas, sem a menor a estratégia do ‘apelo cirúrgico’, por uma análise fina, incluindo seu Publicidade e da Propaganda e as sombra de dúvidas, ela deve ser “desvendada” e entendida por todos voltado para o público-alvo, de forma formato digital ou analógico, no que tendências na utilização desses se refere a sua linguagem, de fácil termos na contemporaneidade; os comunicólogos, para ser usada para completar e deixar a mensagem bem específica, para prospectar e/ou fidelizar clientes por manipulação, entendimento ou não por seu público, alcançar, de fato, seu público. Quem ajuda a compreender melhor é Vania sedução, doutrinação e garantir principalmente no atual mercado, que • Compreender as complexidades Gorgulho, pós doutora em Ciência da Comunicação e doutora em Semiótica se esperam por resultados imediatos. de um Plano de Negócios e vendas e cuidar do pós-vendas”, Para isso, a doutora explica que, como suas relações com Publicidade e e Linguística geral. detalha a profissional. Propaganda; os signos digitais são descontínuos Por Caroline Boaventura Por mais que seu entendimento e arbitrários, permitem tão somente possa ser um tanto complicado, o uso • Dominar tecnologias e escolhas e opções. “Não envolvem concepção de diferencial de bens “Semiótica, de forma simples, é a discursos não literários, publicitários, Para usar a semiótica a seu favor, o da semiótica em peças de comunicação decisões profundas, existenciais, ciência que interpreta o significado jornalísticos, midiáticos, jurídicos, não pode ter limites para classes sociais de consumo (produtos/serviços) comunicólogo precisa entender bem posicionamentos, mas respostas presente nas coisas faladas, escritas, educacionais e mais”, diz a doutora, e nível de conhecimento. Toda pessoa, sob a sua responsabilidade a sua definição, que pode se resumir rápidas, impulsivas, para o consumo”, desenhadas, cantadas, nas palavras que completa: “É preciso pensar em de forma consciente ou não, trabalha profissional; em “ciência que estuda a significação explica. “Já com a produção de emitidas, sons, gestos, sinalizações, semiótica na hora da captação, seleção dos objetos e dos fenômenos”. Com na mente com significados e signos, peças publicitárias e o incremento • Estudar incansavelmente as bate-papos, xingamentos, bajulação, e circulação da informação que se quer isso, é válido saber que uma análise independente do quanto de cultura personalizado para as campanhas, tecnologias para enxergar seu chaveco, nas atitudes de compra, passar, levando em conta os diversos semiótica é a organização dos efeitos possui. “Não existe relação de causa podem ser adequados de acordo com mercado-alvo em todas as suas gastos, em religiões, programas de ambientes e linguagens”. e sentidos que produzem cada texto e consequência nessa proposta. A o espírito que se quer impingir às complexidades e as técnicas de um televisão, palanques, sessões de júri, de forma individual, com cada tipo de semiótica é ferramenta de identificação mensagens, em cada caso, de produto De acordo com a mestre, em super briefing – uma vez que aí se nas matérias jornalísticas, na educação público. e/ou produção de manipulação, não ou serviço, e de perfil de ‘conta’. Assim, de crianças, em paqueras, nos olhares, publicidade, a semiótica é uma importam as características do sujeito encontra o segredo do sucesso da investimentos estratégicos, tanto com veiculação publicitária; filmes, pôsteres, outdoors, etc, etc, ferramenta de produção e análise Sabendo disso, ainda é preciso em cena”, justifica Dra. Vania, que mensagens analógicas quanto digitais, etc”, diz Gorgulho, que citou muitos de intersubjetividades - sujeito se salientar a existência da semiótica acredita na semiótica como uma arma podem ser empregados”, conclui. • E, claro, saber captar recursos mais exemplos. relacionando com sujeito e coisas e americana e da francesa. “Na poderosíssima unida à propaganda: efeitos - que se manifestam em seus Agora, cabe ao comunicador para as campanhas. Cuide de primeira, são usados símbolos, “Ela é uma forte ferramenta para Com esse conceito, já se consegue discursos, com seus envolvidos. “Isso usar a semiótica da melhor forma, suas ‘Contas’ com inteligência ícones, para interpretar e/ou produzir analisar, interpretar e produzir sistemas entender a importância da semiótica ocorre a partir da interpretação de sedução para a adesão de bens de imaginando seu público, que irá competitiva, com sensibilidade ideológicos e visões de mundo nas interpretar cada mensagem, em que enxerga poros de parede, com para a comunicação. “Ela analisa sentidos que emergem da comunicação consumo veiculados, de forma verbal organizações sociais”, diz. experiências únicas, de acordo condições de produção de informação, nessas relações”, diz. ou não. Já na outra, são utilizadas discurso persuasivo e Comunicação com sua cartela de signos e significação e ideologia, presentes em análises de discurso construído com O uso da semiótica precisa passar significados. dirigida.18 19
  11. 11. A maioria das áreas da cultura “Holbein destacou-se nos retratos, Os dois homens retratados nessa mencionadas ao lado tem como uma especialidade que podia trazer obra são nobres da corte francesa, inspiração a Arte na hora de representar a um artista riqueza, fama e status embaixadores do rei Franciso I na corte coisas e ideias através apenas de signos. social. Os melhores retratos tinham do rei Henrique VIII da Inglaterra. Na É possível ver nos quadros ao longo de uma mistura sutil de realismo e época em que esse quadro foi pintado toda a História da Arte vários objetos, idealismo; juntamente com as a Europa sofria crises, tanto políticas que nos remetem a interpretações indicações fornecidas pelos objetos e quanto intelectuais. A autoridade da totalmente diferentes de seus sentidos pelos gestos davam uma boa noção Igreja Católica estava sendo contestada apenas “denotativos”. Nessa matéria, da personalidade e status da pessoa pelos protestantes, ao mesmo tempoDivulgação / Montagem analisaremos duas obras que ilustram representada.” (Cumming, Robert; em que eram feitas novas descobertas bem isso. 2000) científicas. Holbein refere-se a ambas, e coloca os embaixadores como pensadores principais nessas duas crises. A semana da Páscoa de 1533 foi o momento em que a Inglaterra de fato separou-se da Igreja católica e estabeleceu a Igreja anglicana, tendo como chefe o seu monarca, e não o papa. A causa imediata foi a relutância do papa em conceder a Henrique VIII o divórcio de sua primeira esposa, Catarina de Aragão, para poder casar-se com Ana Bolena; o rei esperava que ela estivesse grávida e pudesse dar-lhe um herdeiro. Essa missão dos embaixadores falhou, e a cisão da que Durante toda a revista, enfatizamos símbolos, signos que estão ocorreu na Igreja resultou presentes nas mais variadas áreas da cultura geral. Capas de CDs, em uma Europa fragmentada logomarcas de empresas, peças publicitárias, filmes e livros possuem e em anos de conflito, cujas elementos semióticos, que precisam de uma análise mais profunda para consequências persistem descobrir o que aquilo representa no todo, o que ele simboliza. São, ainda hoje. (Cumming, muitas vezes, signos analógicos que pegam apenas uma característica de Robert; 2000). um objeto, para que você, através da analogia interprete a informação Agora que sabemos de acordo com seu repertório e suas vivências. o contexto histórico da obra, vamos conhecer os por Caroline Boaventura, Ian Perlungieri, Fernando Matijewitsch, embaixadores: Mateus Amaral, Henrique Alvarenga. Jean de Dinteville é o embaixador que está à esquerda. Ele foi o responsável pela encomenda desse quadro, que o retrata ao lado de seu amigo, Georges de Selve, que visitou a Inglaterra em 1533. Dinteville usa um medalhão da 20 21

×