coração

16.406 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
8 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.406
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
481
Comentários
1
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

coração

  1. 1. Sistema Cardiovascular Coração
  2. 2. Coração O coração é um órgão muscular oco (músculo estriado cardíaco) que se localiza no meio do peito, sob o osso esterno, ligeiramente deslocado para a esquerda. Em uma pessoa adulta, tem o tamanho aproximado de um punho fechado e pesa cerca de 400 gramas.Tem como função bombear o sangue através dos vasos sanguíneos. Formado por 3 camadas de tecido Epicardio – camada mais externa Miocardio – camada média Endocardio – Camada interna
  3. 3. Coração
  4. 4. Coração
  5. 5. Coração
  6. 6. Coração O coração humano, como o dos demais mamíferos, apresenta quatro cavidades: duas superiores, denominadas átrios (ou aurículas) e duas inferiores, denominadas ventrículos. O átrio direito comunica-se com o ventrículo direito através da válvula tricúspide. O átrio esquerdo, por sua vez, comunica-se com o ventrículo esquerdo através da válvula bicúspide ou mitral.A função das válvulas cardíacas é garantir que o sangue siga uma única direção, sempre dos átrios para os ventrículos.
  7. 7. Coração 9 - Átrio Direito 10 - Ventrículo Direito 11 - Átrio Esquerdo 12 - Ventrículo Esquerdo 13 - Músculos Papilares 14 - Cordoalhas Tendíneas 15 - Válvula Tricúspide 16 - Válvula Mitral 17 - Válvula Pulmonar
  8. 8. Coração
  9. 9. Coração As câmaras cardíacas contraem-se e dilatam-se alternadamente 70 vezes por minuto, em média. O processo de contração de cada câmara do miocárdio (músculo cardíaco) denomina-se sístole. O relaxamento, que acontece entre uma sístole e a seguinte, é a diástole.
  10. 10. Coração
  11. 11. Coração O ciclo cardíaco é uma das maravilhas da natureza. Para entender a sincronia que rege este fenômeno, antes é preciso descrever os dois fenômenos que acontecem durante o batimento cardíaco. O primeiro é um potencial elétrico que é gerado pelo nodo sino-atrial e o segundo é o potencial mecânico gerado pela contração ordenada do miocárdio. No primeiro evento ocorre um disparo de atividade elétrica que rapidamente se dissipa por cada célula miocárdica, o segundo evento é a resposta do conjunto de células miocárdicas que produz a contração e por conseguinte o movimento de sangue dentro de cada câmara cardíaca. O ciclo cardíaco é composto por dois eventos: a diástole e a sístole. A diástole é o enchimento das câmaras cardíacas com o volume de sangue.A sístole é a expulsão do sangue das câmaras cardíacas. Existem dois tipos de sístole, a atrial e a ventricular. Cada uma é precedida por uma diástole.
  12. 12. Coração
  13. 13. Coração • Atividade Elétrica no Coração Nódulo sinoatrial (SA) ou nó sino-atrial: região especial do coração, que controla a freqüência cardíaca. Localiza-se perto da junção entre o átrio direito e a veia cava superior e é constituído por um aglomerado de células musculares especializadas. A freqüência rítmica dessa fibras musculares é de aproximadamente 72 contrações por minuto, enquanto o músculo atrial se contrai cerca de 60 vezes por minuto e o músculo ventricular, cerca de 20 vezes por minuto. Devido ao fato do nódulo sinoatrial possuir uma freqüência rítmica mais rápida em relação às outras partes do coração, os impulsos originados do nódulo SA espalham-se para os átrios e ventrículos, estimulando essas áreas tão rapidamente, de modo que o ritmo do nódulo SA torna-se o ritmo de todo o coração; por isso é chamado de primeiro marcapasso. Nódulo atrioventricular (AV): é uma área de tecido especializado entre os átrios e ventrículos do coração, que conduz impulso elétrico do átrio em direção aos ventrículos. Chamado então de segundo marcapasso
  14. 14. Coração
  15. 15. Coração
  16. 16. Coração
  17. 17. Coração • Fluxo de Sangue • Inicialmente, o sangue proveniente do corpo, pobre em oxigênio e rico em dióxido de carbono, flui através das duas veias de maior diâmetro (as veias cavas) até o átrio direito. Ao encher, essa câmara impulsiona o sangue até o ventrículo direito. Quando este se torna repleto, ele bombeia o sangue, através da válvula pulmonar, até as artérias pulmonares, as quais suprem os pulmões. • Em seguida, o sangue flui pelos diminutos capilares que circundam os sacos aéreos (alvéolos) dos pulmões, absorvendo oxigênio e eliminando dióxido de carbono, o qual é, em seguida, é expirado. O sangue então rico em oxigênio flui através das veias pulmonares até o átrio esquerdo. Esse circuito entre o lado direito do coração, os pulmões e o átrio esquerdo é denominado circulação pulmonar. • Ao encher, o átrio esquerdo impulsiona o sangue rico em oxigênio até o ventrículo esquerdo. Quando este se torna repleto, ele bombeia o sangue, através da válvula aórtica, até a aorta, a maior artéria do corpo. Esse sangue rico em oxigênio irriga todo o organismo
  18. 18. Coração
  19. 19. Coração
  20. 20. Coração
  21. 21. Coração
  22. 22. Coração • Alguns termos importantes • Sangue arterial – rico em oxigênio • Sangue venoso – rico em gás carbônico • Sístole – contração do miocárdio • Diástole – relaxamento do miocárdio • Taquicardia – aumento da frequência cardíaca • Bradicardia – diminuição da frequencia cardíaca
  23. 23. Coração Frequência Cardíaca É o número de vezes que o coração contrai por minuto. FC = n bat / min A regulação da frequência depende - da atividade do centro cardiovascular exixtente no bulbo ( SNA ) - de hormônios (controle humoral) - temperatura, sexo, idade, emoções
  24. 24. Coração • Débito Cardíaco É o volume de sangue sendo bombeado pelo coração em um minuto. É igual à freqüência cardíaca multiplicada pelo volume sistólico. DC = FC x VS Portanto, se o coração está batendo 70 vezes por minuto e a cada batimento 70 mililitros de sangue são ejetados, o débito cardíaco é de 4.900 ml/minuto. Este valor é típico para um adulto médio em repouso, embora o débito cardíaco possa atingir 30 litros/minuto durante exercícios extremos.

×