Reflexões sobre sustentabilidade
O lixo que alguém joga na rua entope os bueiros, causando enchentes.
Ou então, pior, entr...
distância não for grande. Metrô e trem também dão uma aliviada para a
atmosfera.
As queimadas jogam muita fumaça no ar (di...
A energia solar é incomparável a qualquer outro sistema de energia
convencional por tratar-se de uma fonte 100% natural, e...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reflexões sobre sustentabilidade

119 visualizações

Publicada em

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
119
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reflexões sobre sustentabilidade

  1. 1. Reflexões sobre sustentabilidade O lixo que alguém joga na rua entope os bueiros, causando enchentes. Ou então, pior, entra pelo bueiro e vai dar no rio mais próximo, que acaba no Lago Paranoá. E mais: por causa desse monte de lixo e do esgoto de fossas que estamos jogando nele, prevê-se que lá pelo ano de 2010, nenhum ser consiga mais viver ali. O Brasil produz aproximadamente 240 mil toneladas de lixo por dia. A maior parte de tudo isso vai para lixões, onde vai demorar uns 400 anos para se decompor. Enquanto isso, o "chorume`" gerado (aquele "suco" fedorento do lixo) vai se infiltrando na terra, contaminando o lençol freático, ou seja, os rios subterrâneos de onde tiramos a água para beber. Demora uns 30 anos para despoluir um rio, e uns 300 anos para despoluir um lençol freático contaminado. Na Europa, um de nossos modelos de desenvolvimento, há locais em que a lei proíbe que se cave um poço para pegar água. Motivo: as águas subterrâneas estão contaminadas e representam um risco para quem as consumir. Será que queremos chegar lá? A energia economizada com a reciclagem de uma só lata de alumínio é suficiente para manter ligada uma TV por 3 horas. A energia economizada com a reciclagem de uma garrafa de vidro dá para manter uma lâmpada de 100 watts ligada por 4 horas. Quando reciclamos, economizamos matéria-prima, aliviando a pressão sobre o meio-ambiente. Por exemplo, a reciclagem de 1 tonelada de plástico economiza 130 quilos de petróleo. E a reciclagem de uma tonelada de papel salva 40 árvores adultas da derrubada. Os brasileiros jogam no lixo cerca de R$ 4,6 bilhões por ano em produtos que poderiam ser reaproveitados e reciclados. A cidade de São Paulo não possui programa de coleta seletiva nem de reciclagem, e os seus dois aterros sanitários devem entrar em colapso nos próximos 14 meses. Em Brasília, a coleta seletiva tem a adesão de apenas 65 % das pessoas. Esse número tem que crescer, né? Tudo o que a gente consome vem, de uma forma ou de outra, da natureza. E em geral os processos para converter em produtos essas matérias- primas que extraímos dela também costumam poluir o meio ambiente. Só que já existem empresas que possuem compromisso com a qualidade ambiental, e você pode pressionar as outras para que também produzam mais produtos eco-amigáveis, dando preferência a esse tipo de produto. O clima não está doido porque o planeta enlouqueceu, mas sim porque o homem enlouqueceu e está sujando e matando o planeta, sua própria casa. A reação a todo esse desequilíbrio que estamos causando são essas alterações climáticas: furacões, inundações, elevação do nível do mar, El Niño, La Niña, Efeito Estufa, chuvas ácidas, etc. Carro demais na rua gera muitos gases, que aumentam o efeito estufa, causando inundações pelo mundo afora, além de gerarem outros desequilíbrios. Você pode fazer sua parte, fazendo transporte solidário (carona), ou preferindo ir de bicicleta ou a pé, se a
  2. 2. distância não for grande. Metrô e trem também dão uma aliviada para a atmosfera. As queimadas jogam muita fumaça no ar (dióxido de carbono) e aumentam a temperatura do planeta, causando desequilíbrios e inundações. Existem pelo mundo muitas técnicas viáveis de agricultura comercial que não utilizam queimadas e muito menos venenos (agrotóxicos) e adubos químicos. Prefira esses produtos. Pressione os produtores rurais. Prefira os produtos orgânicos e ecológicos. Vai fazer bem para a sua saúde e para a do planeta. A atividade que mais destrói o meio ambiente é a agropecuária. Em segundo lugar vem a petroquímica e em terceiro a siderurgia. Desenvolvimento Sustentado é um termo que designa um modelo de desenvolvimento que leve em consideração, além dos fatores econômicos, os aspectos sociais e ecológicos de uma região. É um objetivo ainda a ser alcançado, e cabe a nós construirmos esse modelo, pressionando governos e empresas. A sobrevivência ou não dos nossos descendentes depende, entre outros fatores, das florestas virgens que ainda teimam em resistir pelo mundo afora. É por isso que existem, e devem ser respeitados, os Parques Nacionais, as Reservas Biológicas e as Áreas de Preservação Ambiental (APAs). Aliás, um grande desafio para todos nós é fazer com que nossas cidades virem APAs e conviver em harmonia com isso. É possível, sim. Pilhas e baterias são um lixo perigosíssimo, porque têm ácidos e metais muito tóxicos dentro. Quando vão para um lixão, isso tudo escorre e se infiltra na terra e no lençol freático. É por causa disso que devemos separar o lixo e reciclar tudo o que pudermos. Em Nova York, a coleta seletiva é obrigatória e quem não a cumprir paga multa de 300 dólares. O lixo orgânico, e até o esgoto, desde que bem tratados e processados, são excelentes fertilizantes. E isso poderia ser feito pertinho de casa, pelas próprias populações, desde que corretamente orientadas. Seria economia para o governo e lucro para as comunidades, que poderia ter hortas e pomares comunitários em áreas vazias, abandonadas e cheias de lixo. Um quinto da água doce do planeta corre pela Amazônia. Metade das chuvas abundantes, que alimentam toda essa água, vem da evaporação do suor da própria floresta. Se retirarem sua cobertura vegetal, as chuvas caem pela metade. E olha que já existem áreas de seca em plena Amazônia. O alerta é total. Na hora de comprar, fique de olho nos selos "verdes", que vêm sendo criados por vários órgãos para premiar aqueles que respeitam a Natureza em suas atividades extrativistas e industriais. A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) está lançando o selo ABNT de Qualidade Ambiental para alguns setores da indústria. Prefira os produtos que têm o selo, e ajude a pressionar os outros setores a adotarem-no. Ligue no telefone 0800 que você encontra em toda embalagem e fale com o serviço de atendimento ao consumidor, pedindo isso.
  3. 3. A energia solar é incomparável a qualquer outro sistema de energia convencional por tratar-se de uma fonte 100% natural, ecológica, gratuita, inesgotável, e que não agride o meio ambiente? Que o chuveiro elétrico é o maior vilão contra o desenvolvimento energético nacional, pois ele sozinho é responsável por 6,0% do consumo nacional de energia elétrica, o que significa quase o dobro do que se gasta em todo o país com iluminação publica? Que o Brasil é o único pais do mundo a utilizar o sistema de chuveiro elétrico como padrão nacional para aquecimento de água para banhos? A construção de novas hidrelétricas resulta na perda da fauna e da flora tropical, inundação de terras que eram ou poderiam ser utilizadas para agricultura e pecuária, perda de patrimônio histórico/cultural e também recolocação de famílias? Uma tonelada de papel reciclado economiza 2,5 barris de petróleo usados em sua fabricação e com menos poluição do ar? Para fabricar uma tonelada de papel utilizam-se 100 mil litros de água e 5 mil KW de energia elétrica; na reciclagem esses números caem para 2 mil e 2,5 mil respectivamente? Reciclando papeis, diminuem a quantidade de lixo em aterros sanitários, aumentando o tempo de uso desses locais? Uma lata de alumínio pode ser reciclada infinitas vezes sem perder suas características originais? O vidro é 100% reciclável. Que existem outras formas de energia, como a gerada por cata-ventos, a solar e a gerada por usinas termoelétricas?

×