Jasb 2013

603 visualizações

Publicada em

Prone Position-Anesthesia

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jasb 2013

  1. 1. Armadilhas da Posição Prona Carlos Darcy Alves Bersot Titulo Superior em Anestesiologista Responsável pelo CET-Hospital Federal da Lagoa Medico Anestesiologista-Hupe/Uerj Domingo, 7 de Julho de 13
  2. 2. Domingo, 7 de Julho de 13
  3. 3. Domingo, 7 de Julho de 13
  4. 4. Posicionamento durante Anestesia • Objetivo: Oferecer o melhor acesso anatômico, preservando a fisiologia e segurança do paciente anestesiado • Anestesia geral abole reflexos protetores importantes, significa riscos a fisiologia. • Lesão de Nervo Periférico: 2ª complicação mais frequente(ASA Closed Claim Database)1 1-Anesthesiology. 1999 Apr;90(4):1062-9. Nerve injury associated with anesthesia: a closed claims analysis. Domingo, 7 de Julho de 13
  5. 5. Historia Em 1949, Ecker, forneceu a primeira descrição de uma nova posição para diminuir os efeitos adversos da pressão intra-abdominal aumentada em posição prona. Domingo, 7 de Julho de 13
  6. 6. Circulatório • Pressão intraabdominal e intratorácica- Débito Cardíaco • Obstrução da VCI-ingurgitamento do plexo venoso vertebral- sangramento e risco de TVP Efeitos Fisiologicos Muitos estudos tem avaliado as respostas hemodinamicas a posição prona Volume Sistolico, RVS, RVP FC, PAP Domingo, 7 de Julho de 13
  7. 7. Domingo, 7 de Julho de 13
  8. 8. Domingo, 7 de Julho de 13
  9. 9. Efeitos Fisiologicos Respiratório Desvio cefálico do diafragma CRF, Alterações V/Q Domingo, 7 de Julho de 13
  10. 10. Efeitos Fisiologicos Respiratório Domingo, 7 de Julho de 13
  11. 11. Estabelecendo a posição prona • Plano Anestésico adequado e relaxamento muscular • Monitorar equipamentos, linhas, cateteres e etc • Manejo da cabeça e via aérea pelo Anestesiologista • Rechecar todos os monitores Domingo, 7 de Julho de 13
  12. 12. Estabelecendo a posição prona Domingo, 7 de Julho de 13
  13. 13. Domingo, 7 de Julho de 13
  14. 14. Domingo, 7 de Julho de 13
  15. 15. Domingo, 7 de Julho de 13
  16. 16. l; • Menor risco de compressão do nervo periférico, globo ocular, pavilhão auricular, genitália, mamas e abdome; • Menor risco de isquemia medular por não haver rotação do pescoço, o que ocorre principalmente em pacientes idosos; • A face do doente fica bem acoplada a mesa, com menor incidência edema facial ao final da cirurgia; • Menor risco de estiramento do plexo braquial, por não haver rotação cervical • Por “não” haver compressão abdominal diminui o sangramento e facilita a Ventilação; • Facilita o manuseio do Arco em C, o que gera uma redução no tempo cirúrgico além de diminuir o risco de contaminação. Parece Fornecer... Domingo, 7 de Julho de 13
  17. 17. • Acidentes na extubação; • Obstrução do tubo com secreção e sangue; • Edema facial e de vias aéreas; • Prolongamento da cabeça baixa, infusão de cristalóides excessiva Via aérea Domingo, 7 de Julho de 13
  18. 18. Complicações Injurias Ocular • Abrasão ocular • Edema orbital • Perda Visual Peroperatoria(POVL) Domingo, 7 de Julho de 13
  19. 19. • Objectivo:identificar fatores de risco • Analise retrospectiva de pacientes relatam alterações visuais com >7 dias pós operatorio Perda Visual Peroperatoria(POVL) Domingo, 7 de Julho de 13
  20. 20. Perda Visual Peroperatoria(POVL) Domingo, 7 de Julho de 13
  21. 21. Domingo, 7 de Julho de 13
  22. 22. Obrigado Domingo, 7 de Julho de 13

×