Breve históricos da Química orgânica

621 visualizações

Publicada em

Breve históricos da Química orgânica, teorias, vitalismo, trabalhos de Pasteur, estrutura de Kekulé

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
621
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Breve históricos da Química orgânica

  1. 1. Carlos Augusto Cabral Kramer QUÍMICA ORGÂNICA
  2. 2. Introdução  O que é Química Orgânica?
  3. 3. Introdução  O que é Química Orgânica?  Século XIX – Duas correntes:
  4. 4. Introdução  O que é Química Orgânica?  Século XIX – Duas correntes:  Filosofia natural Newtoniana
  5. 5. Introdução  O que é Química Orgânica?  Século XIX – Duas correntes:  Filosofia natural Newtoniana  História natural de investigação biológica
  6. 6. Introdução  O que é Química Orgânica?  Século XIX – Duas correntes:  Filosofia natural Newtoniana  História natural de investigação biológica  Dois elementos em comum: C e H
  7. 7. Tópicos  Vitalismo  Wohler  Isomeria  Trabalhos Louis Pasteur  Von Hoff
  8. 8. Vitalismo  Em 1807, John Jakob Berzelius propôs a teoria da força vital (ou Vitalismo)  Apenas os seres vivos seriam capazes de gerar substâncias orgânicas, tais substâncias jamais poderiamser produzidas artificialmente.
  9. 9. Vitalismo
  10. 10. Vitalismo
  11. 11. Vitalismo
  12. 12. Início da química orgânica  Química Orgânica inicia-se no século XVIII - Friedrich Wohler (1800-1882) → Aquecimento de cianeto de amônio obtendo a uréia (1828)
  13. 13. A síntese de Wohler  Obteve o Cianeto de amônio [NH4(CNO)], a partir do cianeto de chumbo [Pb(CNO)2] + o hidróxido de amônio (NH4OH) + calor  Ao aquecer o cianeto de amônio Wöhler percebeu que havia produzido uma substância diferente, e ao analisá-la, descobriu que se tratava da uréia.
  14. 14. Isomeria  O que é isomeria?
  15. 15. Isomeria
  16. 16. Isomeria  Em 1824, Justus Von Liebig e Friedrich Wöhler publicaram quase ao mesmo tempo os resultados de suas sínteses.  Gay-Lussac, editor da revista, percebeu que as fórmulas empíricas dos compostos era a mesma, embora fosses relatas propriedades distintas Justus Von Liebig
  17. 17. Isomeria  Berzelius surgere o nome ISOMERIA (mesmas proporções).
  18. 18. Quiralidade  É possível que dois compostos diferentes possuam a mesma fórmula empírica?  E que todas suas propriedades físicas são iguais
  19. 19. Quiralidade  É possível que dois compostos diferentes possuam a mesma fórmula empírica?  E que todas suas propriedades físicas são iguais
  20. 20. Quiralidade  É possível que dois compostos diferentes possuam a mesma fórmula empírica?  E que todas suas propriedades físicas são iguais
  21. 21. Trabalhos de Louis Pasteur  Pasteur (27 de dezembro de 1897/28 de setembro de 1895)
  22. 22. Qual a relação entreLouis Pasteur e cerveja e vinhos?
  23. 23. Qual a relação entreLouis Pasteur e cerveja e vinhos?
  24. 24. Qual a relação entreLouis Pasteur e cerveja e vinhos?
  25. 25. Trabalhos de Louis Pasteur  Pasteur (27 de dezembro de 1897/28 de setembro de 1895)  1848 – Descobre o dimorfismo do ácido tartárico ao observar no microscópico que os sais do ácido possuiam cristais com diferente arranjos espaciais
  26. 26. Ácido Tartárico
  27. 27. Ácido Tartárico
  28. 28. Ácido Tartárico R-COOH + NaOH - H2O + R-COO-Na+
  29. 29. Trabalhos de Louis Pasteur  Pasteur (27 de dezembro de 1897/28 de setembro de 1895)  1848 – Descobre o dimorfismo do ácido tartárico ao observar no microcópico que os sais do ácido possuia cristais com diferente arranjos espaciais
  30. 30. Louis Pasteur e Jean Baptiste Biot Inventou o polarímetro, analisava soluções química com a luz polarizada
  31. 31. Louis Pasteur e Jean Baptiste Biot Inventou o polarímetro, analisava soluções química com a luz polarizada
  32. 32. Louis Pasteur e Jean Baptiste Biot Inventou o polarímetro, analisava soluções químicas com a luz polarizada
  33. 33. Jacobus Hendricus Van Hoff • Estrutura do Carbono quaternário (Kekulé)
  34. 34. Jacobus Hendricus Van Hoff • Estrutura do Carbono quaternário (Kekulé) •Tese de doutora: Carbono Tetraédrico (1897)
  35. 35. Jacobus Hendricus Van Hoff • Estrutura do Carbono quaternário (Kekulé) •Tese de doutora: Carbono Tetraédrico (1897)
  36. 36. Jacobus Hendricus Van Hoff •Se introduz o conceito de isomeria óptica •Carbono tetrédrico

×