Este suplemento faz parte integrante da edição n. o 1400 de “Ecos do Sor”, e não pode ser vendido separadamente           ...
2                                                                   ESPECIAL FESTAS                               25 anos ...
3ESPECIAL FESTAS             YOGA ADAPT PLUS             Benefícios             Miltielástic R : Firmeza             e est...
4                                                                              ESPECIAL FESTASEstruturas de apoio à infânc...
5                                                 ESPECIAL FESTAS   · CINCA                                   · DOMINÓ   ·...
6                                                    ESPECIAL FESTASVAI REALIZAR-SE, EM PONTE DE SOR,NA ZONA RIBEIRINHA, E...
7                                                                          ESPECIAL FESTASValências no concelho           ...
8                                                                          ESPECIAL FESTASVoluntários: um bem precioso    ...
9                                                                  ESPECIAL FESTASde 2003; Missão: apoio à 3.ª ida-   espe...
10                                                                          ESPECIAL FESTAS                               ...
11                                                                           ESPECIAL FESTAS“Caminhar” rumo à inclusão soc...
12                                                            ESPECIAL FESTAS Rua da Olivença n.º 16                      ...
13                                                                              ESPECIAL FESTAS“Meninos especiais”        ...
14                                                                             ESPECIAL FESTASFARMÁCIA MATOS FERNANDES    ...
15ESPECIAL FESTAS
16     ESPECIAL FESTAS                Município de Ponte de Sor                  foi vencedor do prémio             Social...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Suplemento Julho 2010

1.039 visualizações

Publicada em

Ecos do Sor

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.039
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Suplemento Julho 2010

  1. 1. Este suplemento faz parte integrante da edição n. o 1400 de “Ecos do Sor”, e não pode ser vendido separadamente Ponte de Sor ESPECIAL FESTAS solidário Concelho ESPECIAL FESTAS 1
  2. 2. 2 ESPECIAL FESTAS 25 anos de cidadeO caminho que temos percorri- do ao longo destes últimos 25 anos estão repletos de vicissi- tudes, de muitas dificuldades, mas também de alegrias. É as-sim que se constroem as urbes, numa dedica-ção e esforço continuados mas também é pre-ciso ter o convencimento que precisamos denos munir de todos os mecanismos e meiosnecessários propiciadores do desenvolvimen-to harmonioso e sustentado imprescindívelpara surgir a decisiva qualidade de vida exi-gida por todos os que habitam a cidade.Desde 1994 temos tido a difícil mas voluntá-ria e também gratificante tarefa de a gover-nar. Primeiro quisemos rever o PDM, ser ela-borada a carta estratégica e percebermos quãodecisivo será sempre termos o cuidado cons-ciente e responsável de a respeitarmos atra-vés duma equilibrada atitude crítica.Houve a necessidade de nos primeiros anospatrocinarmos uma governação de profundorigor financeiro não descurando todas asoportunidades criadas com os fundos comu- João Taveira Pinto - Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sornitários decisivos para que o desenvolvimentoharmonioso do nosso concelho pudesse acon- sustentados em argumentos sólidos temos sido que nunca terão felizmente responsabilidadestecer. Foi a fase de dotarmos a cidade das capazes de convencer os governantes que os governativas é desenvolvido numa prática co-infra-estruturas básicas, de recuperarmos o nossos projectos, as nossas candidaturas, têm mum a todos os totalitarismos. Quanto piorCine-Teatro, de iniciarmos uma política social que ser aprovados. Neste aspecto pode a ci- melhor florescem nos pântanos da desgraçade integração efectiva das pessoas mais po- dade de Ponte de Sor regozijar-se de todas as alheia criando raízes nos olhares vazios debres ajudando-as a ter uma vida com mais nossas candidaturas terem sido aprovadas ou quem mais sofre.qualidade e de iniciarmos também junto das pela Comunidade Europeia e/ou pelos suces- Queremos ter esperança e dar esperança aescolas uma colaboração eficiente com os se- sivos governos. todos os que vivem a cidade e a ajudam anhores professores. Nessa perspectiva enten- Nada se constrói, nenhum caminho se faz so- crescer e a ser mais justa, a ser mais solidá-demos que era decisivo, para a cidade, pos- litário, nunca será possível reduzindo os hori- ria, a ser mais fraterna e igual. É este o cami-suir uma Zona Industrial capaz de rivalizar zontes à pequenez partidária, ir mais além, nho que queremos, com a vossa ajuda, tri-com as outras já existentes na nossa região. serão sempre votados ao fracasso aqueles que lhar; é por tudo isto que temos alegria emForam os tempos onde os caminhos trilhados subindo à montanha não descobrem a flores- comemorar os 25 anos da cidade, mas tam-apresentaram ser os mais difíceis, a inexperi- ta que se estende muito para lá do nosso tem- bém queremos celebrar porque a nossa Câ-ência política viveu com as dificuldades finan- po e se perdem na fealdade da sua pequenez mara Municipal foi considerada a melhor emceiras potenciadas pela luta política patroci- e na maldicência cega do seu discurso. Nun- 2010 a nível nacional pelo trabalho social de-nada por aqueles que nunca aceitaram a der- ca iremos querer caminhar nesses caminhos senvolvido. Todos os habitantes que gostamrota eleitoral tão normal e natural em demo- cegos, percorremos antes os grandes espa- de ser justos estão tão felizes como nós, por-cracia. ços, perseguimos antes os grandes projectos que o prémio também é daqueles que nos aju-Somos feitos com tudo aquilo que só os ven- e queremos gastar as nossas energias projec- dam a governar melhor.cedores têm, agarrados à certeza de perse- tando cada vez mais a cidade de Ponte de Sor Bem hajam cidadãos da cidadeguirmos o que está correcto, conscientes que a patamares de progresso e bem estar social Obrigado a Ponte de Sorsomos capazes de convencer os mais cépticos inquestionáveis.que o caminho escolhido é o certo. Também Vivemos tempos difíceis e conturbados onde, O Presidente da Câmaraacreditamos que tendo projectos credíveis e o radicalismo político promovido por aqueles João José de Carvalho Taveira Pinto
  3. 3. 3ESPECIAL FESTAS YOGA ADAPT PLUS Benefícios Miltielástic R : Firmeza e estabilidade Adaptabilidade e conforto através da tecnologia MemosenseR e Sistema CommodoR Eliminação dos pontos de pressão para um sono reparador R Saudável: Tratamento Sanitized Molacare : Protecção diária - R - saúde e segurança Visite o Espaço 99 Av.a da Liberdade euros n.o 183 tir de x Ponte de Sor aís A par e Molafle o p qualid ad todo x em afle Mol ela dons Ga ap ra n tia izad - Edre s nal s 10 sperso ofada iculada t an ega s - Alm is e ar tr e os En chõ a ol s norm C se Ba Tel.: 242 206 476 Tel.: 242 206 515 pontecnica@mail.telepac.pt Visite a nossa Zona Industrial, Lt 28 loja Euronics 7400-215 PONTE DE SOR PORTUGAL
  4. 4. 4 ESPECIAL FESTASEstruturas de apoio à infância,juventude e 3.ª idade CARLA DELGADO ecosdosor@netc.ptD esde os primórdios da nacionalidade que as necessidades da popu- lação portuguesa, em matéria de assistênciasocial, deram origem a uma mul-tiplicidade de iniciativas, muitas de-las de âmbito local. Desde as cen-tenárias Santas Casas de Misericór-dia, passando pelas actuais Institui-ções Particulares de SolidariedadeSocial (IPSS) - que geralmente nas-cem de uma associação/organiza-ção já constituída para fins sociais elúdicos - estas iniciativas assumem número de serviço em algumas va-um papel importante no auxilio ao lências. O Centro Comunitário dapróximo e na promoção do respeito Ervideira é um exemplo disso, “o es-pelas crianças e idosos ou qualquer paço da instituição é visivelmente re-outra pessoa socialmente mais vul- duzido. A ampliação é mais quenerável. No nosso concelho é cada uma urgência. O alargamento vai-vez mais visível esse movimento de nos permitir dar mais serviços à po-solidariedade social. Ao longo dos pulação e continuarmos a nossa mis-últimos anos foi concretizado o so- são de servir a comunidade de Ervi-nho de muitos e aliviada a agonia deira até a nível de outros serviçosde tantos outros. Construíram-se que, de momento, não podemosnovas valências. Em simultâneo, prestar, disse ao nosso jornal Ananovas instituições ganharam corpo Rosa Mendes, do Centro Comunitá-e alma e, na maioria das vezes, o rio da Ervideira. No documento ofi-estatuto de principal entidade em- cial do diagnóstico social do conce-pregadora nas freguesias, coope- lho de Ponte de Sor, podem ler-serando para a fixação dos seus jo- algumas prioridades de intervençãovens. A actividade de voluntariado nesta área: a construção de umaganha também, aqui, um importante creche e de um centro de noite emsignificado. A prestação multidisci- Foros do Arrão; em Longomel, aplinar de serviços (lares para idosos construção de uma creche ou ATL;ou pessoas com deficiência, jardins em Montargil, a obtenção de umde infância, centros de dia, serviço novo edifício de jardim-de-infânciade apoio domiciliário e centro de para substituir o pré-fabricado deactividades de tempos livres) só é quase 25 anos; são exemplo de al-possível com a colaboração de ci- guns equipamentos.dadãos voluntários que amavelmente No ano passado foi também divul-partilham a sua ajuda e conhecimen- gado um novo projecto: o centro co-tos com os utentes, proporcionando munitário/centro de dia de Ponte deo seu bem-estar. Porém não é fácil Sor que vai nascer no espaço ocu-gerir uma IPSS, é preciso muita von- pado pela antiga Escola Preparató-tade de quem está à frente da asso- ria D. Manuel I. “Vai ser vocaciona-ciação e fontes de financiamento do para pessoas de menor capaci-capazes de suportar um leque de dade financeira e servir de comple-serviços. A cada passo as exigênci- mento às valências prestadas pelaas aumentam, as necessidades e Santa Casa da Misericórdia de Pon-expectativas da sociedade alteram- te de Sor. “É nossa intenção traba-se e as IPSS’s tem de estar prepara- lharmos em conjunto com institui-das para isso. Nas freguesias do ção”, afirmou João Taveira Pintoconcelho, muitos caminhos já foram numa reportagem ao Ecos do Sor.percorridos no âmbito do apoio so- Estas e outras valências constituemcial, no entanto, existem ainda mui- o futuro da acção social no conce-tas metas para atingir como a am- lho em prol da qualidade de vidapliação de espaços e o aumento dos dos seus habitantes.
  5. 5. 5 ESPECIAL FESTAS · CINCA · DOMINÓ · GRESART · REVIGRÉS · ONEKER · VIVES · PORCELANOSA · VENIS · ROCA · SANITANA · VALADARES · WEBER · BRUMA · TRES · ZENITE · HEI · OLI · ITALBOXZONA INDUSTRIAL - RUA DE ANGOLA, LOTE 23/24 - 7400-213 PONTE DE SOR - PORTUGAL TELEF.: 242 209 290 - FAX 242 209 299 - e-mail: angosor@mail.telepac.pt
  6. 6. 6 ESPECIAL FESTASVAI REALIZAR-SE, EM PONTE DE SOR,NA ZONA RIBEIRINHA, ENTRE OS DIAS 7 A 11 DE JULHO, A EDIÇÃO DE 2010 DAS FESTAS DA CIDADE, COMEMORANDO-SE ESTE ANO O 25.º ANIVERSÁRIO DA ELEVAÇÃO DE PONTE DE SOR A CIDADE. A JUNTA DE FREGUESIA JUNTA DE FREGUESIA DE PONTE DE SOR DE PONTE DE SOR, PONTE DE SOR “Uma Terra Cheia NÃO PODERIA DEIXAR de Vida no Norte Alentejano” Elevada a Cidade em: 08 /07/1985 DE SE ALIAR À REALIZAÇÃO Área: DESTE EVENTO. 17.042 ha População: cerca de 10.000 habitantes CONVIDAMOS, POIS A POPULAÇÃO Orago: S. Francisco de Assis A PARTICIPAR NESTAS FESTAS. Actividades Económicas: Indústria de componentes mecânicos; extracção e indústria de cortiça; NA NOSSA “TASQUINHA” IRÁ ESTAR construção civil, pecuária e agricultura, rações para gado, tempêros para O “GEPS” GRUPO EXPERIMENTAL restauração, indústria hoteleira e de restauração, ramo automóvel, comércio DE PONTE DE SOR, e serviços. Património Cultural Edificado: Ponte sobre o rio Sor, Igreja Matriz, QUE TÃO MERITÓRIO TRABALHO Igreja de S. Pedro, Capela das Almas, Fonte da Vila, Coreto do jardim, TEM DESENVOLVIDO Biblioteca Municipal (antigo edifício dos Paços do Concelho), Fábrica do Arroz. EM PROL DO ANDEBOL Gastronomia: Cozido à Portuguesa, ensopado de borrego, migas com entrecosto de porco, Francisco Alexandre açorda à alentejana, feijão com couve, (Presidente da Junta) pratos de carne variados, tigeladas RUA CONDES DA TORRE N.O 3, R/C ESQ. 7400 PONTE DE SOR (URB. MONTE DA PINHEIRA) TELEF: 242 204 845 ENCOMENDE OS SEUS LIVROS f lorista do s or ESCOLARES Felicidade Lubélia Rebocho Moreira Jor Brindes - Jor nais Re Livr vros e Revistas - Livros Totoloto - Eur omilhões - Totobola Euromilhões Telefones: Res.: 242 202 053 Lotarias - Raspadinhas Loja: 242 202 749 7400 PONTE DE SOR Um novo serviço ao seu dispôr
  7. 7. 7 ESPECIAL FESTASValências no concelho CARLA DELGADO ecosdosor@netc.ptPonte de SorAs respostas de apoio à infância,juventude e 3.ª idade, existentesna freguesia de Ponte de Sor pren-dem-se, particularmente, pelasvalências da Santa Casa da Mi-sericórdia: Uma creche, um jar-dim-de-infância e ATL com cercade 200 crianças. O Lar da NossaSenhora do Amparo presta apoioa 170 utentes, distribuídos pelasvalências de lar, centro de dia,apoio domiciliário e apoio domi-ciliário integrado. O Lar São Fran-cisco de Assis, agora Unidade deCuidados Continuados (UCC)conta com 25 utentes, devido àsua situação de acamados, isto é,de dependência total, e que re-querem serviços especializados 24horas por dia. Por fim, o CentroComunitário da Ervideira, com na dinamização de infra-estrutu- ário e centro de dia, presta servi- 2002/03, esse número voltou acentro de dia e apoio domiciliá- ras e projectos de acção social. ço a mais de 160 idosos. descer para as 14 crianças, norio possui mais de duas dezenas Jardim-de-Infância.de idosos a usufruírem dos servi- Montargil Galveiasços. Em 2003 este centro comuni- A Santa Casa de Misericórdia de A fundação Infantário D. Anita, cri- Longomeltário começou a fornecer refeições Montargil é a principal instituição ada em 2003, recebe actualmente O Centro Comunitário Nossa Se-a cerca de 25 crianças da Escola da freguesia com um papel pre- 20 crianças. Uma das mais antigas nhora da Oliveira em Longomel édo 1.º Ciclo do Ensino Básico. Na ponderante no auxílio ao próximo instituições da freguesia, a Funda- a mais recente aquisição. Construí-freguesia de Ponte de Sor existe e ao mesmo tempo no desenvol- ção Maria Clementina Godinho de do em Abril de 2009, dá respostaainda o Centro de Convívio de vimento da própria região. Como Campos presta também apoio à a todas as faixas etárias. Aos maisReformados e Pensionistas com complemento aos serviços de saú- infância (15 crianças dos 6 aos 12 velhos presta apoio nas valências125 sócios. A Câmara Municipal de, dispõe das seguintes valênci- anos). Em relação ao apoio à 3.ª de centro de dia e apoio domiciliá-de Ponde de Sor, o CRIPS, a Cruz as: creche (23 crianças); jardim- idade, possui valência de lar (43 rio, às crianças no apoio às activi-Vermelha, entre outras entidades, de-infância (21) e ATL (18). O Lar idosos), apoio domiciliário (27), dades extra-curriculares, no forne-têm também um papel principal de São José com apoio domicili- centro hospitalar para acamados cimento de uma refeição ao jardim- (16) e centro de dia (19) que dão de-infância, pré-escolar e ensino bá- resposta única e exclusivamente sico. Em Vale do Arco, a popula- aos utentes de Galveias. ção têm a possibilidade de usufruir do Centro de Dia, apoio domiciliá- Tramaga rio e de diversas actividades des- A Associação para o Desenvolvi- portivas dinamizadas pela Associa- mento e Acção Social da Fregue- ção Comunitária Recreativa e Cul- sia da Tramaga, fundada a 1 de tural Valdoarquense que recebe em Maio de 2006, é a principal, se- suas valências cerca de 50 idosos. não a única IPSS da freguesia. O Centro Comunitário dinamizado Foros do Arrão pela associação, presta apoio a Uma das maiores entidades mais de 300 idosos. empregadoras da freguesia de Foros do Arrão, a Associação Vale de Açor Forense dos Amigos da 3.ª Na freguesia do Vale de Açor, a Idade possui as valências de Associação Comunitária da Nos- centro de dia (37 utentes e 17 sa Senhora dos Prazeres presta funcionários), centro de apoio apoio à população através do domiciliário, centro de conví- Centro Comunitário construído vio e serviço de transportes a num passado recente. Na Fre- utentes. A associação ambicio- guesia, existe um Jardim-de-In- na alargar os seus serviços de fância e uma Escola Básica do apoio domiciliário para o horá- 1.º Ciclo. Embora o número de rio diurno e aumentar a capaci- crianças tenha subido entre os dade de resposta ao número cres- anos lectivos de 2001/02 e cente de população idosa.
  8. 8. 8 ESPECIAL FESTASVoluntários: um bem precioso CARLA DELGADO rios. É a entidade que centraliza ecosdosor@netc.pt os pedidos de quem quer fazer o exercício do voluntariado e fazer o seu encaminhamento para asÉ do conhecimento de to- instituições que os pretende aco- dos que no nosso con- lher. De acordo com a opinião celho existem várias ins- dos seus representantes, a procu- tituições que acolhem ci- ra de voluntários tem-se revela- dadãos disponíveis a do um grande desafio. “Infeliz-prestar um serviço de voluntaria- mente poucas pessoas se interes-do. Não existia, porém uma es- sam pois têm os seus próprios em-trutura que servisse de elo de li- pregos que lhes ocupam a maiorgação entre as partes interessa- parte do tempo. Não é fácil en-das. Com o intuito de facilitar a contrar gente disposta a traba-prática de voluntariado em Ponte lhar sem receber nada em tro-de Sor, foi criado o Banco Local ca.” Assim, com o objectivo dede Voluntariado (BLV), conhecido aumentar o número de voluntári-por “voluntariado em Marcha”. A os, o Banco Local tem desenvol-iniciativa, que começa a dar os vido diversas iniciativas e preten-primeiros passos, surge na sequ- de, proceder à formalização doência da necessidade de dinami- protocolo com o Conselho Naci-zação solidária do concelho, en- onal para a Promoção do Volun-quadrada na rede social, cujo tariado, sem o qual não subsiste. mútuo e da realidade abrangida voluntariado também implica aplano de acção visa a sensibili- Actualmente já foram estabeleci- por cada um, pela promoção da qualificação.zação da comunidade para a das mais de uma dezena de par- rentabilização dos recursos comu-prática do voluntariado. Repre- cerias com instituições que inter- nitários, pelo fomento na ocupa- Parceirossentado por uma entidade enqua- vêm em campos distintos como ção dos tempos livres, pelo ele- Associação de Apoio aos Di-dradora – a Santa Casa da Mi- convivialidade, formação cívica, var da auto-estima dos voluntá- abéticos (AADCPS)sericórdia de Montargil – o BLV promoção cultural, auto-ajuda, rios e pelo reconhecimento da va- Data da fundação: 29 de Maioapresenta-se como um agente apoio social e socorro das popu- lidade do trabalho que desenvol- de 2002; Missão: educar e infor-motivador deste tipo de activida- lações. Presentemente, vão-se tra- vem. O BLV também permite mar para prevenir a diabetes.de que acolhe as candidaturas de çando caminhos para serem per- também que as pessoas venhampessoas interessadas, bem como corridos por todos. Estes passam a ter alguma formação nesta Associação Comunitária deas inscrições das organizações pela qualificação do voluntaria- área pela, Comissão Nacional do Nossa Senhora dos Prazeresque pretendem integrar voluntá- do concelhio, pelo conhecimento Voluntariado. A dinamização do Data da fundação: 20 de Agosto
  9. 9. 9 ESPECIAL FESTASde 2003; Missão: apoio à 3.ª ida- especial aos mais vulneráveis, pre-de e apoio escolar. venindo e reparando o sofrimento e contribuindo para a defesa daCaminhar Associação Cristã vida, da saúde e da dignidadede Apoio Social humana. O núcleo de Ponte deData da fundação: 13 de Agosto Sor conta, actualmente, com 50de 2002; Missão: apoio social e voluntários e presta ajuda a cerca Floristaeducativo que promova a transfor- de 300 pessoas do concelho.mação e a capacitação de pessoas Serviço Permanente - Entregas ao Domicílioem situação de vulnerabilidade. Lions Clube de Ponte de Sor Data da fundação: 24 de Abril Coroas - Palmas - Ramos de NoivaCentro de Convívio do Refor- de 1982; Missão: de acordo com Artesanato / Barro - Decorações de Igrejasmados e Pensionistas o código de ética do LeonismoData da fundação: Janeiro de “Servir o Próximo”.1993; missão: apoio aos refor-mados e pensionistas. Movimento da Mensagem de FátimaConferência de São Vicente Data da fundação: 1982; Missão:de Paulo “ajudar e apoio quem precisa daAgregação em 21 de Julho de nossa ajuda”.1956; Missão: através do contac-to pessoal compreende todas as Paróquia de S. Francisco deformas de ajuda para o alívio do Assis de Ponte de Sorsofrimento e promoção da digni- Data da fundação: tem mais dedade e integridade humanas. 200 anos; Missão: “animar na Fé os baptizados e viver a caridade”.Corpo Nacional de EscutasAgrupamento 101 Santa Casa da MisericórdiaData da fundação: 10 de Dezem- de Montargilbro de 1961; Missão: formação Data da fundação: 1575; Missão:integral de jovens. tem um papel preponderante no auxílio e, ao mesmo tempo, noCruz Vermelha Portuguesa desenvolvimento local, dando res-Delegação de Ponte de Sor posta aos casos de pobreza daData da fundação: 28 de Março freguesia, face à incompleta res- Rua Principal, 66 - 7400-604 TRAMAGA - e-mail: hortiflor@sapo.ptde 1996; Missão: prestar assis- posta dos serviços de saúde e pela Telefs.: 242 295 131 - 242 203 153 - Telem.: 967 058 466tência humanitária e social em falta de empregadores na região. Os Mosqueteiros Ponte de Sor preços que falam por si. Morada Horário de Funcionamento Estrada N.º 119, Hortas Novas do Domingão Todos os dias das 9h00 às 21h00
  10. 10. 10 ESPECIAL FESTAS RAÇÕES FALCÃO ALIMENTOS COMPOSTOS PARA ANIMAIS T. 242 206 155 VENDA DIRECTA AO PÚBLICO NA FÁBRICA ALIMENTOS NATURAIS Agora CEREAIS também RAÇÕES PARA CÃES E GATOS NOSSA LINHA BEST DOG - MONTARIASPLANTAS DE INTERIOR E EXTERIOR / ÁRVORES DE FRUTOPLANTAS ÁRVORES FRUTO - BASIC DOG - MENÚ ARTESANAT ARTESANATO / ADUBOS E SEMENTES RAÇÕES E A CESSÓRIOS PARA ANIMAIS ACESSÓRIOS PARA Excelentes - SUPER ENERGIA (especial caça) TERRAS, ETC TERRAS , ETCRUA D. HENRIQUE, 66 - ÁGUA TODO O ANO - 7400-601 TRAMAGA preços - TOP ENERGY - LITLLE DOG email: hortiflorgarden@sapo.pt - telef.: 242 203 303 - 965 543 400 - HAPPY CAT Funda A trad da em 198 FARMÁCIA CRUZ BUCHO CRUZ ição de 0 bem se 100 rvir anos ao seu serviço Director Técnico Dr. Hélder H.C.T. Bicho Pão Regional Alentejano Bolos Especialidades Regionais Rua Vaz Monteiro PONTO DE VENDA NA RUA INFANTE D. HENRIQUE Telef: 242 206 161 7400 Ponte de Sor Telef: 242 204 947 Zona Industrial, Lt. 32 7400 PONTE DE SOR
  11. 11. 11 ESPECIAL FESTAS“Caminhar” rumo à inclusão social CARLA DELGADO ecosdosor@netc.ptC“ apacitar e transfor- mar pessoas”, é sob este slogan que a Caminhar – Associ- ação Cristã deApoio Social, criada em Agostode 2002, se promove no nossoconcelho. Definindo-se como umaInstituição Particular de Solidari-edade Social (IPSS) que surgiu davontade de agir junto de quemmais precisa, esta associaçãoapareceu na sequência de um tra-balho já desenvolvido na área doatendimento e encaminhamentode toxicodependentes e apoio àssuas famílias, denominado “CaféConvívio”. Na sequência destetrabalho, a associação virou a suaintervenção para a prevenção pri-mária, com o objectivo de atin-gir adolescentes e jovens em situ-ação de risco social, bem comoa comunidade em geral, no sen-tido de promover estilos de vida Sonhos e o primeiro ATL -”Fériassaudáveis. Com uma “vida” ain- em Acção”, dirigido a criançasda curta mas bastante promisso- dos 1.º e 2.º ciclos de escolari-ra, esta IPSS conta, actualmente dade, o qual continua a funcio-com o voluntariado de uma equi- nar com mais de 70 inscrições epa formada e ministrada pela uma frequência semanal de 20própria instituição – pessoas com crianças.iniciativa que formam o rosto e aalma de projectos desenvolvidos Projectosem prol da integração social e Em 2006, a associação integracomunitária dos mais carencia- um conjunto de iniciativas nodos. Seguindo a doutrina de in- âmbito da parceria com a Câ-serção social, a Caminhar esta- mara Municipal de Ponte de Sorbeleceu parcerias com o Instituto – o serviço “Porta a Porta”, Inter-da Droga e da Toxicodependên- venção em Meio Escolar e pro-cia, com a Câmara Municipal de jecto Kiitos (iniciação à língua in-Ponte de Sor e, mais tarde, com glesa e educação musical no pré-a Comissão de Protecção de Cri- escolar. No decorrer do ano 2007anças e Jovens e com o Conse- a associação teve em mãos alho Local de Acção Social de Pon- execução de três projectos: Pro-te de Sor. Estas parcerias que fa- grama de Intervenção Focaliza-cilitaram o desenvolvimento de da, Programa Escolhas e Progri-um novo leque de iniciativas de. Contou ainda com a criaçãocomo o programa de apoio a e dinamização da Universidadeidosos, denominado “Solidão Sénior de Ponte de Sor, criada emAcompanhada”, o qual consiste parceria do Lions Clube de Ponteem visitas domiciliárias a idosos de Sor. Actualmente, a Associa-que se encontram com necessi- ção volta a apostar no Programadades básicas de saúde e em si- Escolhas, desta feita através dotuação de isolamento e solidão; “Geração Inconformadus”. Can-o projecto “Kontakto Jovem”, no didatou-se também ao Programaâmbito dos Programas OTL (Ocu- Operacional de Respostas Inte-pação de Tempos Livres), com o gradas, dinamizado pelo Institu-apoio do Instituto Português da to da Droga e da Toxicodepen-Juventude; os ateliers de música dência, através do projecto “Passoe de artes decorativas, iniciados a Passo”. Ambos tiveram iníciono âmbito do Projecto Fábrica de em Janeiro de 2010.
  12. 12. 12 ESPECIAL FESTAS Rua da Olivença n.º 16 TONHA (junto ao Centro de Emprego) Telm.: 931 163 318 Ponte de Sor LOJA DA Grandes Promoções SEMPR SEMPR SEMPR SEMPR SEMPR E NA E NA E NA E NA E NAPromoção válida para: Pague 1 e leve 2Calças MODA MODA MODA MODA MODA roupaT-shirt’s e em taçãoCalções dad a es arie mei e v deVestidos rand o e G rãCamisolas d e veFatos de Treino Aproveite!!!etc... A promoção não inclui fatos de cerimónia enxoval para bébés visite-nos!!!LAVANDARIA MIGUELContratos mensais de lavandaria e engomadoriaCostura na horaBordados LimpezaRecolha e entrega a secoao domicílio grátis limpezas ao domicílio Limpezas DADO S de obras BOR Terraços c/ alta pressão Contacte-nos já e conheça os nosso serviços executados com todo o profissionalismo Telm.: 914 544 964 RUA CONDES DA TORRE N.º 8 - PONTE DE SOR - TELF.: 242 418 202 - e-mail: senda1956@hotmail.com
  13. 13. 13 ESPECIAL FESTAS“Meninos especiais” CARLA DELGADO ção no mercado de trabalho possi- ecosdosor@netc.pt bilitando uma resposta mais alar- gada a jovens e adultos com defi-Q uando no ano lec- ciência. Em 2003 surge a Interven- tivo de 1980/1081 ção Precoce dirigida a crianças até um grupo de pais aos seis anos de idade que apre- e amigos de crian sentam deficiência ou risco de atraso ças com deficiência grave de desenvolvimento. Doisresolveu criar, como valência de anos depois é constituído o Centroensino especial, o Centro de Recu- de Recursos para as Escolas de En-peração Infantil de Ponte de Sor sino Regular que visa o desenvolvi-(CRIPS), estava longe de adivinhar mento de actividades pedagógicaso que se viria a transformar esta e terapêuticas. Actualmente esta ins-instituição privada de solidarieda- tituição, que acolhe mais de 60de, a única a dar resposta - nos utentes, sonha em atingir outrosconcelhos de Ponte de Sor, Avis e patamares, nomeadamente a aqui-Gavião - a crianças e jovens com sição de novas infra-estruturas. Onecessidades educativas especiais, Lar Residencial, cujo processo sedeficiência mental e problemas psi- encontra à espera de financiamen-comotores. Ao longo de três déca- to, vai ser construído de raiz no edi-das os mentores deste centro foram fico contíguo à instituição. É umexplorando outras áreas de inter- sonho antigo do CRIPS, que este anovenção sempre com o intuito de comemora 30 anos de existência.contribuir para a integração social Joaquim Castanheira, presidente dado seu público-alvo. Em 1993 sur- direcção diz mesmo que a valênciagiu a Formação Profissional para é uma necessidade no sentido dedar resposta a novas necessidades atender às solicitações de familia-dos seus utentes, desenvolvendo di- res de muitos dos utentes “Faz-nosversas acções formativas. Três anos imensa falta. Muitas famílias quedepois foi formado o Centro de têm aqui os seus entes queridosActividades Ocupacionais, com o perguntam o que será deles um diaintuito de responder às necessida- mais tarde. E a conversa surge,des dos utentes cuja idade já não muitas vezes, nos contactos diáriospermitia a sua permanência na área que temos com elas. É um verda-escolar, e cujas potencialidades não deiro drama que também nos afli-possibilitavam o exercício de uma ge. Esta valência vai responder aactividade profissional. Em 2001, esses utentes e colmatar essa an-a instituição candidata-se à integra- gústia”.
  14. 14. 14 ESPECIAL FESTASFARMÁCIA MATOS FERNANDES Director Técnico Propriedade: Alves Martins - Farmácia Unipessoal, Lda. Sara de Jesus M. Vidigal Abegão Deseja boas festAs à cidade de Ponte de Sor Telef.: 242 206 364 Av. a da Liber dade, n. o 34 A - 7400-216 Ponte de Sor Casa das Iscas Café - Restaurante - Residencial R E S TA U R A N T E COZINHA TRADICIONAL ALENTEJANAPromoções: ESPLANADA E SALA DE REFEIÇÕES PRIVADA Descontos especiais:Idade = Euros ADSE RESIDENCIAL(a sua idade vale Euros QUARTOS C/ AR CONDICIONADOna compra de armação MULTICARE Telf.: 242 206 129 - Av.ª da Liberdade, 45 / 47 - 7400-215 PONTE DE SORe lentes graduadas) ADVANCECARE- Armações MEDIS HOTEL SOR Marcações: 242 206 026 desde 50€ PONTE DE SOR ADM- Óculos de sol BOMBEIROS desde 25€ SAMS (AdvanceCare) Não acumuláveis DADORES DE SANGUE com outros descontos Entre outros. ou promoções. Procure –nos em: Ponte de Sor: Rua Luís de Camões n.º28 A Tel.: 242 206 794 Montargil: Rua Luís de Camões n.º5 Tel.: 242 908 019 Rua João Pedro de Andrade - 7400-264 Ponte de Sor
  15. 15. 15ESPECIAL FESTAS
  16. 16. 16 ESPECIAL FESTAS Município de Ponte de Sor foi vencedor do prémio SocialGest “Acção Social 2010” Poder Local: A empresa de consultadoria social Socialgest especializada nas vertentes de lares de idosos, centros de dia, apoio domiciliário, cuidados continuados, serviços de saúde, entre outras, atribuiu à Câmara Municipal de Ponte de Sor, na categoria de poder local, o prémio Autarquia Nacional do Ano de Acção Social. Na base da atribuição do prémio foram destacadas as seguintes medidas: -Recuperação de habitações degradadas -Candidatura ao programa Prohabita, habitação social -rede de centros comunitários criada com valências de Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário -projecto “Agir para desenvolver” programa Progride, actividades lúdicas para utentes dos centros comunitários e outros -programa “Porta a Porta” -programas de apoio ao nível de Educação para crianças De todas as Autarquias do país, Ponte de Sor foi a melhor classificada de entre as três finalistas apuradas, superando assim o Município de Albufeira e o de Cabeceiras de Basto. O Município dedica este prémio a todos os intervenientes, que de forma directa ou indirecta, têm contribuído para o combate à pobreza e exclusão social no concelho. Parabéns Ponte de Sor!

×