AUI - Análise Projetual: Centro Cultural de Viana do Castelo

2.191 visualizações

Publicada em

Análise Projetual de Edifício Cultural para disciplina de Arquitetura e Urbanismo Interdiciplinar - Universidade Paulista.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.191
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

AUI - Análise Projetual: Centro Cultural de Viana do Castelo

  1. 1. ANÁLISE PROJETUAL CARLA DE OLIVEIRA CINTHYA YOSHIURA Centro Cultural de Viana do Castelo
  2. 2. Centro Cultural de Viana do Castelo  Local: Viana do Castelo, Portugal.  Tipo: Cultural – Público  Área: 3.792 m²  Área construída: 8.706,7 m²  Investimento: € 13,1 milhões  Cliente: Municipalidade Viana do Castelo  Arquiteto: Eduardo Souto de Moura  Ano: 2013 Fonte:http://casavogue.globo.com/Arquitetura/noticia/2013/08/souto-de-moura-centro-cultural-viana-castelo.html - acesso em 01/03/2014 Localizado na Praça da Liberdade, que já contava com dois edifícios de Fernando Távora, e uma biblioteca de Álvaro Siza, o Centro Cultural de Eduardo Souto de Moura funciona como um grande ginásio poliesportivo porém, é possível reconfigurar seus espaços internos para eventos musicais e afins.
  3. 3. Materiais Utilizados e Técnicas Construtivas Fonte:http://casavogue.globo.com/Arquitetura/noticia/2013/08/souto-de-moura-centro-cultural-viana-castelo.html - acesso em 01/03/2014 A construção envolveu materiais como: Betão e Aço A estrutura mista de betão armado e aço, conta com apenas quatro apoios, com vãos de 54m a 71 m. Vidro O nível 0 destaca-se pelo vidro, que garante a transparência entre a cidade, o rio e o interior do próprio edifício, além da captação de luz. Vista pelo lado de fora, trata-se de um caixote baixo com 9,12 m de altura dividido ao meio longitudinalmente. Acima, a parte mais pesada: o maquinário e as tubulações superdimensionadas, tudo pintado de cinza chumbo. Do meio até o chão, nada. Ou quase isso. Nessa faixa encontram-se apenas quatro pilares homéricos e muito vidro. O pavilhão é imponente, embora simples. “É uma grande mesa com quatro apoios”, explica Souto de Moura do modo mais sintético possível. http://olharvianadocastelo.blogspot.com.br/2013/02/centro-cultural- de-viana-do-castelo-o.html http://olharvianadocastelo.blogspot.com.br/2013/02/centro-cultural- de-viana-do-castelo-o.html
  4. 4. O Arquiteto – Eduardo Souto de Moura Nasceu no Porto em 1952. Entre 1974 e 1979 colaborou com o arquiteto Álvaro Siza Vieira. Em 1980 licenciou-se em Arquitetura pela Escola Superior de Belas Artes do Porto. Foi professor assistente do curso de Arquitetura da Universidade do Porto e professor conviado na Faculdade de Arquitetura de Paris-Belleville, nas Escolas de Arquitetura da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos da América, e de Dublin, na Irlanda, bem como na ETH de Zurich e ainda na Escola de Arquitetura de Lausanne. Souto de Moura é uma das principais referências entre os arquitetos que se formaram após 1974, sendo o arquiteto português da sua geração mais divulgado internacionalmente. Ganhou Premio Pritzker em 2011, bem como outros prêmios importantes na arquitetura. Fonte: http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Eduardo-Souto-De-Moura/103289.html - acesso em 01/03/2014. “A beleza é isso. São essas coisas comuns e banais. Depois, são os outros que dão a beleza. Tudo aquilo que é bonito é muito simples.“ Eduardo Souto de Moura Fonte: http://mulher.uol.com.br/casa-e- decoracao/noticias/reuters/2011/03/28/arquiteto-portugues-souto- de-moura-ganha-premio-pritzker.htm - acesso em 01/03/2014.
  5. 5. Período x Cenário Histórico A arquitetura praticada nas últimas décadas, e iniciada por volta dos anos 70, caracteriza-se, de uma forma geral, como uma reação à essas propostas da arquitetura moderna: ora os arquitetos atuais relêem os valores modernos e propõem novas tendências ,ora eles sugerem idéias radicalmente novas, procurando apresentar projetos que sejam anti-modernistas,conscientemente desrespeitando as intransigentes leis do modernismo. Eduardo Souto de Moura possui influências modernistas (Mies Van der Rohe), por isso suas obras possuem características tradicionais, mas sem deixar de ser contemporâneas. Movimento: Contemporâneo Características: • cores servem para integração com entrono, alem de servirem para destacar partes da edificação como o topo a base ou as estruturas por exemplo. • acesso destacado e diferenciado em relação ao resto da edificação, seja por cor,textura ou volume. • destacar os acessos, o topo, muitas vezes com função apenas decorativa. • Utilização de materiais pré-moldados • Sustentabilidade • Uso da Tecnologia • Forma em função da estrutura
  6. 6. Inserção Urbana Fonte: https://www.google.com.br/maps/@41.6918899,-8.8283905,17z - acesso em 01/03/2014 N
  7. 7. Inserção Urbana Fonte: https://www.google.com.br/maps/@41.6918899,-8.8283905,17z - acesso em 01/03/2014 N
  8. 8. Inserção Urbana Fonte: https://www.google.com.br/maps/@41.6918899,-8.8283905,17z - acesso em 01/03/2014 Áreas verdes Estacionamento Centro Cultural Praça Seca Tribunal do Trabalho de Viana do Castelo Biblioteca Municipal de Viana do Castelo N
  9. 9. Análise do Partido Do arquiteto: A implantação do projeto é alinhada com o lado sul de um edifício assinado pelo arquiteto Fernando Távora. Em frente à fachada norte está prevista uma praça arborizada, com ruas que marcam as entradas do Centro Cultural. Nesta praça existirá uma inclinação que fornecerá o acesso ao nível -1. Formalmente, a construção é definida por uma forma retangular na qual uma caixa de alumínio e todos os equipamentos necessários para a função das diferentes atividades promovidas em seu interior sejam inscritas dentro de seus limites. A imagem do projeto possui a intenção de ser associada com a arquitetura naval, especialmente com o navio "Gil Eanes". Este grande pavilhão será um espaço direcionado para eventos culturais e esportivos. O interior é amplo e permeável, é possível ver o mar desde o nível de acesso. A transparência deverá ser capaz de outorgar a maior quantidade de luz possível em relação aos outros edifícios. Fonte: http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura - acesso em 01/03/2014
  10. 10. NÍVEL -1 Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014 Além da quadra e das arquibancadas, este nível possui áreas, públicas, áreas de acesso restrito, como os vestiários e camarins, além das dependências de serviço. Junto dos elevadores há banheiros públicos neste andar.
  11. 11. NÍVEL 0 Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2104 O acesso de todos se dá pelo térreo (jogadores ou artistas) entram por um lado e o público pelo oposto. Neste piso estão o balcão de recepção, o guarda- volumes, o bar, a zona de controle geral da infraestrutura e alguns banheiros.
  12. 12. NÍVEL 1 Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2104 Em cima, no mezanino, ficam as áreas administrativas, as cabines de tradução e projeção, a ala dos jornalistas e os camarotes. Esse andar é acessado tanto por rampas como por elevadores.
  13. 13. http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html - acesso em 01/03/2014 Estrutural da Cobertura Nível -1 Nível 0
  14. 14. http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html - acesso em 01/03/2014 Estrutura da Cobertura Nível 1
  15. 15. Cortes Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html - acesso em 01/03/2014
  16. 16. Cortes Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html - acesso em 01/03/2014
  17. 17. Cortes Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html - acesso em 01/03/2014
  18. 18. Cortes Fonte: http://olharvianadocastelo.blogspot.com.br/2013/02/centro-cultural-de-viana-do-castelo-o.html - acesso em 01/03/2014
  19. 19. Elevações Elevação Norte Elevação Sul Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  20. 20. Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014 Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura – acesso em 01/03/2014 Fonte: http://casavogue.globo.com/Arquitetura/noticia/2013/08/souto-de-moura-centro-cultural-viana-castelo.html – acesso em 01/03/2014
  21. 21. Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura – acesso em 01/03/2014
  22. 22. Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura – acesso em 01/03/2014
  23. 23. Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura – acesso em 01/03/2014
  24. 24. Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura – acesso em 01/03/2014
  25. 25. Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura – acesso em 01/03/2014
  26. 26. Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura – acesso em 01/03/2014
  27. 27. Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura/52010063e8e44ebcd300001a – acesso em 01/03/2014
  28. 28. Elevações Elevação Oste Elevação Leste Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014 Elevação Leste
  29. 29. Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura – acesso em 01/03/2014
  30. 30. Fonte:http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo-slash-eduardo-souto-de-moura/52010063e8e44ebcd300001a – acesso em 01/03/2014
  31. 31. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  32. 32. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  33. 33. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  34. 34. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  35. 35. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  36. 36. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  37. 37. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  38. 38. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  39. 39. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  40. 40. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  41. 41. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  42. 42. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  43. 43. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  44. 44. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  45. 45. Imagens Fonte:http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do-castelo-por.html – acesso em 01/03/2014
  46. 46. Referências Bibliográficas  http://www.archdaily.com.br/br/01-133038/centro-cultural-de-viana-do-castelo- slash-eduardo-souto-de-moura/5201003ae8e44efff200001d  http://www.engenhariaearquitetura.com.br/noticias/914/Centro-Cultural-de- Viana-do-Castelo-Portugal.aspx  http://piniweb.pini.com.br/construcao/arquitetura/eduardo-souto-de-moura-cria- centro-cultural-que-lembra-uma-293773-1.aspx  http://www.martifer.pt/pt/noticias/centro-cultural-no-coracao-de-viana/  http://formascriticas.blogspot.com.br/2013/08/centro-cultural-de-viana-do- castelo-por.html  http://olharvianadocastelo.blogspot.com.br/2013/02/centro-cultural-de-viana-do- castelo-o.html  http://casavogue.globo.com/Arquitetura/noticia/2013/08/souto-de-moura-centro- cultural-viana-castelo.html  http://www.archdaily.com.br/br/01-142217/entrevista-com-eduardo-souto-de- moura-sobre-seu-mais-recente-premio  http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Eduardo-Souto-De-Moura/103289.html  http://mulher.uol.com.br/casa-e- decoracao/noticias/reuters/2011/03/28/arquiteto-portugues-souto-de-moura- ganha-premio-pritzker.htm

×