Neoclássico parte 2

7.969 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.969
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6.586
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Neoclássico parte 2

  1. 1. A arte neoclássica procurou inspiração no equilíbrio e na simplicidade daAntiguidade.A arte neoclássica nasceu na Europa, nas últimas décadas do século XVIII e foiuma reação ao barroco e ao rococó.Não foi apenas um movimento artístico mastambém cultural que refletiu as mudanças que ocorriam na época marcadas pelaascensão da burguesia. Este estilo procurou expressar e interpretar osinteresses, a mentalidade e os hábitos da burguesia da época da revoluçãofrancesa e do Império Napoleónico.
  2. 2. De modo ainda mais pronunciado que nos séc. XV e XVI, via-se agora no séc. XVIII na Antiguidade Clássica a origem da arquitetura que encerrava em si as leis eternas da harmonia e da beleza.Ao longo de todo oséculo XVIII, umpequeno exército dearquitetos e artistasfizeram excursões pelasruínas e monumentos daGrécia e Roma, o queficou conhecido como oGrande Tour.Estudavam os edifíciosfamosos ao longo dahistória e recriavam-nosao voltar à sua terranatal...
  3. 3. Esse novo classicismo foi visto como um ideal para aambição das poderosas potências europeias, e para osjovens Estados Unidos da América, para os quaissimbolizava uma ligação com os ideais republicanosde Roma e da democracia de Atenas.
  4. 4. Arco do Triunfo de Tito (Roma, acima) e Arco do Triunfo da Étoile (Paris, 1806, esquerda)Na época napoleónica, a construção de arcos dotriunfo à romana, celebrando os feitos de armasfranceses, constituiu uma importante peça dapropaganda imperial e estimulou o orgulho nacional eo patriotismo.
  5. 5. Caracteriza o edifício Capitólio, Washington, fachada oeste (Thornton e outros, final século XVIII, início século XIX)
  6. 6. Andrea Palladio, Villa Rotonda
  7. 7. Berlim, Portas de Brandenburgo
  8. 8. • inspiração na antiguidade clássica. • Colunas Dóricas e Jônicas.1 • Frontões triangulares. • Construções de linhas simples, formas regulares, geométricas e simétricas.2 • Fachadas sóbrias.3

×