A produção cultural do renascimento

2.211 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.211
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.531
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A produção cultural do renascimento

  1. 1. Indicadores de aprendizagem Descrever os comportamentos das elites burguesas e cortesãs(D)
  2. 2. O Pensamento na Idade Média: * controlado pela IgrejaCatólica * Deus é o centro do mundo: Teocentrismo
  3. 3. -Novas ideias sobre a Natureza e o ser humano: * indivíduo (homem):O Novo Homem  educação adequada  dominar seu destino  controlar e transformar a natureza -Nova visão do mundo: ANTROPOCENTRISMO
  4. 4. Leitura do doc. Pág. 60 Os Mecenas e 61Desde o século XIII, com a reabertura do Mediterrâneo, o comércio de várias cidadesitalianas com o oriente intensificou-se, possibilitando importantes transformações, comoa formação de uma camada burguesa enriquecida e que necessitava dereconhecimento social.
  5. 5. O renascimento desenvolve- se, no início do século XV, apoiado numa casta de homens nobres ou burgueses, que partilham o seu amor pelas belas artes e que rivalizam uns com os outros no apoio que dão aos seus artistas favoritos. São os Mecenas.O Mecenas era considerado como"protetor", homem rico, era na práticaquem dava as condições materiais para aprodução das novas obras e nesse sentidopode ser considerado como opatrocinador, o financiador. Lourenço, um mecenas renascentista
  6. 6. O investimento do mecenas era recuperado com o prestígio social obtido, fato que contribuía com a divulgação das atividades de sua empresa ou instituição que representava.  A igreja, que nos séculos anteriores se mostrara pouco favorável a revivalismos pagãos, junta-se ao movimento renascentista através dos papas, tornando-se Roma o expoente máximo do Renascimento no século XVI, como Florença o foraO Papa Júlio II foi um grande no século XV, por ação dosmecenas em Roma. Médicis.
  7. 7. O comércio comandado pela burguesia italiana foi responsável pelo desenvolvimento urbano, e nesse sentido, responsável por um novo modelo de vida, com novas relações sociais onde os homens encontram-se mais próximos uns dos outros. Dessa forma podemos dizer que a nova mentalidade da população urbana representa a essência dessas mudanças e possibilitará a Produção Renascentista.
  8. 8. A glória dos artistas ultrapassou a Ninguém pode disputar a Erasmo o título de “príncipe”dos homens das letras.. Leonardo das letras. Esse bastardo , filho de um padre, foi, nafoi o primeiro artista a gozar , na idade de ouro do Humanismo , uma verdadeira potênciaeuropa do renascimento , de tão , cortejado sucessivamente por Lutero e pelo Papa, poresplendoroso prestígio.. Mas bem Frederico II, rei da frança, por Carlos V rei da Espanha.depressa outros astros se elevaram Claro que teve a necessidade de protetores ,com brilho ainda mais intenso. especialmente no início da sua carreira. Mas, ErasmoRafael, a partir de 1515 passou em conseguiu conservar a sua independência. Foi por issoRoma como uma espécie de herói, que recusou a cadeira que, por incumbência deum semideus.Mas não houve Francisco I, Guilherme Budé lhe ofereceu no Colégionomeada como a de Miguel real. Foi por isso que recusou aderir à reforma q queÂngelo , cuja terribilitá deixava recusou também o chapéu cardinalício que Paulo III lheestupefactos os seus ofereceu. Talvez nunca antes dele, os literatos e artistascontemporâneos. Na idade do tivessem adquirido lugar tão importante na sociedade.ouro do mecenato, não hesitou em Este fenómeno não pode ser explicado senão com aentrar em atrito com o irascível difusão da cultura e com a pressão de um públicoJúlio II, que em todas as ocasiões instruído cada vez mais numeroso. Assim, os escritorestomou a iniciativa de reconciliação. e artistas, embora necessitando de mecenas, uma vezMiguel Ângelo foi o primeiro alcançada a glória, impor-se aos seus protetores.artista a quem foi dedicada umabiografia em vida , o primeiro a Delumeau, A Civilização do renascimentoreceber depois de morto, uma 1-Que razões políticas e sociais justificam a prática doespécie de culto, o primeiro a ter mecenato?honras de de funerais oficiais. 2-Explica a posição social dos intelectuais e artistas do

×