Espiritismo e Islamismo
Aula para Grupo Jovem
Aprender sobre outras religiões para melhor respeitá-las,
incentivando sempr...
“Durante muito tempo a diversidade das religiões foi uma das
principais causas de antagonismo entre os povos. No momento
e...
“No princípio, a religião dos árabes consistia na adoração de um Deus único, a cujas vontades o homem deve submeter-
se co...
• Maomé nasceu em Meca no dia 27 de agosto de 570 d.C.,
no ano dito do elefante.
• Quando chegou ao apogeu da glória, gost...
O anjo Gabriel lhe apareceu, mostrando-lhe um livro e ordenando
que o lesse. Três vezes Maomé resistiu a essa ordem, e só ...
Livro O Consolador (Emmanuel)
“A gênese de todas as religiões da Humanidade tem suas origens
no seu coração augusto e mise...
Assim como o cristianismo teve seus momentos de
trevas, como as cruzadas, em que milhares de homens ,
mulheres e crianças ...
“Toda virtude procede do amor e do temor a Deus.”
“A essência da caridade é a fé e o amor.”
“A arrogância é a razão pela q...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Espirtismo e islamismo.

158 visualizações

Publicada em

Aula para grupo jovem

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
158
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espirtismo e islamismo.

  1. 1. Espiritismo e Islamismo Aula para Grupo Jovem Aprender sobre outras religiões para melhor respeitá-las, incentivando sempre a postura fraterna e de diálogo inter-religioso”.
  2. 2. “Durante muito tempo a diversidade das religiões foi uma das principais causas de antagonismo entre os povos. No momento em que elas têm uma tendência manifesta para se aproximarem, fazendo desaparecerem as barreiras que as separam, é útil conhecer, em suas crenças, o que pode favorecer ou retardar a aplicação do grande princípio de fraternidade universal. De todas as religiões, o islamismo é a que, à primeira vista, parece encerrar os maiores obstáculos a essa aproximação. Mas a bem da verdade devemos dizer que também seria pouco lógico julgar essa religião conforme o que dela fez o fanatismo, como o seria julgar o Cristianismo segundo a maneira por que alguns cristãos o praticam. Para apreciar a obra de Maomé é preciso remontar à sua fonte, conhecer o homem e o povo ao qual ele dera a missão de regenerar, e só então se compreende que, para o meio onde ele vivia, seu código religioso era um progresso real.” Revista Espírita – Agosto de 1866
  3. 3. “No princípio, a religião dos árabes consistia na adoração de um Deus único, a cujas vontades o homem deve submeter- se completamente. Essa religião, que era a de Abraão, chamava-se Islã e os que a professavam diziam-se muçulmanos, isto é, submissos à vontade de Deus. Mas, pouco a pouco o puro Islã degenerou em grosseira idolatria; cada tribo teve os seus deuses e os seus ídolos, que defendia com exagero pelas armas, para provar a superioridade de seu poder. ” R. E. 1866
  4. 4. • Maomé nasceu em Meca no dia 27 de agosto de 570 d.C., no ano dito do elefante. • Quando chegou ao apogeu da glória, gostava de lembrar que Moisés e Davi, ambos profetas, tinham sido pastores como ele. • Tinha o espírito meditativo e sonhador; seu caráter, de uma solidez e maturidade precoces, aliados a uma extrema retidão, a um perfeito desinteresse e a costumes irrepreensíveis, lhe granjearam tal confiança da parte de seus companheiros que o designavam pelo sobrenome de El Amin, “o homem seguro, o homem fiel.”
  5. 5. O anjo Gabriel lhe apareceu, mostrando-lhe um livro e ordenando que o lesse. Três vezes Maomé resistiu a essa ordem, e só para escapar ao constrangimento exercido sobre ele é que consentiu em o ler. Ao despertar disse ter sentido “que um livro tinha sido escrito em seu coração.” O sentido dessa expressão é evidente; significa que havia tido a inspiração de um livro. Mais tarde, porém, ela foi tomada ao pé da letra, como muitas vezes acontece com as coisas ditas em linguagem figurada.” Onde está escrita a lei de Deus? “Na consciência.” a) - Visto que o homem traz em sua consciência a lei de Deus, que necessidade havia de lhe ser ela revelada? “Ele a esquecera e desprezara. Quis então Deus lhe fosse lembrada.” LE 621
  6. 6. Livro O Consolador (Emmanuel) “A gênese de todas as religiões da Humanidade tem suas origens no seu coração augusto e misericordioso. Não queremos, com as nossas exposições, divinizar, dogmaticamente, a figura luminosa do Cristo, e sim esclarecer a sua gloriosa ascendência na direção do orbe terrestre, considerada a circunstância de que cada mundo, como cada família, tem seu chefe supremo, ante a justiça e a sabedoria do Criador.” (...) “No Manava-Darma, encontramos a lição do Cristo; na China encontramos Fo-Hi, Lao-Tsé, Confúcio; nas crenças do Tibete, está a personalidade de Buda e no Pentateuco encontramos Moisés; no Alcorão vemos Maomé. Cada raça recebeu os seus instrutores, como se fosse Ele mesmo, chegando das resplandecências de sua glória divina.”
  7. 7. Assim como o cristianismo teve seus momentos de trevas, como as cruzadas, em que milhares de homens , mulheres e crianças morreram em nome de Deus, hoje, pessoas ligadas ao Islamismo, fazem de sua religião uma justificativa para guerrear. Este vídeo é uma carta de um ex-muçulmano ao Presidente Barak Obama dos EUA: https://www.youtube.com/watch?v=r2r28MUiX2U
  8. 8. “Toda virtude procede do amor e do temor a Deus.” “A essência da caridade é a fé e o amor.” “A arrogância é a razão pela qual os nossos atos de amor e de benevolência não se desenvolvem. Outras, são a avareza e o egoísmo. Deus é contrário a tudo isso, porquanto todos esses defeitos procedem de falta de amor a Ele e da carência de fé n’Ele.” Frases retiradas do livro Alcorão, pincelando as aparições da palavra “amor”.

×