Aceitação e resignação

398 visualizações

Publicada em

Como devemos encarar nosso momento atual , as dificuldades materiais e fisicas , os relacionamentos as tragédias.
Estamos vivendo para aprender com aquilo que nós proprios criamos.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
398
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aceitação e resignação

  1. 1. Virtude esquecida e pouco trabalhada, a resignação é a base para nossa paz com Deus.
  2. 2. Aceitação e Resignação, embora confundidas com negação do sentimento e da vontade, são duas VIRTUDES companheiras da doçura, ambas são forças ativas. (E.S.E. Ca. IX) Nossa época é marcada pela atividade intelectual e o avanço tecnológico. Será que o nosso emocional, acompanha esse avanço tecnológico? E nosso corpo, nosso físico, nossa energia evolui no na mesma velocidade ?
  3. 3. Existem muitos pesquisadores científicos desenvolvendo medicamentos cada vez mais eficientes, o avanço tecnológico na área médica esta cada vez mais acelerado, existem centenas de terapias em todo o mundo, tudo isso na busca para eliminar as doenças da face da Terra. Mas por que não se consegue, já que a ciência moderna tem recursos fantásticos? A resposta é simples: tem-se buscado curar a consequência da doença e não as causas. Ou seja, temos nos empenhado para curar os corpos, esquecidos de que o enfermo é o Espírito imortal e não o corpo físico adoecido.
  4. 4. Pense em uma situação ou pessoa, que te causa algum problema, sofrimento, incomodo, alguma dificuldade....
  5. 5. _ Ah não sou bobo(a) não... Isso eu não admito _ Só eu perdoo e ele(a)? E Se eu perdoei só quero ver se ele(a) vai me perdoar. _ Depressão nada, isso é frescura. _ Eu não me entendo, não me aceito, como vou ser bonzinho com o outro? Ele(a) não é comigo. Trato ele(a) como ele me trata. _ A mais também, pra ela(e) é fácil não pega esse transporte _ Se ele(a) não existisse, minha vida seria bem mais fácil _ Eu tenho que mudar? Não mudei até hoje. Porque eu vou mudar se o errado é ele(a) _ Eu vou ao centro e ele(a) não faz nada, continua me perturbando, continua surtando _ Eu sou espírita, mas até hoje não aceito que meu irmão morreu, preciso de um sinal, um contato, uma psicografia. _ Nossa que carma esse pai que eu tenho, ninguém merece. _ Por isso que eu bebo, pra esquecer... _ Comi demais, mas eu estava tão mal, tão triste, agora estou mais feliz. _Acordo me olho no espelho e logo digo: Que cabelo horroroso é esse.. _ Não engulo sapo, falo mesmo... REAÇÕES OBSERVADAS
  6. 6. Quanta coisa! Falamos, pensamos, sentimos e fazemos no piloto- automático, sem refletir na consequência para nós, para quem nos cerca e para o nosso planeta. As reações observadas nos outros que mais nos incomodam são precisamente aquelas que estão mais marcadas em nós, mesmo que inconscientemente. Normalmente reagimos: não aceitamos os mesmos defeitos em nós e procuramos justificá-los.
  7. 7. A Arte da Auto-Aceitação Aceitar o que somos e como somos. Não confundir com uma “rendição conformada”, e que nada mais importa. De fato, acontece que, ao aceitar-nos, inicia-se o fim da nossa rivalidade com nós mesmos. A partir disso, ficamos do lado da nossa realidade em vez de combatê-la. Diz o texto: “O homem pode abrandar ou aumentar a amargura das suas provas pela maneira que encara a vida terrestre”. Aceitação é bem uma maneira nova de “encarar” as circunstâncias da vida, para que a “força do progresso” encontre espaços e não mais limites na alma até então restrita, pois a “vida terrestre” nada mais é do que o relacionar-se consigo mesmo e com os outros no contexto social em que se vive.
  8. 8. Emoções originadas da não aceitação Vingança Angústia, Medo, Ansiedade, culpa derrames cerebrais, aos estados neuróticos, psicoses de perseguição inveja, raiva, competição negativa falta de amor-próprio, complexo de inferioridade, mágoas, autopiedade, melindre impetuosidade, violência, queixas constantes, desejos não satisfeitos crises nervosas, enxaquecas cânceres de mama e de próstata, disfunções cardíacas, infartos brutais provocam indigestões, hepatites, diabetes, artrite, hipertensão Úlceras, Distúrbios Emocionais Este é um cenário para reflexão de como nossas emoções afetam nosso físico não é diagnóstico médico.
  9. 9. A origem espiritual das doenças físicas, espirituais e emocionais Troca de energia vital : espaço, da alimentação, respiração e da irradiação das outras pessoas e a nossa energia também é emitida aos outros por nós. Somos responsáveis por emitir boas ou más energias às outras pessoas. A energia que irradiamos aos outros estará impregnada com nossa carga energética, isto é, carregada das energias de nossos pensamentos e de nossos sentimentos, sendo necessário que vigiemos o que pensamos e sentimos Irradiamos e Atraímos energias.
  10. 10. Conflitos Existenciais As constantes situações rotineiras: transporte, transito, trabalho, relacionamentos amorosos, familiares, sociais... O stress.. Transtornos Emocionais dos mais diversos: Distmia, Depressão, Síndrome do Pânico, Transtornos de Ansiedade ..... Os problemas, as dificuldades são nosso mestrado, o MBA é a nossa certificação nessa encarnação. As dificuldades são nosso ‘tunning’ para a nossa evolução, se conseguir-mos aceitar isso e Se ao invés de lamentos, nos perguntar-mos : o que posso aprender com isso.
  11. 11. A cura pela Ação do Pensamento Unidade Mente - Espirito Como podemos perceber, a ação da emoção,do pensamento e da sintonia energética com o meio em que vivemos, sobre o corpo é poderosa. O pensamento positivo e edificante flui pela corrente sanguínea como tônus revigorante das células, passando por todas elas e mantendo-as em harmonia. O contrário ocorre com o pensamento desequilibrado. O homem é o que acalenta em seu íntimo. O que surge no corpo é a exteriorização dos males que cultiva na alma. Não é outro o motivo pelo qual Jesus alertava àqueles a quem curava dizendo: Vá, e não tornes a pecar para que mal maior não te aconteça.
  12. 12. Tudo reflete em nosso perispírito. E o que surge no físico, surge no Espírito Em Nos Domínios da Mediunidade, André Luiz explica: “assim como o corpo físico pode ingerir alimentos venenosos que lhe intoxicam os tecidos, também o organismo perispiritual absorve elementos que lhe degradam, com reflexos sobre as células materiais”.
  13. 13. Resignação O início de tudo, está em NÓS mesmos. Começando por se aceitar. Conhecendo as próprias limitações, querer se modificar , estar em constante vigilância do que sente, pensa e faz , do que transmite e atrai energeticamente. Vamos despertar nossa essência divina, por nós!
  14. 14. A mais eficiente psicoterapia, é a prece, atraímos espiritos nobres e mudamos nossa psicosfera. Abrimos um canal com a espiritualidade superior. A prece como um momento de parada, de reflexão, para assimilar-mos nossas emoções e nossas ligações mentais. É o momento em que podemos revigorar nossas células e elevar nosso padrão de energia. Modificando o que atraímos. A Paciência que exercitamos com nós é a que teremos para os outros. Vigilância , nossos pensamentos e sentimentos estão carregados de energia. Posso escolher com qual energia quero interagir com o planeta Terra. Atenção à nossas constantes reclamações Cultivar o AMOR, mas se o amor ainda estiver longe do nosso alcance, comecemos a nutrir a amizade Cultivar a consideração, dar direito do outro ser como ele é, pela aceitação, confiança, afinidade, paixão que motiva, caridade. Que todo seu ATO seja um ato de amor, por si e pelo outro.

×