INESP –Evolução EscolaClínicaAutismo
Índice:•A inclusão da pessoa com deficiência•Fundação INESP•Público Alvo•Missão•Conceitos•O Aprender sob o ponto de vista ...
Apresentação:O presente trabalho foi elaborado em pesquisa de campona Escola Clínica Evolução, em proposta das disciplinas...
INESP – EscolaClínica Evolução• Carla Pinheiro• José Valdo Sales• Michelle Moraes• Rosângela Lima• Sueli Soares• Taís Bast...
A Inclusão da Pessoa comDeficiênciaNova Concepção e NovasPráticas
A Associação de Pais e Amigos deCrianças e Adolescentes com Distúrbios deComportamento – EVOLUÇÃO é umaentidade filantrópi...
Público alvoAtualmente possuímos oitenta e duas crianças , jovens e adultos,com autismo e ou distúrbios comportamentais, n...
A Evolução Escola-Clínica nasceu para ser um verdadeiro centro depreparação social aos portadores de necessidades especiai...
Conceitos• Cognição: habilidade cerebral emresolver novos problemas impostos pelomeio.• Inteligência: habilidade inata adq...
O aprender sob oponto vista neurológico• Processo onde ocorre integração entremuitos sistemas neuronais e que promoveuma m...
• O meio provê informações que serãoprocessadas pelo indivíduo em três níveis:– Vias aferentes: visual, audição, tato ...–...
• Aprendizagem na criança é um processoque se desenvolve passo a passo deacordo com as fases de maturaçãocerebral;• Plasti...
Autismo• Distúrbio complexo do desenvolvimento• Múltiplas etiologias• Graus variados de severidade• Manifestações comporta...
Transtorno do Espectro AutistaConstitui-se de:Déficit da comunicação;Déficit da interação social;Comportamentos repetitivo...
• Déficits na comunicação:– linguagem imatura– alguns não desenvolvem linguagem– dificuldades em estabelecer diálogo– difi...
• Déficits na interação social:– isolamento– comportamento inadequado– contato visual pobre– indiferença afetiva– dificuld...
• Comportamentos repetitivos e estereotipados:– resistência a mudanças– insistência nas rotinas– apego excessivo a objetos...
• Não se basear no diagnóstico e sim naquilo que acriança precisa.• Professor auxiliar• Ensino de atividades básicas:– tro...
• Quando atinge os objetivos passa paraatividades mais complexas.– Imitar sons e palavras.– Uso funcional das palavras.– C...
• 31 crianças autistas• Idade 2 – 6 anos• Pré – escola• Grupo Controle: 12 crianças autistas emtreinamento específico.Auti...
• Outcomes of Behavioral Intervention forChildren with Autism in Mainstream Pre-School Settings– J. Autism Dev Disord, apr...
Gratos!!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho do inesp

549 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
549
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho do inesp

  1. 1. INESP –Evolução EscolaClínicaAutismo
  2. 2. Índice:•A inclusão da pessoa com deficiência•Fundação INESP•Público Alvo•Missão•Conceitos•O Aprender sob o ponto de vista neurológico•Autismo•Transtorno do Espectro autista•Autismo e inclusão - Dados•Referências•Apresentação
  3. 3. Apresentação:O presente trabalho foi elaborado em pesquisa de campona Escola Clínica Evolução, em proposta das disciplinasProcessos Escolares e Novas Tecnologias, sob aorientação dos docentes Jaqueline Alves e MaraSchwingel
  4. 4. INESP – EscolaClínica Evolução• Carla Pinheiro• José Valdo Sales• Michelle Moraes• Rosângela Lima• Sueli Soares• Taís Bastos• Docentes: Mara e Jaqueline
  5. 5. A Inclusão da Pessoa comDeficiênciaNova Concepção e NovasPráticas
  6. 6. A Associação de Pais e Amigos deCrianças e Adolescentes com Distúrbios deComportamento – EVOLUÇÃO é umaentidade filantrópica fundada em 1984 por umgrupo de pais de crianças autistas ou comdesordens comportamentais, que buscavamum ambiente capaz de proporcionaratividades terapêutica e educacionais a seusfilhos.Em novembro do ano 2000 a EscolaEvolução foi reconhecida como entidade deutilidade pública com enfoque das suas açõesem educação especial. No ano de 2009 aEscola foi oficialmente registrada comoinstituição para pessoas com necessidadesespeciais.Fundação do INESP
  7. 7. Público alvoAtualmente possuímos oitenta e duas crianças , jovens e adultos,com autismo e ou distúrbios comportamentais, na faixa etária de 5a 40 anos de idade. Sessenta por cento do público alvo são pessoasabsolutamente carentes e com laços familiares enfraquecidos.​
  8. 8. A Evolução Escola-Clínica nasceu para ser um verdadeiro centro depreparação social aos portadores de necessidades especiais, autismo edistúrbios de comportamento. Trabalha no sentido de possibilitar a todos osatendidos o desenvolvimento de habilidades comunicativas, sociais,cognitivas e comportamentais para sua inserção na sociedade.Sua diretoria é composta por um grupo de pais, eleito a cada 02 anos,podendo ser reeleita; o qual não recebe nenhum tipo de remuneração paradesempenho das atividades.Atender crianças e adolescentes com deficiência intelectual, oferecendotratamento clínico-pedagógico, respeitando suas individualidades,orientando e estimulando para que possam viver de modo autônomo eintegrado a família e comunidade.Missão
  9. 9. Conceitos• Cognição: habilidade cerebral emresolver novos problemas impostos pelomeio.• Inteligência: habilidade inata adquiridageneticamente e modificada pelo meio.
  10. 10. O aprender sob oponto vista neurológico• Processo onde ocorre integração entremuitos sistemas neuronais e que promoveuma melhor adaptação do indivíduo aomeio.
  11. 11. • O meio provê informações que serãoprocessadas pelo indivíduo em três níveis:– Vias aferentes: visual, audição, tato ...– Cérebro: processamento, integração eorganização das informações– Vias eferentes motoras
  12. 12. • Aprendizagem na criança é um processoque se desenvolve passo a passo deacordo com as fases de maturaçãocerebral;• Plasticidade neuronal.
  13. 13. Autismo• Distúrbio complexo do desenvolvimento• Múltiplas etiologias• Graus variados de severidade• Manifestações comportamentais:– interação social– comunicação– comportamentos estereotipados– repertório restrito de interesses
  14. 14. Transtorno do Espectro AutistaConstitui-se de:Déficit da comunicação;Déficit da interação social;Comportamentos repetitivos eestereotipados.
  15. 15. • Déficits na comunicação:– linguagem imatura– alguns não desenvolvem linguagem– dificuldades em estabelecer diálogo– dificuldades para compreender piadas elinguagem corporal
  16. 16. • Déficits na interação social:– isolamento– comportamento inadequado– contato visual pobre– indiferença afetiva– dificuldade em participar em grupo eestabelecer amizades
  17. 17. • Comportamentos repetitivos e estereotipados:– resistência a mudanças– insistência nas rotinas– apego excessivo a objetos– fascínio com o movimento de peças como rodas– balançar-se, bater palmas, andar em círculos– repetição de palavras– interesses restritos
  18. 18. • Não se basear no diagnóstico e sim naquilo que acriança precisa.• Professor auxiliar• Ensino de atividades básicas:– trocar roupa;– comer, ir ao banheiro;– ir ao parque.• Intervenção específica:– Professor, auxiliar, psicóloga;– Ensinar expressões;– Responder a perguntas simples;– Jogos simples.Autismo e Inclusão
  19. 19. • Quando atinge os objetivos passa paraatividades mais complexas.– Imitar sons e palavras.– Uso funcional das palavras.– Cores, tamanhos.– Fazer amigos.
  20. 20. • 31 crianças autistas• Idade 2 – 6 anos• Pré – escola• Grupo Controle: 12 crianças autistas emtreinamento específico.Autismo e InclusãoDados:
  21. 21. • Outcomes of Behavioral Intervention forChildren with Autism in Mainstream Pre-School Settings– J. Autism Dev Disord, apr 2011REFERÊNCIAS:
  22. 22. Gratos!!

×