O império português no século xviii

2.253 visualizações

Publicada em

resumo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.253
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.232
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O império português no século xviii

  1. 1. O Império Português no Século XVIII
  2. 2. O Império Português no Século XVIII No século XVIII, o Império Português estendia-se pela América do Sul, África e Ásia. Durante o domínio espanhol do Império Português, entre 1580 e 1640, Portugal perdeu territórios. As nações inimigas de Espanha, como a Holanda, a Inglaterra e a França, ocuparam espaços coloniais portugueses. A Ásia foi a região mais afetada, uma vez que aqueles países e os muçulmanos se apoderaram do comércio dos produtos orientais: especiarias, perfumes, sedas, tapetes e porcelanas. Desta forma, os portugueses viraram as suas atenções para o Brasil. A colónia do Brasil tornou-se muito importante para a economia portuguesa.
  3. 3. O Império Português no Século XVIII Até aos finais do século XVII, o açúcar foi a principal riqueza brasileira. O açúcar foi produzido em grandes quantidades nas plantações e engenhos de açúcar do Nordeste, pelo que ao longo do século XVII, o Brasil se tornou no maior produtor mundial. Na Europa, o açúcar era muito apreciado, mas nem todos o consumiam devido ao seu elevado preço.
  4. 4. O Império Português no Século XVIII Os escravos africanos foram a mão-de-obra utilizada pelos colonos portugueses nos engenhos de açúcar, depois dos índios. Estes não resistiam aos trabalhos forçados nem às doenças europeias. A exploração económica do Brasil fez-se à custa do trabalho árduo e desumano de milhares de escravos africanos. Os comerciantes compravam-nos na costa africana e transportavam-nos em péssimas condições nos navios negreiros.
  5. 5. O Império Português no Século XVIII Ao longo do século XVIII, fizeram-se expedições de exploração ao interior do Brasil, denominadas de “Bandeiras”. Os exploradores ou bandeirantes acabaram por encontrar minas de ouro, de diamantes e de outras pedras preciosas. Estes bens chegaram em grandes quantidades a Portugal, onde o rei ficava com 1/5 do ouro extraído. Os bandeirantes contribuíram para o alargamento das fronteiras do Brasil.
  6. 6. O Império Português no Século XVIII As plantações de cana-de-açúcar e a exploração mineira fizeram com que o Brasil assumisse uma grande importância na economia portuguesa. Os avultados lucros atraíram colonos portugueses, que migraram, isto é, deixaram o seu país e estabeleceram-se na colónia brasileira. Imposto do quinto O rei reservava para si a quinta parte de todo o ouro extraído. D. João V foi um dos reis mais ricos da Europa.

×